Qual o melhor protetor solar com cor de base? Meus favoritos!

Melhores protetores com cor de base que eu já usei

Resolvi fazer este post pois protetor solar com cor de base é um produto complicado para dar certo. Ele precisa ter muitas características reunidas em um só produto para atender a nossa expectativa: precisa oferecer uma proteção solar adequada (óbvio!), proporcionar um filme confortável para nosso tipo de pele, ter uma cor que seja compatível com o nosso tom de pele e ainda ficar bonito. Se aceitar retoque, melhor ainda, e se oferecer mais algum benefício (hidratação, clareamento) aí é o céu!

Mas isso não é uma tarefa fácil para os formuladores de cosméticos. A gente conta nos dedos de uma mão as experiências com protetor solar com cor de base que deram certo… Hoje vou colocar neste post os melhores protetores com cor que eu já usei (por enquanto só 3) – isso é importante destacar: são os que eu já usei, não estou colocando sugestões de produtos que eu não testei na minha pele! Se for o caso de conhecer outros produtos após a publicação deste post ainda acrescento mais produtos a esta lista.

Primeiro, quero só responder a algumas questões comuns quando falamos da importância do protetor solar com cor de base:

Protetor solar com cor de base é bom para melasma?

Sim, o pigmento responsável pela cor do protetor solar funciona como um filtro para a luz visível, que é toda luz que enxergamos a olho nu. Enquanto os filtros UVA e UVB do seu protetor solar (com ou sem cor) são responsáveis por refletir a radiação solar, a luz visível só é impedida de causar danos através da OPACIDADE.

Ou seja, enquanto você enxerga a sua pele, a luz visível também “enxerga” – por isso você precisa de um filme que impeça o alcance dessa luz na pele.



A luz visível tem capacidade de penetrar na pele e pode piorar melasma, pode agravar os sinais de envelhecimento da pele por aumentar a produção de radicais livres.

Protetor solar com cor de base ou protetor solar sem cor e base de maquiagem?

Se você ainda não encontrou seu protetor solar com cor de base ideal (mesmo depois das sugestões que darei a seguir), não tem problema: use o seu protetor solar sem cor e acrescente sua base de maquiagem favorita por cima.

Os pigmentos que dão cor ao protetor solar e à sua base de maquiagem são os mesmos, são variações de cores óxido de ferro. Então as duas maneiras cumprem o objetivo de proteção contra luz visível.

Protetor solar com cor e luz visível

O pigmento pode vir do protetor solar com cor de base, da base compacta, da base em pó, da base cremosa. Você só precisa tomar um cuidado ao fazer a sobreposição da maquiagem e protetor solar: a camada da maquiagem não pode desfazer a camada do protetor solar.

Por isso, ao usar maquiagem por cima do protetor solar sem cor, não esfregue, aplique de forma gentil, sem arrastar com força o pincel. O ideal é dar batidinhas. Se você perceber que o protetor solar que está por baixo esfarelou com a maquiagem, o filme foi comprometido e você terá sua proteção prejudicada.

Ficou complicado, né? Por isso as pessoas costumam preferir o protetor solar que já tem cor, assim evita essa preocupação…

Este post não é um publi, e as marcas que irão aparecer neste post não pagaram para estar aqui. Eu usei os produtos e considero que até hoje foram as melhores opções de protetor solar com cor que eu usei (pele oleosa)

Se você se interessar por mais detalhes, fotos e composição dos produtos, clique nos links e leia as resenhas.

melhor protetor solar com cor de base

Melhor protetor solar com cor de base: Biosole BB Ada Tina

Por ordem de chegada, começo com o Biosole BB Ada Tina que usei em 2017. A linha Biosole tem um reforço de antioxidantes patente da Ada Tina, Difendiox, que acho bem interessante. Os antioxidantes reforçam bastante a proteção da pele contra a radiação e isso faz muita diferença no uso contínuo de um protetor solar quando o objetivo é combater sinais de envelhecimento e melasma.

Além de ter um acabamento sequinho em minha pele oleosa a maior vantagem da linha Biosole BB é ter 4 opções de cores. Isso faz muita diferença, pois a tal “cor universal” prometida por muitas marcas, é muito complicada! Na prática, nunca é universal, sempre favorece um tom de pele (na maioria das vezes a pele negra fica de fora).

Biosole BB Ada Tina - resenha - 4 cores

Cores do Biosole BB – 15 Bianco – 25 Vaniglia – 35 Miele – 45 Noce

Biosole BB só tem uma opção de FPS, que é o FPS30 – mas lembre-se de que isso não é problema se você usar a quantidade adequada de protetor e ficar atenta aos retoques.

Melhor protetor solar com cor de base: Episol Color FPS70

Episol Color FPS70 é um protetor solar com cor famoso da Mantecorp Skincare, e muito recomendado por dermatologistas. É impressionante a quantidade de gente que usa esse produto não só na versão com cor de base mas também sem cor. Eu usei este ano e fiquei impressionada com o acabamento dele em minha pele: parece base de maquiagem, fica bonito, confortável, não fica grosseiro e não altera a oleosidade da minha pele. Minha cor é a Clara (achei a extra clara mais amarelada e a Clara tem um fundo mais quente, parecido comigo).

Episol Color FPS70 resenha protetor solar com cor

O único problema que eu percebi quando falei de Episol Color FPS70 é que ele é bem polêmico e não há um padrão para que ele dê certo na pele das pessoas. Tem gente de pele oleosa que ama e que odeia. Gente de pele seca que ama e que odeia. Quem mora no sul do Brasil e enfrenta o frio, ama ou odeia, e quem mora no Norte/Nordeste e enfrenta umidade e calor, ama ou odeia. Entenderam? Não tem padrão! Por isso, por mais que se leia resenhas em blogs, não tem como saber como sua pele pode reagir – só experimentando.

Melhor protetor solar com cor de base: DD Cream Anasol Clinicals

DD Cream Anasol Clinicals acabou de chegar e já subiu no pódio. É um protetor solar com cor que me chamou a atenção por vários motivos: tem FPS75, proteção UVA 34 (excelente pra quem tem melasma e também tem objetivo de combater os sinais de envelhecimento), tem niacinamida (antioxidante e clareador) e ainda me atendeu nos quesitos cor e acabamento. Quer mais vantagem? Você encontra a partir de 60 reais no mercado, um preço bem legal pelo que ele oferece.

DD Cream Anasol Clinicals - resenha protetor solar com cor

Mas como nem tudo é só vantagem, preciso falar que ele não atende a todo tom de pele. A marca não chama essa cor de “Cor universal” e nem poderia – ele só atende pele clara. Meu tom de base é 20, e parece que ele atende até o tom 25 (quem for 15 ou 30 pode até usar mas já sabendo que não vai ficar 100%).

Já estou fazendo apelo para a Anasol fazer este produto com mais opções de cores, porque vale a pena democratizar um protetor solar tão bom e com preço acessível.


Eu espero que essa lista cresça – e acho que vai crescer, afinal cada vez mais as marcas investem em pesquisas e novas tecnologias para alcançar o protetor solar ideal para vários perfis de consumidores. Lembrando que eu tenho pele oleosa e os produtos que eu mostrei são mais sequinhos mas nenhum é matificante, por isso quem tem pele seca também pode tentar – só nao vão sentir uma ação muito hidratante como costumam preferir, pois geralmente quem tem pele seca prefere os produtos mais “molhadinhos”. Mas esse tipo de protetor solar com cor é mais fácil de achar…

Quem quiser ver mais opções de protetor solar com cor, clique aqui.

Aqui também tem: Protetor solar Mineral (muitos deles tem cor, mas é um post de indicações, e não de resenhas)

 

DD Cream Anasol Clinicals resenha de protetor solar com cor

DD Cream Anasol Clinicals FPS 75 – alta proteção UV!

DD Cream Anasol Clinicals me surpreendeu desde o primeiro uso: ficou entre os meus 3 protetores solares com cor preferidos! Minha maior dificuldade com protetor solar com cor é unir várias qualidades em um produto só – e isso é bem complicado! Por isso, quando um produto chega perto de cumprir todas as funções que eu quero preciso destacar pra vocês:

DD Cream Anasol Clinicals - resenha protetor solar com cor

DD Cream Anasol Clinicals FPS75

Anasol Clinicals é uma linha de produtos da marca Anasol, produzida pelos laboratórios DaHuer. Os produtos tem mais tecnologia, são mais elaborados, tem fórmulas baseadas em ingredientes reconhecidos pela sua eficácia na pele, como a Vitamina C e a Niacinamida, além de filtros UV de última geração e a “tecnologia de nanovetores, que consiste no encapsulamento dos ativos em micropartículas para evitar a sua oxidação, proteger da interação com outros ingredientes e promover melhor permeação na pele” *.

*retirado do site da Anasol

Com isso, já começo a fazer uma comparação com o Anasol CC Cream Protetor Solar que mostrei ontem no blog, que é um protetor da linha “regular” da Anasol – comparando os 2 produtos eu achei que a tecnologia presente na linha Anasol Clinicals fez diferença no resultado.

DD Cream não é uma classificação de cosméticos e sim um nome dado pela marca – Defesa Diária. Os produtos Anasol Clinicals tem uma sequência de produtos com nomes AA Cream, BB Cream, CC Cream e DD Cream, eles mesmos deram significados a essas siglas.

DD Cream Anasol Clinicals – embalagem e apresentação

DD Cream Anasol Clinicals vem em uma bisnaga plástica branca com tampa Flip Top e as informações do produto estão na embalagem externa de papelão, que eu sugiro guardar até o final do uso para o caso de precisar conferir.

Tem muita gente que joga essas embalagens fora assim que abre o produto, mas esse é um hábito que a gente precisa combater – se o produto der alergia, se você precisar consultar qualquer informação sobre o lote, precisa ter essa caixa com você, lembre-se disso na próxima vez que abrir um cosmético!

DD Cream Anasol Clinicals - resenha protetor solar com cor

A embalagem vem com 40g, o produto tem uma consistência cremosa que é fácil de ser espalhada. Sua cor é de uma base de cor clara, casa com a minha cor de base que é 20 e ainda atende a cor 25. Quem for mais clara, cor 15, deve conseguir usar mas sabendo que deve ficar um tom mais escuro. Não tem outra opção de cor, e a marca não apresenta o produto como “tom universal” – e pela densidade da cor não parece que ele se adapta a tons de pele mais escuros. Já fiz o apelo para a Anasol na resenha do canal pra repetir uma fórmula boa como essa do DD Cream em um tom para pele negra, vai ser sucesso de vendas.

DD Cream Anasol Clinicals - resenha protetor solar com cor

DD Cream Anasol Clinicals – minha experiência

Usei DD Cream Anasol Clinicals em diferentes situações, e peguei os dias mais quentes de setembro, e minha pele oleosa ficou bem controlada. Usei como maquiagem, deu um resultado bonito, a pele ficou viçosa (ele não tem acabamento matte) e sequinha o dia todo. Ele oxida um pouco durante o dia, mas continua com uma cor discreta em minha pele.

DD Cream Anasol Clinicals - resenha protetor solar com cor

Estou super satisfeita com o resultado do DD Cream Anasol Clinicals em minha pele oleosa. É uma boa opção para quem tem melasma, vou falar sobre isso agora:

DD Cream Anasol Clinicals – composição

DD Cream Anasol Clinicals - resenha protetor solar com cor

  • Proteção UVB – FPS75
  • Proteção UVA – 34 (muito alta!) – os raios UVA penetram nas camadas mais profundas na pele e são os principais responsáveis pelo aparecimento de manchas e sinais de envelhecimento, assim como do câncer de pele. Quanto mais alto o fator de proteção UVA, melhor para quem tem melasma. Geralmente os protetores solares oferecem a proteção mínima de 1/3 do valor do FPS, que é exigido pela ANVISA, mas no caso do DD Cream Anasol Clinicals essa proteção é bem maior. Uma excelente vantagem do produto.
  • Hipoalergênico – formulado para ter a menor possibilidade de causar alergia
  • Sem fragrância
  • Protetor “Híbrido” – tem os 2 tipos de filtros (orgânico e inorgânico)
  • Filtros orgânicos (ou “químicos”): Univul A Plus, Octinoxate, EthylHexyl Salicylate, Tinosorb M, Uvinul T150, Octocrylene
  • Filtro inorgânico (ou físico): Dióxido de Titânio
  • Ingrediente clareador: Niacinamida (vitamina B3)

Onde comprar e preço

Na loja online da Anasol este DD Cream custa R$72,22 – mas também pode ser encontrado em farmácias e lojas de cosméticos, lojas físicas e online, por preços diferenciados.

Anasol CC Cream protetor solar clareador com cor resenha

Anasol CC Cream Protetor Solar Facial Clareador FPS50

O CC Cream Anasol Protetor Solar Clareador foi o primeiro protetor solar Anasol que eu usei. Recebi alguns produtos da marca para resenhar, até então só conhecia a fama de seus protetores baratos e bons para pele oleosa – depois deste post ainda terão outras resenhas! Por enquanto, vou mostrar o CC Cream Clareador que é um protetor solar com cor com ingredientes que ainda podem clarear a pele.

Lembrando: todo protetor solar, por si só, já pode clarear a pele. Mas quando uma marca se propõe a fazer um produto com ingredientes que podem potencializar essa ação eles chamam de clareador.

Anasol CC Cream Clareador resenha protetor solar com cor Anasol

 

Anasol CC Cream Protetor Solar Clareador

Anasol CC Cream Protetor Solar com cor vem em uma embalagem plástica com tampa Flip Top. Ele faz parte da linha regular de protetores solares Anasol. Foi idealizado para ser um produto com vários benefícios:

  • Clareador
  • Antirrugas
  • Toque Seco
  • Oil Free
  • Cor de Base
  • Cobertura Natural
  • Hidratante
  • Disfarça imperfeições
  • Uniformiza a pele
  • Proteção contra os raios UV

Tem FPS50 (proteção UVB) e PPD (proteção UVA) de 16,6 (o valor de 1/3 do FPS).

Anasol CC Cream Protetor Solar clareia a pele?

Na verdade, o uso contínuo de protetor solar já clareia a pele, desde que usado da maneira adequada, isso pressupõe a quantidade adequada e os retoques durante o dia. Porém, é comum que as empresas “turbinem” um produto com ingredientes que melhoram a ação do protetor solar em algum sentido (pode ser com ingrediente clareador ou ingrediente antirrugas) e coloquem essa ação em destaque. No caso do Anasol CC Cream Protetor Solar o principal ingrediente responsável por esse “plus” clareador é a Niacinamida (vitamina B3). vamos falar da composição:

Anasol CC Cream Protetor Solar – composição

Anasol CC Cream Clareador resenha protetor solar com cor Anasol

  • Hipoalergênico (formulado para ser o menos irritante possível, mas isso não significa que ninguém vai ter alergia a algum componente da fórmula – nenhuma marca pode garantir isso)
  • Sem fragrância
  • Protetor “híbrido”, ou seja, com 2 tipos de filtros UV
  • Filtros orgânicos ou “químicos”: Octinoxate, Uvinul A Plus, Tinosorb M, EthylHexyl Salicylate, Octocrylene, Uvinul MS40
  • Filtro inorgânico ou “físico”: dióxido de titânio
  • Glicerina (hidratante)
  • Niacinamida – antioxidante e clareador
  • Vit E (antioxidante)
  • Aloe Vera em pó (hidratante)

Anasol CC Cream Protetor Solar na pele – minha experiência

Anasol CC Cream é um protetor solar com cor única, mas não é universal. Ela não é o meu tom de pele, e dá pra ver que é um tom mais escuro que minha pele.

Anasol CC Cream Clareador resenha protetor solar com cor Anasol

  • Anasol CC Cream não é o meu tom exato de pele – eu costumo usar base de cor 20, ele parece atender peles que usam cor 25 e 30. Consigo usar desde que eu não deixe meu pescoço e colo em evidência, senão fica bem nítida a diferença.
  • Em relação ao acabamento: ele realmente tem toque seco, e dura por muitas horas. Peguei dias de calor, suei e ele se manteve no lugar;
  • Você precisa ter um pouco de paciência ao espalhar, pois ele vai deixando um pouco de rastro. O ideal é usar as mãos, tentei usar pincel de maquiagem mas não funcionou – ele deixou rastro. O ideal é espalhar, deixar secar e não mexer mais – depois de formar o filme na pele e secar ele não aceita retoque sem manchar. E também não consegui usá-lo junto com corretivo: passei corretivo por baixo e ao passar o protetor ele não se misturou, estragando todo o acabamento. Então, para usá-lo como maquiagem, precisa ser usado sozinho.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

🤓Já estou testando desde ontem o CC Cream Clareador da @anasolprotetorsolar – tem FPS 50, PPD 16.6, Oil Free, cor única (é um tom acima do meu, eu sou base 20), na hora de espalhar é bem hidratante e deixa rastro, mas é só dar batidinhas que quando seca na pele o rastro some. Tem toque seco real mesmo, a pele fica com acabamento natural, e sua cobertura é leve, mas consegue amenizar manchas. Não tem cheiro, é hipoalergênico, não comedogênico, tem niacinamida e Vit E, filtros orgânicos e inorgânicos e segundo a marca mantém a proteção por até 40min dentro da água (deixa o inverno acabar que eu testo isso na piscina 😅)Essas são apenas as características, tá? O comportamento dele na pele durante o tempo de uso ainda vai ser testado durante vários dias mas a pedidos estou colocando essas primeiras impressões agora 😘 Custa R$57,24 na loja online mas TB é vendido em farmácias #AnasolClinicals #protetorsolar #protetorsolarcomcor #peleoleosa #melasma

Uma publicação compartilhada por 🇱 🇺 🇨 🇮 🇦 🇳 🇦 🇻 🇮 🇱 🇪 🇱 🇦 (@luvilelapaes) em

Onde comprar e preço

Anasol CC Cream Protetor Solar Facial FPS50 pode ser encontrado na loja oficial dos Laboratórios DaHuer por R$57,22 – e também em farmácias de todo o Brasil. Você pode consultar as farmácias que vendem a marca Anasol pelos contatos:

47 99143-2960

ecommerce.anasol@gmail.com

Nos outros canais de venda o preço costuma diferenciar.

Normalize Solar Oil Control Ada Tina – resenha e comparação

Normalize Solar Oil Control – protetor solar da Ada Tina para pele oleosa

Recebi o Normalize Solar Oil Control da Ada Tina e logo que comecei a usar já percebi semelhança com o meu conhecido Normalize Matte Intense, que é meu protetor solar preferido da Ada Tina para pele oleosa. Por isso, num primeiro momento farei a descrição do Normalize Solar Oil Control, mas depois será inevitável fazer uma comparação com o Matte Intense, pois vai ajudar quem já é familiarizado com Ada Tina a entender o novo protetor solar da marca.

Normalize Solar Oil Control resenha

Normalize Solar Oil Control

Normalize Solar Oil Control é o último lançamento da linha Normalize da Ada Tina, indicado para quem tem pele oleosa e precisa de um controle maior de oleosidade na pele. Aqui estão as propostas da Ada Tina:

  • Ação antioleosidade, antibrilho, antiumidade
  • resistência ao sebo
  • toque extrasseco prolongado
  • pele limpa por 12h

Ele tem FPS50 e PPD 16.9, e como todo produto Ada Tina é 100% vegano, Cruelty Free, não tem parabenos e óleos minerais, é dermatologicamente testado e não tem fragrância.

Normalize Solar Oil Control – embalagem e composição

A embalagem de Normalize Solar Oil Control é uma bisnaga plástica com tampa Flip-Top bem firme e segura, vem com 40g. O protetor tem em sua composição:

  • Filtros orgânicos (ou químicos): Uvinul A Plus, Uvinul T150, Tinosorb S, Tinosorb M e Octinoxate;
  • Filtros inorgânicos (ou físicos): Dióxido de Titânio
  • Ou seja, é o chamado “híbrido”, ou físico-químico, que mistura os 2 tipos de filtros solares

Não entendeu? Leia Filtro Físico x Químico qual a diferença?

Além disso, tem Bisabolol, que tem ação antiinflamatória e calmante, e Vitamina E, antioxidante.

Normalize Solar Oil Control resenha

 

Normalize Solar Oil Control – minha experiência e comparação com o Normalize Matte Intense

Para contar minha experiência com o Normalize Solar Oil Control vai ser bom fazer essa comparação, pois na minha pele os dois são muito parecidos, pra não dizer iguais! Conheço o Normalize Matte Intense desde que eu morava no Rio de Janeiro, peguei altos verões com sensação térmica de 45 graus, umidade intensa, e ele foi testado e aprovadíssimo. Resiste a oleosidade, mantém a pele sem brilho e ajuda bastante a conservar a maquiagem digna – e isso também aconteceu com o Normalize Solar Oil Control. Ambos tem a mesma consistência (um creme leve, fácil de espalhar), não deixam rastro branco e tem o mesmo acabamento (como mostra a foto acima), mesma sensação após algumas horas, e são compatíveis com outros produtos e maquiagem sem esfarelar.
Eu não senti uma diferença no controle da oleosidade usando um e outro, mas minha pele pode não ter exigido isso do Oil Control. Levei os 2 protetores solares para a praia e apliquei os 2 ao mesmo tempo, um de cada lado, para ver se após algumas horas eu perceberia alguma diferença que eu pudesse destacar, mas o máximo que percebi foi um toque um pouco mais “poeirento” no lado do Normalize Oil Control após algumas horas no sol, como se tivesse um filme um pouco mais aveludado. Mas só no toque, não no visual.

A resistência à água também é muito boa, o filme protetor é bem denso e custa a sair na água – mas mesmo assim o fabricante sempre indica retoques após mergulhos ou suor excessivo.

Minha dica final é: quem já conhece o Matte Intense e gosta, acha que ele atende no controle de oleosidade o suficiente para o que sua pele exige, e não quer mexer em time que está ganhando, pode continuar com ele, ou usar o Normalize Oil Control sem expectativas de encontrar um protetor super diferente, pois a experiência será bem parecida.

Quem acha que o Normalize Matte ainda poderia ser melhor no controle da oleosidade, pois sua pele está numa fase difícil, então tente o Normalize Solar Oil Control pois ele pode ter uma performance diferente a medida que sua pele exigir isso dele, pois ingredientes “secativos” e que controlam o excesso de sebo, isso ele tem.

Onde comprar e preço

Normalize Solar Oil Control e Normalize Solar Matte Intense podem ser encontrados na loja virtual da Ada Tina, ou na Dermadoctor, que me enviou o produto. O preço pode variar em promoções, mas existe um preço sugerido de 116 reais pela embalagem de 40g.

Na Dermadoctor tem um CUPOM DE DESCONTO de 5% para leitores do blog: LUVILELAPAES5

Ada Tina no blog

Biosole Fluid FPS90

Pure C FPS50 – vitamina C com protetor solar

Biosole Lev – protetor solar com textura levíssima

Biosole BB – protetor solar com cor

 

 

 

 

 

 

 

Natura Fotoequilíbrio FPS60 resenha – protetor solar para pele oleosa a mista

Natura Fotoequilíbrio FPS60 – protetor solar para pele oleosa

Resolvi comprar o Natura Fotoequilíbrio FPS60 na loja online da Natura pois já havia experimentado uma amostra e tinha gostado do acabamento. Além disso, o preço estava bem convidativo – paguei 35 reais! Vou contar minha experiência com o uso desde junho, em dias alternados – tem vídeo no canal também, nele eu mostro a aplicação e acho interessante assistir para ver o resultado na pele!

Natura Fotoequilíbrio FPS60 resenha protetor solar pele oleosa

Esta é a descrição da Natura para o Fotoequilíbrio FPS60:

Peles oleosas necessitam de muita atenção na hora do protetor solar. Isso porque algumas fórmulas intensificam a produção de oleosidade da pele. O Gel Creme Protetor Facial FPS 60 Natura não contém óleo em sua fórmula, garantindo textura leve e toque sequinho.

Vale destacar que andei recebendo muitas mensagens dizendo que a experiência com o Fotoequilíbrio FPS30 é um pouco diferente em relação a textura e acabamento – aliás, isso acontece com várias outras marcas. Portanto fiquem atentos pois a resenha só se aplica a minha experiência com o FPS60.

Ao comprar Natura Fotoequilíbrio FPS60 minha intenção era ter um produto barato para usar de manhã, na academia. Acordo cedo, lavo o rosto, passo o protetor e vou para a academia. Quando retorno, tomo o banho e faço a rotina de cuidados, com os outros produtos, e passo protetor solar novamente. Queria algo mais barato para não ter dó de tirar o protetor após 2 horas… eu poderia também não usar nada, até já fiz isso, mas comecei a me sentir incomodada… Depois que vi e gostei do efeito dele na pele, usei em vários dias durante o dia todo, achei que valia a pena ver sua performance em outras situações.

Natura Fotoequilíbrio FPS60 – embalagem e características

Adorei a embalagem deste protetor solar: formato diferenciado, bonito, plástico de boa qualidade (rígido, diferente dos plásticos de bisnagas), tampa Flip-Top bem segura. Só vai dar mais trabalho para cortar a embalagem para aproveitar o produto até o final, mas tudo bem, rsrs (quem aí também faz isso?)

A textura é um gel creme, não muito denso, que não vai secando enquanto é espalhado, o que facilita o processo. Tem toque seco, mas não é totalmente matificante.

Ele não tem fragrância, mas tem cheiro bem perceptível, dos próprios ingredientes. Só é perceptível quando tiramos o produto da embalagem e no início da aplicação, depois não fica exalando na pele.

Ele é testado dermatologicamente e oftamologicamente.

Natura Fotoequilíbrio FPS60 resenha protetor solar pele oleosa

  • FPS60 – PPD 20
  • Filtro Físico ou Inorgânico: dióxido de titânio
  • Filtros Químicos ou Orgânicos: Tinosorb M, TinoSorb S, Octinoxate, Ensulizole, Octocrylene, Homosalate, Uvinul A Plus, Uvinul T 150
  • portanto, um protetor “híbrido” – tem os 2 tipos de filtros
  • Antioxidantes – vitamina E e extrato de cacau – a Natura sempre coloca algum ingrediente da Biodiversidade brasileira

Natura Fotoequilíbrio FPS60 resenha protetor solar pele oleosa

Natura Fotoequilíbrio FPS60 – minha experiência

Eu fiquei realmente impressionada com o Natura Fotoequilíbrio FPS60: achei o acabamento na pele muito confortável para o dia a dia, não esfarelou, resistiu ao suor (lembrando que usei no inverno que até teve dias um pouco mais quentes mas em geral as temperaturas estavam amenas), o único senão foi o whitecast que leva tempo pra amenizar. Sim, ele deixa o rosto brancão, e demora um tempo pra perceber que esse efeito esmaeceu, e pode ser que em alguns tons de pele isso não desapareça. Como sou bem branca, isso pra mim não foi um problema. Quem usa maquiagem por cima também não vai ter problema com isso (ele também não esfarelou com maquiagem, nem interferiu nos acabamentos das bases). Como ele é testado oftamologicamente, usei também na área dos olhos toda (olheiras e pálpebras) e gostei bastante. Ele não irritou os olhos e não escorreu.

Algumas pessoas me contaram que os dermatologistas a proíbem de usar protetor solar da Natura (e marcas similares, mais baratas, consideradas marcas de cosméticos e não de dermocosméticos) e eu sinceramente não vejo motivos pra isso. Todo protetor solar vendido no Brasil deve seguir as mesmas regulações, e como mostrei acima, os filtros usados são os mesmos e tem suas concentrações reguladas também, devem ser testados quanto a eficácia de FPS, deve ter PPD de no mínimo 1/3 do valor do FPS, enfim, seguem os padrões para serem registrados como cosméticos de Grau II.

PARA ENTENDER MELHOR, LEIA: Cosmético e Dermocosmético – qual a diferença?

Resumindo: se o produto tem um acabamento que você gosta, se você usa a quantidade adequada, é atenta aos retoques, se tem um FPS que te atende, não tem motivo para não usar. Não precisa trocar seu protetor da Natura por um de marca mais cara – você pode até ter experiências diferentes com eles, isso é normal, mas dizer que um protege e outro não protege, é mentira. Existem diferenças sim, entre protetores solares – alguns podem ter ingredientes diferenciados, podem acrescentar benefícios, oferecer experiências sensoriais diferentes, mas isso não quer dizer que um protetor solar mais barato não é eficaz em relação a proteção solar.

Onde comprar e preço

Natura Fotoequilíbrio FPS60 custa R$58,90 a embalagem com 50g (eu paguei preço promocional, e a Natura faz bastante promoção durante o ano, vale a pena ficar de olho). Pode ser comprado no site da empresa, nas lojas físicas e também com as consultoras.

Natura no blog

Acqua Biohidratante Renovador – hidratante com ácido hialurônico

Elixir Redutor de Rugas Concentrado Natura Chronos

Natura Chronos 30+ Dia e Noite Detox

Anthelios Airlicium FPS70 fórmula nova – resenha! Protetor solar para pele oleosa

Anthelios Airlicium – fórmula nova – protetor solar da La Roche Posay para pele oleosa

Anthelios Airlicium foi reformulado pela La Roche Posay em 2018, e hoje vou resenhar a versão sem cor com FPS70 – já me disseram que é bem diferente do FPS30 em relação a algumas características, então considerem isso, ok?

Anthelios Airlicium sempre foi famoso por ser um ótimo protetor solar para pele oleosa, e eu resolvi comprar em uma promoção pra ver como seria a reação em minha pele. Conheça primeiro o que a La Roche Posay diz sobre ele:

Anthelios Airlicium - formula nova - resenha protetor solar La Roche Posay pele oleosa

Anthelios Airlicium FPS70

 

Anthelios Airlicium FPS 70 de La Roche-Posay é indicado para pele oleosa ou acneica, sensível ao sol. Possui textura gel-creme, toque limpo, leve e de rápida absorção. A pele é protegida e todas as causas do brilho (oleosidade e umidade) são controladas, proporcionando uma sensação de pele limpa e fresca por 12h.
Com alta proteção, possui micropartículas matificadoras encapsuladas com 99% de ar, assim, não pesa sobre a pele, oferecendo um controle perfeito do brilho toda vez que a pele produz oleosidade ou umidade.*

*Descrição da La Roche – gosto sempre de colocar a proposta da marca para depois colocar minhas experiências pessoais.

Anthelios Airlicium FPS70 – embalagem, apresentação e caracterísitcas

A embalagem do Anthelios Airlicium FPS70 não mudou junto com a fórmula, continua sendo a bisnaga plástica com cores padrão da La Roche para sua linha de proteção solar, em branco e laranja. A tampa, tipo Flip-Top, é bem segura e não aconteceu quebra ou abertura acidental (eu levei bastante em bolsa). As informações sobre composição estão na embalagem externa de papelão, que eu sempre guardo até o produto acabar para tirar qualquer dúvida que apareça durante o uso.

Anthelios Airlicium - formula nova - resenha protetor solar La Roche Posay pele oleosa

Ele tem uma consistência bem densa, é grosso ao ser espalhado (quase uma pomada!), e forma um filme na pele que é muito perceptível ao toque, e bem seco. para espalhar eu divido o rosto em partes e vou aplicando e espalhando pois a medida que ele seca vai ficando chatinho de espalhar.

Ele tem fragrância em sua composição, e quem já é familiarizado com os produtos da La Roche vai reconhecer, pois é um perfume padrão da marca também, bem tradicional.

Características da composição;

  • Fragrância
  • tem sílica (para controle de oleosidade)
  • Filtros químicos: Tinosorb S, Homosalate, Uvinul T150, Avonbenzona, Octocrylene
  • Filtro físico: Dióxido de Titânio
  • FPS70 e PPD 28 (informado pela La Roche, na embalagem)

Anthelios Airlicium fpS70 – minha experiência pessoal

Anthelios Airlicium - formula nova - resenha protetor solar La Roche Posay pele oleosa

Eu quis experimentar o Anthelios Airlicium e comprei o produto porque é super queridinho de muita gente que tem pele oleosa. Comecei a usar no inverno, então minha pele não chegou a exigir muito controle de oleosidade dele, mas deu pra perceber que sua principal é este acabamento matificante que suga a oleosidade da pele, e realmente a deixa bem seca, porém não achei nada leve – em mim a sensação é de peso. O problema foi a compatibilidade com os outros produtos que eu uso no meu dia a dia: ele não combinou com nenhum outro produto, respondendo com o esfarelamento.

DETALHE IMPORTANTE: testei com vários produtos, de várias marcas, e de texturas diferentes, e ele esfarelou com todos. Com maquiagem também, depois de esperar o protetor secar, eu usei bases e também esfarelou. O problema do esfarelamento não é só estético. Claro que a aparência estética é um problema, já que ninguém quer usar um protetor e sair cheia de bolinha branca no rosto, mas o grave mesmo é o comprometimento do filme protetor que faz a barreira contra a radiação.

Em minha pele, a única maneira de usar o Anthelios Airlicium FPS70 foi por cima da pele nua, sem nada. Quando percebi isso, resolvei levá-lo a praia, e aí sim foi o melhor uso!

Anthelios Airlicium FPS70 – ótima opção de protetor solar para a praia

Quando usei Anthelios Airlicium na praia percebi que esse seria o uso ideal dele pra mim. Aí quero destacar a característica que a La Roche Posay menciona na embalagem:

Sistema [XL] Protect + Airlicium + PLA: associação de tecnologias para maior resistência do filme protetor, enquanto promove controle inteligente de oleosidade, umidade e brilho, sem pesar sobre a pele.

Quando vi isso logo pensei na minha experiência com o filme protetor, que achei pesado: na verdade isso é uma característica forte do produto e é o que faz ser uma boa opção para quem precisa de muita proteção para dias de exposição intensa, como é o meu caso em uma praia, por exemplo. Depois desta resenha, recebi pedidos de indicação de um bom protetor solar para usar nas férias, e falei que Anthelios Airlicium é muito eficiente pra isso, por experiência própria. Fomos ao parque aquático, as meninas brincaram na água por muito tempo e após umas horas eu percebi que havia ainda uma camada de protetor no rosto da Laura – esfreguei com o dedo e vi a espuminha branca ainda lá! OU seja, até uma certa resistência a água ele demonstrou.

Eu não pretendo comprar para meu uso diário, pois pra isso ele realmente não é o ideal pra mim. Mas a partir de agora a Laura vai usar, já que ela está aplicando protetor solar diariamente após lavar o rosto, e pra quem está iniciando os cuidados na pré-adolescência será um ótimo produto.

Como eu costumo dizer, aprendi com esses anos resenhando produtos de beleza que não existe um produto ruim – existe aquele que não tem o seu perfil. Anthelios Airlicium com certeza é um bom produto, tem sua eficiência, só não atende o meu perfil já que esfarelou com os produtos que eu usei, e como não tenho vontade nenhuma de deixar de usá-los só por causa do protetor, então troco de protetor e tá tudo certo. Eu amo os dermocosméticos da La Roche Posay e alguns estão entre os meus preferidos da vida, como Effaclar Anti Age e Hyalu B5, mas ainda não tenho um protetor solar La Roche pra colocar no meu pódio…

Onde comprar e preço

Anthelios Airlicium FPS70 custa em média R$79,90 a embalagem com 50g, e é encontrado em farmácias e lojas de cosméticos de todo o Brasil.

Mais La Roche Posay no blog

Toleriane Sensitive – hidratante para pele sensível

Active C10 – vitamina C

Effaclar Alta Tolerância – sabonete líquido para pele oleosa e sensível

Serozinc – solução de óxido de zinco para pele oleosa

Isdin Age Repair FPS50 – resenha de protetor solar

Isdin Age Repair – protetor solar com tripla ação contra o envelhecimento

Isdin Age Repair é um dos últimos lançamentos da Isdin no Brasil – já mostrei a Flavo C Melatonin, lembram? – e este é da linha Foto Ultra, a linha de protetores solares Isdin. Eu estou realmente impressionada com este produto, vou mostrar as características e suas propostas, espero que tenham uma boa compreensão sobre ele.

Isdin Age Repair resenha protetor solar

Isdin Age Repair – tripla ação contra o envelhecimento

A primeira coisa importante que eu quero destacar é que todo protetor solar já tem ação contra o envelhecimento cutâneo pelo simples fato de ser protetor solar – proteger contra a radiação, proteger o DNA celular, danos ao colágeno, impedir a formação de manchas, tudo isso já é ação contra o envelhecimento, a mais importante por sinal. Porém, alguns protetores oferecem um “algo mais”, adicionando ingredientes que podem entregar benefícios que vão além dessa prevenção, e é o caso do Age Repair.

Segundo a Isdin, ele tem 3 ações:

  1. Proteção – como eu mencionei, só essa proteção já é parte da solução. Minimiza os danos causados pela radiação inclusive com reforço antioxidante (inibe a ação dos radicais livres);
  2. Reparação – DNA Repairsomes é o nome comercial das Fotoliases, que são enzimas capazes de reverter os danos causados pelos raios UV usando inclusive a luz visível como fonte de energia.
  3. Recuperação – Contribui para a formação da Coenzima Q10, estimula a síntese de colágeno, melhora a elasticidade da pele através da hidratação com ácido hialurônico .

Isdin Age Repair – apresentação e embalagem

Isdin Age Repair resenha protetor solar

Isdin Age Repair vem em uma frasco de plástico rígido, com válvula pump de ótima qualidade, super vedado em relação a luz e entrada de ar, com tampa de encaixe, contém 50ml de protetor solar bem fluido, branco, com a chamada textura Water Fusion (base aquosa) já famosa da Isdin por causa do Protetor Solar Fusion Water, muito bem aceito pelos consumidores, especialmente os de pele oleosa. Seu FPS real é 51 (protetores solares europeus tem essa indicação FPS50+ quando o valor é maior que 50), e PPD 17. Destaco também a chamada tecnologia Safe-Eye Tech, que evita ardência nos olhos.

Isdin Age Repair – composição

Isdin Age Repair resenha protetor solar

Encontrei filtro físico (inorgânico) que é o Dióxido de Titânio, e fitros químicos (orgânicos) como Uvinul MC80, Uvinul T150, Avobenzona e Octinoxate, portanto ele é o que costumamos chamar de protetor “híbrido”, que mistura 2 tipos de filtros. Antioxidantes Vitamina E, Vitamina C, além dos ítens já mencionados na primeira parte do post (peptídeo de colágeno, Lipopeptídeo Q10, ácido hialurônico e fotoliases).

Isdin Age Repair – minha experiência

Estou muito satisfeita com a experiência de uso do Age Repair – ele oferece uma boa experiência sensorial desde a hora de espalhar no rosto (é uma “aguinha” branca muito leve) até o momento de retirar do rosto. Durante todo o dia o rosto fica seco, confortável, ele não interage de forma prejudicial às minhas bases de maquiagem, e caso eu não use maquiagem, deixa a minha pele hidratada e bem sequinha. Já experimentei o Fusion Water em farmácias e pelo menos na primeira impressão achei bem parecidos, só parece que o Age Repair dá uma hidratação um pouco maior do que o Fusion. Esse toque a mais de hidratação nada tem a ver com a questão da oleosidade da pele, não influencia em nada – eu acho uma boa opção de protetor solar para pele oleosa.

Geralmente eu não me arrisco a usar muitos protetores solares na área dos olhos, mas a tal tecnologia Safe Eye me encorajou e eu passei (passo ainda) nessa área toda, inclusive pálpebras, e não tive nenhum problema.

Isdin Age Repair resenha protetor solar

Eu tenho recebido muitos comentários positivos em relação aos protetores solares Isdin, desde que comecei a mostrar os protetores da marca no canal. Até hoje, no Youtube e no Instagram, tem sido a marca mais elogiada por quem é usuário, e geralmente são consumidores fiéis. Este é um ponto a favor que pretendo levar em conta nas próximas compras de protetor solar!

Onde comprar e preço

Isdin Age Repair custa em média R$130 com 50ml, e pode ser encontrado em farmácias e lojas de cosméticos.

Mais ISDIN no blog

Ureadin Podos – hidratante com ureia para os pés

Transparent Spray Isdin – protetor solar em spray para pele molhada

Foto Ultra Isdin Active Unify Fusion Fluid Color FPS99 – clareador com protetor solar

Ureadin 3 Hydro Lotion – hidratante corporal

Betalfatrus – fortalecedor de unhas

 

 

Episol Color FPS70 – resenha protetor solar com cor

Episol Color FPS70 – protetor solar com cor da Mantecorp

Este é o Episol Color FPS70 da Mantecorp Skincare, marca de dermocosméticos que é bem conhecida entre os dermatologistas, muito recomendada, e que já apareceu por aqui algumas vezes.

Episol é um protetor solar muito usado, impressionante a quantidade de pessoas que já me contaram suas experiências com ele – inclusive, foi o primeiro protetor solar mais carinho $$$ que eu comprei na vida no ano 2000, assim que comecei a trabalhar e ter meu dinheiro pra gastar com dermocosméticos e quis me aventurar em marcas um pouco mais caras do que as que eu usava #pausaparanostalgia

Episol Color FPS70 resenha protetor solar com cor

O legal de protetor solar com cor é a vantagem de poupar o tempo de usar protetor solar e depois maquiar. Se você tem a sorte de encontrar um que te dê bom acabamento e case com seu tom de pele é economia de tempo e dinheiro. Sem falar que pra quem tem melasma o fato de ter cor significa proteção contra luz visível, o que ajuda bastante no tratamento para clarear as manchas na pele.

Episol Color – opções de cores

Episol Color tem 5 opções de cores: Extra Clara, Clara, Morena, Morena Mais e Negra. Existem as opções com FPS30 e FPS70 de cada cor. PALMAS para a Mantecorp, eu nunca tinha visto uma marca de Skincare fazer uma linha com uma gama tão boa de cores e que atendem tantos tons de pele. A marca foi bem democrática e isso é raro, infelizmente.

Como faz diferença ter essas opções de cores! Tem muito mais chance de dar certo com a maioria das pessoas, pois a chamada “cor universal” é muito difícil de se adaptar a TODO tom de pele. Acaba sendo usado por um grupo de pessoas e pro resto não funciona tão bem – é isso que eu tenho visto na maioria das vezes (não posso dizer que não existe, mas eu nunca vi).

Episol Color FPS70 –apresentação

Episol Color vem em uma bisnaga plástica transparente, que dá pra ver a cor do produto, com tampa de rosca e bico aplicador. Sua textura é um creme-gel, leve e fácil de espalhar, desliza com facilidade na pele.

Detalhe: se sair um pouco de óleo quando você tirar o produto, tente agitar antes de usar. Isso aconteceu comigo quando usei pela primeira vez, e em nada prejudicou a textura e o acabamento do produto. Se for uma grande quantidade de óleo e você achar que pode estar prejudicando a performance do produto, ligue no SAC da Mantecorp  e relate o problema.

Episol Color FPS70 – composição

Quanto aos filtros, dizemos que ele é um protetor solar “híbrido” pois mistura filtro inorgânico (físico) , que no caso é o Dióxido de Titânio, e filtros orgânicos (químicos), dos quais destaco o Tinosorb S e Tinosorb M, famosos por sua performance e estabilidade.

VEJA MAIS: Filtro Físico x Filtro Químico

 

Em relação ao PPD, como a marca não destaca, eu considero como o valor mínimo exigido que é de 1/3 do FPS, ou seja, 23.33. Eu acredito que se a marca fizer um protetor solar com alto valor de PPD, maior que o mínimo exigido, ela destacaria isso na embalagem ou na propaganda, já que é uma excelente vantagem, o marketing não deixaria passar batido, concorda?

Benzophenone-3, Titanium Dioxide, Phenethyl Benzoate, Isocetyl Stearoyl Stearate, Homosalate, Ethyl Salicylate, Ethylhexyl Methoxycinnamate, Cellulose Hectorite, Xanthan Gum, Phenoxyethanol, Caprylyl Glycol, Bis-ethylhexyloxyphenol Methoxyphenyl Triazine, Butylene Glycol Cocoate, Triacontanyl PVP, Tribehenin PEG-20 Esters, Cyclopentasiloxane, Disodium EDTA, Glycerin, Methyl Methacrylate Crosspolymer, Potassium Cetyl Phosphate, Dimethicone, Tocopheryl Acetate, CI 77499, CI 77491, CI 77891, PEG-12 Dimethicone, CI 77492, Alcohol, Cholesterol, Ceramide 3, Ceramide 2, Oleic Acid, Palmitic Acid, Hydrogenated Lecithin, Glycine soja (soybean) Extract, Glycine soja (soybean) Oil, Scleritium Gum, Camellia kissi Seed Oil, Propylene Glycol, Camellia sinensis Leaf Extract, Saccharide Isomerate, Citric Acid, Artemia Extract, Carnosine, Oryza sativa Extract, Aqua.

Episol Color FPS70 – minha experiência

Episol Color FPS70 foi uma ótima surpresa, tenho uma excelente experiência com ele pois ele me entrega tudo que eu espero de uma base de maquiagem, só que com proteção solar adequada. Estou usando como base de maquiagem em várias situações, e ele deixa minha pele seca, iluminada, viçosa, transfere pouco, e seu comportamento em relação a oleosidade da pele é neutro – não matifica, mas também não altera para mais.

Episol Color FPS70 resenha protetor solar com cor

Episol Color FPS70 resenha protetor solar com cor

Eu não conheço base ou protetor solar que não transfira, mas Episol Color em minha pele transfere pouco, dura por mais de 6h em minha pele. A cor é muito boa pra mim, como mostram as fotos! Realmente é um protetor solar com cor que casa bem com minha pele, massss….

Episol Color FPS70 – polêmica!!!

Episol Color é um dos protetores solares mais polêmicos que eu já vi, em todos esses anos de blog. É impressionante a variedade de opiniões sobre ele, entre pessoas de todo tipo de pele. O mais interessante de tudo é que a diversidade de experiências não segue uma lógica, como por exemplo, pessoas com o mesmo tipo de pele terem experiências parecidas. É normal que um produto direcionado para quem tem pele oleosa, caso realmente seja bom, atenda a maioria das pessoas que tem pele oleosa. Quem não tem pele oleosa, não gosta, afinal não é direcionado pra ela, ok!

Episol Color FPS70 resenha protetor solar com cor

Acontece que nesse caso não há um padrão: entre as opiniões deste post do Instagram onde publiquei a foto do Episol Color, você pode ver que existem pessoas com todo tipo de pele, com várias necessidades diferentes, e que AMAM ou ODEIAM o Episol Color, isso me chamou muita atenção!

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Tenho mostrado o Episol Color FPS70 @matecorpskincare nos stories e estou IMPRESSIONADA com as opiniões divididas a respeito dele. Até pedi pra todo mundo que me contou as experiências pelo direct para contarem aqui também no feed, quero que todo mundo veja as reações de amor e ódio a esse protetor – mas depois com certeza vou contar a minha experiência, tá? E aí gente, quem já usou pode descer o dedinho nos comentários e contar como foi a experiência com o Episol Color? Não se esqueça de falar qual seu tipo de pele, ok? 👉📱 #protetorsolar #protetorsolarcomcor #tratamentodepele #melasma #manchasnapele #dermocosmeticos #episol #mantecorpskincare #farmacia #cosmeticos #pelebonita

Uma publicação compartilhada por 🇱 🇺 🇨 🇮 🇦 🇳 🇦 🇻 🇮 🇱 🇪 🇱 🇦 (@luvilelapaes) em


Vale a pena explorar este post no Instagram onde as pessoas contam as diferentes experiências, pois por mais que a minha experiência seja boa ninguém sabe como cada pele reage. Na verdade, isso acontece com todos os cosméticos, mas em muitos deles dá pra saber o que se esperar, pelo menos para a maioria das pessoas, mas espero que essas opiniões ajudem a definir se é um produto bom ou não pra você.

É o tipo de produto que vale a pena testar em farmácias antes de comprar – e muitas delas aqui em BH disponibilizam tester (já vi em várias Drogarias Araujo, Droga Raia, tente achar em sua cidade).

Onde comprar e preço

Episol Color FPS70 é encontrado em farmácias e lojas de cosméticos, e o preço varia entre 40 a 80 reais. É comum encontrar promoções da Mantecorp em grandes farmácias, ou kits com 2 produtos saindo com um bom desconto!

Mantecorp Skincare no blog

Unedrat – caneta para hcutículas

 

Ensolei AntiAcne Color Profuse – resenha de protetor solar com cor

Ensolei AntiAcne Profuse – protetor solar com cor

Usei Ensolei AntiAcne da Profuse algumas vezes, desde o começo do verão deste ano. Passei por várias situações, vários dias em que a temperatura estava bem alta, umidade, fui a academia, fiz vários testes, e agora quero contar minha experiência com este protetor solar com cor. Recebi este produto da Drogaria Araujo, daqui de BH <3

Já vou avisando pra quem não sabe: não tenho muita intimidade com protetor solar com cor, realmente não é minha preferência pro dia a dia…

Ensolei AntiAcne da Profuse - resenha protetor solar com cor

Ensolei AntiAcne Color – segundo a Profuse

Primeiro quero colocar a descrição da Profuse e depois conto minhas impressões e experiência com o produto:

“Não tenha medo de prevenir e combater a acne com proteção. Ensolei Antiacne Color é um protetor solar especialmente desenvolvido para peles com tendência, presença ou histórico de b. Contrai os poros em 2 horas, controla a oleosidade por 6 horas, tem efeito secativo em 7 dias e seu uso contínuo ajuda a reduzir cravos e espinhas. Cor universal translúcida adapta-se a todos os tons de pele. Indicado para todos os tipos de pele, especialmente oleosas e acneicas.”

O nome do produto (ANTIACNE) sugere então que ele serve para pele com acne, que geralmente é oleosa (salvo os casos em que a acne tem outras causas senão a oleosidade em excesso).

Ensolei AntiAcne Color – apresentação do produto

Ensolei AntiAcne da Profuse - resenha protetor solar com cor

Ensolei AntiAcne Color vem em uma bisnaga com 40g, tampa flip top. A cor, segundo a Profuse, é universal, ou seja, deve se ajustar a todo tom de pele. Sua textura é pouco viscosa, um gel bem fluido, daquele que escorre pelos dedos. Essa textura ajuda mesmo a espalhar o protetor solar, que é bem fácil de ser espalhado.

Ensolei AntiAcne Color – composição

Ensolei AntiAcne da Profuse - resenha protetor solar com cor

Este protetor solar é o que chamamos de “híbrido”, ou seja, tem em sua composição uma mistura de filtro físico (dióxido de titânio) e alguns filtros químicos como Octinoxate, Tinosorb S, Tinosorb M, Uvinul A Plus, entre outros.

Ensolei AntiAcne Color – minha experiência

Meu primeiro contato com o Ensolei AntiAcne foi ótimo, pois a primeira impressão de ver um protetor solar com cor super fluido e fácil de espalhar foi animadora. Ao ser espalhado, a cor realmente se fundiu com minha pele e ficou muito boa em mim. Na hora que eu passei ele também secou, ficou confortável e me deixou esperançosa.

Porém, em algum tempo eu já percebi que ele não controlou a oleosidade – minha pele reagiu com muita oleosidade, e o pior – a cor escureceu bastante, se diferenciando bem do meu tom de pele. Também não percebi diferença na aparência dos poros dilatados – ele não oferece nenhum disfarce óptico inclusive. Essa questão do tratamento da acne a longo prazo também me deixou na dúvida, já que não encontrei nada na composição que favorecesse isso. Ao contrário do que eu esperava, seu acabamento também não foi interessante para minha pele oleosa.

Acho que ter o nome “AntiAcne” acaba despertando não só a curiosidade de quem tem acne mas todo mundo que tem pele oleosa, e acho que por isso vi tanta gente reclamando deste protetor solar com cor. Você já usou? Se usou, me conta como foi sua experiência com o Ensolei AntiAcne Color!

Onde comprar e preço

Ensolei AntiAcne Color FPS30 custa em média R$68 a embalagem com 40g e é encontrado em farmácias, como a Drogaria Araújo que me enviou o produto, e em lojas de cosméticos.

Mais Profuse no blog

Essencele Filler C  Olhos – vitamina C para olhos

Essencele Filler C vitamina C para o rosto

Ensolei Compact Color – protetor solar em pó compacto

Biosole Fluid FPS 90 da Ada Tina resenha – protetor solar para melasma

Biosole Fluid FPS90 da Ada Tina – alto fator de proteção contra raios UVA e UVB

Biosole Fluid FPS90 é o último lançamento da Ada Tina da família de protetor solar Biosole (tem outros protetores dessa linha, vou deixar o link das resenhas no final do post), e para mim é o melhor deles! Ele tem uma textura bem fluida, que justifica o nome, e um alto valor de proteção contra os raios UVB – FPS90 – e UVA – PPD 42, 3). Por isso, ele é indicado especialmente para quem tem muita sensibilidade à exposição solar e também quem está na luta contra o melasma. Pode ser usado por quem tem todo tipo de pele (oleosa, mista, normal, seca) e inclusive quem tem pele sensível, pois é hipoalergênico.

Biosole Fluid FPS90 - Ada Tina - resenha de protetor solar

Algumas características gerais:

-Serve para todo tipo de pele

-Toque Seco

-Alta resistência à água e ao suor

-Vegano, Cruelty Free

-Sem Parabenos

-Não tem óleo mineral

Assista o vídeo com resenha e aplicação no rosto:

 

Biosole Fluid FPS90 – embalagem e características do produto

A embalagem do Biosole Fluid é diferente das outras embalagens de protetores solares da Ada Tina exatamente por causa de sua textura, que é mais líquida. Ele vem em um tubinho, com 40ml, e um bico dosador, que deixa o líquido sair aos poucos. O produto deve ser agitado antes do uso por recomendação do fabricante.

Ele é um líquido com nenhuma viscosidade, branco, mas ao ser espalhado não deixa rastro na pele exatamente por ser leve demais, e rapidamente absorvido.

Biosole Fluid FPS90 - Ada Tina - resenha de protetor solar

Biosole Fluid FPS90 – Fórmula

A fórmula do Biosole Fluid tem o Difendiox, que é o complexo antioxidante patenteado pela Ada Tina (muitos protetores solares tem um reforço de antioxidantes na fórmula para incrementar as defesas da pele contra a ação danosa da radiação solar), e tem filtro físico (dióxido de titânio) e alguns filtros químicos, entre eles o famoso Tinosorb (Tinosorb S e Tinosorb M), famoso pela sua estabilidade. O resultado é um protetor solar leve e eficiente, e com acabamento bem seco e confortável.

Biosole Fluid FPS90 - Ada Tina - resenha de protetor solar

Biosole Fluid FPS90 – minha experiência de uso

Usei o Biosole Fluid FPS90 bastante desde o começo de fevereiro, e tenho mostrado as aplicações nos stories do meu instagram (@luvilelapaes). Durante esse período, testei o produto em dias de muito calor, em atividades físicas como corrida ao ar livre, piscina, e fiquei muito satisfeita com o desempenho. Ele aceita bem o retoque, não esfarela e quando usado por baixo da maquiagem também não prejudica a aparência da base. Eu considero a minha experiência com o Biosole Fluid como sendo uma das duas melhores experiências com protetor solar da Ada Tina – o meu preferido continua sendo o Normalize Matte Intense, pelo seu acabamento matificante, e o melhor Biosole é o Biosole Fluid, por seu acabamento seco (ele não matifica mas seca e fica bastante confortável em minha pele mesmo em dias quentes e úmidos) e também pelo altíssimo fator de proteção. Lembrando: o valor obrigatório mínimo de um PPD é de 1/3 do valor do FPS (expliquei isso no post: o que é PPD protetor solar? ) e o Biosole Fluid FPS90 foi além disso e tem um PPD de 42,3! É um protetor solar excelente na minha opinião, entre os 2 melhores da Ada Tina.

Biosole Fluid FPS90 - Ada Tina - resenha de protetor solar

Onde comprar e preço

Biosole Fluid FPS90 é encontrado na loja virtual da Ada Tina e também nas farmácias e lojas de cosméticos que comercializam a marca, custa atualmente R$135,00 a embalagem com 40ml.

Mais protetor solar Biosole no blog:

Biosole Oxyprotetor solar com vitamina C

Biosole Levprotetor solar com textura levíssima

Biosole BBprotetor solar com cor

Biosole AVprotetor solar anti-idade

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...