Água Termal da Vichy

Água Termal da Vichy

27 de junho de 2013 18 Por Luciana Vilela

Resenha da Água Termal da Vichy

Não tem hora melhor pra falar da água termal da Vichy como esta semana. Olha só:

Semana passada, como comentei em alguns posts, caí de cama por conta de uma garganta inflamada. Há muito tempo eu não via uma coisa horrorosa daquela: achei que tinha um alien nascendo na minha garganta. Só sei que tive que tomar antibiótico por 7 dias, e nesse tempo – só pode ser por causa dos remédios – tive uns problemas de ressecamento em algumas partes: minha boca amanhecia até branca, com casquinha soltando, meus dedos e minhas cutículas até racharam, de tão secos, minha boca ficava muito seca e não tinha água que resolvesse. E BH ainda está bem fria, o que só ajudou a piorar…

Resenha da Água Termal da Vichy

Nos lábios, o que me ajudou foi o Ceralip e o Cicaplast Baume. Nas mãos, não passei nada e dancei: fui fazer a unha ontem e me deu vontade de sumir, de tão feias. E no rosto, usei água termal atééééé falar chega. Mesmo com frio!

A Água termal da Vichy tem propriedades calmantes (lembram do post em que eu mostrei as propriedades principais das diferentes águas? Água Termal La Roche X Vichy) e acho que isso ajudou.

Outra coisa que eu achei diferente, pois estava muito acostumada a usar a água termal da Avene há muito tempo: achei o jato da Vichy mais fino, mais “vaporizador”. Pode ser que isso não seja uma regra, pode ser que a válvula pode ser diferente de uma embalagem pra outra, não sei. Só sei que a da Avene não era assim tão fininha quando saía da embalagem!

Depois conto mais coisas que aconteceram com essa fase de ressecamento... vai dar outro post!

Edição: A Vichy lançou o Mineral 89, que é praticamente uma água termal em gel, com todos os benefícios da água termal e mais ácido hialurônico. Vale a pena conhecer.