Creamy Ácido Mandélico + Alpha Arbutin – usando AHA no verão!

Creamy Ácido Mandélico + Alpha Arbutin – usando AHA no verão!

4 de fevereiro de 2020 29 Por Luciana Vilela

Creamy Ácido Mandélico + Alpha Arbutin – minha resenha do novo alfahidroxiácido clareador

Estou usando desde 15/01/2020 o Creamy Ácido Mandélico + Alpha Arbutin – um gel com acabamento super sequinho que faz uma esfoliação química e ainda tem ação clareadora na pele. Hoje vou descrever os ingredientes e contar minhas experiências de uso para vocês conhecerem melhor o produto, além de apresentar melhor a marca Creamy, que é nova no mercado (lançada em 2019).

A Creamy é uma marca de skincare voltada a fazer fórmulas eficazes, com concentrações eficazes de ingredientes que realmente podem fazer diferença na sua pele. Quem cria as fórmulas é um médico com pós-graduação em dermatologia que tem a proposta de fazer produtos de alta qualidade e com preço justo.

Creamy Ácido Mandélico Alpha Arbutin - gel clareador resenha

 



 

A embalagem do Creamy Gel 7% AHA é em acrílico rosa, com válvula pump (de plástico branco) embutida, que sai ao girar a tampa do produto. É muito segura contra vazamento e também para preservação do conteúdo da embalagem, já que o gel não entra em contato com ar ou luz em nenhum momento.

Creamy Gel Ácido Mandélico + Alpha Arbutin

Este é um dos 2 produtos lançados pela Creamy até agora. O outro produto é um Ácido Glicólico + Niacinamida (embalagem tem o mesmo design, só que é azul), que vou resenhar depois, quando usar. Por enquanto quero só contar qual foi o meu objetivo quando comecei a usar este, da embalagem rosa. Antes de viajar para a praia em janeiro, fiquei quase 1 mês usando só produtos com ação hidratante e antioxidante. Suspendi o uso dos ácidos (havia usado ácido glicólico, depois ácido mandélico) para que a minha pele não estivesse hipersensibilizada para a exposição solar mais intensa na viagem. Depois que cheguei, esperei alguns dias e recomecei a usar AHA (alfahidroxiácido) para esfoliar a pele novamente, e escolhi o Creamy Gel.

Ele tem ação esfoliante e clareadora, é um gel com acabamento super sequinho, o tipo de acabamento que eu gosto de usar no verão, e pela minha experiência, tem uma ação menos agressiva em minha pele do que o ácido glicólico, por isso o escolhi. Sem falar que com o tempo de uso percebo muito controle de oleosidade! Vou falar disso daqui a pouco, primeiro quero descrever os ingredientes:

Creamy Gel Ácido Mandélico + Alpha Arbutin – ingredientes

A fórmula do Creamy Gel é bem minimalista – são 9 ingredientes no total, contando com os 2 principais:

  • Ácido mandélico a 7% – promove a renovação celular, pode melhorar o aspecto das linhas finas na pele, melhorar a textura e clarear manchas superficiais, tem ação bactericida portanto pode melhorar o quadro de acne.
  • Alpha Arbutinclareador (aprovado como quasi drug no Japão) com ação na inibição da tirosinase, a enzima que atua na produção da melanina, portanto sua ação é despigmentante. Muito usado em clareadores!

Creamy Ácido Mandélico Alpha Arbutin - gel clareador resenha



Contra indicações

Uma coisa me chamou bastante a atenção na embalagem do Creamy Gel (e no Creamy azul também tem a mesma coisa) são as contra indicações do uso do produto:

  • gestantes e lactantes – só use produtos de tratamento com o aval do seu médico. Só pra contar a minha experiência pessoal, nas minhas 2 gravidezes, eu fui orientada a só usar hidratantes e protetor solar, já que a nossa pele fica totalmente diferente com a ação dos hormônios. No meu caso, ficou linda nas duas vezes (nem conto como ficou depois, kkkkk), mas muita gente começa a ter manchas nesse período e vai acabar culpando o uso dos produtos, sendo que é normal que isso aconteça. Então, relaxe e faça o básico, deixe os tratamentos pra depois…
  • Lesões de pele – só devemos usar cosméticos em pele íntegra
  • Sensibilidade aos componentes da fórmula
  • Eritema solar – não use se estiver com queimaduras de sol
  • Uso de cera depilatória – enquanto fizer tratamento de pele com alfahidroxiácidos esqueça a depilação com cera no buço! Causa queimaduras e depois ainda ganha uma mancha de lembrança…
  • Uso de isotretinoína (Roacutan), que é medicamento. Aliás, sempre que estiver fazendo tratamentos com medicamentos, nunca acrescente nada na sua rotina sem o aval do seu médico.
  • Pele bronzeada
  • diabetes não controlada
  • herpes ativa

Achei essa parte bem completa, coisa que eu não costumo ver em outros cosméticos. Tá de parabéns por isso, Creamy 👏👏👏

Minha experiência

Na minha rotina, o Creamy Gel Ácido Mandélico + Alpha Arbutin entrou à noite, junto com a limpeza da pele. Sim, só 2 produtos:

  • sabonete facial
  • Creamy Gel

Pela manhã, continuei lavando o rosto com sabonete facial para pele oleosa, usando tônico, vit C e protetor solar.

Nos primeiros dias de uso minha pele ficava vermelha, mas não ardia. Aliás, se você não tem costume com AHA’s é interessante começar a usar pouca quantidade de produto e em dias alternados, até perceber que a pele se adaptou e não mostra reações como vermelhidão, ardência e pinicação excessiva.

Ele deixa um filme bem matificante na pele, suga toda a oleosidade na mesma hora. Essa sensação de pele sequinha não é só momentânea, pois mesmo durante o dia seguinte sinto a pele com oleosidade controlada. No quinto dia de uso, achei minha pele tão drenada que senti vontade de acrescentar um hidratante, só pra dar um frescor a mais, uma sensação mais confortável de hidratação, e estou fazendo isso até hoje. Lavo, uso o Creamy, depois hidrato com algum hidratante leve.

O controle de oleosidade está tão bom que quero usar até o fim do verão! Inclusive consigo usar protetor solar um pouco mais pesado (em relação a textura) sem sentir tanto desconforto quanto sentiria se estivesse sem este controle. E a pele que tinha voltado da praia mais “grossa” já está fininha e bem mais luminosa, com poros controlados.

Onde comprar e preço

O custo é bem interessante pelo que ele entrega – o Creamy Gel Ácido Mandélico + Alpha Arbutim custa R$63,00 com 30g. É vendido na loja online, clique aqui para conhecer.