Revytra C Olhos La Cutanee resenha de retinol e Vitamina C para olheiras

10 de outubro de 2019 0 Por Luciana Vilela

Revytra C Olhos tem retinol, Vitamina C e ácido hialurônico

Usei Revytra C Olhos por algum tempo e hoje quero contar a experiência pra vocês, mesmo não sendo uma experiência completa de uso. Sim, não pude continuar a usar como gostaria, mas até isso é importante contar na resenha, pois quem estiver pesquisando sobre o produto precisa saber dessas informações antes de começar a usar (continue lendo que você vai entender!).

Revytra C Olhos La Cutanee Resenha de creme para olhos

Revytra C – o que diz a La Cutanee

Revytra C Olhos é um produto desenvolvido especificamente para a área dos olhos e oferece uma associação de ingredientes que por meio de uma ação sinérgica reduz rugas, manchas, linhas de expressão e bolsas nos olhos. Produto vegano, livre de sulfatos, parabenos, gluten, é cruelty free, tem sensorial com leve textura e não tem fragrância.

Resultados clínicos do Revytra C Olhos:

•  93% dos participantes relataram redução das rugas e linhas de expressão da área dos olhos;

•  87,00%  dos participantes relataram aumento da firmeza e elasticidade na área dos olhos ;

• 80,00% dos participantes relataram redução das bolsas na área dos olhos ;

•  80% dos participantes relataram Redução das olheiras ;

•  90,00% dos participantes relataram redução de manchas na área dos olhos;

•  93,34%  dos participantes relataram melhora da aparência geral da região Peri orbital.

Revytra C Olhos – creme para olhos

Revytra C Olhos faz parte da linha Revytra da La Cutanee. Tem a vitamina C Revytra C que eu já resenhei (e é ótima!), Revytra V-Skin que é um complexo de várias vitaminas para a pele,  Revytra Uplift Therapy Sérum  com DMAE, e o Revytra Creme Corporal Antissinais.

Ele vem em uma bisnaga plástica pequena, com 15ml, tem textura de serum, sem perfume, tem uma coloração levemente amarelada (menos que a versão do rosto), e é bem forte. Já vou passar a lista dos ingredientes e conversar sobre isso:

Revytra C Olhos – composição

Retinol; Dimethyl Isosorbide (and) Hydroxypinacolone Retinoate; Ascorbyl Palmitate; Sodium Hyaluronate; Biosaccharide gum-4; Oleic Acid; Linoleic acid; Pelargonium Graveolens Leaf Water; Punica Granatum Seed Oil; D-Panthenol; Glycerin; Palmitic Acid; Caprylic/Capric Triglyceride; Stearic acid; Tocopheryl Acetate; Caprylyl Glycol; Niacinamide; Cetearyl Isononanoate; Coco-caprylate; Hydroxyethylcellulose; Poloxamer 407; Dipropylene
Glycol; Polysorbate 80; Polysorbate 20; PPG-15 Stearyl Ether; Steareth-2; Steareth-21; 2-
Phenoxyethanol; BHT; BHA; 1,2-octanodiol; Cyclopentasiloxane (and) Dimethicone
Crosspolymer; Sodium Polyacrylate; Disodium Edta; Aqua
Segundo a marca, Revytra C Olhos tem 0,3% dessa associação de Retinol e um éster de retinol, ou seja, não é a mesma coisa que ter 0,3% de retinol puro (esta seria a maior concentração de retinol permitida pela ANVISA em cosméticos comercializados no Brasil).  Mesmo assim, é uma concentração alta.
Além disso, o derivado de vitamina C (Ascorbyl Palmitate) está a 10% e o ácido hialurônico, a 10%.
Revytra C Olhos La Cutanee Resenha de creme para olhos

Revytra C Olhos – minha experiência

Revytra C Olhos foi o primeiro creme com retinol que eu usei na área dos olhos. Até então sempre mantive uma rotina de hidratação e usei, no máximo, vitamina C. Eu comecei usando pouca quantidade, mas por 3 dias seguidos, apenas 1x por dia, à noite.

Após esses 3 dias, percebi a área dos olhos bem sensível, e comecei a passar Bepantol Toque Seco para dar mais conforto, e fiquei 4 dias sem usar até sentir que minha pele não estivesse mais ardendo ao toque.

Havia uma “pelinha” querendo descamar (normal, resultado da renovação celular que o retinol provoca), mas o problema era a sensação de ardência. Foi erro meu, eu deveria ter feito um período de adaptação, usando dia sim dia não, ou até mesmo usar só 2x por semana na primeira semana, ou nas 2 primeiras semanas.

Após ficar 4 dias sem usar, percebi que a pele havia acalmado, e voltei a usar, dessa vez, em dias alternados. Usei por mais 10 dias, mas percebi que era o momento de parar. O calor forte começou em BH, e minhas atividades do dia a dia envolvem muita exposição solar – lembrando que ao usar retinoides você deve ter cuidado redobrado com proteção solar, pois sua pele fica mais sensível a radiação solar. Achei que não valeria a pena correr o risco de usar um retinol tão potente justamente no verão (e daqui pra frente a tendência é piorar, verão tá chegando e a exposição ao sol só vai aumentar!).

Como resultado, a pele da área dos olhos ficou fininha, eu percebi uma pele bem fina que estava quase descamando, mas está cicatrizando agora, aos poucos. Continuo usando protetor solar nessa área toda manhã, e ainda retoco no meio do dia. Essa pelinha é visível aqui:

Revytra C Olhos La Cutanee Resenha de creme para olhos

É uma área “enrugada” no canto interno dos olhos, tanto na parte superior quanto inferior. Ao toque ela é bem fininha, mas está cicatrizando, ou seja, significa que é uma pele nova, sinal de ação do retinol.

Pretendo usar novamente em uma época mais adequada (ou seja, quando eu souber que não vou me expor ao sol), e se tiver outros resultados atualizo aqui.

Por hora, quero deixar esse aviso para quem nunca usou retinol na área dos olhos: faça um período de adaptação. O termômetro é sempre sua sensibilidade – se achar que está ardendo, doendo, ficando muito vermelho, é sinal que você precisa parar, ou intervalar o uso, ou diminuir a quantidade de creme. Converse com seu médico, de preferência. E cuide da proteção solar SEMPRE!

Só use em uma época do ano em que você sabe que não ficar exposta ao sol – evite período pré-férias, pré-viagens, por exemplo.

Espero que mesmo sem ter um uso contínuo a minha pequena experiência com o Revytra C olhos ajude a aproveitar melhor esse antissinais – foi o primeiro creme para olhos que eu usei que tem uma ação além da hidratação, e isso eu já achei muito bom.

E você, já usou retinol na área dos olhos?

Onde comprar

Revytra C Olhos é vendido na loja online da La Cutanee e também nas farmácias (lojas físicas) que revendem a marca. Custa R$159,90 a embalagem com 15ml.

Veja no blog mais opções de cremes com retinol (para usar no rosto)