Satinelle Philips depilador elétrico da Philips funciona? Resenha

Satinelle Philips depilador elétrico da Philips funciona? Resenha

24 de junho de 2013 64 Por Luciana Vilela

Satinelle – depilador elétrico da Philips – saiba tudo sobre ele!

Como assim não falei do Satinelle no blog? Dos apetrechos de beleza que eu tenho este depilador elétrico é o mais antigo. Senta que lá vem história:

A primeira vez que eu li a respeito desse depilador fiquei maluca pra usar, pois depilação sempre foi meu bicho de 7 cabeças da vida. E eu ganhei no meu aniversário em 1993. Pois é, muitas de vocês estavam nascendo…rs

Satinelle Philips depilador elétrico resenha

Satinelle Depilador Elétrico Philips

 

O primeiro Satinelle que eu ganhei ainda tenho comigo, virou relíquia, é austríaco, ele nem era feito aqui. Usei de 93 até 2001. E esse, é de 2001 e tá comigo até hoje!

Isso é pra Clarisonic saber como se faz um aparelho elétrico pra vida!!!!!!!

A primeira vez que eu usei  Satinelle tive vontade de xingar todas as gerações de quem inventou esse negócio. Se doeu?  Quase tive um filho. Aliás, 2. Você acha que vai morrer. E quase morre mesmo. #exagerada

Mas aí você não morre, tem vontade de quebrar o aparelho e nunca mais usar. E assim eu fiz. Fiquei sem coragem de usar a 2ª vez até que veio uma emergência. Aí, tomei coragem, respirei fundo e usei de novo. Já não foi tããããão difícil. Na 3ª vez você já se depila e até consegue parar de xingar o inventor, a Philips, e a mãe deles.

Quando você vê, tá usando e assoviando ao mesmo tempo. Não sei exatamente quando, mas consegui me acostumar, e nunca mais parei, e não troco por nada. Nunca mais você quer outra coisa: ele é prático, limpo, não tem melequeira de cera, não precisa esperar esquentar nada, é só ligar e usar. E depila 2 pernas em uns 20 minutos, não tem jeito de ser mais rápido.

Hoje existem vários modelos, inclusive sem fio, com gel para amenizar a dor, e a Philips ainda tem aquele esquema de você usar por 90 dias e se não gostar eles devolvem seu dinheiro. Acho isso justíssimo, mas se você quer saber, eu já indiquei esse aparelho para trocentas amigas (a Philips não sabe mas me deve muitas), e todas elas sentiram o mesmo pavor que eu no início, mas não largaram mais. Uma doida amiga minha depila até a virilha (ui!!!!), não sei como, mas depila. Eu já tentei mas não tive coragem de continuar até me adaptar, preferi investir na depilação a laser, e foi bom.

Satinelle Philips depilador elétrico resenha

Satinelle – depilador elétrico Philips  vem com:

Este meu modelo é antigo, mas o atual é a mesma coisa, só muda um pouco o formato (o sistema de pinças é o mesmo). Ele vem em um estojo com a fonte de energia, uma escovinha para limpar as pinças durante ou após a depilação, e uma capinha. Outro modelo vem com carregador de bateria e pode ser usado no chuveiro.

 

Satinelle Philips depilador elétrico resenha

O sistema de pinças gira e vai arrancando os pelos pela raiz, portanto ele tem a mesma ação de uma depilação a cera: o mesmo tempo que sua pele fica lisinha com a depilação a cera, também ficará com o Satinelle.

 

O aparelho é leve, pequeno, fácil de ser levado em viagens, vem com a escovinha e a única coisa que você tem que fazer é deixar limpo depois de usar. Mais nada!

Esse meu é o modelo mais básico de todos, jurássico, não posso falar dos outros que vieram depois, mas imagino que toda melhoria seja bem vinda, ainda mais para não assustar as iniciantes.
Eu continuo usando, recomendo muito. Mas por favor, se alguém for experimentar por indicação minha, não me xinguem. E tirem minha mãe fora dessa…

Alguém aí já conhece?


Conheci depois o Philips Satin Intimate que é apropriado para depilação íntima, já conhecem?