Episol Bruma FPS50 rosto – resenha

Episol Bruma FPS50 rosto – resenha

30 de março de 2022 2 Por Luciana Vilela

Episol Bruma FPS50 é bom para pele mista e oleosa?

Estou usando Episol Bruma FPS50 nos últimos dias e tenho muitas coisas para contar, não só sobre a descrição do produto e sua composição como também sobre a experiência de uso, envolvendo a aplicação na pele e o acabamento do produto na pele.

Episol Bruma FPS50 resenha

 



 

 

Episol Bruma FPS50 – embalagem e apresentação

Episol Bruma FPS50 vem em uma embalagem de alumínio com 75ml com válvula spray e tampa de acrílico transparente. Tem uma bolinha interna que ajuda a misturar o produto quando você agita antes de usar. Ele sai em um jato leve de bruma mas ao chegar na pele vira uma loção, como vou mostrar daqui a pouco. A Mantecorp apresenta o produto assim:

• Alta proteção UVA/UVB e Infravermelho A
• Ação hidratante
• Ação antioxidante: combate radicais livres e preserva
colágeno
• Proteção imediata
• Prático na aplicação e simplifica a reposição
• Pode ser aplicado com a pele molhada
• Rápida absorção
• Não deixa resíduos brancos
• Muito resistente à água, cloro e suor

Nas resenhas eu gosto de colocar sempre a descrição da marca e depois mostro minha experiência.

 

Composição

Episol Bruma FPS50 é um protetor solar “hibrido” ou “físico-químico” pois tem os 2 tipos de filtros UV:

  • filtros orgânicos: Ethylhexyl Salicilate, ensulizole, tinosorb s, octocrylene, homosalate, avobenzona, Uvinul T-150
  • Filtro inorgânico: Dióxido de titânio,
  •  Dipotassium Glycyrrhizinate – anti inflamatório
  •  Carnosina – antioxidante
  •  Extratos vegetais que tb são antioxidantes
  • É inflamável e o conteúdo está sob pressão.
  • TEM PERFUME – bem marcante. Aliás, o que eu vou descrever agora, que é a experiência de uso do produto tem muito a ver com o cheiro, com a inalação, que tem tudo a ver com a forma de aplicação em spray.

Episol Bruma FPS50 resenha

 



Minha experiência com o Episol Bruma FPS50

A gente idealiza muito um protetor solar dos sonhos, em spray, levíssimo, que seja aplicado sobre a maquiagem para um retoque perfeito do FPS durante o dia. É uma ideia da nossa cabeça mas que na prática implica em algumas coisas não muito agradáveis.

Eu já fiz resenha no canal de um protetor solar spray da Avon, que era líquido, tinha tudo pra ser isso que a gente sonha, textura líquida finíssima, mas na pele é um óleo só, deixa tudo melado.

A Bruma Episol não é líquida como o da Avon, ele sai como bruma por causa da pressão da válvula mas ele é um creme, uma loção. E quando vc espalha, é bem denso, uma textura mais pesada e fica grudento nos primeiros minutos.

Episol Bruma FPS50 resenha

 



Assim que apliquei pensei que jamais secaria, mas secou! No primeiro dia que testei eu achei que ficaria toda melada pq passei e fiquei sentindo essa camada melada na pele, fica um pouco colento, o dedo não desliza, fica grudando. Levou mais de uma hora depois mas secou! Um dia levou 1h e meia, teve dia que em 1h eu vi que estava seco, essa diferença pode ter a ver com o clima no dia, ou com as minhas atividades. Depois que seca é só alegria, realmente fica invisível, toque bem seco e ele é super resistente à água e suor.

Na minha opinião, o que caracteriza e diferencia essa Bruma é o ponto fraco do produto, que é a forma de aplicação. Como eu falei, essa forma de aplicação implica em algo bem desagradável que é a nuvem de poeira de protetor solar que fica no ar, a gente acaba respirando aquilo – e eu prendo a respiração na hora de borrifar!

Os outros protetores em spray que eu usei tinham outra forma de aplicação: eu aplicava nas mãos, e depois no rosto. Com este não tem jeito de fazer isso, pois ele é denso. Eu tentei mas não funciona.

Segundo o fabricante, o modo de uso é:

  • Fechar olhos e boca
  • colocar o spray a 20cm do rosto
  • aplicar de maneira uniforme, evitando ficar mais de 3 segundos em um ponto só (para não acumular produto em um só lugar)
  • espalhar com as mãos depois
  • evitar a inalação do produto

Eu fecho os olhos, a boca e o nariz, e depois que borrifo ainda fico preendendo a respiração. Mesmo assim, quando respiro ainda tem uma nuvem de poeira… acabo sentindo que respirei aquilo, e sinto um gosto estranho na boca, o que não me deixa nada confortável…

Como ele tem uma fragrância marcante, essa sensação é pior ainda – por isso eu recomendo pra quem tem rinite evitar esse tipo de produto. Eu não tive nenhuma reação na área dos olhos, mesmo que na aplicação do produto o jato passe por cima dos meus olhos. Mas isso é sempre uma reação individual, ou seja, não é porque é tranquilo pra mim, que vai ser assim com todo mundo.

Achei que rende pouco – os 75ml acabam rápido, eu usei umas 15 vezes e percebi que estava quase acabando antes de fazer esta resenha.

Onde comprar e preço

Episol Bruma FPS50 rosto é vendido em farmácias e lojas de cosméticos, e custa R$81,90 a embalagem com 75ml.

O blog recebe comissão por compras geradas através dos links de parceria

Mantecorp no blog

Reviline Serum – creme com retinol

Glycare Duo – sabonete com ácido glicólico

Nouve Biotin – suplemento para cabelos e unhas

Ivy C corpo e colo – creme anti idade para corpo e colo

Epidrat Calm – hidratante para pele sensível