Comparação de pincéis F80 (Sigma)x Xing-Ling (Buyincoins)

Comparação de pincéis F80 (Sigma)x Xing-Ling (Buyincoins)

17 de outubro de 2013 12 Por Luciana Vilela

Queria muito publicar essa resenha o mais rápido possível, pois estava louca pra contar pra vocês o que eu achei dos pincéis que eu comprei na Buyincoins. Mostrei no Instagram (@luvilelapaes) quando chegaram e usei bastante para fazer esse post, e agora já posso falar.

Pra começar: como eu mostrei neste post, os pincéis da Sigma também são feitos na China. Mas como o da Buyincoins não tem nome nem referência nenhuma gravada nele, vou chamá-lo (carinhosamente, rs) de Xing-Ling!
Primeiro quero contar o que me fez comprar esse pincel. Estava pensando se compraria ou não o F80 novamente, pois ele encareceu muito. Agora ele custa U$21,00 (tem 10% com os códigos, vai pra  e se você comprar no site da Sigma e enviar para o Brasil o frete mínimo é U$12,15. Sem falar que comprar na Sigma tem sido taxação certa… Aí pensei que esse pincel poderia ser um bom substituto, e resolvi comprá-lo pra ver como é. Ele custou U$2,85 com frete grátis(um adendo: haja trabalho escravo pra vender a esse preço e ainda ter lucro).

Vocês viram que eles tem o comprimento diferente, o da Sigma é um pouco maior. Mas o comprimento das cerdas é quase igual, a diferença é mínima. Eu consigo identificar uma diferença no tipo de cerdas também. São bem parecidas, mas o material parece um pouco diferente sim. Mas não é isso que faz a maior diferença entre eles. Vejam a seguir:

Agora sim, a diferença aparece.

A densidade das cerdas. O F80 é bem mais denso. Bem mais. Na foto, o da esquerda, portanto. Usei o Xing-Ling por 2 semanas e ele já está bem descabelado, não volta àquela forma bonitinha e redondinha.
O meu F80 foi comprado em junho de 2011 e é o único F80 que eu tenho, e eu o uso desde então, 99% das vezes que eu passo base – e isso não é pouco.

Isso faz diferença?

Acredito que se você é uma usuária tranquila, pouco exigente, que vai usar de vez em quando, está de ótimo tamanho o Xing-Ling. O problema é se você já conhece as boas coisas no mercado e vai querer ter um bom pincel de base para durar bastante tempo- aí não. Para uma profissional também acredito que não seja o ideal. A não ser que você compre vários, já que é bem baratinho, e aí vai trocando de tempos em tempos. Como a diferença de preço é grande, às vezes a pessoa prefere não gastar muito dinheiro de uma vez e pode ir gastando aos poucos, questão de escolha.
Mas o fato é que eles realmente não são iguais.

Tire a foto acima com os 2 pincéis em estado de repouso, digamos assim, rs. Arrumei as cerdas direitinho e bati a foto. Depois, dei uma descabelada nos dois, com o indicador, espalhei um pouco as cerdas para bagunçar mesmo. Vejam só:

O Xing-Ling (direita) fica realmente “descabelado”, se abre, já que é menos denso. O F80 fica praticamente do mesmo jeito, pois as cerdas são densas, e mesmo assim o pincel é bem macio.

Conclusão? Eu prefiro o F80, de longe! E acho que neste caso a diferença de preço tem motivo mesmo – tá certo que não precisava ser tão grande, pois ele custava 18 dólares até pouco tempo e acho que estava de bom tamanho, mas fazer o quê…

Não custa dizer o óbvio: essa é a minha opinião. Não sou maquiadora profissional, mas como uso o F80 há muito tempo e estou testando outro pincel, aqui estão as minhas impressões, que podem sim, ser diferentes da sua, da sua amiga, da sua maquiadora…

Beijos!!!