Blogagem coletiva: Pela leveza de blogar!

Outro dia estava fotografando amostras de esmaltes para postar no blog e me lembrei de como comecei a blogar. A medida que passava os esmaltes nas unhas, ficava analisando as cores, pensando em como descrevê-las, olhando como ficava o acabamento, a cobertura, as nuances que dependiam de iluminação… tanto detalhe, né? Eu sempre me preocupei com isso, pois foi por causa disso que eu quis criar um blog de beleza! Eu sempre busquei informações sobre produtos, serviços, viagens, lojas, tudo na internet, e fiquei imaginando como seria legal fazer parte dessa grande “biblioteca” de descrições, notas e fotografias, e lá se vão 4 anos!

Acho que muita gente começou um blog pensando em informar e interagir, assim como eu. Foi pensando nisso que a Ana Lu do Oxente, Menina! e a Marília do Coisas da Gigi  criaram um grupo no Facebook para interagir com as blogueiras que também pensam assim, e me convidaram. Estamos fazendo uma blogagem coletiva (vários blogs postando sobre o mesmo tema) para contarmos um pouco dessa história de blogar e o que isso significa pra gente, depois de ver o mundo dos blogs tão prostituído. Pesada essa palavra, não é? Mas infelizmente estou vendo cada coisa que não consigo arrumar outra palavra para descrever a relação entre as  blogueiras, entre blogueiras e empresas, blogueiras e leitoras.

 

Comecei o blog querendo fazer um conteúdo de qualidade. Queria que a pessoa que lesse meu post saísse um pouco mais informada sobre aquele produto, queria ajudá-la a pensar se valia a pena comprar, gastar seu dinheirinho suado naquilo. Sempre usei muita coisa, sempre mostrei para as pessoas do meu círculo de amizade e já influenciei muitas decisões de compra pela minha vida afora, então o blog era uma extensão do que eu já fazia na minha vida.

Quantas pessoas já foram a minha casa e quiseram comprar uma coisa que eu tinha, imitar algo que eu fiz, e eu sempre ajudei, vocês nem imaginam! Eu conto onde comprei, quanto custou, como eu fiz, o que deu certo e o que deu errado. Exatamente como faço no blog hoje.

Mas como eu era inocente…

Sempre soube que existe uma regra na vida: faça um trabalho bem feito e você terá sucesso. Na blogosfera essa máxima não acontece.

 

Tem muito blog grande por aí que você lê, lê, lê…e não acrescenta nada. Algumas resenhas com fotos em que não aparece nada relevante, textos que não acrescentam nada (ameeeeeei! Não vivo sem! E por aí vai) mas o que interessa são os números, então o blog é “bom” pra anunciar. No entanto, conheço muito blog bom – alguns até já encerraram suas atividades – e que não chamam a atenção das pessoas e nem das empresas.

Depois que saí de BH e parei de trabalhar com arquitetura estou tendo mais tempo de me dedicar ao blog. Gostaria sim que ele crescesse e se tornasse um tipo de trabalho pra mim, mas acho que dificilmente me encaixo nesse nicho. Não vendo minha opinião, não posto para agradar. Posto porque gosto de acrescentar, e isso parece não ter muito valor pro mercado… fazer o quê?

Só sei que quero continuar blogando do jeito que eu gosto. Escrevo como se eu estivesse conversando com vocês na minha cozinha, responder, trocar ideias, e se as leitoras que chegam aqui se sentem à vontade, ótimo! Eu prefiro ter 10 leitoras que realmente leem os posts e não só vejam as figuras, que questionam, dividem suas experiências – e disso não posso reclamar, a participação de vocês tem sido incrível. E fica combinado assim, vou blogando, fica quem curte, e a gente fica leve!!!

 

Convido vocês a lerem os outros posts da Blogagem Coletiva nos blogs:

Coisas da Gigi

Oxente Menina!

Blog da Nina Rosa

-Papo Nada Cabeça

Beleza Sem Tamanho

Seja Belíssima

 

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

21 Comentários

  1. Ana Lu Fragoso - Blog Oxente Menina
    set 23, 2014 @ 08:29:56

    Acho frustrante ver que tanta gente boa já desistiu de ter blog porque os números não enchiam os olhos de uma agência. Pior ainda é ver blogs péssimos ganhando tanto destaque.
    Estou com você na persistência, vou continuar fazendo o meu do jeito que eu gosto.
    Bjosss

    Reply

  2. julia...
    set 23, 2014 @ 09:14:35

    Oi, Lu!!!

    Quando eu tinha um blog… Aliás, deixe-me corrigir; já tive 5 blogs “nesta longa estrada da vida”.

    Quando eu criei meu primeiro blog, lá nos primórdios do blogspot, usava-o praticamente como um diário. Ele não interessava a ninguém, mas eu era feliz com meu fundo da Pucca e meus 4959 gifs animados. Quando eu criei meu segundo blog, usei um layout sóbrio e preto, pois estava naquela fase da adolescência em que nos achamos gênios ainda não descobertos, e colocava todo o meu sentimento em poesias que faziam sentido apenas para mim. Quando criei meu terceiro blog, gostava de postar sobre coisas nada a ver umas com as outras; tudo o que queria era compartilhar informações sobre aquilo que me agradava. Quando criei meu quarto blog, queria acrescentar um pouco de mim à geleia geral dos blogs de maquiagem, mostrando minha evolução gradativa nesse universo, com um toque de humor. Quando criei meu quinto blog, tratei de postar sobre dúvidas que eu tinha e sobre as quais pesquisei muuuuito, tentando arranhar um pouco mais do que a superfície, indo na contramão de 99 por cento daquilo que constava do meu blogroll…

    Nenhum deles sobreviveu por muito tempo. Nenhum deles fez sucesso. Nenhum deles foi “menos importante” pra mim por conta disto.

    Hoje leio diariamente apenas 5 ou 7 blogs de maquiagem, mais 3 de decoração e 4 de culinária. Não sei como anda sua visitação em blogs sobre outros assuntos, mas esse “inconsciente coletivo” assombra praticamente todas as espécies de blogs. Não consigo me conformar com um blog de decoração fazendo propaganda de sabão em pó, nem do blog de maquiagem fazendo look do dia inspirado numa campanha publicitária de pasta de dente, nem blog de culinária que posta a marca ao invés do produto. Pego-me pensando que destino terão todos aqueles produtos que as blogueiras badaladas recebem para testar, dizem que amam e abandonam assim que o dinheiro do patrocinador cai na conta, e tenho, inclusive, tentado ser menos consumista e, nesses últimos meses, já desapeguei de várias coisas que em nada me acrescentam. Ando preferindo o simples ao rebuscado, as fotos menos glamourosas, os textos gigantes, as resenhas sobre produtos antigos e que funcionam.

    Não me comovo mais com Nakeds, Vices, nem com coleções limitadíssimas da M.A.C. Odeio looks do dia, principalmente quando referido look apresenta microssaia e salto 15 – ah tá que a pessoa vai passar o dia todo com aquela roupa! Odeio os selos “blogs da revista X”, que sempre dão um jeito de corromper tudo o que eu mais amava num blog. Acho totalmente desnecessários os posts sobre perfumes, quando o máximo que a pessoa consegue falar sobre aquilo é que tem “cheiro de menina rica”, ou que é docinho, ou tem cheiro de “quem acabou de sair do banho”. Adoro os posts inspirados, principalmente quando meio desconexos com o mote principal. Amo quando percebo que a pessoa que está do outro lado escrevendo é “gente como a gente”, que tem #bad_hair_day, problemas de pele, compra – mesmo! – na Riachuelo e afins, se vira nos 30 pra conseguir com sacoleiras os laçamentos gringos e não tem vergonha de parcelar na Sephora em 10x depois de inserir o cupom de desconto!

    Enfim… Volto aqui todos os dias porque sinto confiança e cumplicidade. Torço pelo seu sucesso (e acho que você sabe disto), mas torço também que ele chegue a você sem que, para isso, você tenha que mudar e deixar de fazer as coisas do teu jeito. Não quero ver aquilo que outros possam pensar que é o certo; quero ver aquilo que é autêntico, sincero!

    Quero resenhas negativas e pés de smurf!

    =*

    Reply

  3. Blogando leve: um resgate ao prazer de blogar | Blog Oxente Menina
    set 23, 2014 @ 09:39:36

    […] A linda Lu Vilela, do Mulher Sem Photoshop, desabafou sobre ter um […]

    Reply

  4. Blogagem Coletiva: Pela Leveza de Blogar! | Beleza Sem TamanhoBeleza Sem Tamanho
    set 23, 2014 @ 09:41:16

    […] – Mulher sem Photoshop! […]

    Reply

  5. Roberta
    set 23, 2014 @ 09:58:58

    Lu, tinha um blog que eu particularmente adorava, eu falava coisas do dia a dia, sobre tudo, mas com um certo toque de humor, era o E isso é glamour?? mas foi dando uma canseira dessa atmosfera pois eu só recebia comentários, se fosse em outros blogs comentar tb, e muitas vezes eu nao gostava do que lia e acabava comentando o que nao queria, claro que muitas e muitas vezes escrevi o que quis pro vento, e muitas outras, muitas pessoas curtiram bastante, mas sei lá, a blogosfera perdeu muito do seu encanto inicial que eu tanto amava e perdi meu mojo kkkkkkk, sinto falta de escrever, mas nao voltaria a blogar de novo nao, ficou sem graça….admiro a galera que conheci na epoca e se manteve até hoje, eu honestamente perdi o desejo…continue enquanto isso te der prazer!!! Beijocas

    Reply

  6. Verônica
    set 23, 2014 @ 10:01:26

    Concordo com a Ana Lu, é muito ruim ver blogs sem conteúdo com vários parceiros e aparecendo na mídia direto, enquanto os que fazem a diferença na nossa vida não têm o mesmo retorno… mas você continua tendo o respeito das suas leitoras e isto não tem preço!!!!

    bjssss e força!!!

    Reply

  7. Camila Nunes
    set 23, 2014 @ 10:14:45

    Hahaha adorei o que você escreveu sobre as resenhas que vemos hoje em dia kkk “ameiiiii, recomendo para todassss” =P
    É bem assim mesmo! Afinal, quem quer saber as características do produto? O importante é ser carismática, aparecer sempre feliz e “montada” no look para conquistar suas seguidoras fieis!

    Afffffffffff

    Beijão!
    Camila

    http://www.sejabelissima.com.br

    Reply

  8. Blog Woman Chic
    set 23, 2014 @ 10:39:02

    Sabe Lu, gosto dos blogs com mais opinião pessoal, estilo o seu, do que os mais comerciais ( que vende um estilo de vida que só existe no comercial de margarina.) Infelizmente poucos blogs mantém essa leveza ao blogar e vivem de ostentação de um estilo de vida que foge a regra aos releis mortais.
    Beijos

    Reply

  9. Ana Maria Brogliato
    set 23, 2014 @ 10:52:04

    Oi Lu,
    Eu penso exatamente como você. Comecei o meu blog há quase 3 anos, pois muita gente me perguntava dicas de viagens (já que sou formada em Turismo e costumo viajar bastante) e decidi incluir também assuntos de beleza, que eu também adoro e sempre comprava em minhas viagens. Foi aí que surgiu o Viagens e Beleza.

    A quase totalidade do que eu escrevo é sobre o que eu conheço, já usei e visitei. Raras vezes falei sobre algo que não testei, mas queria avisar sobre o lançamento ou desconto es deixei isso bem claro no post.

    Eu me esmero nas fotos (quase todas minhas também, qdo não são, também deixo claro a fonte), pesquiso na internet, revistas e livros para completar as minhas informações (mas nunca uso o Ctrl C Ctrl V), apenas me guio no que leio e no que vivenciei, pois quero apresentar o melhor para meus leitores.

    Somente agora, quase 3 anos depois, algumas empresas estão me procurando para parcerias, mas só fecho com as que tem a ver com o blog e depois de testar seus serviços.
    Produtos para resenhas já recebi alguns legais que eu publiquei sobre a minha experiência e com minhas fotos. Tenho recusado textos prontos.
    Se eu vou conseguir ganhar um bom dinheiro com o blog eu ainda não sei, mas eu tenho muito prazer em escrever nele isso me satisfaz. Pretendo nunca perder o foco que eu tive ao criá-lo.
    Beijos e parabéns pelo excelente texto!
    Ana
    http://www.viagensebeleza.com

    Reply

  10. Marilia Alves
    set 23, 2014 @ 10:53:40

    Luciana já falei que quero vc no lugar do Rosenbaun né? Mas tudo bem, amei vc dizer: Posto porque gosto de acrescentar, e isso parece não ter muito valor pro mercado… fazer o quê?
    É verdade, se não tiver números não tem valor no mercado, é claro que a gente gosta de ter atenção, afinal fazemos o blog pro público, mas se não tiver números astronômicos não tem valor nem pro mercado e acho que nem pra outras blogueiras.

    Reply

  11. Coisas da Gigi » Arquivos » Blogagem Coletiva: Pela leveza de blogar
    set 23, 2014 @ 11:00:39

    […] Luciana Vilela do Mulher sem Photoshop: Blogagem Coletiva: Pela Leveza de Blogar! […]

    Reply

  12. Betty Gaeta
    set 23, 2014 @ 11:49:22

    Oi Lu,
    Existem muitos blog que perderam a qualidade devido a ganância, então é preciso saber separar o que é confiável ou não. Eu confio plenamente no seu blog e qdo preciso de alguma informação, venho aqui pesquisar. Blog pode não dar $ de imediato, mas a longo prazo, se vc trabalhar direitinho e tiver um publico fiel, começa a dar.
    Bjs

    Reply

  13. Ana
    set 23, 2014 @ 16:50:52

    Eu num tenho blog não, mas gosto de ficar fuçando o dos outros. Vejo sobre os produtos que vc posta e mtas vezes tenho dificuldade para saber para o que serve pq vc só coloca o nome em inglês. Talvez não seja só comigo. Por ser importado, nem todas conhecemos. Fica a dica de colocar as especificações. Bj

    Reply

    • Mulher Sem Photoshop
      set 23, 2014 @ 17:06:12

      Oi Aninha, tudo bem? Obrigada por me contar isso, mas não estou me lembrando agora posts que eu fiz assim, pode me dizer?
      Em alguns casos eu coloco o nome que está na embalagem quando o produto não é vendido oficialmente no Brasil, então ele é conhecido somente pelo nome que está na embalagem. Aí, quando as pessoas vão pesquisar na internet encontram exatamente o nome que está na embalagem, por isso!
      Mas me fale que tipo de produto vc identificou isso que eu vejo o que posso acrescentar, ok? Beijos

      Reply

  14. Malú
    set 23, 2014 @ 18:57:39

    Lu, prefiro nem me aprofundar nesse post. Tu sabe minha opinião sobre os blogs, já tivemos nossas conversas em off. Ainda me assusto com muita coisa que vejo na internet. Recentemente fiz cadastro para aparecer minha foto nos comentários, mas me atrapalhei toda e nem aqui aparece. Sabe que fico com um tamanho medo da exposição??? Até me arrependi um pouco, não sei se é perigoso! Pode até me chamar de bobona, mas é tão agressivo tanta coisa que vejo em blogs e nesse mundo virtual, que acabo me assustanto.
    Tu sabe que torço pelo teu sucesso….e fico até triste que não tenha mais acessos como deveria ter, pois aqui é uma transparência verdadeira e um lugar aconchegante que gosto de estar todos os dias…..pode não ser desde que tu criou o blog, até porque eu não utilizava a internet assim, mas desde nossa primeira conversa…..estou aqui todos os dias, isso é fato!

    Beijo querida, continue assim, pois o mérito é todo teu!

    Reply

  15. Diise França
    set 23, 2014 @ 20:30:18

    Esse assunto é tão bom que não canso de ler. É essa busca por um coisa mais leve que a gente deve sempre debater. Na minha opinião, o problema todo é a busca pelo sucesso, a busca por acesso…e a qualidade? Ninguém vai atrás! A marca grande quer acesso, a maioria das blogueiras vão nessa onde e a leveza de antigamente, vai embora.
    Quando eu crescer quero ser que nem vc e AnaLu! *-*
    Beijos

    Reply

  16. Veronica
    set 24, 2014 @ 20:13:21

    Oi Lu, sabe o que mais gosto daqui? Você! A sinceridade que fala é tão legal que sinto que tenho que testar “aquele” produto rsrsrsrsrsr, beijocas

    Reply

  17. Larissa Rehem
    set 25, 2014 @ 09:46:23

    Gostei muito do texto Lu!
    Acho que tem muitos blogs pequenos que não possuem o retorno que deveriam ter, e a gente nem se quer sabe o motivo.
    Entretando, já percebi que algumas empresas tem tomado um choque de realidade: investem em blogueiras com números (com os tais “k” nas redes sociais) mas não se preocupam em observar o texto no blog, os comentários e essas coisas que geram o feedback. Daí, após investir uma grana, arca com o prejuízo, pois a blogueira não tem credibilidade, tem apenas números.
    E isso é algo preocupante porque as empresas não podem acreditar nos números, afinal de contas estamos num mundinho sujo e desonesto no qual existem pessoas comprando os números… Sinceramente, eu prefiro levar o meu blog a sério, fazendo um trabalho bacana e cativando os meus leitores do que sair fazendo as coisas de qualquer jeito e comprando números por aí…

    Reply

  18. Blogagem Coletiva: Pela Leveza de Blogar - Taby Says
    set 25, 2014 @ 13:32:14

    Reply

  19. Taby
    set 25, 2014 @ 13:46:34

    Oi Luciana! Pra falar a verdade até desconfio de certos blogs viu. Gosto de procurar sobre produtos na internet antes de comprar, mas tem blog que nem entrou, nunca vou saber se a pessoa gostou mesmo ou é um publi disfarçado.
    É triste pensar que a pessoa mente que gostou de algo por dinheiro e posta como se fosse uma opinião verdadeira.
    Podia ao menos falar que foi pago né. Mas essas publicidades veladas me deixam com pé atrás.
    Sou mais a resenha de blog pequeno que de muitos famosinhos haha

    Reply

  20. Dani Oliva
    set 29, 2014 @ 00:07:06

    Eu adoro o jeito que escreve…e você sabe disso! Já comentei por aqui e já escrevi no bf5. Acredito que daqui um ou dois anos…esse negocio todo de ter muitos blogs agradando as marcas vão terminar… e elas saberão em quem “confiar” sem querer comprar opiniões!!!

    Estamos juntas nessa! Beijos

    Reply

Deixe um comentário!

*