Clair Concentré Profuse Gel Creme Clareador – resenha ANTES e DEPOIS

Clair Concentré Profuse é bom para tratar melasma?

Recebi Clair Concentré da Profuse em 2018 e cheguei a fazer algumas experiências com ele em minha pele. Percebi que ele é bem forte para mim, e ao ler sua proposta e seus ingredientes, percebi que mesmo sendo uma pessoa que usa clareadores normalmente para conter manchas e melhorar o aspecto da pele, eu não me considero o público alvo deste produto – acho que ele é mais direcionado para quem trata manchas mais contrastantes, ou trata melasma. Por isso, resolvi convidar uma leitora do blog que me acompanha há muito tempo e já havia dividido comigo sua rotina de cuidados com o melasma, e pedi que ela usasse o produto e me desse um feedback. Que é o que vou mostrar no post, a resenha da leitora!

Clair Concentre Profuse - Creme Clareador - resenha ANTES E DEPOIS

Clair Concentré – Gel Creme Clareador Profuse

Clair Concentré é um clareador para melasma e manchas do rosto e das axilas. Ele associa ingredientes poderosos que servem para todo tipo de pele, inclusive pele sensível, que precisam de um tratamento potente. Os ingredientes:

  • Vitamina C concentrada (Ascorbyl Tetraisopalmitate) – antioxidante, clareador
  • Ácido Gálico – age sobre a tirosinase, enzima que age na produção da melamina
  • Niacinamida – antioxidante, anti-inflamatório
  • Hexylresorcinol – atua na redução da produção de melamina

Lembrando que Profuse também tem outro clareador da mesma linha, o Clair Clareador, mais indicado para manutenção diária e uniformização, e a versão Clair Olhos. Esta versão Clair Concentré então é a mais forte delas.

Clair Concentré – embalagem e características

As embalagens dos produtos da linha são similares: em acrílico, com válvula Pump de plástico branco e tampa de acrílico transparente. A textura é um gel creme muito leve e fácil de ser espalhado, quando experimentei achei agradável após a aplicação, não ficou melado nem desconfortável, uma boa sensação de um hidratante leve.

Clair Concentre Profuse - Creme Clareador - resenha ANTES E DEPOIS

Clair Concentré para melasma – experiência da leitora

Primeiras informações após 1 semana de testes, em março/2019:

“Seguem algumas informações sobre o teste.
Conforme conversamos estou tirando as fotos dia sim dia não.  Nas fotos em si ainda não se vê grande diferença nas manchas, mas é possível notar que após uma semana  (17 a 23) a pele está com mais viço e as manchas com um tom um pouco mais claro. Ao vivo nota-se melhor. Nas primeiras aplicações senti um leve calor na pele, mas esta sensação passa rápido. Ao aplicar a minha pele absorve rápido e no dia seguinte amanhece extremamente macia ( gostei muito disso).
Estou com uma rotina bem simples: pela manhã lavo, tonifico, aplico o Clair e espero alguns minutos  e em seguida hidrato e finalizou com  protetor solar (duas camadas sem cor e uma com cor). À noite lavo, tonifico, aplico o Clair Concentré e por último um hidratante.  Não uso muita coisa.
Quanto ao protetor solar sempre prefiro o físico, pois percebo que ele não provoca reações na minha pele  ( alguns que são químicos provocam uma ardência e às vezes vermelhidão,  então procuro evitar).”
Relato em Julho, após usar o frasco todo de Clair Concentré:

Antes de usar o produto eu não estava usando absolutamente nada de ácido clareador  na pele e nem estava cuidando como deveria devido à uma necessidade familiar, minha mãe precisou ficar internada alguns meses e tive que parar um pouco minha vida para cuidar dela durante alguns meses, então eu fiquei literalmente em último plano! Rsrs

Nem protetor solar estava usando direito e nisso as manchas escureceram muito! Foram quase 08 meses assim.

“Comecei a usar o produto em 17/03/2019 e tirei a primeira foto no dia 19/03/2019. Estava usando  02(duas) vezes ao dia, de manhã e à noite. No início percebi uma sensação de calor na pele, mas continuei pois já estava acostumada com este tipo de reação com outros produtos para clareamento. No decorrer de uns 15 dias a sensação de calor  continuou e notei algumas erupções que não pareciam ser espinhas pois ficavam só vermelhas, e decidi intercalar e a sensação passou e as erupções também. Mas aí não sei se foi pelo intervalo ou se a pele havia se adaptado. Após esses 15 dias começou uma fase em que precisei de sair com mais frequência por causa do trabalho, sempre deixo pra resolver assunto de trabalho pela manhã bem cedinho ou no final da tarde, mas durante a o mês de abril e início de maio precisei sair em horário que o sol estava mais quente, e notei que deu uma leve escurecida. A partir daí comecei a usar só a noite e caprichar na proteção solar, e lá pela metade do mês de Maio é que comecei a notar mesmo o clareamento. O produto rendeu bastante, e como a embalagem dele é de rosca, usei até o fim mesmo, terminei no início de junho. No meu caso não foi milagroso a ponto de fazer a mancha desaparecer, e até hoje nenhum produto fez isso. Posso dizer que ele funciona sim e cumpre o que está descrito na embalagem, pois  clareou muito e melhorou a textura da pele, deixou mais iluminada. Tem uma textura muito boa, não fica “melequento” nem oleoso, minha pele absorvia bem rápido e no meu caso que tenho pele mais seca, usei hidratante por cima dele. Voltaria a usá-lo para manutenção. Acredito que quem tenha pele mais clara ou manchas menos visíveis, terá resultado muito melhor .”

Clair Concentre Profuse - Creme Clareador - resenha ANTES E DEPOIS Clair Concentre Profuse - Creme Clareador - resenha ANTES E DEPOIS

Clair Concentré Profuse – minhas considerações (Luciana)

O que eu mais gostei no depoimento dela é que foi bem realista – ela trata o melasma há muito tempo e já entende que ninguém precisa esperar que uma mancha desapareça com o uso de um frasco de um produto, por melhor que este produto seja. É preciso um cuidado constante, aliar ingredientes seguros, antioxidantes, proteção solar sempre. Melasma não tem cura, tem controle. A ideia de fazer resenhas com produtos clareadores de pele é mostrar a real, que um produto pode não tirar a mancha da sua pele, mas pode melhorar o aspecto contrastante, deixar a pele mais viçosa, tratada, e aí você avalia depois se vale a pena continuar com o mesmo produto ou passar para outro ingrediente – o ideal é avaliar junto com seu dermatologista.

Onde comprar e preço

Clair Concentré é encontrado em farmácias e lojas de cosméticos em todo o Brasil. Custa em média R$120 a 140 o frasco com 30ml.

Profuse no blog

Ensolei Antiacne Color – protetor solar com cor

Essencele Filler C Olhos – vitamina C para olhos

Essencele Filler C – vitamina C para o rosto

Ensolei Compact Color – base com FPS

Neste post tem mais opções de clareador de pele

Probióticos para Dermatite Atópica – BIDRILAC – resenha

Probióticos para Dermatite Atópica – o tratamento da Isabela

Hoje vou falar sobre o tratamento com probióticos que a Isabela tem feito de abril de 2018 até hoje para tratamento de sua dermatite atópica. Gosto de dividir as experiências sobre isso pois tenho visto quanta gente tem passado por situações parecidas com as que eu passei e passo – hoje em dia eu considero a situação da pele da Isabela bem melhor, graças a Deus!

Em 2018, Isabela foi a 2 médicos em menos de um mês – na pediatra e no dermatologista, para consultas anuais de rotina e controle. Os 2 médicos falaram sobre o tratamento com probióticos quando eu conversei com eles sobre o histórico da Isabela – achei muita coincidência, e estranhei o fato de eu nunca ter ouvido falar nisso em tantos anos de consultas a tantos pediatras e médicos (devido a mudanças de planos de saúde, mudanças de cidades, e algumas insatisfações – especialmente com os dermatologistas que já cuidaram dela – nós já tivemos que trocar de médicos algumas vezes, infelizmente).

Cheguei em casa e comecei a pesquisar, e de fato encontrei algumas pesquisas e estudos clínicos que mostravam alguma melhora ou controle da dermatite atópica – e outras condições de pele como acne e rosácea. Destaco que em nenhum momento os médicos ou os estudos falam sobre cura, mas sim sobre controle, ou pelo menos alguma melhora da qualidade de vida do atópico. E após 1 ano de tratamento foi isso que eu percebi, como vou contar depois.

Probióticos para dermatite atópica - Bidrilac - resenha

Probióticos para dermatite atópica – por que?

O tratamento parte do princípio que o microbioma intestinal é extremamente importante para o nosso sistema imunológico, ou seja, a maneira como o nosso corpo responde aos ataques externos.

O que os probióticos tem a ver com isso?

Os probióticos são organismos vivos que podem ser ingeridos, que farão parte desse microbioma intestinal – do “exército do bem”. Já se sabe que condições de pele como dermatite atópica, eczemas, rosáceas, são causadas por um desequilíbrio na barreira cutânea. Essa barreira cutânea responsável pela defesa e proteção da pele contra as agressões externas tem uma microbiota própria, e o desequilíbrio dessa microbiota fragiliza toda a pele, por isso elas são tão sensíveis às condições do ambiente como clima seco, poluição, calor, frio, etc. Quem tem dermatite atópica ou conhece de perto alguém que tem já sabe que a pele logo reage às mudanças climáticas, seja verão ou inverno. Sem falar na água quente, no suor, tudo pode ser motivo de irritação, coceira, vermelhidão e incômodo 🙁

Detalhe: não confundir probiótico com prebiótico.

Probióticos são encontrados em alimentos como iogurtes, Yakult, queijos. Não existe em cosméticos pois ainda não inventaram uma maneira de manter as bactérias vivas em meio a veículos cosméticos. Prebióticos são o alimento, o que estimula o crescimento dessa flora benéfica, que cria um ambiente propício para seu crescimento e manutenção.

Portanto, quem faz o tratamento pode ingerir PROBIÓTICOS e usar cosméticos com PREBIÓTICOS, se quiser.

 

Probióticos para dermatite atópica – Bidrilac

Depois de ler sobre o tratamento, vi que era uma tentativa fácil – baixo custo, sem maiores sacrifícios para uma criança e sem efeitos colaterais. Eu soube de outras possibilidades de tratamento mas eram caros demais, ou cheios de restrição na dieta, coisa impossível de fazer com a Isabela, que já come pouco e super seletiva!

Neste tratamento, basta inserir uma dose de probióticos específicos por dia, em qualquer refeição, junto com leite, sucos, iogurtes, etc.

Os 2 médicos me passaram algumas opções, e a Isabela experimentu o Bidrilac e o Probiatop. Pela facilidade de encontrar promoções, optei pelo Bidrilac:

Probióticos para dermatite atópica - Bidrilac - resenha Probióticos para dermatite atópica - Bidrilac - resenha

Eu perguntei sobre o uso de iogurtes, Kefir ou Yakult, mas parece que as bactérias mais estudadas são essas presentes nesses produtos.

Probiatop - probioticos para dermatite atopica

 

Probióticos para dermatite atópica – experiência após 1 ano e 2 meses

De fato, não houve cura, mas com certeza houve um fortalecimento da pele da Isabela. Ela começou a tomar Bidrilac em abril, ainda em Niterói. Ela veio para BH no início de maio de 2018, em pleno outono seco e frio (temperaturas entre 13 a 20 graus em vários dias, o que pra ela era bem frio, ainda mais chegando do Rio!). Nessas condições, normalmente a pele dela iria gritar, mas foi um dos invernos mais tranquilos que já passamos. Ela só teve uma crise leve em setembro, e depois em dezembro. Mesmo assim, acho que estava mais relacionado a um relaxamento nos cuidados com os cremes mesmo, pois as vezes vemos que a pele está forte e não protegemos com os hidratantes como deveríamos. Enfim, as poucas crises que ela teve foram bem mais brandas e contornáveis – ela nunca mais precisou usar pomadas com corticóides, que eu costumava deixar para as feridas mais feias. Ela não teve mais feridas que precisassem delas, só aquelas que eu controlo facilmente com óleo de girassol (Dersani).

AQUI TEM: Cremes hidratantes para Dermatite Atópica

O Bidrilac não tem sabor e nem influencia no sabor dos alimentos, isso é fundamental para permitir o uso contínuo. Se tivesse sabor eu acho que dificilmente a Isabela conseguiria usar por tanto tempo, já que é bem enjoada com alimentação (não puxou a mãe nisso, com certeza!).

Onde comprar e preço

Eu consigo comprar Bidrilac em promoções pela internet – tem embalagem com 6 e com 15, eu só compro a de 15, e o preço varia de 20 a 46 reais (os últimos eu comprei numa promoção por 20 reais!).

Probiatop é bem mais caro, a embalagem com 30 custa de 86 a 150 reais.

Mais posts sobre Dermatite atópica no blog

Por aqui eu já dividi várias experiências da Isabela e a nossa saga para enfrentar essa condição de pele, leia também:

ISDIN Flavo-C Melatonin – resenha – usando e AMANDO!

ISDIN Flavo-C Melatonin – antioxidante super potente para a pele

ISDIN Flavo-C Melatonin tem sido maravilhoso para a minha pele, pelo título do post já deu pra perceber que eu vou falar bem, não é? Mas espero que nesta resenha eu consiga mostrar o que ele é, como ele é e o que ele pode fazer pela sua pele, para que você entenda os benefícios e avalie se vale a pena pra você ou não. Vamos lá!

Isdin Flavo-C Melatonin Resenha

ISDIN Flavo-C Melatonin é um serum reparador noturno que serve para estimular as defesas antioxidantes da nossa pele. Sabemos que o stress oxidativo é a maior causa do aparecimento dos sinais de envelhecimento na pele como rugas, manchas, opacidade, e a atuação forte deste serum ajuda a combater a ação dos radicais livres, além de também ter uma ação de correção dos sinais já existentes – vou falar sobre os ingredientes e vai dar pra entender melhor!

Isdin Flavo-C Melatonin – ingredientes

O que tem no Serum Noturno Reparador da Isdin que promete tanto benefícios:

  • Melatonina: “Atua durante a noite, estimulando as defesas antioxidantes da pele, deixando-a preparada contra o stress oxidativo que é produzido durante o dia.”

Não confunda com a Melatonina de uso oral, que tem outra função. Assim como acontece com a vitamina C, o uso oral é indicado para uma coisa e o tópico para outra. No caso da Melatonina, alguns estudos sugerem que ela atua como um bom antioxidante, e com a vantagem de não ser tão problemática para ser estabilizada em formulações.

  • Bakuchiol: “Ingrediente de origem natural com propriedades antiaging que restaura a elasticidade e firmeza da pele.”

Este ingrediente atuaria de maneira semelhante ao retinol, no sentido de correção da pele e atenuação de rugas.

  • Vitamina C:  “Luta contra o stress oxidativo enquanto devolve a luminosidade à pele.”

Vitamina C já é nossa velha conhecida, ultimamente anda sendo a “queridinha” dos lançamentos de Skincare, e no caso do ISDIN Flavo-C Melatonin ela vem em 3 apresentações: Ascorbyl Tetraisopalmitate e Ascorbyl Palmitate (derivados) e Ascorbic Acid (pura).

VEJA TAMBÉM: Opções de vitamina C para o rosto

Além destes 3 ingredientes principais vale a pena destacar:

  • Vitamina E – antioxidante, pode estar na fórmula inclusive para servir como antioxidante dos próprios ingredientes;
  • Esqualano – óleo com alto poder de hidratação

 

Caprylic/Capric Triglyceride, Dicaprylyl Carbonate, Ascorbyl Tetraisopalmitate, Squalane, Alcohol Denat., 1,2-Hexanediol, Bakuchiol, Caprylyl Glycol, Parfum (Fragrance), Melatonin, PEG-8, Aqua (Water), Tocopherol, Ascorbyl Palmitate, Ascorbic Acid, Citric Acid.

 

ISDIN Flavo-C Melatonin – apresentação e embalagem

Isdin Flavo-C Melatonin Resenha

Isdin Flavo-C Melatonin vem em uma embalagem de papelão que parece um estojo, com 10 ampolas de vidro e mais 2 acessórios:

  • Um rompedor de plástico, uma espécie de anel plástico que envolve a ponta da ampola na hora de quebrar para usar, evitando que você se machuque ao abrir a ampola.
  • Uma tampa plástica, que serve para manter o conteúdo da ampola protegido enquanto você não usa tudo.

Cada ampola tem 2ml, então este estojo com 10 ampolas ⇒ 20ml.

 

Isdin Flavo-C Melatonin Resenha

Mas por que ampolas e não um frasco tradicional?

O fato de vir em ampolas é super vantajoso para este tipo de produto, pois você abre a medida em que usa, mantendo as propriedades de todo o conteúdo. Em um frasco de 20ml, você abre o frasco, e ele será aberto todo dia até você terminar de usar, ou seja, os últimos mls a serem usados já podem estar comprometidos.

O produto é um óleo transparente, sem cheiro forte (na verdade acho bem neutro e discreto), que nao tem viscosidade – diferente do óleo de coco, por exemplo, que ao ser derramado escorre devagar, esse aqui é bem fino e se escorre como um líquido. Mas é óleo, deixa sua pele bem melada e brilhosa mesmo, mas vamos aceitar isso porque vale a pena kkkkkk

ISDIN Flavo-C Melatonin – como usar?

Abrir a ampola de ISDIN Flavo-C Melatonin não tem segredo: é só dobrar a ponta da ampola que ela quebra com facilidade, aí você encaixa a tampa de plástico e usa. Espalhe sobre rosto, pescoço e colo, e vá dormir, de preferência sem enfiar a cara no travesseiro – tá, essa parte é difícil!!!!!! 😀

Isdin Flavo-C Melatonin Resenha

A ISDIN garante a estabilidade do conteúdo da ampola por até 48h depois de aberto, ou seja, você pode fazer 3 aplicações com uma ampola:

  • na hora que abre: 1ª aplicação
  • no dia seguinte, ou seja, 24h depois: 2ª aplicação
  • 2 dias depois, ou seja, 48h depois de aberta, 3ª aplicação

ISDIN Flavo-C Melatonin – minha experiência

Tenho mostrado minha pele quando acordo nos stories do Instagram e tem sido como está na foto: a pele amanhece macia, luminosa e sedosa. Um viço que é um resultado diferenciado da maioria dos produtos que eu já usei.

Tem produto que a gente usa e sente um efeito que é similar a outros da mesma categoria. E tem outros que achamos diferenciado pois oferece mais que os outros, é esse o caso.

Meu uso:

  • 1ª semana – segui as instruções da embalagem e usei 1/2 ampola no rosto, pescoço e colo. Fiquei bem besuntada mesmo, toda brilhosa! Achei exagerada essa quantidade, mas no dia seguinte usei a outra metade do mesmo jeito. Fiz isso com 2 ampolas, ou seja, em 4 dias gastei 2 ampolas.
  • 2ª semana: diminui a quantidade e passei a usar 1 ampola em 3 dias, achei uma quantidade mais adequada e até mais confortável.
  • continuei o uso na 3ª e 4ª semana, mas não estou usando todos os dias, mas 3 dias na semana.

Se você usar 1 ampola a cada 3 dias, pode usar as 10 ampolas em um mês corrido. Mas posso falar?

Sinceramente, eu acho que não precisa – a não ser que sua pele esteja em estado de calamidade pública e precisando de um tratamento intensivo!

Mesmo assim, pode ser que você use todos os dias na primeira semana e comece a intercalar o uso nas semanas seguintes. No meu caso, achei o efeito tão bom que não achei necessário usar continuamente. Se eu uso 3 dias por semana, já percebo minha pele super tratada e mantenho meus outros cuidados com bons produtos nos outros 4 dias. E sério, não estou falando isso pra economizar produto (o que no final das contas acontece e não deixa de ser bom!) mas sim por perceber os resultados satisfatórios na minha pele.

Ah, detalhe: nos dias que eu uso Isdin Flavo-C Melatonin à noite, eu dispenso abtradicional durante o dia, e uso só hidratante e protetor solar.

Onde comprar e preço

Uma embalagem dessa vem com 10 ampolas de 2ml, 20ml por cerca de 200 reais. A Isdin também fez um pack com 30, que custa em média 450 reais, e já vi um pack que mistura 10 ampolas da Flavo-C Ultraglican (sérum diurno) e 10 ampolas da Flavo-C Melatonin (noturno) que pode ser encontrado por cerca de 250 reais.

Se vale a pena? Sinceramente, o que este produto está fazendo pela minha pele com 20ml muitos fazem igual ou menos com 30ml. É uma média de preço de bons produtos de pele, de boas marcas que são compatíveis com ISDIN (lembrando que este preço é o preço BRASIL, pois estes produtos, em seus países de origem, custam bem menos – esse aqui custa 17 euros na Espanha!). Aliás, preciso destacar que ISDIN é uma marca excelente e que até hoje se me deu boas experiências.

Mais ISDIN no blog

Transparent Spray Isdin – protetor solar em spray para pele molhada

Foto Ultra Isdin Active Unify Fusion Fluid Color FPS99 – clareador com protetor solar

Ureadin 3 Hydro Lotion – hidratante corporal

Betalfatrus – fortalecedor de unhas

Ureadin Podos – hidratante com ureia para os pés

 

 

 

Renew Vitamina C Avon vale a pena comprar? Resenha

Renew Vitamina C da Avon  funciona? Veja minha experiência!

Comprei a Renew Vitamina C da Avon depois de ser marcada no post da marca por vários seguidores do Instagram… assim que foi lançada muita gente ficou curiosa e queria saber como seria a versão de vitamina C da Avon. Há muito tempo eu não comprava um produto só pra ser resenhado no blog, então dessa vez eu comprei!

Minha intenção era usar o frasco todo antes de fazer a resenha, mas infelizmente algo aconteceu, por isso a resenha veio antes do planejado…leia até o final para entender!

Renew Vitamina C Avon – apresentaçãoRenew Vitamina C da Avon resenha

Aqui no blog tem um post com várias opções de vitamina C para o rosto, confira!

A Renew Vitamina C causa uma boa impressão logo de primeira – tem uma embalagem de papelão com acabamento metalizado muito bonito, e o frasco é um vidro opaco laranja, que evita a passagem de luz para o produto, uma válvula pump e uma tampa de acrílico transparente que não tá na foto (sumiu, rsrs). Na embalagem constam todas as informações do produto, portanto sugiro que guardem até finalizar o uso 😉 Ponto pra Avon nesse quesito, achei muito bem trabalhada essa parte!

Renew Vitamina C – o que a Avon promete

Segundo a Avon, a Renew Vitamina C:

  • Deixa a pele imediatamente radiante
  • Protege contra o envelhecimento
  • Revitaliza a pele, garantindo viço e frescor
  • Exclusiva tecnologia Effective C: fórmula que não perde a eficácia ao longo do tempo
  • 48h de ação na sua pele

A Avon promete resultados visíveis em até 2 semanas de uso, e informa que a concentração de vitamina C é de 10%, e que em 1ml tem a quantidade de vitamina C de 1 laranja grande – o que equivale a aproximadamente 90 a 100mg.

Por isso na propaganda eles dizem que o produto tem o equivalente a 30 laranjas, ou seja, em 30ml de produto tem 3g de vitamina c 😉  ⇒gente de exatas fica fazendo conta por diversão

Toda essa ação prometida pela Avon faz sentido devido a ação antioxidante da vitamina C, que já é bem conhecida e está sendo cada vez mais explorada pelas marcas de cosméticos. Antioxidantes reforçam a barreira protetora contra os danos causados pela radiação solar (por isso é tão comum ter um reforço antioxidante em protetores solares) – segundo a Avon, o produto potencializa o FPS em até 15%. E antioxidantes são realmente tudo de bom pra pele, especialmente quando se trata de prevenção.

O uso recomendado pela Avon é de 1x ao dia, de manhã ou à noite.

Renew Vitamina C Avon – composição

Renew Vitamina C da Avon resenha

A vitamina C presente nessa composição é o Ascorbic Acid, a vitamina C pura, numa concentração de 10%. Ela tem bastante óleo, o que não é um defeito, pelo contrário: fórmulas com mais óleo do que água ajudam na estabilização da vitamina C. Fora isso, destaco a presença forte de fragrâncias, e realmente esse produto é bem cheiroso, com cheirinho cítrico da laranja.

Renew Vitamina C da Avon – minha experiência

Fui mostrando as experiências diárias com a Renew Vitamina C pelos stories do Instagram (@luvilelapaes, segue lá!) e o que sempre mostrei foi a rotina de ter que esperar por uns 10 minutos ou mais, diariamente, para que ela secasse. Ela custa a secar (e eu testei diferentes quantidades) para poder passar o protetor solar por cima.

“Mas não dá pra passar o protetor solar por cima sem esperar a vitamina C secar? Não, senão o protetor mistura com o óleo e não forma a barreira protetora que deve formar para ter a eficiência que se espera dele.

Essa espera para quem tem um rotina da manhã corrida é bem complicada, por isso se você não tiver essa disponibilidade, use à noite. Quando ela seca, ainda continua pegajosa – ela tem um acabamento “colento”, que continua mesmo após a secagem. Mas de novo, mesmo assim não seria motivo para que eu deixasse de usar.

Como eu estava em período de testes, continuei usando de manhã para poder testar os protetores solares:

  • A Renew Vitamina C influenciou no acabamento de alguns protetores solares, um dos que eu testei esfarelou (isso não é necessariamente culpa da vitamina C, pode ser do protetor também)
  • Mesmo mudando o acabamento do protetor, consegui me satisfazer com o acabamento de um deles, e estava disposta a continuar usando normalmente, até que…

Após 10 ou 12 dias de uso, percebi meu rosto com acne:

Renew Vitamina C da Avon resenha

Do outro lado do rosto também tinha, mas menos aparentes, ainda no início.

ATENÇÃO: esta é um reação individual ao produto. Não é porque aconteceu comigo, que vai acontecer com você. Eu já usei vários produtos com vitamina C, tanto pura quanto derivada, e até hoje só havia acontecido isso comigo 1 única vez. Claro que eu tinha que contar isso na resenha, pois foi por esse motivo que eu interrompi o uso do produto.

Interrompi o uso da Renew Vitamina C na segunda, e no domingo seguinte meu rosto estava limpo. Infelizmente não vou poder falar mais sobre efeitos a longo prazo. A Avon diz que os efeitos são perceptíveis com 2 semanas de uso, mas nesse tempo só percebi hidratação mesmo, e com certeza ela tem uma ação antioxidante preventiva que não conseguimos medir, mas tem.

Onde comprar e preço

Renew Vitamina C é vendida na loja virtual da Avon ou com as revendedoras da marca, atualmente em preço promocional de lançamento por R$79,90 o frasco com 30ml.

Mais Avon no blog

Há muito tempo eu não postava nada da Avon, mas houve uma época em que eu recebia vários produtos deles pra testar, e gostava muito das máscaras de cílios, produtos para cabelos e os esmaltes, que são maravilhosos. Também usei uma linha da Renew, que na época foi muito boa pra mim, mas hoje infelizmente não conheço mais nada da linha a não ser essa vitamina C.

Algumas resenhas de bons produtos da Avon que vale a pena conhecer:

 

 

 

 

AD-TIL na pele funciona? Eu usei…

AD-TIL na pele – resenha

Usar AD-TIL na pele é uma receita que está famosa na internet e ano passado eu experimentei. Aliás, foi por causa disso que eu comecei a pesquisar um pouco mais sobre a ação da vitamina A na pele, e cheguei às conclusões que eu vou colocar neste post.

A receita famosa é esta: misturar o AD-TIL, um suplemento via oral que tem vitamina A e D, em um frasco de Pantenol em spray, que pode ser o Probentol, Bepantol ou Bepantriz. Aí é só borrifar no rosto e deixar secar.

Existem algumas variações: algumas pessoas passam o AD-TIL puro na pele ou misturam algumas gotinhas (ele é líquido e vem com um gotejador) ao hidratante diário.

Esta receita é uma “releitura” de uma famosa receita que o Dr. Ivo Pitanguy teria passado para a jornalista Glória Maria (eu era pequena e minha mãe já tinha ouvido falar nisso!) – a receita seria misturar Hipoglóss (a pomada anti-assaduras, que entre outras coisas também tem vitamina A), com Arovit (que era a ampola de vitamina A vendida na época) e a pomada Bepantol. Existem algumas pessoas que ainda dizem que tem variações, mas o básico é isso. Como o resultado é um creme muito espesso, oleoso e de difícil aparência cosmética (até porque é pra ser usado à noite, imagine isso carimbando o travesseiro!!!), resolveram simplificar e colocar apenas a vitamina A atual, que é o AD-TIL, com o Pantenol em Spray, o que realmente fica mais prático, embora também seja oleoso, já que o AD-TIL é um óleo.

DETALHE: Várias pessoas já vieram me contar que em algumas entrevistas o Dr. Ivo Pitanguy desmentiu esse boato, dizendo que ele nunca deu essa receita. E eu até acredito mesmo, e ainda vemos isso todo dia. Todo dia tem frase nova do Pedro Bial, Jô Soares e Pe. Fábio de Melo, e eles sempre tem que desmentir dizendo que nunca falaram aquilo, kkkkkkkkk

Vi algumas explicações, inclusive de pessoas que eu considerava fontes confiáveis, achei que seria inócuo (diferente da receita do Bicarbonato da pele que eu jamais tentaria por identificar riscos logo de cara), além de ser barato, então tentei – em maio de 2018, pleno inverno, fiz minha misturinha e usei por 3 meses, à noite, finalizando em julho.

AD-TIL – composição

ADTIL na pele funciona? Resenha

Tá aí a bula do AD-TIL que eu comprei e guardei pra fazer este post. Como vêem, ele é um suplemento via oral, o que eu já deveria ter levado em consideração antes de ter feito essa receita para uso tópico. Mas tudo bem, eu já me perdoei por essa gafe… (e olha que eu já sabia disso desde que falei sobre o REDOXON no rosto!!!)

Vou destrinchar um pouco mais:

50.000 U.I. (Unidades Internacionais) de ACETATO DE RETINOL.

Vou focar no ACETATO de RETINOL, que é o ÉSTER de vitamina A presente no AD-TIL, que é o motivo de todo o auê em cima dessa receita.

Uma Unidade Internaciona (U.I.) tem 0,3 μg de acetato

50.000 U.I. = 15.000 μg = 15mg (15 miligramas) de acetato ⇒ portanto, a concentração de ACETATO DE RETINOL do AD-TIL é de 15mg/ml

A embalagem vem com 20ml. Se eu terminei um frasco em 3 meses (não usei até o final, mas considerem que eu terminei só pra eu fazer a conta), então usei aproximadamente 3,3mg de ACETATO DE RETINOL em minha pele todos os dias (regra de 3 básica, tá?), considerando que este acetato ainda estivesse estável até o final desses 90 dias, coisa que agora eu duvido… (vou falar mais a frente sobre isso).

Só estou colocando esses números para vocês quantificarem mais ou menos aí na cabeça o que eu vou explicar mais a frente.

Existem algumas coisas que eu quero considerar:

  • ACETATO DE RETINOL é comum em suplementos alimentares, ou seja, para ser absorvido pelo nosso sistema digestivo. O Éster de retinol usado em cosméticos, para uso tópico costuma ser o Palmitato de Retinol.
  • Ao ser aplicado na pele, o éster de retinol será metabolizado e transformado em RETINOL, depois em RETINAL, e depois em ÁCIDO RETINÓICO, que é a forma ativa da vitamina A que trabalha na renovação celular e traz todos os benefícios que conhecemos do uso tópico da Vitamina A
  • Lembrando: 1mg de ACETATO de RETINOL não se transforma em 1mg de ÁCIDO RETINÓICO, já que após as transformações as reações químicas liberam outros elementos e a quantidade de vitamina A que chega a “virar” ácido retinóico é bem pequena.

AD-TIL (acetato de retinol) x Palmitato de Retinol x RETINOL x ÁCIDO RETINÓICO

Para esclarecer mais, um resuminho básico:

  • Acetato de retinol = éster de retinol usado em suplementos via orial
  • Palmitato de retinol = éster de retinol usado em cosméticos (que tem ação mais branda de todas, longe de ser transformado em ácido retinóico)
  • RETINOL = VITAMINA A = usado em cosméticos – tem uma ação melhor do que as anteriores, assim como o RETINAL, também presente em alguns cosméticos
  • ÁCIDO RETINÓICO = forma mais “ativa e forte” da vitamina A na pele, não pode ser usado em COSMÉTICOS, só em medicamentos (como o VITANOL A, um dos mais famosos).

AD-TIL na pele – o que esta receita pode fazer?

Agora é que eu quero começar a concluir:

Estão vendo como a “suposta” ação desta vitamina A na pele é beeeeeeeem pequena, se é que realmente chega a ter alguma ação? “Ah, mas eu estou usando e está me fazendo super bem”. Então tá:

  • A mistura é feita no PANTENOL, um dos ingredientes mais estudados e usados em cosméticos por sua ação reparadora, hidratante, um dos melhores ingredientes para ser usado na pele diariamente. Imagine quem nunca usa nada com regularidade, quando começa a usar uma mistura com Pantenol? A pele vai agradecer sim, os resultados virão. E no caso dessa receita, muito mais pelo Pantenol do que pela quantidade de vitamina A que irá agir na pele.
  • Quem usa o AD-TIL na pele acaba ficando com medo de ter uma hipersensibilidade à exposição solar e acaba caprichando mais no protetor solar. Ou capricha mais, ou passa a ter como um hábito que não tinha antes… mais um fator de melhora da pele, que na verdade é o mais importante de todos.
  • Vitamina A é bem instável, nada garante que este AD-TIL acrescentando ao Pantenol esteja estável e funcione já nos primeiros dias depois de misturado (lembrando que o spray de Pantenol é líquido, e a coisa mais fácil desestabilizar qualquer ingrediente é a água).

2º argumento: “Mas eu uso puro, direto no rosto”

  • Primeiro: o AD-TIL tem óleo de milho, o que forma uma barreira protetora na pele e melhora a hidratação, impedindo a perda de água. Fora isso, pode ser que a sua pele responda bem com a quantidade mínima de Ácido Retinóico que chegou a ser metabolizada lá dentro. Imagine se usasse Retinol então? Aliás, esta mesma resposta serve para quem usa o AD-TIL misturado ao hidratante.

AD-TIL na pele – concluindo, funciona?

Eu já cheguei a conclusão de que pra mim não dá. Mas olha só:

  • Perigoso não parece ser, até porque como eu mostrei é uma quantidade muito pequena de vitamina A na pele;
  • O mocinho da história é o PANTENOL, e não o AD-TIL;
  • considerem também o efeito placebo;
  • pra quem tem problemas com óleo na pele, considerem o óleo de milho pra ver se vale a pena a tentativa, algumas pessoas me contaram no Youtube que tiveram problemas com isso, especialmente acne;
  • para quem usa e está gostando não precisa parar de usar, só não dá pra comparar a ação de um éster de retinol feito para ser absorvido pelo sistema digestivo com a ação de um retinol ou derivado feito para uso tópico. Não são a mesma coisa, por mais que exista gente que fale que “comigo é diferente” eu ainda prefiro me sustentar nas comprovações, pois essa percepção de “melhorou minha pele” pode ser muito relativa e ter muitos outros fatores, como eu já mencionei (melhora da hidratação, protetor solar, etc). Aliás, o maior recado deste post não é fazer ninguém parar de usar, usa quem quiser. O maior recado é mostrar a diferença, que existe e é clara, que as ações são diferentes, e que se você quiser pode baratear ainda mais a receita, usando só o pantenol na pele. Já fará um bem enorme pra você.

Como vocês podem ver, eu não sou contra receita caseira, eu só gosto de entender e ver se tem lógica. Algumas eu faço, outras não. Espero que tenham entendido o funcionamento desta receita aqui, e fiquem livres para tirar suas conclusões!

 

Usar vitamina C no rosto de manhã ou à noite?

Melhor usar vitamina C no rosto de dia ou à noite? Veja só!

Hoje quero falar sobre usar vitamina C no rosto pela manhã ou à noite – eu falo bastante sobre uso da vitamina C na pele, e esta é uma pergunta que eu já respondi algumas vezes. Quando comecei a usar vitamina C, eu tinha uma visão, mas hoje tenho outra – hoje quero explicar os dois modos de uso e deixo a dica no canal e aqui no blog, aproveitem!

Vitamina C de dia ou à noite? Primeiro você precisa saber:

Antes de falar sobre o melhor horário para usar vitamina C no rosto, quero destacar as ações desse ativo em nossa pele – aliás, ele é multifuncional:

  1. ANTIOXIDANTE: evita a oxidação das células – e como ela faz isso? Oxidando. Sim, ela oxida no lugar da nossa pele – dessa forma, nossa pele se mantém protegida dos efeitos nocivos das radiações UV, que são os principais causadores dos maiores prejuízos visíveis na pele – sinais de envelhecimento, manchas, flacidez e as rugas causadas pelas flacidez. Quando estamos protegendo a pele desses efeitos já estamos fazendo muito, por isso dizemos que o protetor solar é o melhor tratamento antiidade – e o antioxidante reforça a ação dos protetores.
  2. ANTIMANCHAS: ela inibe a ação da tirosinase, enzima que atua na produção da melanina, que é o pigmento que mancha a pele quando produzido em excesso.
  3. FIRMADORA: além de proteger o colágeno e elastina que já existem em nossa pele, a vitamina C ainda estimula a produção do colágeno, que é diminuída com o passar do tempo.

Agora sim, vamos passar ao objetivo do post – entenda qual o horário ideal para usar vitamina C!

Vitamina C – melhor horário segundo os dermatologistas

A maioria dos dermatologistas indica o uso da vitamina C pela manhã. Estou dizendo maioria só para deixar uma margem de segurança aí, já que eu não posso dizer 100%, mas a verdade é que TODO dermatologista que eu já vi se pronunciar sobre isso, indica o uso pela manhã. E por que?

Como eles bem sabem que a primeira ação que se deve ter para qualquer tipo de tratamento de pele é a proteção, e a vitamina C reforça essa proteção, este seria o melhor aproveitamento deste ativo.

Se olharmos as fórmulas dos protetores solares de grandes marcas sempre veremos um reforço de antioxidantes. Em geral, as marcas produzem alguns combinados de antioxidantes que são patenteados e usados em todos os protetores solares daquela marca, e então eles começam a variar os acabamentos – acontece isso com a Ada Tina por exemplo, que tem o Difendiox, um ativo patenteado pela marca que nada mais é que um complexo rico em antioxidantes, e que é presente em todos os protetores solares Ada Tina. O que varia em cada um é o acabamento, cor, toque, etc.

Melhor horário para vitamina C segundo as marcas

Claro que o fabricante indica o uso tanto pela manhã quanto a noite, assim o produto acaba mais rápido e você precisa comprar outro. Segundo dermatologistas, a ação da vitamina C no rosto dura 24h, portanto usar 2x ao dia seria desnecessário.

Pode usar vitamina C no rosto à noite?

Claro que pode! A vitamina C não deixa de ser antioxidante se for aplicada à noite, só que essa ação de proteção contra a radiação é menos “requisitada”, ou menos necessária neste horário – isso se você tem a rotina de dormir à noite, com as luzes apagadas. Cada caso é um caso – tem gente que trabalha à noite!

Quando comecei a usar vitamina C no rosto – minha primeira experiência foi com a Roc C Superieur – conheci uma farmacêutica que me explicou a questão da instabilidade da vitamina C e como ela se oxida facilmente. Por isso, ela preferia usar o produto à noite e ir logo dormir, com as luzes apagadas. Com isso, ela preservaria o ativo para que ele sua ação de produção de colágeno e antimanchas fosse potencializada. Um produto que tem vitamina C e que foca na firmeza e hidratação da pele é o Nivea Q10 Plus C  – que é indicada para uso noturno segundo o fabricante. Ela deixa de ser antioxidante? Não, mas toda a fórmula do produto tem o foco de dar firmeza, sustentação e incremento de hidratação à pele.

Nivea Q10 Plus C resenha

Melhor horário de usar vitamina C

Resumindo: fica a critério de cada um, de acordo com o seus objetivos. A melhor pessoa para definir isso é o dermatologista (já fique sabendo que a tendência será o dia então, kkkk)

Mas o que dá pra perceber é que não existe certo e errado, e sim o foco que deve ser mantido. Eu estou usando pela manhã, e você?

Mais vitamina C no blog:

A-Oxitive – vitamina C da Avene

Essencele Filler C – da Profuse, com ácido hialurônico

Active C10 – La Roche Posay

 

 

Essencele Filler C da Profuse – resenha

Essencele Filler C – vitamina C + ácido hialurônico

Estou usando a Essencele Filler C da Profuse todas as manhãs, pois como sabem sou muito fã de vitamina C. Aliás, também sou muito fã de ácido hialurônico, e nesse caso, como o produto tem os dois ativos,  minha rotina da manhã ficou mais simples: limpeza + tonificação + Essencele Filler C + protetor solar.

Recebi o kit da Essencele Filler C Serum e Essencele Filler C Olhos da Drogaria Araujo, daqui de BH

Essencele Filler C - Profuse - resenha de vitamina C para o rosto

Todas as vezes que eu usei vitamina C até hoje, sempre acompanhava com um hidratante, pois sentia falta. Com Essencele Filler C, o efeito de hidratação é imediato, esta é a vitamina C com maior efeito hidratante que eu já usei até hoje.

Como é a Essencele Filler C?

Essencele Filler C vem em uma bisnaga de alumínio, bem vedada, com tampa de rosca. São 30g de um gel transparente, de textura bem leve, desses que deixam uma sensação refrescante ao ser espalhado na pele. Fácil de espalhar, o acabamento na pele é ótimo, achei perfeito para pele oleosa – não mela, não deixa resquício, não atrapalha a maquiagem, excelente mesmo. Dá pra usar no verão, inclusive. Então, no quesito acabamento já posso dizer que foi SUPER APROVADA.

Essencele Filler C – o que diz a marca

A Profuse descreve a proposta do produto assim:

  • Previne rugas
  • recupera a luminosidade
  • ação antioxidante
  • alta hidratação
  • estimula a produção de colágeno
  • toque aveludado
  • para todo tipo de pele
  • Pode ser usado pela manhã e/ou noite
  • Pode ser aplicado no rosto, pescoço e colo

Toda essa ação prometida pela Profuse é devido à presença da Vitamina C, que é antioxidante, e do ácido hialurônico de baixo peso molecular biovetorizado – ou seja, uma molécula com alta capacidade de penetração nas camadas mais profundas da pele. E como a gente já tem falado bastante por aqui, os efeitos da pele bem hidratada com ácido hialurônico são esses mesmo: melhora da densidade da pele, melhora do viço e do aspecto das linhas de expressão.

Leiam o post para entender melhor o efeito dele na sua pele: O que é ácido hialurônico, pra que serve?

Qual a concentração da vitamina C da Essencele Filler C?

Toda vez que eu falo de vitamina C todo mundo quer saber a concentração. A “vitamina C” da Essencele Filler C na verdade é o SODIUM ASCORBYL PHOSPHATE, um derivado de vitamina C, que é o ácido ascórbico. Algumas literaturas chamam de “outra forma de vitamina C”. Enfim, pelo fato de o ácido ascórbico ser tão difícil de ser estabilizado em fórmulas cosméticas, a indústria foi buscando essas alternativas para ter os benefícios da vitamina C só que com mais estabilidade – no caso, o S.A.P. é bem mais estável, por isso alguns laboratórios o escolhem.

A concentração de SODIUM ASCORBYL PHOSPHATE da Essencele Filler C é de 5%.

MAS ATENÇÃO: estamos falando de SODIUM ASCORBYL PHOSPHATE, e não de ácido ascórbico.

Os produtos que vemos no mercado com 15, 20% de concentração de vitamina C, são feitos com ácido ascórbico! Então não compare as concentrações de vitamina C de produtos que são feitos com ativos diferentes, ok?

A concentração desses ativos que são derivados do ácido ascórbico é menor mesmo, por vários motivos, por estabilidade da fórmula, por segurança, enfim, costumam ir até 5%.

 

Se os derivados tem a mesma efetividade da Vitamina C – ácido ascórbico – é uma briga que eu estou acompanhando por aí: farmacêuticos e cosmetólogos dizem que sim, alguns dermatologistas dizem que não (mas MUITOS PRESCREVEM! Inclusive a Essencele Filler C é MUITO PRESCRITA por dermatologistas!), cientistas dizem que não. Enfim, eu daqui, sentada no meu tijolinho, prefiro adotar o seguinte critério: usar o que funciona pra mim, o que me faz bem.

E vitamina C de uso tópico me faz muito bem, e depois que comecei a usar na minha rotina minha pele melhorou muito, em muitos aspectos. E sem falar que vitamina C é antioxidante, e junto com protetor solar são ótimos para manter a pele mais jovem por mais tempo (esse assunto daria vários vídeos, vários posts!).

Essencele Filler C dá espinhas? Causa vermelhidão?

Em mim, não deu. Mas em algumas pessoas a vitamina C causa acne – não é regra, mas a única forma de saber é usando…Por outro lado, o  SODIUM ASCORBYL PHOSPHATE é um ativo muito usado em fórmulas anti-acne, por isso a chance de não dar acne é maior.

Em relação à vermelhidão, é outra reação comum à vitamina C. Novamente, mais uma vantagem do SODIUM ASCORBYL PHOSPHATE em relação ao ácido ascórbico: é mais tolerável. Muitas pessoas com pele mais sensível suportam melhor os derivados da vitamina C do que a vitamina C. Resumindo: pode acontecer de sua pele ficar vermelha e arder com o uso do Essencele Filler C, mas é mais difícil, e se acontecer, é uma reação normal. Observe se é o caso de continuar o uso fazendo intervalos (dia sim, dia não, até sua pele se adaptar) ou interromper o uso.

Essencele Filler C - Profuse - resenha de vitamina C para o rosto

Minha experiência com a Essencele Filler C

Até hoje eu só usei cremes com vitamina C que tem ácido ascórbico, ou seja, a vitamina C propriamente dita. Vou deixar em tópicos pra facilitar:

  • A Essencele Filler C é a mais hidratante de todas as vitaminas C que eu já usei. Dispensa o uso de outro hidratante, na minha opinião.
  • Eu tenho duas expectativas quanto a vitamina C: que seja antioxidante e que dê luminosidade á pele – ela é comumente usada como coadjuvante em tratamentos de clareamento de pele pois age sobre a enzima que aumenta a produção de pigmento na pele. Como antioxidante é difícil avaliar, pois é uma coisa que vemos com o passar do tempo: quanto mais tempo minha pele permanecer com aparência jovem, significa que estou agindo certo (não só com vitamina C mas principalmente com PROTETOR SOLAR). Quanto a ação de iluminar a pele, com a Essencele foi uma ação que eu não percebi. A ação das outras vitaminas C na minha pele mostraram esse efeito em pouco tempo de uso (10, 15 dias), mas com a Essencele eu fiquei de olho nessa parte e não achei que ela age muito nesse sentido. ATENÇÃO: essa foi uma reação da MINHA pele. Na sua pode ser diferente, principalmente se você nunca usou nenhum produto com vitamina C e não tem parâmetros de comparação.

Então, resumindo:

  • Aparência do produto e facilidade de espalhar: ótimo. Não mostrou nem sinais de oxidação na embalagem, continua transparente após mais de um mês aberta.
  • Acabamento na pele: excelente. Sequinha, toque aveludado, sensação de frescor e hidratação imediata.
  • Antioxidante: vou na fé 🙂 Mas a presença do SODIUM ASCORBYL PHOSPHATE é um indicativo de que ela atua como antioxidante sim.
  • Luminosidade: não percebi melhora nesse aspecto.

Onde comprar e preço

A Essencele Filler C Serum é encontrada em farmácias e lojas de cosméticos, físicas e online. Eu recebi a minha da Drogaria Araújo, maior rede de drogarias de MG. O kit do Essencele Filler C Serum e Essencele Filler C Olhos está na promoção por R$181,40 no site, esse preço está maravilhoso pois geralmente o preço do Serum é R$170,00 e do Produto para olhos é R$130-140.

 

 

 

Mulher de 40 anos – cuidados contra manchas e rugas

Pele aos 40 anos – como corrigir manchas e rugas?

Hoje vou falar especificamente sobre a correção da pele da mulher aos 40 anos – se antes dava pra cuidar da pele basicamente com limpeza, tonificação e hidratação, nessa fase precisamos lidar com a correção de problemas que se tornam mais visíveis como as rugas e as manchas na pele.

A pele pode ter necessidade de correção devido a vários fatores:

  • resquícios da pele oleosa e acneicaporos dilatados e cicatrizes de acne
  • linhas de expressão – mais superficiais, que se formam devido às expressões contínuas que fazemos no dia a dia
  • rugas – mais profundas, que são resultado da flacidez, ação da gravidade e deslocamento da gordura que temos por baixo da pele
  • manchas – não me refiro ao melasma, que até as pessoas mais jovens tem, me refiro às manchas causadas pela exposição cumulativa às radiações durante toda a vida

Quando falo então sobre cuidados com a correção da pele seria o que podemos fazer e usar para ter:

  • uniformização da textura – deixar a pele lisa, sem cicatrizes, sem poros dilatados

  • uniformidade no tom – melhora das manchas

  • viço e luminosidade

  • correção das linhas de expressão e rugas 

Pele aos 40 – quais cremes usar contra rugas e manchas?

Existem muitos ativos que podem ajudar a fazer as correções que eu falei ali em cima, como ácido azelaico, ácido glicólico, niacinamida, mas vou falar especificamente sobre os 2 que eu considero os mais eficazes: a vitamina C e os retinóides.

Pele aos 40 anos precisa de vitamina C?

Sim, precisa muito! Aliás, não precisa esperar chegar aos 40 anos para começar a usar vitamina C, pode começar antes. Já tenho falado bastante sobre os cremes com vitamina C para o rosto e resenhei alguns, aqui e no canal.

Pele bonita aos 40 anos - creme com vitamina C

Resumindo os benefícios do uso tópico da vitamina C:

  • antioxidante – atua no combate ao envelhecimento das células

  • anti-inflamatório

  • anti-manchas – tem efeito na tirosinase, enzima responsável pela pigmentação da pele

  • regenerador cutâneo

Se você nunca usou vitamina C, minha dica é começar pelas menores concentrações. No mercado existem cremes com concentrações que variam entre 3 até 20%, e como ela pode causar algumas reações no começo (vermelhidão, sensação de ardência), comece com as menores concentrações para que sua pele vá se adaptando e depois passe para as maiores concentrações. Não tenha pressa, os resultados podem demorar um pouco mais mas serão seguros e duradouros.

Já usei e gostei:

Cremes com Retinóides

Retinóides são variações da vitamina A – similares, ou precursores, ou derivados. Temos 2 tipos de cremes com retinóides:

  • os que são medicamentos, e que devem ser usados com acompanhamento médico, são vendidos em farmácias com receita – caso do Vitanol A (tretinoína, ou ácido retinóico) e Roacutan (isotretinoína);
  • os retinóides de uso cosmético, presentes em fórmulas das marcas de cremes da La Roche Posay, Roc, SkinCeuticals e várias marcas de dermocosméticos que conhecemos: retinol, retinaldeído, palmitato de retinilo, linoleato de retinol, etc

Pele bonita aos 40 anos - creme com retinoides

É sobre os retinóides usados em cosméticos que eu vou falar agora, pois os outros eu não posso recomendar a ninguém, não sou médica 😉

O que faz o creme com retinóide?

  • tratam a oleosidade e inflamação da pele, por isso são usados em tratamentos contra acne
  • aumentam a nossa produção de colágeno
  • reduzem a produção de melanina, por isso tem ação no controle das manchas na pele
  • Podem causar descamação, irritação e secura na pele, por isso é importante manter uma boa hidratação

No post em que eu mostro os cremes com ácido hialurônico, alguns deles são associações do ácido hialurônico com retinóides – essa associação não acontece por acaso em cremes anti rugas, perceberam?

É importante destacar também:

  • antes de associar 2 tratamentos diferentes consulte o seu médico. Retinóides junto a outros ativos tanto podem causar fortes reações na pele quanto podem anular os efeitos – o peróxido de benzoíla, usado em tratamento contra acne, anula o efeito do retinol. Procure saber o que pode ser usado junto com o retinóide que você está usando antes de misturar vários cremes na sua rotina.
  • grávidas e lactantes não devem usar retinóides

Pode usar vitamina C e retinóides ao mesmo tempo?

Pode, mas:

  • se você nunca usou nenhum, comece por um deles e perceba a reação da sua pele. Eu comecei com a vitamina C.
  • depende do retinóide que você irá usar. No caso dos medicamentos que eu mencionei, só o médico poderá associar outros ativos junto ao tratamento

Cuidado com receitas caseiras com vitamina C e retinóides

Vitamina C costuma ser cara, pois é um ativo extremamente instável. Estabilizar a vitamina C e deixá-la apropriada para uso na pele de maneira eficaz custa caro. Por isso, as pessoas acabam inventando receitas caseiras para usar vitamina C na pele, mas são perigosas. Uma delas é usar Redoxon ou Cewin na pele – vitamina C de uso oral na pele não é seguro, clique para saber mais!

Existem vários tipos de retinóides, e alguns tem eficácia maior que outros, e o preço dos cremes acompanham – os cremes com retinóides menos potentes e/ou com menor concentração serão mais baratos que os mais potentes. Também existem receitas caseiras com uso de retinóides na pele, mas só vou falar disso em outro post, prometo. Só adianto: CUIDADO, pois nem todas as receitas caseiras são seguras.


Espero que essas dicas já ajudem a saber por onde começar! Além deste post, clique nos outros em que eu mostro os produtos, e aguardem que ainda vou mostrar muitos outros cuidados com a pele aos 40 anos por aqui!

 

Creme para olhos da Chanel – resenha

Creme para área dos olhos Chanel – Ultra Correction Line Repair

Usei este creme para área dos olhos da Chanel, e mesmo não sendo a linha vendida no Brasil eu quero deixar registrado no blog. Ás vezes eu recebo críticas quando posto produtos caros mas eu acho que vale a pena como comparação – o que se compra com muito dinheiro é melhor/igual/pior ao que se compra com pouco dinheiro? Acho que este tem que ser o pensamento, então toda informação é válida.

A atual linha de tratamento anti rugas da Chanel é a Le Lift, e só para comparação, que já que não tem este produto à venda no Brasil, o creme para área dos olhos da Le Lift custa atualmente R$675,00 com 15ml (um tamanho padrão de produtos para esta área).

Creme para área dos olhos da Chanel - resenha

Ultra Correction Line Repair Chanel

Achei bacana a explicação que vem no folder do produto (que vem traduzido em 17 – isso mesmo, DEZESSETE – línguas). Olha só:

Tratamento anti rugas para o contorno dos olhos

Por que motivo as rugas aparecem no seu rosto com o decorrer dos anos?

Porque, em profundidade, o colágeno endurece e acaba por “quebrar”. Na origem deste fenômeno está a glicação ou fixação da glicose nas fibras de colágeno. Na realidade, o Centro de Investigação de Chanel identificou nas células da pele uma molécula chave capaz de inverter a glicação do colágeno, e FN3K.

Para estimular a produção desta molécula, foi criado um ativo polifracionado exclusivo com origem numa árvore da Indonésia, a Bay Cedar PFA. Um ativo puro, potente, poliativo para uma deglicação das fibras de colágeno e um novo volume da derme-epiderme.

Para uma correção precisa e visível do contorno dos olhos, a ação de Bay Cedar PFA é complementada pela presença de um complexo exclusivo que vai combater em simultâneo os papos e as olheiras. Aplicar delicadamente de manhã e/ou de noite sobre a totalidade do contorno dos olhos.

Minha experiência com o creme para contorno dos olhos da Chanel

O creme é bem espesso, denso, mas é bastante confortável depois de aplicado. Não seca imediatamente, mas como não incomoda nem faz diferença aquela textura marcante que fica ali até secar. Aliás, até me surpreendi com o conforto que senti, pois quando coloquei o produto nos dedos antes de aplicar achei que seria bem pegajoso, mas ele é fácil de espalhar e bem agradável. A pele fica protegida, hidratada, e o contorno dos olhos está bem hidratado com o uso do creme.

E aí, vale a pena?

Vamos separar bem as coisas: minha opinião sobre o produto com o uso e a questão de “vale/não vale o que custa”. Eu usei esta amostra com 3 ml, que é 1/5 do que vem na embalagem original, mas deu pra usar por 1 mês, então deu pra sentir seu efeito. Como eu já usei outros produtos de boas marcas de dermocosméticos eu tenho parâmetros para comparação e considero que este seja um bom anti rugas para área dos olhos sim. Daí a achar que vale a pena comprar são outros quinhentos!

Não que eu tenha algum tipo de “preconceito” com marca de luxo, eu não tenho é dinheiro mesmo pra bancar tudo isso. Aliás, mesmo se tivesse, eu poderia até comprar produtos de luxo para tratamento de pele desde que eu percebesse que seus efeitos são incomparáveis aos outros.

Eu sei que existem estudos, pesquisas e muita tecnologia por trás da indústria de cosméticos, inclusive de marcas de luxo como a Shiseido, Lancome, mas sei também que a questão da marca, da exclusividade, do desejo, estão por trás de preços exorbitantes. E eu falo sobre isso pois em algumas coisas eu já passei por isso:

  • já quis comprar bolsa de luxo – aí comprei, vi como era andar com uma belezinha dessas bem caras por aí, e não quis comprar mais, pra mim já estava experimentado e meu dinheiro poderia me dar outras coisas que me dariam mais prazer do que aquilo. Superei.
  • Já tive minha fase de amar – aliás, mentira, ainda amo, hehe – maquiagens e produtos de luxo. Mesma coisa: já comprei, já usei, ainda gosto, mas hoje eu escolho bem mais. Fases da vida, né gente?

Não critico quem tem esses desejos. Faz parte da natureza humana. Como também faz parte da nossa evolução começar a aprender a valorizar o que realmente tem valor e superar certas coisas.

Nossa, essa resenha virou o quê? hahaha

Resumindo, assim como contei na resenha do Shiseido Ultimune eu não encontrei motivos que me fizessem correr loucamente atrás de dos produtos de tratamento de pele da Chanel. Diferente por exemplo dos produtos da Caudalie , que também é uma marca cara no Brasil, mas pelo que já experimentei da marca eu até acho que vale a pena sacrificar o porquinho de vez em quando…

Veja por exemplo:

Eau de Beauté Caudalie

Vinoperfect Serum Caudalie

Cada caso é um caso, e cada um sabe o que está dentro das suas possibilidades financeiras. Hoje cada vez mais eu entendo as diferenças entre o que é necessidade e o que é desejo de consumo. Nada como um dia após o outro, não é?

Garanto que o post era pra ser uma resenha de creme, sério mesmo! 😀

 

 

 

Fisiogel Ação Calmante A.I. Loção Cremosa resenha

Fisiogel Ação Calmante – hidratante para dermatite atópica

Isabela agora está usando o Fisiogel Ação Calmante A.I. Loção Cremosa, que é mais apropriado para tratamento da pele seca, sensível e irritada. Ela usou o Fisiogel Loção Cremosa (mesma linha, mesma embalagem, só que com rótulo azul), e como em minhas pesquisas eu vi que a linha de rótulo rosa era mais indicada ainda para dermatite atópica, resolvi comprar para continuar experimentando novas opções de hidratantes para dermatite atópica.

Fisiogel Ação Calmante A.I. loção hidratante pele seca, sensível, dermatite atópica resenha

Fisiogel Ação Calmante – segundo a Stiefel

A Stiefel descreve o Fisiogel Ação Calmante como um hidratante para pele seca, sensível e irritada pois ele acalma a pele devido a sua ação imediata e prolongada. Capaz de aliviar a coceira e a vermelhidão associadas à pele seca, restaura a barreira cutânea de hidratação da pele. Não tem fragrância, nem corante e nem conservantes. Ainda segundo o site da marca os resultados comprovados do uso desta loção hidratante são:

  • Ação hidratante imediata
  • Alívio rápido e duradouro da coceira
  • Acalma imediatamente a pele e restabelece seu conforto e bem estar
  • redução da vermelhidão e sensação de irritação
  • pele macia, suave e visivelmente mais saudável

Lembrando que esta descrição é a da marca, mas agora vou contar como tem sido a experiência na pele da Isabela.

Experiência com o Fisiogel Ação Calmante em pele com dermatite atópica

No início do mês de maio houve uma mudança importante que fez/fará muita diferença no tratamento de dermatite atópica da Isabela. Nós estamos de mudança novamente para Belo Horizonte, e ela já está lá desde o começo do mês. Lá está muito frio e ela está pegando temperaturas bem baixas, e não estava mais acostumada a isso (o frio e o clima seco do inverno influenciam muito negativamente na pele do atópico). Assim que ela chegou, começou a usar este Fisiogel Ação Calmante, e tem usado diariamente após o banho, e também troquei o sabonete de banho pelo Sabonete Líquido da Granado (acho que vai merecer resenha, estou usando também).

Fisiogel Ação Calmante A.I. loção hidratante pele seca, sensível, dermatite atópica resenha

Achei sua textura igual ao do outro Fisiogel que usamos anteriormente: é uma loção, portanto é bem leve, aquosa, fria ao ser espalhada, deixa a pele “molhada” por alguns segundos mas depois de seco não deixa acabamento melado ou pegajoso. A pele fica confortável, e após um mês em BH, em pleno inverno, achei sua pele forte e protegida. Ela está usando no corpo e no rosto. Passei a semana toda com ela e só precisei cuidar de uma crise leve, que não chegou a ferir a pele, apenas estava coçando e começou uma leve descamação.

E aqui vem o ponto de decepção com este hidratante, pois além de hidratar ele também promete alívio da coceira… Eu tentei usar o Fisiogel Ação Calmante para isso mas não funcionou, pois a Isabela teve uma forte sensação de ardência quando passei a loção. E como eu disse, a pele não estava ferida, estava apenas irritada e com coceira, o que acontece bem no início da crise. Se a criança coçar, aí sim a pele fica ferida e desencadeia a crise mais forte que tem que ser tratada com corticóide, o que eu tento deixar só pra último caso.

Resumindo, achei que o uso do Fisiogel Ação Calmante iria se diferenciar por abrir um pouco mais o leque de opções de produtos para a Isabela usar em caso de coceira, mas continuo na mesma de antes: em caso de coceira, nada de hidratantes. Direto pra pomada (que não é corticóide) ou Dersani Loção Oleosa. Na prática, ele se mostrou eficiente para a hidratação da pele em um ambiente bem seco e frio, então nessa parte foi aprovado, mas na promessa de alívio, infelizmente não funcionou.

Onde comprar e preço

O Fisiogel Ação Calmante é encontrado em farmácias e lojas de cosméticos, e pode vir em em 3 tamanhos – 120, 240 ou 500ml.

Encontrei a de 120ml por R$89,00 e a de 500ml por R$150, em média.

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...