Protetor Solar Mineral – filtro 100% físico – escolha o seu!

Protetor Solar Mineral – o que é? Quais os melhores? Como escolher?

Protetor Solar Mineral é um tipo específico de protetor, com filtros 100% físicos. Pra começar, vamos diferenciar o que é filtro solar e o que é protetor solar:

  • Filtro Solar é o componente da fórmula que irá efetivamente fazer a barreira contra a radiação solar;
  • Protetor Solar é o produto final – além de conter filtros solares, também tem veículos, fragrâncias, antioxidantes, cor, etc.

Esclarecer isso é muito importante para fazer você entender o que vou explicar daqui pra frente.
Os filtros físicos mais usados nos protetores solares são: Dióxido de Titânio e Óxido de Zinco. Em protetor solar com cor, o óxido de ferro também é usado para dar pigmento, e é considerado também um filtro físico.

Protetor Solar Mineral – vantagens

O Protetor Solar Mineral, por ter filtros 100% físicos tem as seguintes vantagens:

  • menor risco de causar alergias
  • são mais fotoestáveis (estáveis em presença da luz)
  • tem acabamento mais seco, quem tem pele oleosa costuma se adaptar melhor
  • servem para todo tipo de pele
  • protegem contra a luz visível, especialmente os que tem cor

A maior desvantagem do protetor solar com filtros 100% físicos sempre foi o acabamento e a textura, pois costumam ser mais densos e pesados, deixando resquícios brancos sobre a pele. As empresas tem buscado resolver essa questão usando partículas cada vez menores (nanopartículas) que não prejudicam a eficácia da barreira contra a radiação e melhoram bastante o aspecto cosmético do protetor solar.

Protetor solar mineral é indicado para quem?

Por essas vantagens, protetor solar mineral é indicado para:

  • crianças
  • peles sensíveis, atópicas, quem faz ou passou por tratamento de pele mais invasivos
  • peles com rosácea
  • melasma
  • grávidas e lactantes

Protetor Solar Mineral – opções no mercado

Não são todas as marcas que fabricam protetor solar mineral. A maioria dos protetores solares encontrados no mercado hoje são os chamados híbridos, que misturam em suas fórmulas os filtros físicos com os químicos, pois assim eles unem as vantagens de um e de outro. Consegui encontrar algumas opções no mercado brasileiro e reuni aqui (os preços apresentados são preços médios, podem ser encontrados por mais ou por menos):

Protetor Solar Mineral 100% físicos

Adcos Filtro Solar Tonalizante FPS50 Pó Compacto

Segundo a Adcos, o único protetor solar 100% físico da empresa é esta versão em pó (o resto, ou é 100% químico ou híbrido). Um dos mais comentados na internet como sendo uma das melhores opções de acabamento, pois entrega uma cobertura de maquiagem, é sequinho, tem toque sedoso e matificante. Tem 5 opções de cores, além da translúcida. É  hipoalergênico, resistente à água, não comedogênico, oil-free e sem parabenos. Custa R$162,00 com 11g nas lojas Adcos físicas e online.

Fotoprotector Isdin Mineral SunBrush FPS50+

Segundo a Isdin, o FPS real do produto é FPS64, sendo UVA34 (excelente!). Não tem cor, é translúcido e se adapta a qualquer tom de pele. É oil free, tem ingredientes anti-poluição, é hipoalergênico e resistente à água (mantém o FPS após 2 imersões de 20 minutos em água). Sua fórmula é biodegradável. Custa R$109,00 com 4g em farmácias e lojas de cosméticos.

Aqui no blog tem resenha de protetor solar Isdin:

Isdin Transparente Spray

Isdin Active Unify Fusion Fluid FPS99

Protetor Solar Dermage Photoage Mineral Color Fluid FPS 50

Segundo a Dermage, tem amplo espectro de proteção UVA e UVB, coloração bege e efeito color adapt (a chamada cor universal, uma cor só que teoricamente se adapta a todo tom de pele). Não tem  álcool, parabenos e lanolina. Custa R$96,00 com 50ml (protetor solar fluido).

Bioderma Photoderm

Protetor solar da Bioderma tem cor e é indicado para pele mista e oleosa. Tem 3 opções de cores, acabamento mate aveludado, função de controle de oleosidade, melhora a textura e uniformidade da pele após 21 dias de uso. Custa em média R$90,00 com 40ml em farmácias e lojas de cosméticos.

Isdin Fusion Fluid Mineral

Segundo a Isdin, tem proteção muita alta aos raios UVA e UVB, com toque seco e textura fluida. Tem ácido hialurônico, não comedogênico, não acnegênico. Custa em média R$90,00 com 50ml e farmácias e lojas de cosméticos.

Avene Solar Fluido Mineral Com Cor FPS50+

A linha de protetor solar Mineral da Avene é identificada pela cor da embalagem, a chamada linha branca (os outros protetores que não são minerais são da cor laranja, como Avene Mat Perfect por exemplo). Tem textura leve, com pigmentos que promovem uma cobertura leve, uniforme e natural, sem resíduos, deixando a pele luminosa, confortável e matificada ao longo do dia. Custa R$90,00 com 40ml em farmácias e lojas de cosméticos.

Avene Solar FPS50 Compacto

Versão em pó de protetor solar mineral Avene. Sem parabenos, resistente a água, tem duas opções de cores: Sablé, para peles claras e médias, e Doré para peles morenas. Custa R$93,00 com 10g.

Biossance Squalane Mineral FPS45

Protetor e primer iluminador, protege a pele contra as agressões ambientais e poluição, tem esqualano (molécula que retém umidade da pele), fermento de Thermus Thermphilus, óleo de camomila e extrato de raiz de gengibre e partículas refletoras de luz, que deixam a pele com mais viço e glow. Custa R$249,00 com 50ml na loja online da Biossance ou na Sephora.

SkinCeuticals Physical Fusion UV Defense

Tom de base universal para todo tipo de pele, garante fotoproteção de amplo espectro UVA e UVB. Custa em média R$149,00 com 50ml em farmácias e lojas de cosméticos.

SkinCeuticals Matte UV Defense

Recentemente a SkinCeuticals também lançou a versão com cor Physical Matte UV Defense, com textura mousse ultrafina, que promove uma cobertura sequinha e cobre as imperfeições da pele por R$129,00 com 30ml.

Recentemente publiquei a resenha do protetor Solar SkinCeuticals UV Oil Defense FPS80

 

 

Mat Perfect FPS60 Avene – resenha de protetor solar

Mat Perfect FPS60 da Avene – protetor solar matificante para pele oleosa

Mat Perfect FPS60 é o melhor protetor solar da Avene que eu já usei – pronto, já comecei a resenha pela conclusão! 😀

Eu usei o Avene Toque Seco com cor e o acabamento não me agradou. Na verdade, não é todo protetor solar “Toque Seco” que fica bem na minha pele, mas até hoje, todos os matificantes ficaram. Vejo que muita gente não entende a diferença entre esses 2 acabamentos, e quando compra protetor “Toque Seco” fica esperando que o produto matifique  a pele, mas isso não é garantido pois depende muito mais da pele do que do produto. Para matificar, que é a ação de “sugar” o excesso de oleosidade da pele, deixando aquela camada mais sequinha, é preciso procurar um protetor solar matte, ou matificante – isso geralmente está destacado no rótulo. No caso do produto de hoje, está no nome!

Mat Perfect FPS60 – protetor solar matificante

Esse sim, deixou minha pele sequinha. Quando usei o Avene Cleanance Solar, que é um protetor solar da Avene direcionado para quem tem pele oleosa e com acne, comentei na resenha que ele não deixava minha pele seca, e que eu não conseguiria fazer uso diário por baixo de maquiagem, por exemplo. No caso do Mat Perfect é diferente: sua fórmula consegue “chupar” a oleosidade em excesso e a pele fica seca, sem brilho e com aquele toque aveludado. É o tipo de protetor solar que eu gosto de usar antes da maquiagem, pois forma aquele filme que deixa a pele preparada para ficar com um bom acabamento por mais tempo, mesmo em dias quentes.

Avene Mat Perfect – o que tem na fórmula?

Além de oferecer alta proteção contra os raios UVA e UVB , Mat Perfect tem:

  • Ascorbyl Glucoside – pré-vitamina C, ou seja, irá se transformar em vitamina C dentro da sua pele. Segundo a Avene, esse ativo é “inteligente” pois libera a vitamina C ao longo do dia, e é isso mesmo que acontece com as pré-vitaminas, por isso os dermatologistas falam que elas atuam durante 24h, você tem liberação contínua da vitamina C dentro da sua pele pois essa transformação é constante e gradativa.
  • Pré-Tocoferil – pré-vitamina E – o mesmo raciocínio da pré-vitamina C descrito acima.

Lembrando que essas duas vitaminas são antioxidantes – aquele reforço excelente para a proteção da pele contra os danos da radiação. Lembra que eu falei sobre isso no post sobre usar vitamina C de dia ou noite?

  • Monolaurina – derivado do ácido láurico, um componente também encontrado no leite materno e no óleo de coco. Ele tem ação bactericida e fungicida, e ainda trata algumas condições da pele, como excesso de oleosidade. Aliás, não é à toa que o óleo de coco é famoso por fazer bem a pele, inclusive a pele oleosa 😉

 

O Avene Mat Perfect sem cor deixa a pele sem brilho e sem rastro branco, mesmo que ele assuste nos primeiros movimentos para espalhar (parece que não vai se adaptar a pele, mas em pouco tempo ele some). Testei em dias quentes, úmidos, frios, com e sem maquiagem, e deu tudo certo. Em breve mostro a versão do Mat Perfect com cor – a experiência também tem sido boa.

Avene Mat Perfect FPS60 - resenha protetor solar Avene para pele oleosa

Onde comprar e preço

Avene Mat Perfect FPS60 pode ser encontrado em farmácias e lojas de cosméticos, físicas e online. É um lançamento recente da marca, tem sido encontrado por R$87,90 a embalagem com 50ml – aliás, a Avene tem mantido essa quantidade em seus produtos, algumas marcas tem diminuido o conteúdo para 40ml, fique de olho nisso ao comparar preços.

A versão com FPS30 é um pouco mais barata, em torno de R$62,00.

Avene no blog

A-Oxitive – vitamina C

Água Termal Avene – excelente para pele sensível, com rosácea, dermatite atópica

Cleanance Mask – máscara para pele oleosa

 

 

 

 

 

UV Oil Defense FPS80 Skinceuticals – resenha de protetor solar

UV Oil Defense da Skinceuticals – protetor solar matificante

Usando o protetor solar SkinCeuticals Uv Oil Defense FPS80 eu percebi que o foco da marca nesse produto é o acabamento – a ideia é fazer uma segunda pele, que seja leve e neutra em relação a cor, sem deixar resquícios, e que “sugue” o excesso de oleosidade, para manter um aspecto de limpeza durante o dia. Vamos começar pela descrição da SkinCeuticals e depois eu conto como tem sido usar este protetor solar no meu dia a dia.

Skinceuticals UV Oil Defense FPS80 resenha protetor solar

SkinCeuticals UV Oil Defense – descrição

protetor solar SkinCeuticals Uv Oil Defense FPS80 é indicado para peles mistas a oleosas, com alta proteção UVA e UVB – a marca não informando o PPD podemos considerar como o valor mínimo de 26. A fórmula deste protetor solar conta com filtros solúveis em água, em sua maioria, o que possibilita uma textura final mais leve. Em relação ao acabamento, a SkinCeuticals desenvolveu para este produto:

  • A Mimetic Technology, que possibilita um acabamento seco e sem filme branco, se adaptando a pele sem apagar seu aspecto natural;

  • Sílica Aerada – que controla a absorção da oleosidade e do brilho ao longo do dia de maneira inteligente;

  • Toque Seco – deixando a pele macia, fresca e confortável com efeito prolongado.

A embalagem do UV Oil Defense é em bisnaga plástica cinza, com tampa flip top firme e que veda bem, vem com 40g. Na embalagem externa, de papelão, constam a maioria das informações sobre o produto, inclusive a composição.

Skinceuticals UV Oil Defense FPS80 resenha protetor solar composição

SkinCeuticals UV Oil Defense FPS80 – minha experiência

Este foi o segundo protetor solar da SkinCeuticals que eu já usei (já usei em consultório algumas vezes o Physical Matte UV Defense) e já imaginava que cumpriria o que promete. Aliás, SkinCeuticals é o topo da pirâmide das marcas da divisão de Cosmética Ativa da Loreal, a marca que mais tem produtos de tratamento famosos pela alta tecnologia e qualidade em suas formulações, especialmente dos seruns (que eu pretendo usar um dia, se Deus quiser!!!).

Quem tem pele oleosa sofre com o aspecto de “pele suja” durante o dia devido ao excesso de oleosidade, e encontrar um protetor solar que nos deixe confortáveis, com oleosidade sob controle, mas com acabamento bonito, é difícil, pois muitos protetores solares deixam um rastro tão branco que ficamos parecendo fantasmas.

Em relação ao acabamento, achei maravilhoso. Ao usar pela primeira vez estranhei muito o fato de ser tão grosso ao sair da embalagem:

Skinceuticals UV Oil Defense FPS80 resenha protetor solar

Mas só dá pra assustar pela foto, pois mesmo tendo essa consistência ele é leve, fácil de espalhar. Essa densidade que aparenta na foto é só a “casca” – por dentro tem um produto de textura suave e que desliza com suavidade na pele.

Skinceuticals UV Oil Defense FPS80 resenha protetor solar

Na pele, o acabamento é matificante – desses que “sugam” o excesso de oleosidade e brilho, deixa a pele com aspecto aveludado ao toque e esta sensação se prolonga durante o dia. Mas tem um probleminha só que acontece comigo que eu preciso deixar aqui:

Não consigo retocar o produto sem retirar o protetor que está por baixo, pois ele esfarela. Aliás, quando for aplicar seu protetor de manhã, você tem que passar uma camada só – passe a quantidade adequada e espalhe, não tente construir camadas. Pela minha experiência, ele esfarela. Depois que ele seca, forma um filme sobre a pele, e se você esfregar mais protetor solar por cima, este filme “se desfaz” (estou explicando de uma maneira bem leiga, pois não sou técnica, mas talvez isso tenha uma explicação melhor).

E ele esfarela se eu passar maquiagem por cima? Com as maquiagens que eu usei isso não aconteceu (todas bases líquidas, e corretivo cremoso) . Vai entender… ¯ \ _ (ツ) _ / ¯

Eu não sei se existe algum componente específico dos produtos que dão esse “defeito”, mas a maioria dos produtos que esfarelam no meu rosto são os que tem acabamento matificante… se um dia eu tiver uma resposta confiável eu volto pra contar.

Onde comprar e preço

Uv Oil Defense FPS80 custa atualmente R$99,90 na Kutiz, loja de cosméticos online que é parceira do blog e me enviou o produto. Lembrando que a resenha é de minha responsabilidade e não tem interferência nem da marca, nem da loja.

 

 

Avene Toque Seco protetor solar com cor – resenha

Protetor Solar Toque Seco com cor da Avene é bom pra pele oleosa?

Comecei a testar o Protetor Solar Avene Toque Seco com cor em agosto, e usei algumas vezes até agora, em novembro. Passei por várias situações: dias mais frios e bem secos, dias quentes e úmidos, quentes e chuvosos, frios e chuvosos, ou seja, deu pra ver o comportamento desse produto de todo jeito! Vou deixar aqui as minhas impressões sobre ele, espero que ajude quem esteja querendo saber se é um bom protetor solar para pele oleosa:

Avene Protetor Solar Toque Seco com cor - resenha - pele oleosa

 

Avene Protetor Solar Toque Seco FPS70 – embalagem e apresentação

Avene Protetor Solar Toque Seco com cor - resenha - pele oleosa

A embalagem do Protetor Solar Avene Toque Seco é laranja, o que indica que ele é da linha de protetor solar para peles sensíveis, com o SunSitive® – exclusividade da Pierre Fabre – que é uma associação de ativos que garantem um amplo espectro de proteção UV, contra raios UVB e UVA curtos e longos, e com estabilidade. A embalagem é de plástico bem rígido, vem com 50ml, tem tampa flip-top bem segura e que não abre fácil, e sua textura é uma emulsão cremosa, que é fácil de espalhar – só o pigmento é que deixa essa tarefa mais complicada, pois deixa rastros. Ele tem o que a Avene chama de cor universal, ou seja, só uma opção de tonalidade que deveria se adaptar a qualquer tom de pele.

Sua fórmula também conta com o Pré-tocoferil, a pré-vitamina E (ou seja, ela se transforma em vitamina E dentro da sua pele), que é um antioxidante potente, que reforça ainda mais a ação protetora antioxidante contra os danos causados pela radiação, prevenindo o envelhecimendo da pele.

Avene Protetor Solar Toque Seco com cor - resenha - pele oleosa

Avene Protetor Solar Toque Seco é bom pra pele oleosa?

Pelo que andei observando no Instagram da Avene Brasil o acabamento deste protetor solar é a parte mais polêmica. Mas quero fazer uma observação que pode ajudar a entender isso: tanto o acabamento Toque Seco quanto o Matificante são indicados para pele oleosa, mas o Toque Seco nem sempre fica seco como as pessoas esperam. Pela minha experiência pessoal, TODO protetor solar Toque Seco depende muito mais da reação da nossa pele – eu já usei toque seco que realmente fica seco, mas também já usei alguns que ficam bem hidratantes – hidratantes confortáveis e outros nem tanto. No caso do Protetor Solar Toque Seco com cor da Avene, é um hidratante denso e bem desconfortável em minha pele – NO CALOR! Sim, minha pele é bem reativa em relação ao clima, e fez toda diferença usar este protetor solar em dias mais frios e em dias quentes.

Em agosto eu usei algumas vezes e achei bem tranquilo – nunca ficou totalmente seco, mas ficou confortável a ponto de eu usá-lo na academia. Aliás, ele não escorre , nem no calor ele chega a escorrer.

Em dias quentes da primavera, eu tive outra experiência com ele, que me fez desistir deste protetor: ele não seca, deixa uma sensação de rosto melado, suado, e com muito brilho.

Detalhe: essa reação da pele pode ser muito pessoal, pois vi muita gente que se deu muito bem com o acabamento deste protetor solar… 😉

Protetor Solar Toque Seco com cor Avene – como é a cor universal?

Outro ponto polêmico: a cor. Ele tem uma opção de cor, que teria que se adaptar a todo tom de pele. Eu sou bem branquinha, com subtom rosado, e para minha pele eu acho essa cor do Toque Seco Avene muito laranja. Ele tem uma pigmentação mais dourado-alaranjado, que eu acho que será melhor para quem tem pele bronzeada – em relação a pele negra eu não vi ainda, mas também vi reclamações de usuárias no perfil da marca no Instagram.

Para que a cor fique um pouco mais adequada para mim, eu preciso passar uma camada bem fina de protetor, mas como sabemos, a quantidade influencia na eficácia da proteção em relação ao FPS, então não é uma atitude muito correta diminuir a quantidade de protetor solar para deixar a cor adequada, enquanto isso prejudica a proteção solar!

Avene Protetor Solar Toque Seco com cor - resenha - pele oleosa

Onde comprar e preço

Avene Toque Seco Protetor Solar com cor é encontrado em farmácias e lojas de cosméticos de todo o Brasil, tanto em lojas físicas quanto online. O preço sugerido do produto é de R$87,90 com 50ml e FPS70, mas como ele está no mercado há bastante tempo é muito comum encontrar promoções – já vi várias ofertas por bem menos (65, 70 reais) e ainda costumam fazer um kit com algum outro produto da marca, como a Água Termal Avene de 50ml ou o Cleanance Gel Avene com 60ml.

Mais Avene no blog

A-Oxitive vitamina C

Cleanance Mask Avene – para pele oleosa

Hydrance Optimale – hidratante

 

 

 

 

Heliocare Max Defense FPS90 resenha!

Heliocare Max Defense – protetor solar com forte ação antioxidante

Estou usando o protetor solar Heliocare Max Defense Gel FPS90 nas últimas semanas e estou bem impressionada com este produto. Ele tem várias qualidades em um produto só, e a principal delas, para mim, é o alto FPS – mas os outros benefícios eu também quero contar ao longo do post, vamos lá!

Heliocare Max Defense FPS90 – embalagem e apresentação

A embalagem do Heliocare Max Defense é uma bisnaga plástica, com tampa flip-top. Vem com 50g de um gel-creme, que tem uma coloração bege clara parecida com um bb cream, mas que não deixa nenhum pigmento na pele. Tem um cheiro muito agradável de chá, algo herbal, que não me incomoda mas é importante mencionar pois muitas pessoas não tem boa relação com cosméticos com fragrância. Trata-se de um protetor híbrido, ou seja, tem filtros físicos e químicos.

Heliocare Maxdefense FPS90 resenha protetor solar

Heliocare Max Defense FPS90 – o que diz a marca

A Heliocare, marca atualmente distribuida no Brasil pela FQM Melora, descreve este protetor solar como um fotoprotetor de uso diário para peles extremamente sensíveis frente às radiações solares.

“Oferece proteção muito alta contra queimaduras solares e previne os danos causados pela exposição excessiva ao sol (rugas e pigmentação cutânea). Formulado com uma combinação de filtros fotoestáveis e com exclusiva tecnologia patenteada Fernblock ®XP (rico em ácido ferúlico, ácido cafeico e chá verde). Este filtro fitobiológico tem comprovada ação fotoimunoprotetora que fortalece as defesas da pele, protege contra os malefícios do sol e promove ação antioxidante. Cosmética com textura suave que não branqueia a pele.”

O parágrafo anterior foi transcrito da embalagem do produto, portanto é a descrição do fabricante, que eu sempre gosto de colocar antes de mostrar a minha experiência… então agora vamos ver como tem sido usar o protetor solar Heliocare Max Defense Gel FPS90

Minha experiência com o Heliocare Max Defense

Como disse no início do post, a qualidade que mais me conquista no caso deste protetor é a alta proteção – FPS90 (proteção UVB) e PPD30 (proteção UVA, estou considerando o valor mínimo, já que não consta na embalagem). Além disso, o fato de ser bastante antioxidante (os ácidos ferúlico e cafeico, além do chá verde, são antioxidantes potentes), o que garante maior defesa da pele contra os radicais livres e sinais de envelhecimento, que aliados aos cuidados que eu tenho mantém a pele jovem por mais tempo. Quem se preocupa com os sinais de envelhecimento valoriza isso demais!

Em relação ao acabamento, ele não fica seco na minha pele oleosa. Também não acrescenta óleo, mas forma aquela camada fina, como um hidratante confortável, mas que te lembra o tempo todo que tem um creme ali. Eu não considero que ele seja um gel, mas sim um creme-gel – espalha com muita facilidade, não deixa rastro e nem resquício de cor (ele não é branco, mas tem cor de uma base bem clara, porém esta cor não fica na pele e nem serve para uniformizar, ao ser espalhado fica transparente).

Eu já usei em várias quantidades, e ele nunca esfarelou. Fica só mais difícil de secar quando usa muito produto, mas pelo menos não esfarela e aceita bem uma maquiagem por cima.

Enfim, quem tem pele oleosa e gosta de acabamentos secos e/ou matificantes tem que escolher se os outros benefícios do produto irão valer a pena ter um acabamento hidratante. Na minha opinião, acho uma troca válida, por isso estou usando e pretendo aproveitar esse produto ao máximo.

Outro ponto importante: recebi algumas mensagens no Instagram, mencionando que a Heliocare substituiu a fórmula deste protetor recentemente. A nova fórmula, segundo esses usuários, é mais seca, e bem branca. Eu estou descrevendo isso pois quem já conhece o produto há mais tempo pode estranhar isso.

Heliocare Maxdefense FPS90 resenha protetor solar

Componentes do Heliocare Max Defense FPS90

Para entender a ação deste protetor solar, veja como a Heliocare explica sua tecnologia:

“A tecnologia patenteada Fernblock® XP é rica em ácido ferúlico, ácido cafeico e chá verde, e contém Extrato de Polypodium leucotomus, uma espécie originária da América Central. Esta espécie de samambaia foi há milhares de anos atrás uma planta aquática que, depois evoluiu para uma planta terrestre. Desta forma, desenvolveu mecanismos próprios de defesa contra a radiação UV. Este extrato é obtido através de procedimentos farmacêuticos  estritamente controlados, para assegurar total eficácia e segurança.

Onde comprar e preço

A Kutiz, loja parceira do blog que me enviou este produto, ainda tem unidades dessa fórmula antiga, mas caso façam questão dessa fórmula sugiro que confirmem antes de comprar. Atualmente, ele está na promoção por R$71,16 a embalagem com 50g.

Qual quantidade de protetor solar para o rosto?

Quanto protetor solar devo usar no rosto?

Qual a quantidade de protetor solar devemos usar no rosto? Eu já ouvi essa pergunta muitas vezes, e mesmo que a internet já tenha algumas respostas para essa pergunta acho que meu post pode ajudar com umas diquinhas práticas. Já gravei um vídeo mostrando como é, mas por aqui também vai ter mais conteúdo – porque sim!

Quantidade de protetor solar e sua relação com o FPS

Por que a quantidade de protetor solar é importante? Porque ao fazer os testes para determinar o FPS de um protetor solar, o fabricante considera uma quantidade mínima de produto, que é de 2mg/cm². Caso você não aplique essa quantidade de protetor solar, o fabricante não garante a proteção especificada na embalagem.

Para esclarecer, vou colocar o conceito básico do que é o FPS (Fator de Proteção Solar): este fator irá determinar o tempo que a pele pode ficar exposta aos raios solares sem proteção, sem que a pele seja agredida pelos raios UVB, que são os raios que atingem a pele nas camadas mais superficiais, e são responsáveis pela vermelhidão e ardência, por exemplo.

Portanto, se o seu tipo de pele pode ficar exposto por 10 minutos sem ter essas reações ao raios UVB, usando um protetor solar FPS30 você irá multiplicar os 10 minutos por 30 = 300 minutos, ou 5 horas.

Mas e em relação aos raios UVA?

Como calcular o PPD – Persistent Pigment Darkening

O que determina a proteção quanto aos raios UVA é o PPD (Persistent Pigment Darkening), e o cálculo a ser feito é o mesmo. Porém, o valor do PPD é diferente do FPS – no Brasil, a norma exige que seja no mínimo 1/3 do valor do FPS. Portanto, se o protetor solar é FPS30, ele tem no mínimo um PPD de 10.

Os raios UVA penetram nas camadas mais profundas da pele e são os responsáveis pelo aparecimento de manchas, sinais de envelhecimento, perda de colágeno. Para calcular a sua proteção em relação aos raios UVA, você multiplica o tempo que a sua pele poderia ficar exposta sem sofrer os danos da radiação e multiplicar pelo PPD:

Protetor Solar: FPS 30 → PPD10

-Tempo de exposição 10 minutos x PPD 10 = 100 minutos, ou 1h e 40 minutos. É bem menor, não é?

Então, preste bastante atenção nisso quando for se expor ao sol! Mesmo que você não esteja com sinais de vermelhidão ou ardência, os raios UVA podem estar danificando sua pele.

Quantidade de protetor solar no rosto

Esta quantidade de 2mg/cm² recomendada pelo fabricante significa aproximadamente:

  • 1 colher de chá, ou 5ml, para: toda a cabeça (rosto e a parte de trás, caso você seja careca), orelhas e pescoço;
  • 1 colher de café, ou 2,5ml: para todo o rosto (se você não é careca), orelhas e pescoço.

LEMBRANDO QUE É UM VALOR APROXIMADO, POIS PODE VARIAR DE ACORDO COM O TAMANHO DO ROSTO! PODE SER UM POUCO MENOS, COMO 2ML

DICA: como os tamanhos das colheres nem sempre são os mesmos, vou deixar aqui a dica do copinho dos xaropes, Novalgina e vários remédios em solução – aquele copinho vem graduado em 2,5 – 5 – 7,5 e 10ml.

Você não precisa colocar protetor solar no copinho todo dia antes de aplicar, mas pelo menos vai te ajudar a se acostumar com essa quantidade 😉

 

Achou muito? E é! Então vamos lá para as próximas dicas:

Como aplicar a quantidade de protetor solar ideal no rosto?

Aplicar entre 2 e 2,5ml de protetor solar no rosto não é uma tarefa fácil, especialmente por causa do acabamento. O ideal é aplicar o protetor em camadas, podendo inclusive variar o tipo de protetor. Vou deixar as opções aqui:

  1. Usar somente um tipo de protetor, em camadas finas. Passe a primeira camada bem fina, espere secar, e continue passando as camadas seguintes (uma ou duas);
  2. Usar 2 tipos de protetores: quando seu protetor solar esfarela, não adianta usar uma camada por cima da outra. Você pode aplicar a primeira camada na quantidade máxima que o protetor permite sem esfarelar (só testando pra saber) e uma segunda camada de protetor solar em pó, aplicando com esponja, em batidinhas.
  3. Além de usar protetor solar sem cor, você pode aplicar a última camada de um protetor solar com cor, que além de proteger ainda dispensa a base.
  4. Caso queira usar a base, se ela tiver FPS também pode fazer parte dessa proteção solar diária recomendada.

LEMBRANDO: é muito difícil quantificar um protetor solar em pó, ou uma base compacta. Portanto, o ideal é garantir o máximo de proteção possível com o protetor solar em creme e deixar o pó para dar acabamento. Isso garante a uniformidade da camada de protetor – lembre-se de que você deve formar uma película sobre a pele, pois o protetor solar forma literalmente um escudo protetor.

Quantidade de protetor solar e a barreira protetora sobre a pele

VEJA:

quantidade de protetor solar

Crédito da imagem: Spigget (autor). / Wipedia – tirei do perfil do @cosmeasia

Olha que interessante! Acho muito legal ver essa foto tirada com luz ultravioleta, pois mostra uma coisa que muitas vezes nós esquecemos quando vamos usar um protetor solar: ele forma literalmente uma barreira sobre a pele.

Imagine a diferença de você se proteger do sol com uma barreira toda íntegra, ou uma barreira toda furada, cheia de defeitos? Pois usar a quantidade correta de protetor solar garante uma barreira íntegra, da mesma forma como o fabricante testou.

Você pode usar menos? Pode, é só lembrar que a proteção não será a mesma.

Eu, sinceramente, sei que não uso essa quantidade… e você?

 

 

 

Sunsafe Protetor Solar sem cor FPS60 Darrow

Sunsafe Oil Free – o protetor solar do meu inverno

Estou usando o Sunsafe Oil Free Protetor Solar que recebi da assessoria da Darrow e desde que experimentei resolvi fazer uso contínuo nesta época do ano, seca e fria. Vocês tem percebido em minhas últimas resenhas, especialmente após a mudança pra BH, que eu tenho preferido usar produtos mais densos, que me deixam mais confortáveis no tempo seco – aqui está seco demais (ou sou eu que ainda estou me readaptando!). Só sei que essas escolhas tem feito muito bem pra minha pele, e estão fazendo minha pele sensível passar ilesa pelo inverno. O Sunsafe é um protetor solar que tem me ajudado nisso e vou explicar nesta resenha como ele é para vocês entenderem minha escolha.

Recebi também o Actine Sabonete Líquido, já viram a resenha?

Sunsafe Protetor Solar Oil Free sem cor Darrow - resenha

Sunsafe Oil Free – como ele é?

Sunsafe Oil Free vem em embalagem plástica, uma bisnaga com tampa flip-top bem firme, com 50ml. Ele tem uma consistência mais firme e densa, quase no caminho de ser uma pomada. Por ter essa densidade, acaba deixando rastros brancos na hora de espalhar, inclusive logo depois de espalhado eu percebo uma alteração no meu rosto, que fica um pouco mais branco. Porém, em alguns minutos o protetor “assenta” na pele e a aparência volta ao normal(gente, eu não consigo usar outra expressão, kkkkkk! Eu quero dizer que o produto “se acomoda”, chega no ponto que tem que ficar).

Sunsafe tem toque seco? É bom para pele oleosa?

Segundo a descrição da Darrow, Sunsafe tem “toque seco”. Como eu sempre diferencio em minhas resenhas, toque seco é uma coisa, acabamento matificante é outra. Se o protetor matificante “chupa” a oleosidade da pele, o toque seco some após o tempo de secagem. Mas para mim, em minha pele, o Sunsafe não é nenhuma coisa nem outra – LEMBRANDO QUE isso é uma reação muito individual, ele pode muito bem secar totalmente na SUA pele se ela é diferente da minha.

Por outro lado, levando em consideração que a Darrow tem uma linha própria de cuidados para pele oleosa, que tem acabamento mais seco – a linha Actine – então o Sunsafe pode muito bem ser direcionado a outro público, não acham? Aí, quem quer dar prioridade ao acabamento mais seco poderia ir para o protetor solar Actine (não usei ainda mas li muitos elogios lá no canal, assim que puder vou usar).

Mas uma coisa importante que devo mencionar é que ele não altera a oleosidade da pele, não causou acne, enfim, não é porque o acabamento não é totalmente seco que ele vai prejudicar quem tem pele oleosa. Como eu tenho dito, eu ando gostando deste acabamento mais denso nos produtos que tenho usado exatamente pela sensação de conforto e proteção que eles tem me proporcionado, por isso estou achando que ele está sendo muito benéfico neste inverno.

Sunsafe Protetor Solar Oil Free sem cor Darrow - resenha

Sunsafe – Proteção UVA e UVB

Liguei no SAC da marca para tirar minha dúvida sobre o PPD (Persistent Pigmented Darkening) – que se refere ao fator de proteção UVA, que é a radiação responsável pelo fotoenvelhecimento e pelas manchas na pele. Eles não me informaram o PPD exato, mas garantem que ele segue à recomendação do valor mínimo de 1/3 do FPS, portanto podem considerar no mínimo 20, o que já é indicado para quem tem melasma, por exemplo.

Onde comprar e preço

Andei pesquisando no mercado e vi o Sunsafe Oil Free FPS60 por 55 até 70 reais. A Darrow também disponibiliza o Sunsafe FPS30 e o Sunsafe com cor. Os produtos são encontrados em farmácias e lojas de cosméticos, tanto físicas quanto online.


 

Já usaram o Sunsafe? Muitas pessoas já falaram muito bem do Actine, da linha de cuidados para pele oleosa, me conte também se já experimentou algum dos protetores solares da Darrow. Estou começando a conhecer a marca agora e gostei bastante!

 

Cuidados com a pele aos 40 – minha rotina de beleza!

Cuidados com a pele aos 40 – como é minha rotina hoje

Resolvi fazer o meu resumo dos cuidados com a pele aos 40 já que semana que vem é o meu aniversário, vou fazer 42 anos e quando comecei a blogar e resenhar produtos de beleza eu tinha 34. Muita coisa mudou de lá pra cá: alguns tipos de produtos que funcionavam antes hoje não funcionam mais da mesma forma, e algumas rotinas ficaram diferentes também. Aprendi a conhecer minha pele e saber as suas necessidades, entender suas reações, e consigo me cuidar cada vez melhor. Fico feliz quando vou ao dermatologista e só recebo elogios – modéstia à parte! kkkkk

Hoje quero fazer um compilado sobre algumas coisas que eu faço e o que aprendi nesse tempo.

Lembrando que a minha pele é oleosa, e meus cuidados não começaram agora. Se você nunca cuidou da sua pele antes e quer começar, não tem problema, pode seguir as dicas, mas pode ser que você tenha necessidades diferentes. Eu SEMPRE digo por aqui que consultar um dermatologista para ter um acompanhamento é fundamental, pois nenhuma dica de blogueira pode substituir um bom profissional. OK?

Então vamos lá!

Cuidados com a pele aos 40 – limpeza da pele oleosa

Minha pele sempre foi oleosa, sendo que até os 20 e poucos anos eu tive muita acne. MUITA acne mesmo, até nas costas. Depois, dos 20 até os 30 e poucos, eu sempre tinha resquícios disso, de vez em quando minha pele surtava, aí eu controlava com um tratamento aqui e outro ali, fazia limpeza de pele com esteticista, receitas manipuladas do dermatologista, um Vitanol A antes do meu casamento para deixar a pele sem marcas, essas coisas que eram mais fáceis de fazer na época (não é como hoje que a gente tem acesso a tantas coisas!).

HOJE minha pele continua oleosa, porém sob controle. Se eu relaxar e ficar algum tempo sem usar produtos com algum tipo de ácido salicílico ou algum ativo que faça algum controle de oleosidade, eu percebo que ela brilha mais, fica com aquele “brilho sujo”, mas não tenho mais acne.

Porém, hoje em dia eu não preciso mais daqueles produtos fortes e abrasivos, mas sim daqueles que não agridem a barreira protetora da pele.

Produtos para pele oleosa que eu usava antes:

Esses produtos sempre estavam na minha bancada. Hoje eu não consigo usar por muito tempo pois minha pele começa a ficar sensibilizada. São excelentes para o auge da oleosidade e da acne, mas hoje em dia preciso de eficiência com mais suavidade.

Limpeza da pele oleosa aos 40:

Cuidados com a pele aos 40 anos - limpeza da pele oleosa

Continuo precisando de produtos de limpeza de pele específicos para pele oleosa, porém quanto mais suavidade, melhor. E se tiver efeito calmante, melhor ainda! Eu preciso de eficácia na limpeza mas sem agressão.

Cuidados com a pele aos 40 – hidratação

Agora eu entrei de vez na fase do ácido hialurônico! Cremes com ácido hialurônico entraram na minha vida há uns 3 anos e agora não podem sair mais – e eu nem quero isso, pois estão fazendo um papel maravilhoso na hidratação da minha pele! Antes e depois dos 40 muita coisa mudou nos cuidados com hidratação da minha pele – a hidratação da pele é a maior prevenção que podemos fazer contra as rugas, sabia? A pele ressecada é que começa a mostrar as linhas de expressão, por ressecamento – pense naquela imagem da terra seca, cheia de rachaduras, é bem isso. Olha só a comparação:

Hidratação antes dos 40

  • Pele mais oleosa, não se dava bem com hidratantes em creme
  • SEMPRE tinha que ser hidratante em gel, sem nenhum óleo na formulação para não dar espinhas e aumentar o brilho
  • usei muita água termal quando não tinha nenhum outro produto para usar como hidratante
  • os hidratantes podiam ser mais suaves que davam conta do recado

Hidratação da pele depois dos 40

  • tenho mais facilidade com hidratantes cremosos, não são todos, mas já gostei de vários que eu não conseguiria usar antes;
  • PRECISA ter ativos mais fortes, e o principal deles é o ácido hialurônico
  • a água termal hoje é usada JUNTO com outros cremes. Sozinha não dá conta do recado mais
  • além de hidratar ainda temos que pensar na proteção da pele, pois nós perdemos muita água por ela. O hidratante ideal deve, além de hidratar, formar uma barreira de proteção contra a perda hídrica para o ambiente
  • HOJE eu dou muito mais importância à hidratação do que eu dava antes, com toda certeza. Antes eu achava que hidratação era incompatível com pele oleosa, um dos maiores enganos que muita gente acredita. Na verdade TODA PELE precisa de hidratação, e não é porque a pele oleosa está sempre brilhando que ela está hidratada, ela produz mais sebo!

Cuidados com a pele aos 40 anos - hidratação potente

Produtos para hidratação depois dos 40

Cuidados com a pele aos 40 – correção e uniformização

Nessa parte tem 3 coisas que preciso destacar:

  1. A correção dos poros dilatados, que é uma herança da pele oleosa da vida inteira
  2. A correção das manchas na pele, já que pequenas manchinhas, não muito contrastantes, se formaram durante a vida toda e que são cumulativas
  3. A correção de pequenas linhas de expressão que já se formaram: tenho um “projeto de ruga” na testa, uma linha que ainda está bem fininha bem paralela a minha sobrancelha e que já está querendo aparecer (fica longe, minha filha, sai daqui!!!!) e o tal “bigode chinês”, que foi a primeira linha que apareceu já há alguns anos, que é uma herança da família do meu pai

Esses problemas são de 3 origens diferentes – oleosidade da pele, excesso de sol e DNA (Data de Nascimento Antiga, hahahahaha) – mas os cuidados para correção são os mesmos.

Eu não costumava usar produtos para correção da pele, como retinol e vitamina C, mas depois que comecei não quero parar mais.

Correção da pele antes dos 40

  • NADA!!! Sério gente, eu não usava nada – e na verdade nem precisa. Hidratação e proteção solar é tudo que você precisa até seus 30 anos, e se a proteção solar principalemente for bem feita, você pode começar seus cuidados anti envelhecimento depois dos 30, 35, por aí (não podemos dar uma idade exata pois a genética influencia muito). Mas quem quiser usar alguma coisa para melhorar a pele não tem problema, inclusive a vitamina C para a pele também é um antioxidante, então pode usar quando quiser. Tem cremes com vitamina C à vontade aqui no blog, é só clicar!

Correção da pele depois dos 40

Cuidados com a pele aos 40 anos - correção das manchas de sol, cicatrizes e linhas de expressão

Esses produtos agem em conjunto na correção da pele, e a associação do retinol com a vitamina C é simplesmente MARAVILHOSA para a pele: dá viço, luminosidade e uniformidade. É muito importante consultar o dermatologista para saber o que usar no seu caso, pois o existem vários produtos com retinol, em várias concentrações, e se você estiver usando produtos com outros ativos tem que ver exatamente como combiná-los (a associação pode de ácidos pode deixar sua pele muito sensibilizada, cuidado ok?).

Cuidados com a pele aos 40 – proteção solar

Aqui nada mudou. Aliás, mudou, mudou sim uma coisa muito importante: CONSCIENTIZAÇÃO. Se antes eu me esquecia de passar protetor solar de vez em quando, hoje eu não esqueço nunca. Passo e ainda retoco o quanto for preciso.

Os danos causados pela radiação são cumulativos (gente, eu me tornei a minha mãe, kkkkkkkkkk, até escuto ela falando isso comigo!) então se não cuidar não tem volta. Eu me lembro que fui a uma palestra com uma dermatologista e ela disse: se você não tiver dinheiro pra gastar com produto de beleza, nem tratamentos, não precisa. Se puder comprar só uma coisa COMPRE PROTETOR SOLAR – qualquer um, o mais barato, mas que garanta proteção UVA e UVB, e já está ótimo. Só ele já é capaz de fazer muito mais que todos os outros produtos juntos.

Aqui eu nem vou indicar produto para deixar bem claro que TODO PROTETOR SOLAR É VÁLIDO. Claro que tem algumas coisas que devemos prestar mais atenção:

  • Proteção UVA: não é todo protetor solar que oferece boa proteção contra os raios UVA, que são os que mais causam os danos profundos, que afetam a estrutura da pele e causarão as rugas. O FPS se refere a proteção contra os raios UVB, mas a proteção UVA  (ou PPD) é menor- prestem atenção no grau de proteção contra UVA indicado pelo símbolo + ao lado do FPS – ela costuma ser de 1/3 do valor do FPS, mas pode ser maior.
  • Alguns protetores solares incrementam a fórmula com ativos antioxidantes, o que é melhor ainda. Mas prefiro não indicar aqui neste post nenhum protetor solar específico para deixar bem claro que não há restrições – o importante é usar.

Pretendo fazer um post exclusivo sobre isso pois essa questão dos raios UVA em relação ao envelhecimento é muito importante, ok?


 

Outro dia alguém me perguntou no instagram qual O CREME anti idade que eu uso. Fiquei sem saber o que responder, pois não é um creme que vai fazer diferença, é um conjunto. E quem falar que existe UM CREME que faz milagre e junta todas as soluções em um produto só é mentira, isso não existe!

Esse assunto não tem fim, né? Mas vou parar por aqui hoje! Te vejo nas redes sociais, me acompanhem por lá 😉

Instagram @luvilelapaes

 

Transparent Spray Isdin – protetor solar para pele molhada

Transparent Spray Wet Skin – resenha de protetor solar Isdin

Ganhei o Transparent Spray Wet Skin 50 Isdin da Drogaria Venâncio, e gostei tanto que comprei outro, que acabou neste verão. Ele é um protetor solar em spray e tem uma característica muito marcante e um objetivo específico – e pode ser isso que faz você amar e/ou odiar o produto. Calma que eu vou explicar tudo nessa resenha!

Transparent Spray Wet skin Isdin resenha protetor solar em spray pra pele molhada

Transparent Spray Wet Skin Isdin – embalagem e apresentação da marca

Este protetor solar da Isdin é um spray que vem numa embalagem metálica com 200ml. A válvula do spray tem uma trava que funciona direitinho – ao girar a tampa externa o spray não pode ser acionado por acidente, e funciona mesmo pois nunca vazou nada na sacola de praia.

A Isdin apresenta o produto assim:

Spray transparente corporal que pode ser aplicado em pele molhada. Fotoproteção corporal spray transparente com muito alta proteção FPS 50+. Para aplicação em pele molhada ou seca.

Transparent Spray Wet Skin Isdin é bom mesmo? Pra quem é indicado?

Este protetor solar tem um público alvo bem específico. Não é um protetor solar corporal pro dia a dia, mas eu acho bem direcionado para praia e piscina, ou para quem pratica esportes ao ar livre e sua muito. Eu não usei no dia a dia e nem conseguiria, pois ele é molhado, e não seca. Fica bem melado e gorduroso, o que deixa muita gente de cabelo em pé só em pensar, não é? Mas esta característica que pode fazer você odiar o produto, é a que vai fazer AMAR também! (olha só a pele brilhando na foto, hahaha)

Transparent Spray Wet Skin Isdin resenha review - protetor solar em spray pele molhada

O Transparent Spray é para ser usado em pele molhada, e foi isso que me salvou em todos os dias de praia e piscina – quem tem criança PIRA! A gente acaba de passar protetor solar nos pequenos e eles fazem o quê??? Vão direto pra água! kkkkkkkkk

Detalhe importante: ele não é um protetor solar infantil, mas Laura se deu bem com ele. Na Isabela eu não posso passar em dias de crise da dermatite atópica, mas no verão a água do mar ajuda bastante a manter a pele dela bem saudável, então ela usou e não teve nenhum problema.

Para crianças a Isdin tem o mesmo protetor, chama Transparent Spray Wet Skin Pediatrics, mas não achei pra comprar.

Então foi isso que me fez AMAR esse protetor solar – a praticidade e eficiência de passar um protetor solar que não sai na água e funciona super bem em pele molhada.

Gente, vocês não tem ideia de quantas vezes a eficiência dele foi colocada à prova. Essa camada “gordurosa” que fica na pele não sai, é verdade, mas também protege e não deixa a pele ficar queimada. Então, vale a pena ou não vale ficar melada nessa situação?

Por isso que eu sempre digo em resenhas de protetor solar que eu não me importo que o acabamento de um protetor não seja 100% sequinho, pois é o tipo de protetor que eu uso tranquilamente na praia ou piscina. Afinal, já estou lá pra suar e ficar molhada, pra que eu preciso usar um protetor solar matificante? Prefiro deixar o protetor solar sequinho pra quando vou me maquiar, trabalhar, etc. Tem o protetor pra cada situação, não é?

Tecnologia Wetflex que é permeável à água e permite a absorção na pele molhada sem deixar resíduo branco , mantendo o fator de proteção solar.*

*informação da Isdin

Onde comprar e preço

Aqui eu comprei na Drogaria Venancio, na época por cerca de 67,00. A Isdin pode ser encontrada em lojas de cosméticos como Dermadoctor, e farmácias como Venancio, Pacheco, Ultrafarma, Panvel.

Mais Isdin no blog

Sou fã da Isdin e dos produtos que eu experimentei até hoje, entre eles o:

Foto Ultra Isdin Active Unify Fusion Fluid Color FPS99 – clareador de pele com proteção solar

Ureadin 3 Hydro Lotion Isdin – hidratante para pele normal

Ureadin Bath Gel – hidratante de banho

Betalfatrus – fortalecedor de unhas

 

 

 

 

 

Soliale Oil Control Theraskin protetor solar – resenha

Soliale Oil Control é um ótimo protetor solar para pele oleosa!

Adorei descobrir o Soliale Oil Control da Theraskin para poder mais uma boa opção de protetor solar para pele oleosa. Ele nem estava na lista dos 20 protetores solares para pele oleosa que eu coloquei há tempos no blog pra vocês terem uma ideia. Testei o produto nos últimos dias e gostei bastante do que vi, vou passar todas as informações agora:

O Solialie Oil Control é da Theraskin, marca que conheço pouco mas pelo pouco que conheci através dos produtos da linha Cetrilan eu respeito bastante. Eu usei o protetor com FPS30 mas também tem com FPS50.

Oferece proteção UVA e UVB, uma textura em gel creme (vou falar sobre a “espalhabilidade” ali na frente), sem deixar resquício branco ou esfarelar. É não comedogênico, não acnegênico (isto é, não causa cravos nem acne), é hipoalergênico, e protege o DNA celular.

Soliale Oil Control Theraskin protetor solar pele oleosa resenha

Soliale Oil Control – experiência na pele oleosa

Não peguei dias extremamente quentes usando o Soliale mas consegui perceber uma ótima performance na pele oleosa. Na hora de espalhar tem um segredinho: ele vai secando a medida em que você espalha. Por isso eu achei melhor ir aplicando e espalhando por partes, dividindo o rosto em áreas, pois ele seca muito rápido e assim eu garanto que não ficou nenhuma área do rosto sem ser protegida.

Depois que seca ele deixa a pele com toque seco e mate – forma uma camada sequinha e com toque levemente aveludado – achei muito parecido com o acabamento do Minesol Oil Control da Roc, lembra em vários aspectos. Ah, também usei com maquiagem e achei que não deu nenhuma incompatibilidade. Como eu usei a versão com FPS30 preferi usar em dias de menor exposição solar, os dias em que eu sabia que iria passar a maior parte do tempo em casa, e o FPS30 deu conta da proteção. Fiquei bem curiosa pra usar o FPS50, o Soliale tem tudo pra ficar na lista dos meus protetores solares favoritos para pele oleosa.

Onde comprar e preço

Vejo sempre os produtos da Theraskin em farmácias e lojas de cosméticos, não é difícil de ser encontrado. Em uma rápida pesquisa encontrei o Soliale Oil Control FPS30 por um preço médio de 50-60 reais, e o FPS50 entre 60-70 reais, embalagens com 50g.

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...