Thaty – Boticário – resenha!

Thaty – Boticário – resenha!

13 de fevereiro de 2017 10 Por Luciana Vilela

Thaty – a lavanda da minha adolescência!

Conheci o Thaty nos anos 90 (ele é de 1985, “balzaco” já!) quando ganhei um kit do perfume + sabonete de presente. Gamei, foi um queridinho da minha adolescência! E na época eu não era a louca dos perfumes, mas já tinha bastante, principalmente do Boticário. Depois de muitos anos, senti novamente a fragrância novamente! Ganhei no amigo oculto das blogueiras do Boticário no final do ano passado <3

Thaty - Boticário - perfume

Thaty – notas olfativas

Notas de saída: lavanda, lavandin, eucalipto

Notas de coração: rosa, gerânio

Notas de fundo: musk

Thaty é para novinhas, não tenha dúvidas! Uma colônia de garota, jovial, alegre, romântico, fresco. Pra mim só não é pura lavanda pois a rosa quebra um pouco e dá um toque um pouco mais sofisticado, e o que poderia ser uma fragrância quase infantil fica um pouco mais adulta, mais equilibrada. Sinceramente não consigo comparar se a que está sendo vendida hoje é a mesma coisa da década de 90, não tenho essa super memória olfativa, mas lembrei na mesma hora de como eu me sentia bem usando essa colônia. Aliás, para uma deocolônia ela dura bastante tempo em mim, experimentei agora no alto verão e senti a fragrância durante o dia todo, e olha que eu não exagerei na quantidade.

Thaty é uma das mais conhecidas e amadas colônias de O Boticário e foi desenvolvida como uma fragrância fresca e versátil que há anos tem conquistado gerações, sendo a fragrância que acompanha a transformação de meninas em mulheres e marcando momentos inesquecíveis. *

Achei interessante essa descrição do Boticário principalmente quando diz que conquista gerações. Usei algumas vezes para me recordar da fragrância e contar mais aqui no blog mas depois dei de presente para minha sobrinha de 15 anos, que amou o cheirinho. E é impressionante como o cheiro é realmente a cara dela, e a cara de várias meninas nessa idade. O Boticário conseguiu captar os desejos de meninas que querem se perfumar mas sem se destacar, sem chamar a atenção, sem serem ainda o “mulherão de salto alto e batom vermelho”. Elas serão um dia, mas calma lá. O Thaty é um bom começo pra isso!

Thaty Boticário - resenha

Estou adorando ver o Boticário voltando com fragrâncias da década de 90. Viram a volta do Insensatez? Quero ir em breve me lembrar dessa fragrância numa loja, deixa só eu conseguir dar uma escapada do trabalho!

E você, tem alguma história com um perfume da adolescência? Me conte aí!

Já mostrei aqui alguns dos meus perfumes dos anos 90, entre eles está o Thaty!