Óleo na Tintura de cabelo funciona? Pra que serve?

Óleo na Tintura de cabelo funciona? Pra que serve?

15 de dezembro de 2012 4 Por Luciana Vilela

Óleo na tintura de cabelo – dica do dia!

Eu já comentei algumas vezes que eu sempre pinto o cabelo, com intervalo de aproximadamente 1 mês e meio, principalmente por causa de fios brancos (mas fala baixinho, não conta pra ninguém!)…
Ah, que saudade de quando eu pintava só pra variar de cor! Eu já tive cabelo preto azulado, com mechas loiras, castanho mel, só pra diversão. Mas agora que eu TENHO que pintar, detesto, se eu pudesse não pintaria.

Depois de estar cansada de saber que óleos usados como finalizadores (como Moroccanoil, Orofluido, etc) podem ser usados misturados a tintura, resolvi testar ontem.

Óleo na tintura de cabelo – pra que serve?

Os Óleos são um ótimo tratamento para o fio de cabelo, seja antes, durante ou depois da tintura. Os óleos vegetais puros, como o óleo de coco, conseguem “preencher” o fio dando a ele mais corpo, e ainda sela a cutícula conferindo uma proteção ao fio quando vem a química. No caso de óleos com silicones, o silicone não permite essa penetração, mas protege também, até mais inclusive (são os óleos com silicones que podem ser usados como protetor térmico, inclusive, e não o óleo puro!).

Óleo na tintura de cabelo – minha receita

Na dica de hoje, vou mostrar o que eu fiz e deu certo, um resultado diferenciado e maravilhoso: usei o Orofluido, que além de Óleo de Argan também tem silicones, ou seja, não faz esse papel de “preenchimento” da fibra capilar, “apenas” protege – veja o que “apenas” está entre aspas, pois essa função já é muito importante e faz muita diferença no resultado! Pintar sem causar agressão ao cabelo, ou causando menos agressão, é uma vantagem e tanto.

óleo em tintura de cabelo

 

RECOMENDO!!!!

Eu uso Imédia, da L’Oreal, e usei aproximadamente umas 2 colheres de chá de Orofluido para o conteúdo que vem na embalagem de tinta. Quanta diferença!!!

O óleo não interfere na eficácia de cobertura, nem no resultado do tom, ele apenas ajuda a tratar o cabelo mesmo. Depois que você lava e seca o cabelo, a diferença é nítida, o cabelo está muito mais sedoso, com mais brilho.
A Imédia vem com um creme para ser usado logo depois do enxágue, e eu sempre usei esse creminho (que aliás é muito bom), por isso soube diferenciar o resultado da tintura só usando o creme, e ontem, com o acréscimo do óleo (tem post aqui falando sobre o Condicionador do Imédia).

Óleo na tintura de cabelo: outras maneiras de aproveitar

Se você quiser melhorar ainda mais a saúde dos fios, pode aproveitar o óleo que você tem de maneiras diferentes. Primeiro, verifique qual o tipo de óleo que você tem ou quer comprar, se é o óleo vegetal puro ou se tem silicones na composição. Isso pode fazer diferença de acordo com o uso:

  • Use óleo vegetal puro para fazer umectações: pode ser logo antes da tintura, ou alguns dias antes. Umectação mantém a saúde do cabelo – lembre que tintura é uma química, você usa água oxigenada para abrir as cutículas do cabelo para o pigmento entrar (ou sair, no caso de descoloração), e isso modifica muito sua textura. Os óleos vegetais puros penetram no fio e fazem um papel reconstrutor (além de selar a cutícula depois!)
  • Para finalizar o cabelo, use óleos com silicones – mesmo com o cabelo seco – para manter o frizz sob controle. Os silicones oferecem proteção contra o sol, que faz a cor do cabelo desbotar mais rápido.

Se você ainda não fez o teste, pode fazer!

Beijos!

Mais Imedia no blog

Imedia Fashion Paris

Imedia 7.0 + 7.88 

Imedia Californianas