Sobre peso, corpo, emagrecimento – Parte 2

14 de agosto de 2014 19 Por Luciana Vilela

Continuando a minha história, hoje quero falar sobre motivação!

Não viu o primeiro post? Sobre peso, corpo, emagrecimento – Parte 1

Tá aí uma coisa que me faltou durante um bom tempo: motivação. Durante todo o tempo em que eu ganhei peso eu estava feliz. Não com o fato de estar engordando, claro, mas minha vida estava tranquila, feliz, filhas nascendo, realizações profissionais, muita ajuda da família, que estava sempre por perto, eu não tinha do que reclamar.

Além disso, pra mim, comida está ligada a afetividade. Isso é bom, mas pode ser um problema! Gosto de cozinhar, gosto de agradar as pessoas que eu amo fazendo coisas gostosas, fazer bolo com café, colocar uma mesa bonita, fazer pratos diferentes, bonitos, decorados. Sentar à mesa de um lanche bem feito em uma mesa bonita e bater papo com a família é um programa, entendem? Isso faz parte de mim, puxei da minha mãe. E eu adoro ser assim, não pretendo mudar! Durante muito tempo eu não estava afim de fazer nada para emagrecer, e se alguém falava comigo a respeito disso entrava por um lado e saía pelo outro. Acho que eu estava cansada. E comigo é assim: quando eu não estou com vontade… não adianta!

Mas e aí, o que me motivou dessa vez?

 

Primeiro: razões econômicas.

Vocês vão rir disso, mas é verdade: eu fiquei sem roupa.

Sempre adotei a técnica de não comprar roupas maiores porque engordei. Assim eu sempre me obrigo a me manter no máximo naquele tamanho, não posso ir além. Só que as roupas foram acabando! Sabe o que aconteceu com elas?

algumas simplesmente pararam de servir e eu guardei na esperança de vestir de novo. Algumas são muito bonitas, outras foram muito caras, enfim, eu queria um dia poder vestir de novo.

algumas eu perdi porque as estraguei 🙁

Um dia eu estava no aeroporto e senti que minha calça descosturou – a costura forçou tanto que não deu conta. A sorte é que eu estava com mala de mão e troquei de roupa no banheiro – imagina se eu despachasse bagagem???? Cômico se não fosse trágico, mas é verdade.

A solução era: emagrecer e voltar a caber nas roupas que eu tenho guardadas OU comprar um guarda roupa novo. Haja $$$$, e eu agora não trabalho mais.

Segundo: filhas

Não dá pra passar maus hábitos para os filhos. Definitivamente, não! Graças a Deus, minha filha mais velha sempre teve bons hábitos alimentares e sua alimentação sempre foi saudável, mas a caçula é formiga como eu e ama uma porcaria. Ela já senta na mesa do almoço perguntando se tem sobremesa! E durante muito tempo tinha mesmo…

Muita gente reclama que o filho não come frutas, legumes e verduras  mas não percebe que nem oferece essas coisas pra ele. A Isabela (caçula) não comia NADA de salada, mas sempre coloquei salada crua na mesa, na frente dela e ela sempre me viu comendo. Hoje em dia ela já come tomate, alface, brócolis, cenoura crua, ervilha e tenho certeza de que irá comer muitas outras coisas porque é o que tem na minha casa. Quero passar hábitos alimentares mais saudáveis para minhas filhas enquanto são crianças e posso controlar o que elas comem, pois o tempo vai passando e os pais não tem mais como controlar depois de uma certa idade…

Terceiro: exemplos de superação

Quando você conhece uma pessoa e tempos depois ela parece OUTRA pessoa você leva aquele susto bom. Já aconteceu isso com você? Eu sou amiga da Kaká, que fazia o Fique Linda Gastando Pouco e acompanho o blog da Nadiele, o Kacarecos de Beleza que está no blogroll do MSP. Fiquei impressionada e feliz ao ver o que elas conseguiram:

peso emagrecimento antes e depois kaká

Antes e depois da Kaká

peso emagrecimento antes e depois

Nadiele, do blog Kacarecos de Beleza

 

 

E como eu sei que vocês vão me pedir e não vão sossegar enquanto eu não colocar uma foto minha, lá vai.

Lembrando: 1 – não é look do dia , 2- estou só no meio do caminho, ainda tem muito bacon pra queimar! 😀

peso emagrecimento antes depois

Comprei este macaquinho em 2008 e usei duas vezes, e nunca mais ele me serviu 🙁    Mas agora serve 🙂

peso emagrecimento antes e depois

 

Nem me lembro qual foi a última vez que usei essa calça. Cheguei a dar pra minha irmã mas ela me devolveu dizendo que um dia eu voltaria a usar. Antes nem a perna passava 🙁   Mas agora passa 🙂

Entrar em roupa antiga é ou não é uma baita motivação???

 

Já que vocês aprovaram, vou continuar esta série de posts contando como está sendo minha rotina…