Tranex – ácido tranexâmico Dearskin resenha: pra que serve?

Tranex – Ácido Tranexâmico

Comecei a usar Tranex logo depois que o Klassis TX acabou, e como gostei da experiência de usar ácido tranexâmico em minha rotina, aderi ao uso diário do Tranex 1x ao dia, sempre à noite.

Tranex Dearskin resenha - ácido tranexâmico

Tranex – Dearskin

O Tranex segundo a Dearskin: “é uma formulação vegana que combina os principais ingredientes naturais com o Ácido Tranexâmico sintético. Demonstrou ser eficaz na redução da aparência de manchas escuras e, simultaneamente, auxilia a pele através de efeitos hidratantes e clareadores”.

  • Produto Vegano
  • Livre de Parabenos (conservantes)
  • Livre de amônia
  • Livre formaldeído (formol)
  • Cruelty Free

Tranex – Dearskin – ingredientes

Tranex Dearskin composição

Tranex – Dearskin – minha experiência

Eu uso ácido tranexâmico complemento da minha rotina de uso diário de antioxidantes. Meu antioxidante preferido há tempos tem sido os cremes com vitamina C, mas com o tempo fui adquirindo e experimentando outros, e o ácido tranexâmico também tem ação anti-inflamatória e de controle de produção de melanina. Considero que o uso de antioxidantes + protetor solar + esfoliantes químicos agem em frentes diferentes no tratamento de pele, melhorando o aspecto geral de luminosidade, viço, firmeza e hidratação.

Assim, comecei a usar o Tranex no início de agosto (logo após acabar com o Klassis TX), 1x ao dia, sempre à noite. Ele tem seu papel hidratante, por isso, quem quiser pode usá-lo no lugar do hidratante diário.

Tranex Dearskin resenha - ácido tranexâmico

Ele tem textura de serum, bem aquoso mas não totalmente líquido, muito leve, que espalha super fácil e é rapidamente absorvido pela pele, mas não totalmente. Ele seca mas ainda deixa uma camada perceptível na pele, mas não incomoda e não é pegajosa (dá pra ver um leve brilho na foto da direita). Após o Tranex, durante o tempo de uso, eu usei a Pure C 40 da Ada Tina e o Sérum Intensivo Multiclareador Natura (em épocas diferentes), e ele nunca interferiu no acabamento dos produtos.

Em relação ao efeito clareador, eu não percebi durante o tempo de uso. O efeito é de um hidratante, e como ele tem antioxidantes, eu considero um hidratante antioxidante – e o efeito de um antioxidante nós só podemos contar a longo prazo, e quando digo longo me refiro a anos de uso. Por isso, eu considero um produto bom para quem quer complementar a rotina de tratamento com um hidratante gostoso de passar e que tem ingredientes consagrados (como o ácido tranexâmico, niacinamida, ácido glicólico, ácido Kójico, etc) mas não usaria como único clareador de um tratamento de melasma.

Tranex Dearskin resenha - ácido tranexâmico

Embalagem de vidro com pipeta de vidro (igual a embalagem do Dear Eye Gel, Vitamin C Dear Serum e Hyalu Dear Serum da mesma marca).

Onde comprar e preço

Tranex é vendido na Sare Drogarias, loja parceira do blog. Quem se interessar em adquirir pode clicar aqui.

Dearskin no blog

Dear Eye Gel – gel hidratante para área dos olhos

Vitamin C Dear Serum – vitamina C

Retinol Dear Cream – creme com retinol

Hyalu Dear Serum – hidratante com ácido hialurônico

Marula Shampoo e Condicionador Felps – resenha

Marula Shampoo e Condicionador de Hipernutrição da Felps

Usei Marula Shampoo e Condicionador após ter conhecido o Felps Banho de Verniz que já mostrei aqui. Como eu disse na resenha que publiquei, percebi que meu cabelo ressecado precisava de um “algo mais” e realmente a linha Marula tem esse perfil que atende melhor a minha necessidade.

Felps Marula resenha shampoo e condicionador

Marula – Shampoo e Condicionador de Hipernutrição da Felps Professional

A linha Marula tem o objetivo de unir força e nutrição, tendo como principal ingrediente o óleo extraído do fruto da Marula.

A árvore Marula ( Sclerocaya birrea ) pertence a família dos cajus e das pistaches, sua fermentação produz o famoso licor “Amarula”. É rica em Vitamina C (contém 6x mais vitamina C que uma laranja), sua noz é rica em proteína, e de sua casa é extraído o óleo. O óleo extraído do fruto da Marula é o ingrediente estrela dos produtos da linha:

  • Shampoo
  • Condicionador
  • Máscara de Hipernutrição Capilar
  • Marula Oil

Hoje vou falar da minha experiência apenas com o Shampoo e Condicionador Marula:

Marula Shampoo e Condicionador – minha experiência

Recebi o Felps Marula kit Duo Nutrição na versão 2 x 250ml no ENBB (Encontro Nacional de Blogs do Brasil) em São Paulo. Fui a convite da SV Assessoria e pude conhecer de perto vários produtos da marca Felps, que ainda é nova pra mim (esta é a segunda linha da marca que eu conheço). Durante o evento, enquanto mostrava vários produtos Felps, recebi directs apontando para a linha Marula, todo mundo dizia que seria a melhor linha Felps para o meu cabelo (meus seguidores já conhecem minhas reclamações quanto ao ressecamento do meu cabelo!).

E foi exatamente a linha que eu recebi no press kit \o/

Felps Marula resenha shampoo e condicionador

Deu pra perceber a diferença de ação de nutrição em relação a Banho de Verniz (comparando sempre o uso isolado de shampoo e condicionador, já que não experimentei as máscaras de nenhuma dessas linhas).

O shampoo Marula não tem o óleo de Marula, sua função é fazer uma limpeza com surfactantes leves (como Cocamidopropyl Betaine), que abre caminho para uma ação mais confortável do condicionador. Ele tem uma ação suave, só acho que poderia ter o óleo para potencializar ainda mais o efeito de nutrição. O condicionador tem o óleo de Marula e ainda um reforço de manteiga de Cupuaçu, daí sua ação de nutrição. O uso da linha completa com a máscara vai potencializar o efeito, pois quem realmente tem o cabelo ressecado não vai se contentar só com shampoo e condicionador.

Ao usar somente o shampoo e o condicionador eu preciso de um bom óleo finalizador para ter um efeito de controle de volume e frizz, assim como brilho, pois somente shampoo e condicionador não proporcionam tudo isso. Aliás, isso vale pra qualquer linha, não é? Principalmente quando falamos de cabelos ressecados. O shampoo e o condicionador fazem o início do trabalho, que é principalmente uma limpeza sem agressão e um fechamento das cutículas razoável, mas a finalização com um bom produto a base de óleo é fundamental pois sem uma finalização adequada o cabelo ressecado não agradece.

Então, para essa função que eu descrevi, esse kit é uma boa opção.

Onde comprar e preço

Felps Marula Shampoo e Condicionador podem ser comprados em um kit com as 2 embalagens de 250ml por aproxidamente 60 reais em lojas de cosméticos físicas e online como Beleza na Web, Americanas e farmácias, mas tem promoção que chega a dar quase 50% de desconto, vale a pena pesquisar.

Qual batom usado por Vivi Guedes em A Dona do Pedaço?

Batons usados por Vivi Guedes são da Avon – conheça algumas cores!

Vivi Guedes está influenciando na vida real, não é na ficção não. Paolla Oliveira já começou fazendo sucesso quando mudou a cor de cabelo e depois que a novela começou a personagem tem até perfil no Instagram que atualmente está com quase 2 milhões de seguidores (alguém mais tá curioso pra saber o que eles vão fazer com essa conta no final da novela ou só eu?)

Vivi Guedes tem patrocínio da Avon e faz publis na novela e no perfil @estiloviviguedes – fiz um apanhado geral dos batons usados por ela em várias situações, inclusive nos seus 2 casamentos. Vamos lá:

Batom da Vivi Guedes – Avon True Power Stay

Separei algumas cores do Batom de textura cremosa Power Stay, que segundo a marca tem tecnologia exclusiva Power Stay que se adapta aos movimentos da boca garantindo 16h de duração sem craquelar, borrar ou precisar retocar. Custa R$34,99 e tem 10 opções de cores, entre elas as que ficaram famosas nas fotos da Vivi Guedes:

Batom Vivi Guedes Paolla Oliveira na novela Dona do Pedaço

Com aplicador de ponta fina e superfície achatada, que desenha as curvas da boca enquanto preenche com cor, o Batom de Longa Duração Power Stay não transfere e é flexível, graças a sua fórmula Power Stay, que se movimenta com os lábios e te deixa livre para comer e se expressar sem necessidade de reaplicação.*

*Informações da marca




 

Batom da Vivi Guedes – Avon True Color Ultramatte

Vivi Guedes usou Avon True Color Ultramatte nos 2 casamentos: um da coleção Nude e outro da coleção Red:

Batom Vivi Guedes Paolla Oliveira na novela Dona do Pedaço

Segundo a Avon, o Batom True Color Ultramatte tem acabamento 100% matte com muito conforto e sensação aveludada e ainda tem FPS 15. O preço normal é R$27,99.

Onde comprar

Os batons Avon True Color são vendidos na loja online da Avon ou com as revendedoras da marca em todo o Brasil

Se quiser ver mais acessórios usados por Vivi Guedes em A Dona do Pedaço clique aqui.

Sérum Multiclareador Natura Chronos resenha da vitamina C da Natura

Serum Multiclareador Natura Chronos – vitamina C e ácido glicólico

Usei o Serum Multiclareador Natura Chronos por 31 dias e hoje quero contar minha experiência e considerações sobre este produto: já adianto que gostei muito, e cada vez fico mais impressionada com a qualidade dos produtos da Natura. Tenho aprendido cada vez mais que a gente não pode ter um conceito pré-definido na nossa cabeça sobre a capacidade que uma marca tem ou não tem de produzir um bom produto. Como nós já sabemos que a diferença entre cosmético e dermocosmético é uma questão de marketing e direcionamento de público, uma marca que não é reconhecida como “marca de dermocosmético” pode muito bem fazer um produto bom, à altura de marcas de bons laboratórios.

Se bem que Natura anda investindo tanto em pesquisas e tecnologias que em breve será reconhecida pelo público como marca que produz “dermocosméticos” (já tive notícias que tem dermatologista recomendando especificamente este Serum Multiclareador que você vai ver agora).

Serum Multiclareador Natura Chronos resenha vitamina C

Sérum Intensivo Multiclareador Natura Chronos

Sérum Intensivo Multiclareador Natura Chronos vem em uma bisnaga plástica branca (padrão dos cosméticos da linha Chronos) com 30g. Na caixinha externa de papelão constam todas as informações, inclusive modo de usar. Ele tem uma consistência cremosa e textura bem leve, uma cor ligeiramente amarelada (e é normal) e um cheiro que lembra remédio (também é normal).

Sérum Intensivo Multiclareador Natura Chronos – apresentação da marca

A Natura apresenta o Sérum Multiclareador como um uniformizador e clareador da pele para diferentes tipos de manchas e com atuação em diferentes estágios desde sua formação (nos melanócitos, células que produzem a melanina). Segundo os estudos da marca, junto com o Protetor Clareador os resultados foram percebidos em 2 semanas. Aliás, já vou deixando meu aviso: mesmo que você não compre o protetor solar Clareador que a Natura indica para ser usado junto com esse Multiclareador, use e abuse do protetor solar ao usar esse produto – vou explicar daqui a pouco!



Sérum Intensivo Multiclareador Natura Chronos – ingredientes

A ação clareadora/uniformizadora do Serum Intensivo Multiclareador Natura Chronos se dá pela sinergia entre os ingredientes:

  • ácido glicólico é um alfahidroxiácido, faz uma esfoliação química retirando células mortas, alisando a superfície da pele e favorecendo a renovação celular (sai “pele velha” pra dar lugar a pele nova). A ação de alisar a superfície da pele favorece a reflexão da luz (a pele mais lisa reflete melhor a luz), por isso vemos uma pele mais luminosa. E a renovação celular mostra um pele mais jovem e viçosa, tudo contribui para uma aparência melhor da pele.
  • Vitamina C é um antioxidante excelente e também tem ação reguladora da produção de melanina. Se externamente a pele está sendo renovada, nas camadas mais profundas o excesso de melanina está deixando de ser produzido, por isso ao longo do tempo de uso a tendência é a diminuição de manchas.
  • Ácido Ferúlico também favorece a renovação celular, mas uma característica muito importante é que tem ação de estabilizar e potencializar a vitamina C pura presente na fórmula ( é um antioxidante), e junto com o próximo antioxidante da lista tem uma ação reconhecida por ser um dos melhores trios de ingredientes na dermatologia;
  • Vitamina E, o terceiro antioxidante do trio.
  • Concentrado de aroeira: como sempre, a Natura acrescenta aos seus produtos de pele algum ingrediente da Biodiversidade brasileira, fruto de seus estudos e pesquisas. O concentrado de aroeira é obtido através da extração de folhas. Atua na primeira etapa da melanina, regulando sua produção e reduzindo a formação de áreas escurecidas.

Sérum Intensivo Multiclareador Natura Chronos – minha experiência

Comecei a usar o Sérum Intensivo Multiclareador dia 05/09 – junto com outros produtos de cuidados que eu já estava usando desde o começo de agosto, ou seja, um mês antes. Por isso, o único produto de tratamento que eu alterei nesse período foi este Sérum. Dispensei o uso da Vitamina C diurna já que este produto já tem vitamina C em boa concentração (10%).

Usei 1x ao dia, sempre à noite – seguindo a recomendação da Natura. É um produto bem forte (mesmo que a concentração dos ingredientes não seja tão alta, a associação deles faz com que a ação do produto seja potente), por isso acho que é melhor mesmo ser usado à noite.

Ele tem um acabamento siliconado, típico de primer de maquiagem. Ao ser espalhado na pele, senti nos primeiros dias uma leve sensação de ardência, a pele ficou um pouco vermelha e pinicando. Após alguns dias, deixei de ficar vermelha mas a leve ardência e pinicamento não passaram, percebi isso ao longo dos 31 dias de uso do serum. Só continuei porque achei bem suave e vi que a minha pele reagia bem, mas se você sentir algo que te incomode e que esteja piorando suas manchas interrompa o uso – tem melasma que é bem reativo a produtos que tem esse tipo de ação.

Após 19 dias tirei essas fotos, quando já estava percebendo a ação iluminadora do Multiclareador:

Serum Multiclareador Natura Chronos resenha vitamina C

Dos 15 dias de uso pra frente eu só percebi melhora – o tipo de resultado que eu costumo ter com bons produtos de ácido glicólico e também com vitamina C. Pela primeira vez, usei os 2 ingredientes juntos em um produto só e foi tudo de bom. Eu parei de usar após os 31 dias porque acho realmente um produto forte para usar no verão, o sol aqui tá bombando e a tendência é piorar, e o uso contínuo desse produto pode deixar a pele mais sensível ao sol (todo esfoliante químico faz isso).

Se você se interessou pelo Multiclareador Natura Chronos vou deixar essas dicas;

  • Se você não está acostumada ao uso de ácido glicólico ou outros esfoliantes químicos, considere usar este serum no inverno ou tenha certeza de que você não irá se expor muito ao sol no verão;
  • Comece a usar aos poucos – pouca quantidade e em dias alternados. Se achar muito forte, use 3 vezes na semana até perceber a adaptação da pele;
  • Se você tem melasma reativo, ou seja, que costuma escurecer com produtos que fazem essa esfoliação, não use este produto, pois ele é forte (quem tem melasma e já usou ácido glicólico e tem bons resultados, pode tentar. De preferência, converse com seu médico)
  • Este não é um produto qualquer para ser colocado na rotina – quem já usa medicamento, faz tratamento prescrito por dermatologista, ou já usa ingredientes sensibilizantes, precisa conversar com o médico sobre acrescentar este serum na rotina.
  • Quem tem mancha de acne pode ter bons resultados com a ação esfoliativa deste clareador.

Onde comprar e preço

Serum Intensivo Multiclareador Natura Chronos custa R$128,50 no site da Natura, nas lojas físicas e também com as revendedoras da marca. Tenho visto muita promoção (eu paguei 99 reais no site) portanto vale a pena ficar de olho nas oportunidades!

Natura no blog

Natura Fotoequilíbrio FPS60 – protetor solar para pele oleosa

Acqua Biohidratante Renovador Natura Chronos – hidratante em gel com ácido hialurônico

Elixir Redutor de Rugas Concentrado Natura Chronos – hidratante para área dos olhos

Natura Chronos 30+ – cremes para dia e noite

Loreal Solar Expertise Antirrugas resenha – é bom pra pele oleosa?

Loreal Solar Expertise Antirrugas – protetor solar com ácido hialurônico

Usei o Protetor Solar Expertise Antirrugas da Loreal Paris a pedidos do pessoal do Youtube, que fez uma lista de protetor solar barato para eu resenhar quando pudesse. Aproveitei uma promoção e comprei para experimentar! Hoje vou mostrar várias características deste protetor solar e desfazer alguns mal entendidos…

Loreal Solar Expertise Antirrugas resenha protetor solar

Protetor Solar Expertise Antirrugas Loreal

Este é o Solar Expertise Antirrugas Loreal – já começo falando desse nome! A gente já sabe a essa altura que TODO PROTETOR SOLAR é ANTIRRUGAS, tá? Aliás, é o melhor produto antirrugas que você pode usar, já que a prevenção contra os danos causados pela radiação já previne a maior parte dos sinais de envelhecimento da pele como rugas e manchas. Com o uso contínuo, nossa pele vai se renovando e o protetor formando a barreira, ou seja, melhor ação antirrugas, ou anti-idade, ou antissinais, ou como queiram chamar!

Mas quando uma marca batiza um produto de antirrugas quer dizer que ela colocou algum ingrediente que trabalha a favor desse objetivo – no caso do Solar Expertise Antirrugas Loreal, o ácido hialurônico. O ácido hialurônico é conhecido por sua ação hidratante (ele retém até 1000x seu peso molecular em água, funciona como uma esponja) e que pode melhorar o aspecto de linhas finas na pele, por isso chamado de ingrediente antirrugas.

Protetor Solar Expertise Antirrugas Loreal – características

Este protetor solar tem as seguintes características:

  • hidratante (ácido hialurônico, glicerina)
  • Oil Free
  • Tem perfume (é bem cheirosinho, e a fragrância é comum nos protetores solares Loreal)
  • É um protetor solar “híbrido”, ou seja, tem os 2 tipos de filtros UV
  • Filtro inorgânico ou “físico” – dióxido de titânio
  • Filtros orgânicos ou “químicos” – Octocrylene, Ethylhexyl Salicylate, Avobenzona, Uvinul T150
  • FPS60 (proteção contra raios UVB) e proteção UVA 20



 

Loreal Solar Expertise Antirrugas resenha protetor solar

Minha Experiência com o Protetor Solar Expertise é Oil Free – é bom pra pele oleosa?

Tá aí uma coisa que confunde muita gente: quando lê um aviso “OIL FREE” compra achando que o produto vai ser sequinho e que vai funcionar na pele oleosa – é bem provável que você, que está lendo essa resenha, já caiu nessa! Pois é, não precisa achar que é propagando enganosa, porque não é: o fato de um produto não ter óleo na composição não significa que ele vai ter o produto vai ter o que a gente chama de “Toque Seco” ou que vai ficar confortável na pele oleosa. O que a gente sente no acabamento de alguns produtos – e é o caso deste protetor solar – nem sempre é pela presença do óleo, mas sim de algum ingrediente formador de filme, algum polímero, algum silicone. Xiii, tem tanta coisa que pode causar isso!

Loreal Solar Expertise Antirrugas resenha protetor solar

No caso do Solar Expertise Antirrugas Loreal acontece isso: mesmo sendo Oil Free, é um produto que parece oleoso: não seca na minha pele, deixa um aspecto brilhante e no meu caso, não é absorvido. Pelo menos, pra ser justa com a Loreal, a marca não promete Toque Seco em momento algum (nós é que criamos essa expectativa quando lemos o Oil Free).

Eu tentei usar várias vezes, mas confesso que nunca consegui usar por um dia inteiro, esperava horas para ver se o produto secava ou era absorvido e nada – ficava aflita pra lavar o rosto! Não é uma sensação confortável para o meu gosto pessoal – uma sensação de produto que não seca, que fica molhado, e que me lembra o tempo todo: tô aqui!!!! :\

Resumindo: na minha humilde opinião, quem deve gostar é quem tem pele seca e/ou quem gosta de protetor mais molhado e hidratante.

Onde comprar e preço

Solar Expertise Antirrugas Loreal FPS60 é encontrado em farmácias, lojas de cosméticos e até supermercados. Custa em média 40 a 50 reais – e é fácil encontrar promoção até por menos que isso! Vem em embalagem com 50g.

Protetor Solar Loreal no blog

Loreal Solar Expertise com cor FPS70

Loreal Expertise com ação repelente

Loreal Solar Expertise com toque seco FPS30

Loreal Expertise Invisilight

Qual o melhor protetor solar com cor de base? Meus favoritos!

Melhores protetores com cor de base que eu já usei

Resolvi fazer este post pois protetor solar com cor de base é um produto complicado para dar certo. Ele precisa ter muitas características reunidas em um só produto para atender a nossa expectativa: precisa oferecer uma proteção solar adequada (óbvio!), proporcionar um filme confortável para nosso tipo de pele, ter uma cor que seja compatível com o nosso tom de pele e ainda ficar bonito. Se aceitar retoque, melhor ainda, e se oferecer mais algum benefício (hidratação, clareamento) aí é o céu!

Mas isso não é uma tarefa fácil para os formuladores de cosméticos. A gente conta nos dedos de uma mão as experiências com protetor solar com cor de base que deram certo… Hoje vou colocar neste post os melhores protetores com cor que eu já usei (por enquanto só 3) – isso é importante destacar: são os que eu já usei, não estou colocando sugestões de produtos que eu não testei na minha pele! Se for o caso de conhecer outros produtos após a publicação deste post ainda acrescento mais produtos a esta lista.

Primeiro, quero só responder a algumas questões comuns quando falamos da importância do protetor solar com cor de base:

Protetor solar com cor de base é bom para melasma?

Sim, o pigmento responsável pela cor do protetor solar funciona como um filtro para a luz visível, que é toda luz que enxergamos a olho nu. Enquanto os filtros UVA e UVB do seu protetor solar (com ou sem cor) são responsáveis por refletir a radiação solar, a luz visível só é impedida de causar danos através da OPACIDADE.

Ou seja, enquanto você enxerga a sua pele, a luz visível também “enxerga” – por isso você precisa de um filme que impeça o alcance dessa luz na pele.



A luz visível tem capacidade de penetrar na pele e pode piorar melasma, pode agravar os sinais de envelhecimento da pele por aumentar a produção de radicais livres.

Protetor solar com cor de base ou protetor solar sem cor e base de maquiagem?

Se você ainda não encontrou seu protetor solar com cor de base ideal (mesmo depois das sugestões que darei a seguir), não tem problema: use o seu protetor solar sem cor e acrescente sua base de maquiagem favorita por cima.

Os pigmentos que dão cor ao protetor solar e à sua base de maquiagem são os mesmos, são variações de cores óxido de ferro. Então as duas maneiras cumprem o objetivo de proteção contra luz visível.

Protetor solar com cor e luz visível

O pigmento pode vir do protetor solar com cor de base, da base compacta, da base em pó, da base cremosa. Você só precisa tomar um cuidado ao fazer a sobreposição da maquiagem e protetor solar: a camada da maquiagem não pode desfazer a camada do protetor solar.

Por isso, ao usar maquiagem por cima do protetor solar sem cor, não esfregue, aplique de forma gentil, sem arrastar com força o pincel. O ideal é dar batidinhas. Se você perceber que o protetor solar que está por baixo esfarelou com a maquiagem, o filme foi comprometido e você terá sua proteção prejudicada.

Ficou complicado, né? Por isso as pessoas costumam preferir o protetor solar que já tem cor, assim evita essa preocupação…

Este post não é um publi, e as marcas que irão aparecer neste post não pagaram para estar aqui. Eu usei os produtos e considero que até hoje foram as melhores opções de protetor solar com cor que eu usei (pele oleosa)

Se você se interessar por mais detalhes, fotos e composição dos produtos, clique nos links e leia as resenhas.

melhor protetor solar com cor de base

Melhor protetor solar com cor de base: Biosole BB Ada Tina

Por ordem de chegada, começo com o Biosole BB Ada Tina que usei em 2017. A linha Biosole tem um reforço de antioxidantes patente da Ada Tina, Difendiox, que acho bem interessante. Os antioxidantes reforçam bastante a proteção da pele contra a radiação e isso faz muita diferença no uso contínuo de um protetor solar quando o objetivo é combater sinais de envelhecimento e melasma.

Além de ter um acabamento sequinho em minha pele oleosa a maior vantagem da linha Biosole BB é ter 4 opções de cores. Isso faz muita diferença, pois a tal “cor universal” prometida por muitas marcas, é muito complicada! Na prática, nunca é universal, sempre favorece um tom de pele (na maioria das vezes a pele negra fica de fora).

Biosole BB Ada Tina - resenha - 4 cores

Cores do Biosole BB – 15 Bianco – 25 Vaniglia – 35 Miele – 45 Noce

Biosole BB só tem uma opção de FPS, que é o FPS30 – mas lembre-se de que isso não é problema se você usar a quantidade adequada de protetor e ficar atenta aos retoques.

Melhor protetor solar com cor de base: Episol Color FPS70

Episol Color FPS70 é um protetor solar com cor famoso da Mantecorp Skincare, e muito recomendado por dermatologistas. É impressionante a quantidade de gente que usa esse produto não só na versão com cor de base mas também sem cor. Eu usei este ano e fiquei impressionada com o acabamento dele em minha pele: parece base de maquiagem, fica bonito, confortável, não fica grosseiro e não altera a oleosidade da minha pele. Minha cor é a Clara (achei a extra clara mais amarelada e a Clara tem um fundo mais quente, parecido comigo).

Episol Color FPS70 resenha protetor solar com cor

O único problema que eu percebi quando falei de Episol Color FPS70 é que ele é bem polêmico e não há um padrão para que ele dê certo na pele das pessoas. Tem gente de pele oleosa que ama e que odeia. Gente de pele seca que ama e que odeia. Quem mora no sul do Brasil e enfrenta o frio, ama ou odeia, e quem mora no Norte/Nordeste e enfrenta umidade e calor, ama ou odeia. Entenderam? Não tem padrão! Por isso, por mais que se leia resenhas em blogs, não tem como saber como sua pele pode reagir – só experimentando.

Melhor protetor solar com cor de base: DD Cream Anasol Clinicals

DD Cream Anasol Clinicals acabou de chegar e já subiu no pódio. É um protetor solar com cor que me chamou a atenção por vários motivos: tem FPS75, proteção UVA 34 (excelente pra quem tem melasma e também tem objetivo de combater os sinais de envelhecimento), tem niacinamida (antioxidante e clareador) e ainda me atendeu nos quesitos cor e acabamento. Quer mais vantagem? Você encontra a partir de 60 reais no mercado, um preço bem legal pelo que ele oferece.

DD Cream Anasol Clinicals - resenha protetor solar com cor

Mas como nem tudo é só vantagem, preciso falar que ele não atende a todo tom de pele. A marca não chama essa cor de “Cor universal” e nem poderia – ele só atende pele clara. Meu tom de base é 20, e parece que ele atende até o tom 25 (quem for 15 ou 30 pode até usar mas já sabendo que não vai ficar 100%).

Já estou fazendo apelo para a Anasol fazer este produto com mais opções de cores, porque vale a pena democratizar um protetor solar tão bom e com preço acessível.


Eu espero que essa lista cresça – e acho que vai crescer, afinal cada vez mais as marcas investem em pesquisas e novas tecnologias para alcançar o protetor solar ideal para vários perfis de consumidores. Lembrando que eu tenho pele oleosa e os produtos que eu mostrei são mais sequinhos mas nenhum é matificante, por isso quem tem pele seca também pode tentar – só nao vão sentir uma ação muito hidratante como costumam preferir, pois geralmente quem tem pele seca prefere os produtos mais “molhadinhos”. Mas esse tipo de protetor solar com cor é mais fácil de achar…

Quem quiser ver mais opções de protetor solar com cor, clique aqui.

Aqui também tem: Protetor solar Mineral (muitos deles tem cor, mas é um post de indicações, e não de resenhas)

 

DD Cream Anasol Clinicals resenha de protetor solar com cor

DD Cream Anasol Clinicals FPS 75 – alta proteção UV!

DD Cream Anasol Clinicals me surpreendeu desde o primeiro uso: ficou entre os meus 3 protetores solares com cor preferidos! Minha maior dificuldade com protetor solar com cor é unir várias qualidades em um produto só – e isso é bem complicado! Por isso, quando um produto chega perto de cumprir todas as funções que eu quero preciso destacar pra vocês:

DD Cream Anasol Clinicals - resenha protetor solar com cor

DD Cream Anasol Clinicals FPS75

Anasol Clinicals é uma linha de produtos da marca Anasol, produzida pelos laboratórios DaHuer. Os produtos tem mais tecnologia, são mais elaborados, tem fórmulas baseadas em ingredientes reconhecidos pela sua eficácia na pele, como a Vitamina C e a Niacinamida, além de filtros UV de última geração e a “tecnologia de nanovetores, que consiste no encapsulamento dos ativos em micropartículas para evitar a sua oxidação, proteger da interação com outros ingredientes e promover melhor permeação na pele” *.

*retirado do site da Anasol

Com isso, já começo a fazer uma comparação com o Anasol CC Cream Protetor Solar que mostrei ontem no blog, que é um protetor da linha “regular” da Anasol – comparando os 2 produtos eu achei que a tecnologia presente na linha Anasol Clinicals fez diferença no resultado.

DD Cream não é uma classificação de cosméticos e sim um nome dado pela marca – Defesa Diária. Os produtos Anasol Clinicals tem uma sequência de produtos com nomes AA Cream, BB Cream, CC Cream e DD Cream, eles mesmos deram significados a essas siglas.

DD Cream Anasol Clinicals – embalagem e apresentação

DD Cream Anasol Clinicals vem em uma bisnaga plástica branca com tampa Flip Top e as informações do produto estão na embalagem externa de papelão, que eu sugiro guardar até o final do uso para o caso de precisar conferir.

Tem muita gente que joga essas embalagens fora assim que abre o produto, mas esse é um hábito que a gente precisa combater – se o produto der alergia, se você precisar consultar qualquer informação sobre o lote, precisa ter essa caixa com você, lembre-se disso na próxima vez que abrir um cosmético!

DD Cream Anasol Clinicals - resenha protetor solar com cor

A embalagem vem com 40g, o produto tem uma consistência cremosa que é fácil de ser espalhada. Sua cor é de uma base de cor clara, casa com a minha cor de base que é 20 e ainda atende a cor 25. Quem for mais clara, cor 15, deve conseguir usar mas sabendo que deve ficar um tom mais escuro. Não tem outra opção de cor, e a marca não apresenta o produto como “tom universal” – e pela densidade da cor não parece que ele se adapta a tons de pele mais escuros. Já fiz o apelo para a Anasol na resenha do canal pra repetir uma fórmula boa como essa do DD Cream em um tom para pele negra, vai ser sucesso de vendas.

DD Cream Anasol Clinicals - resenha protetor solar com cor

DD Cream Anasol Clinicals – minha experiência

Usei DD Cream Anasol Clinicals em diferentes situações, e peguei os dias mais quentes de setembro, e minha pele oleosa ficou bem controlada. Usei como maquiagem, deu um resultado bonito, a pele ficou viçosa (ele não tem acabamento matte) e sequinha o dia todo. Ele oxida um pouco durante o dia, mas continua com uma cor discreta em minha pele.

DD Cream Anasol Clinicals - resenha protetor solar com cor

Estou super satisfeita com o resultado do DD Cream Anasol Clinicals em minha pele oleosa. É uma boa opção para quem tem melasma, vou falar sobre isso agora:

DD Cream Anasol Clinicals – composição

DD Cream Anasol Clinicals - resenha protetor solar com cor

  • Proteção UVB – FPS75
  • Proteção UVA – 34 (muito alta!) – os raios UVA penetram nas camadas mais profundas na pele e são os principais responsáveis pelo aparecimento de manchas e sinais de envelhecimento, assim como do câncer de pele. Quanto mais alto o fator de proteção UVA, melhor para quem tem melasma. Geralmente os protetores solares oferecem a proteção mínima de 1/3 do valor do FPS, que é exigido pela ANVISA, mas no caso do DD Cream Anasol Clinicals essa proteção é bem maior. Uma excelente vantagem do produto.
  • Hipoalergênico – formulado para ter a menor possibilidade de causar alergia
  • Sem fragrância
  • Protetor “Híbrido” – tem os 2 tipos de filtros (orgânico e inorgânico)
  • Filtros orgânicos (ou “químicos”): Univul A Plus, Octinoxate, EthylHexyl Salicylate, Tinosorb M, Uvinul T150, Octocrylene
  • Filtro inorgânico (ou físico): Dióxido de Titânio
  • Ingrediente clareador: Niacinamida (vitamina B3)

Onde comprar e preço

Na loja online da Anasol este DD Cream custa R$72,22 – mas também pode ser encontrado em farmácias e lojas de cosméticos, lojas físicas e online, por preços diferenciados.

Anasol CC Cream protetor solar clareador com cor resenha

Anasol CC Cream Protetor Solar Facial Clareador FPS50

O CC Cream Anasol Protetor Solar Clareador foi o primeiro protetor solar Anasol que eu usei. Recebi alguns produtos da marca para resenhar, até então só conhecia a fama de seus protetores baratos e bons para pele oleosa – depois deste post ainda terão outras resenhas! Por enquanto, vou mostrar o CC Cream Clareador que é um protetor solar com cor com ingredientes que ainda podem clarear a pele.

Lembrando: todo protetor solar, por si só, já pode clarear a pele. Mas quando uma marca se propõe a fazer um produto com ingredientes que podem potencializar essa ação eles chamam de clareador.

Anasol CC Cream Clareador resenha protetor solar com cor Anasol

 

Anasol CC Cream Protetor Solar Clareador

Anasol CC Cream Protetor Solar com cor vem em uma embalagem plástica com tampa Flip Top. Ele faz parte da linha regular de protetores solares Anasol. Foi idealizado para ser um produto com vários benefícios:

  • Clareador
  • Antirrugas
  • Toque Seco
  • Oil Free
  • Cor de Base
  • Cobertura Natural
  • Hidratante
  • Disfarça imperfeições
  • Uniformiza a pele
  • Proteção contra os raios UV

Tem FPS50 (proteção UVB) e PPD (proteção UVA) de 16,6 (o valor de 1/3 do FPS).

Anasol CC Cream Protetor Solar clareia a pele?

Na verdade, o uso contínuo de protetor solar já clareia a pele, desde que usado da maneira adequada, isso pressupõe a quantidade adequada e os retoques durante o dia. Porém, é comum que as empresas “turbinem” um produto com ingredientes que melhoram a ação do protetor solar em algum sentido (pode ser com ingrediente clareador ou ingrediente antirrugas) e coloquem essa ação em destaque. No caso do Anasol CC Cream Protetor Solar o principal ingrediente responsável por esse “plus” clareador é a Niacinamida (vitamina B3). vamos falar da composição:

Anasol CC Cream Protetor Solar – composição

Anasol CC Cream Clareador resenha protetor solar com cor Anasol

  • Hipoalergênico (formulado para ser o menos irritante possível, mas isso não significa que ninguém vai ter alergia a algum componente da fórmula – nenhuma marca pode garantir isso)
  • Sem fragrância
  • Protetor “híbrido”, ou seja, com 2 tipos de filtros UV
  • Filtros orgânicos ou “químicos”: Octinoxate, Uvinul A Plus, Tinosorb M, EthylHexyl Salicylate, Octocrylene, Uvinul MS40
  • Filtro inorgânico ou “físico”: dióxido de titânio
  • Glicerina (hidratante)
  • Niacinamida – antioxidante e clareador
  • Vit E (antioxidante)
  • Aloe Vera em pó (hidratante)

Anasol CC Cream Protetor Solar na pele – minha experiência

Anasol CC Cream é um protetor solar com cor única, mas não é universal. Ela não é o meu tom de pele, e dá pra ver que é um tom mais escuro que minha pele.

Anasol CC Cream Clareador resenha protetor solar com cor Anasol

  • Anasol CC Cream não é o meu tom exato de pele – eu costumo usar base de cor 20, ele parece atender peles que usam cor 25 e 30. Consigo usar desde que eu não deixe meu pescoço e colo em evidência, senão fica bem nítida a diferença.
  • Em relação ao acabamento: ele realmente tem toque seco, e dura por muitas horas. Peguei dias de calor, suei e ele se manteve no lugar;
  • Você precisa ter um pouco de paciência ao espalhar, pois ele vai deixando um pouco de rastro. O ideal é usar as mãos, tentei usar pincel de maquiagem mas não funcionou – ele deixou rastro. O ideal é espalhar, deixar secar e não mexer mais – depois de formar o filme na pele e secar ele não aceita retoque sem manchar. E também não consegui usá-lo junto com corretivo: passei corretivo por baixo e ao passar o protetor ele não se misturou, estragando todo o acabamento. Então, para usá-lo como maquiagem, precisa ser usado sozinho.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

🤓Já estou testando desde ontem o CC Cream Clareador da @anasolprotetorsolar – tem FPS 50, PPD 16.6, Oil Free, cor única (é um tom acima do meu, eu sou base 20), na hora de espalhar é bem hidratante e deixa rastro, mas é só dar batidinhas que quando seca na pele o rastro some. Tem toque seco real mesmo, a pele fica com acabamento natural, e sua cobertura é leve, mas consegue amenizar manchas. Não tem cheiro, é hipoalergênico, não comedogênico, tem niacinamida e Vit E, filtros orgânicos e inorgânicos e segundo a marca mantém a proteção por até 40min dentro da água (deixa o inverno acabar que eu testo isso na piscina 😅)Essas são apenas as características, tá? O comportamento dele na pele durante o tempo de uso ainda vai ser testado durante vários dias mas a pedidos estou colocando essas primeiras impressões agora 😘 Custa R$57,24 na loja online mas TB é vendido em farmácias #AnasolClinicals #protetorsolar #protetorsolarcomcor #peleoleosa #melasma

Uma publicação compartilhada por 🇱 🇺 🇨 🇮 🇦 🇳 🇦 🇻 🇮 🇱 🇪 🇱 🇦 (@luvilelapaes) em

Onde comprar e preço

Anasol CC Cream Protetor Solar Facial FPS50 pode ser encontrado na loja oficial dos Laboratórios DaHuer por R$57,22 – e também em farmácias de todo o Brasil. Você pode consultar as farmácias que vendem a marca Anasol pelos contatos:

47 99143-2960

ecommerce.anasol@gmail.com

Nos outros canais de venda o preço costuma diferenciar.

Miss Dior Eau de Parfum – resenha da versão 2017

Miss Dior – o que eu achei da versão 2017

Miss Dior 2017 tem sido meu perfume mais usado nos últimos meses. Eu comprei a versão 2017 este ano, e preciso começar esta resenha contando que não tive a versão de 2012, mas já o senti várias vezes. Ele era realmente um ícone, na minha opinião. Eu o achava maravilhoso, e deu pra perceber que a versão 2017 é bem diferente da primeira. MAS… farei esta resenha sem levar em conta essa comparação, ok? Estou falando isso pois vi vários fãs do Miss Dior 2012 falando mal da versão 2017 porque se sentem “órfãos” – eu entendo!!!! – mas o fato de Miss Dior 2017 ser diferente de Miss Dior 2012 não faz dele um perfume ruim, apenas diferente. Eu gostaria muito que ao invés da perfumaria Dior ter trocado as versões, tivessem apenas lançado um flanker e as 2 fragrâncias ficassem disponíveis no mercado, mas não foi isso que eles fizeram, então…segue o baile!

O que é um FLANKER? Clique no post para saber mais!

 

Miss Dior Eau de Parfum 2017 resenha de perfume

Miss Dior Eau de Parfum

A embalagem de Miss Dior foi mantida: um frasco lindo, clássico, com vidro de base reforçada, com uma tampa em plástico metalizado com lacinho prateado metalizado que dá um toque retrô, feminino e romântico à embalagem.

Miss Dior Eau de Parfum 2017 resenha de perfume

Miss Dior – notas olfativas

Miss Dior é classificado como um Chipre Floreal e quem assina a fragrância é o perfumista François Demachy.

Notas de saída: limão siciliano, tangerina, pimenta rosa, laranja sanguínea, laranja doce e bergamota da Calábria

Notas de coração: Rosa de Grasse, Rosa Damascena, Folha de Jasmin

Notas de Fundo: Pau Rosa Palisander e Patchouli

A pimenta Rosa faz um diferencial muito interessante nessa saída cítrica que poderia ser bem comum. Na verdade, ela é uma saída cítrica comum, eu tenho certeza de que já senti essa saída em alguns perfumes (eu acho que tá aí a birra dos fãs da versão 2012, o fato de já ter sentido o perfume em algum lugar, e eu também tive essa impressão), mas pelo menos essa Pimenta dá uma graça diferente.

Quando você começa a sentir a Rosa, não para mais. Ela é cremosa, aveludada, manda no perfume junto ao patchouli – isso, uma rosa patchoulizada (atalcada, dá aquela sensação que “finca” no nariz). É um perfume bem linear (só não quero chamar de “monótono” pois vai parecer pejorativo, e não quero dar a entender que não gostei do perfume – eu gostei!), ele não tem uma evolução a partir dessa rosa.

Você sente as notas de saídas cítricas com a Pimenta rosa, e a partir de um certo momento, as Rosas patchoulizadas. É isso, de uma maneira bem resumida em minha pele. Como eu disse, eu gostei. Ele tem uma fixação boa na minha pele, dura em torno de 5 horas. Não deixa rastro, e isso me agrada pois me sinto a vontade para usar em locais públicos – eu tenho pavor de ir a um restaurante e estragar a experiência gastronômica dos meus vizinhos de mesa por causa do meu perfume, imagina que desagradável! Aliás, para o meu gosto pessoal é perfeito para ser um perfume noite – para eventos como casamentos (inclusive o da noiva!), jantares, noites especiais. É bem sofisticado para ser um perfume para ser usado no trabalho no dia a dia, mas claro que cada um tem seu perfil e isso não impede que ele seja usado por você nesse tipo de situação (só vou te achar muito chique se você fizer isso 😀 )

Resumindo: sim, eu achei um bom perfume, mas dizer que é um ícone, como eu me referi à versão de 2012, aí não acho. Quem vai ter problema em usar Miss Dior 2017 é quem usou Miss Dior 2012, pois a comparação é inevitável. Mas levando em consideração só o perfume e a experiência olfativa que ele te proporciona, sim é um bom perfume (e eu acho que estou me contradizendo nesta resenha, pois disse no início que não faria tal comparação… SORRY!).

Miss Dior Eau de Parfum 2017 resenha de perfume

Miss Dior – o filme

Pra finalizar, queria deixar aqui o filme produzido para o lançamento do Miss Dior em 2017, com Natalie Portman e a música da Sia, Chandelier – talvez ele cause mais impacto que o perfume, rsrs

Onde comprar e preço

Miss Dior é vendido em perfumarias de todo o Brasil (Beauty Box, Sephora, Época Cosméticos) e tem versões de 30, 50 e 100ml, além da versão Roller. O meu com 30ml custou R$299.

Revytra C Olhos La Cutanee resenha de retinol e Vitamina C para olheiras

Revytra C Olhos tem retinol, Vitamina C e ácido hialurônico

Usei Revytra C Olhos por algum tempo e hoje quero contar a experiência pra vocês, mesmo não sendo uma experiência completa de uso. Sim, não pude continuar a usar como gostaria, mas até isso é importante contar na resenha, pois quem estiver pesquisando sobre o produto precisa saber dessas informações antes de começar a usar (continue lendo que você vai entender!).

Revytra C Olhos La Cutanee Resenha de creme para olhos

Revytra C – o que diz a La Cutanee

Revytra C Olhos é um produto desenvolvido especificamente para a área dos olhos e oferece uma associação de ingredientes que por meio de uma ação sinérgica reduz rugas, manchas, linhas de expressão e bolsas nos olhos. Produto vegano, livre de sulfatos, parabenos, gluten, é cruelty free, tem sensorial com leve textura e não tem fragrância.

Resultados clínicos do Revytra C Olhos:

•  93% dos participantes relataram redução das rugas e linhas de expressão da área dos olhos;

•  87,00%  dos participantes relataram aumento da firmeza e elasticidade na área dos olhos ;

• 80,00% dos participantes relataram redução das bolsas na área dos olhos ;

•  80% dos participantes relataram Redução das olheiras ;

•  90,00% dos participantes relataram redução de manchas na área dos olhos;

•  93,34%  dos participantes relataram melhora da aparência geral da região Peri orbital.

Revytra C Olhos – creme para olhos

Revytra C Olhos faz parte da linha Revytra da La Cutanee. Tem a vitamina C Revytra C que eu já resenhei (e é ótima!), Revytra V-Skin que é um complexo de várias vitaminas para a pele,  Revytra Uplift Therapy Sérum  com DMAE, e o Revytra Creme Corporal Antissinais.

Ele vem em uma bisnaga plástica pequena, com 15ml, tem textura de serum, sem perfume, tem uma coloração levemente amarelada (menos que a versão do rosto), e é bem forte. Já vou passar a lista dos ingredientes e conversar sobre isso:

Revytra C Olhos – composição

Retinol; Dimethyl Isosorbide (and) Hydroxypinacolone Retinoate; Ascorbyl Palmitate; Sodium Hyaluronate; Biosaccharide gum-4; Oleic Acid; Linoleic acid; Pelargonium Graveolens Leaf Water; Punica Granatum Seed Oil; D-Panthenol; Glycerin; Palmitic Acid; Caprylic/Capric Triglyceride; Stearic acid; Tocopheryl Acetate; Caprylyl Glycol; Niacinamide; Cetearyl Isononanoate; Coco-caprylate; Hydroxyethylcellulose; Poloxamer 407; Dipropylene
Glycol; Polysorbate 80; Polysorbate 20; PPG-15 Stearyl Ether; Steareth-2; Steareth-21; 2-
Phenoxyethanol; BHT; BHA; 1,2-octanodiol; Cyclopentasiloxane (and) Dimethicone
Crosspolymer; Sodium Polyacrylate; Disodium Edta; Aqua
Segundo a marca, Revytra C Olhos tem 0,3% dessa associação de Retinol e um éster de retinol, ou seja, não é a mesma coisa que ter 0,3% de retinol puro (esta seria a maior concentração de retinol permitida pela ANVISA em cosméticos comercializados no Brasil).  Mesmo assim, é uma concentração alta.
Além disso, o derivado de vitamina C (Ascorbyl Palmitate) está a 10% e o ácido hialurônico, a 10%.
Revytra C Olhos La Cutanee Resenha de creme para olhos

Revytra C Olhos – minha experiência

Revytra C Olhos foi o primeiro creme com retinol que eu usei na área dos olhos. Até então sempre mantive uma rotina de hidratação e usei, no máximo, vitamina C. Eu comecei usando pouca quantidade, mas por 3 dias seguidos, apenas 1x por dia, à noite.

Após esses 3 dias, percebi a área dos olhos bem sensível, e comecei a passar Bepantol Toque Seco para dar mais conforto, e fiquei 4 dias sem usar até sentir que minha pele não estivesse mais ardendo ao toque.

Havia uma “pelinha” querendo descamar (normal, resultado da renovação celular que o retinol provoca), mas o problema era a sensação de ardência. Foi erro meu, eu deveria ter feito um período de adaptação, usando dia sim dia não, ou até mesmo usar só 2x por semana na primeira semana, ou nas 2 primeiras semanas.

Após ficar 4 dias sem usar, percebi que a pele havia acalmado, e voltei a usar, dessa vez, em dias alternados. Usei por mais 10 dias, mas percebi que era o momento de parar. O calor forte começou em BH, e minhas atividades do dia a dia envolvem muita exposição solar – lembrando que ao usar retinoides você deve ter cuidado redobrado com proteção solar, pois sua pele fica mais sensível a radiação solar. Achei que não valeria a pena correr o risco de usar um retinol tão potente justamente no verão (e daqui pra frente a tendência é piorar, verão tá chegando e a exposição ao sol só vai aumentar!).

Como resultado, a pele da área dos olhos ficou fininha, eu percebi uma pele bem fina que estava quase descamando, mas está cicatrizando agora, aos poucos. Continuo usando protetor solar nessa área toda manhã, e ainda retoco no meio do dia. Essa pelinha é visível aqui:

Revytra C Olhos La Cutanee Resenha de creme para olhos

É uma área “enrugada” no canto interno dos olhos, tanto na parte superior quanto inferior. Ao toque ela é bem fininha, mas está cicatrizando, ou seja, significa que é uma pele nova, sinal de ação do retinol.

Pretendo usar novamente em uma época mais adequada (ou seja, quando eu souber que não vou me expor ao sol), e se tiver outros resultados atualizo aqui.

Por hora, quero deixar esse aviso para quem nunca usou retinol na área dos olhos: faça um período de adaptação. O termômetro é sempre sua sensibilidade – se achar que está ardendo, doendo, ficando muito vermelho, é sinal que você precisa parar, ou intervalar o uso, ou diminuir a quantidade de creme. Converse com seu médico, de preferência. E cuide da proteção solar SEMPRE!

Só use em uma época do ano em que você sabe que não ficar exposta ao sol – evite período pré-férias, pré-viagens, por exemplo.

Espero que mesmo sem ter um uso contínuo a minha pequena experiência com o Revytra C olhos ajude a aproveitar melhor esse antissinais – foi o primeiro creme para olhos que eu usei que tem uma ação além da hidratação, e isso eu já achei muito bom.

E você, já usou retinol na área dos olhos?

Onde comprar

Revytra C Olhos é vendido na loja online da La Cutanee e também nas farmácias (lojas físicas) que revendem a marca. Custa R$159,90 a embalagem com 15ml.

Veja no blog mais opções de cremes com retinol (para usar no rosto)

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...