La Vie Est Belle – Lancome -resenha

La Vie Est Belle – perfume-assinatura

Hoje quero falar sobre o La Vie Est Belle de Lancome pois estava conferindo meus arquivos de perfumes do blog e percebi que não fiz resenha sobre ele. COMO ASSIM??? É um dos meus perfumes favoritos, um dos mais emblemáticos da Lancome, e que é a assinatura de muita gente!

De vez em quando eu faço algumas resenhas de perfumes e costumo dizer que o perfume é muito gostoso, não necessariamente para ser “o perfume da vida de alguém”, mas que é bom. Pois o La Vie Est Belle eu considero que pode sim, ser o “perfume da vida de alguém“, um perfume-assinatura. Precisava colocar nos arquivos do blog essa fragrância que eu considero muito! <3

La Vie Est Belle Lancome- resenha de perfume - blog de perfume

La Vie Est Belle – ícone da Lancome

La Vie Est Belle foi lançado em 2012, eu me lembro bem pois já existia o Mulher Sem Photoshop e eu acompanhei de perto como foi um lançamento badalado. Algum tempo depois eu experimentei e entendi o sucesso e a repercussão – é feminino, marcante, sensual com elegância, não à toa virou referência na perfumaria e muitas marcas fizeram, e fazem ainda, tentativas de imitá-lo. Um floral frutado gourmand com a seguinte composição:

Notas de saída: cassis ou groselha preta, pera

Notas de coração: Íris, Jasmin, Flor de Laranjeira

Notas de Fundo: Patchouli, Fava Tonka, Baunilha, Pralinê

O mais interessante do La Vie Est Belle é que mesmo sendo uma composição rica em notas, é possível perceber cada uma delas – em intensidades diferentes, mas nenhuma é tão escondida que não se possa achar.

As notas frutadas de saída são suculentas, em calda quente. Na maioria dos meus perfumes preferidos, existe uma íris aconchegante e discreta, mas não é a Íris do L.V.E.B. – pois todas as outras notas a empurram. Mas nem por isso ela é menos deliciosa.

E falando em deliciosa, agora vou pra parte mais doce do perfume: se ele começa com um doce frutado, evolui para uma confeitaria – Fava Tonka, Baunilha e Pralinê, uma receita de sucesso. Aliás, o maior pecado de todas as fragrâncias que eu percebi que tentaram imitar o La Vie, foi exagerar nessas notas, pois aqui elas são comedidas, e o resultado é elegante. Quando passa do ponto, fica enjoativo.

Em minha pele, La Vie Est Belle tem alta projeção, altíssima fixação – se uso à noite para um evento, acordo cheirosa pela manhã, e deixa rastro – eu fico famosa por onde passo. É aquele que “batiza” o elevador!

La Vie Est Belle Lancome- resenha de perfume - blog de perfume

La Vie Est Belle e seus flankers

Como toda celebridade perfumística que se preze, ele tem seus flankers:

O QUE É UM FLANKER?

La Vie Est Belle L’Eclat

La Vie Est Belle L’Absolut

La Vie Est Belle Florale

La Vie Est Belle Flowers Of Happiness

e muitos outros que não chegaram ao Brasil, pelo menos por enquanto. Já ouvi maravilhas sobre o L’Eclat, assim que puder coloco aqui também <3

Onde Comprar e preço

No Brasil, ele é vendido em várias perfumarias, físicas e online: Sephora, Época Cosméticos, The Beauty Box, Beleza na Web. O preço do frasco de 30ml varia entre 250 a 300 reais, e existem as opções de 50, 75 e 100ml.

Mais Lancome no blog

Hypnose Doll Eyes – máscara de cílios

Teint Miracle – uma das melhores bases que eu já usei

Primer La Base – primer de maquiagem

Máscara de Cílios Hypnose

Demaquilante Bi-Facil

 

No Blow Dry Airy Cream Redken – resenha!

No Blow Dry Airy Cream da Redken dispensa o secador

Estou usando o Redken Styling No Blow Dry Airy Cream Leave-in  e estou gostando demais! A proposta dele se encaixa muito no meu perfil: ele dispensa o uso do secador, finaliza o cabelo naturalmente, o que pra mim é muito prático no dia a dia. Não é sempre que eu uso secador, por falta de tempo mesmo, e acho que isso acontece com tanta gente, né? Espero que essa resenha ajude a entender melhor como aproveitar bastante o produto para finalizar o cabelo no dia a dia.

No Blow Dry – a linha completa

Este meu finalizador faz parte de uma linha de 3 produtos, e você irá escolher o seu de acordo com a espessura dos seus fios:

  • Airy Cream – para cabelos finos
  • Just Right Cream – para cabelos  de espessura média, não muito grossos
  • Bossy Cream – para fios grossos e crespos

A escolha do tipo certo é fundamental para que a finalização fique boa, pois se for o tipo errado ou ele não irá fazer o efeito desejado ou irá pesar demais. Se precisar, peça ajuda a um cabeleireiro 😉

O meu é o Airy Cream!

Redken No Blow Dry Airy Cream - finalizador Redken - resenha

Redken No Blow Dry Airy Cream – apresentação, como ele é, embalagem

O Redken Styling No Blow Dry Airy Cream Leave-in vem em uma embalagem tipo bisnaga plástica (não transparente), com tampa Flip Top bem firme, que veda bem. Vem com 150ml de um creme fluido, com um cheiro SUPER AGRADÁVEl (sabe aquele cheirinho de “cabelo de salão”?), é fácil de espalhar no cabelo úmido – sim, é pra ser usado no cabelo úmido, depois de seco não adianta nada para a proposta dele 😉

A Redken descreve que a ação do No Blow Dry é devida a presença de uma tecnologia que eles batizaram como Air-Tex, polímeros Quick-Dry, que são hidrofóbicos e ajudam a secagem rápida, e polímeros Flex, que deixam o cabelo maleável, disciplinado e com brilho.

Como usar o No Blow Dry?

O que eu vou descrever aqui serve não só para o meu, que é o Airy Cream, mas para todos os outros da linha: após lavar o cabelo, tire o excesso de água com uma toalha, divida o cabelo pelo menos ao meio (eu sempre gosto de dividir em 3 ou 4 partes, para garantir mais uniformidade de produto ao espalhar).

Coloque uma quantidade adequada nas mãos – isso depende do comprimento do seu cabelo, mas como dica eu posso sugerir que comece sempre por menos, e aumente a quantidade aos poucos até encontrar a sua quantidade certa. A quantidade que serve pra mim pode não ser a mesma pra você 😉

Espalhe o creme em todo o comprimento fazendo o movimento que você gosta para finalizar: pode espalhar e fazer pequenos coques, ou um coque alto, ou faça movimentos para deixá-los com ondas mais naturais. Ele irá acelerar um pouco a secagem do cabelo, e deixar secar sem dar muito volume, diminuir o frizz e deixar o cabelo bem macio. É isso que tem acontecido comigo, e estou muito satisfeita com o produto! Aliás, meu cabelo se dá super bem com Redken <3

Redken No Blow Dry Airy Cream - finalizador Redken - resenha

Minha experiência com o No Blow Dry Airy Cream

Minha experiência com esse finalizador da Redken confirma as promessas do produto: eu passo conforme descrevi ali em cima, e deixo secar, sem secador (aliás, usei algumas vezes também com secador só pra ver como ele se sairia, e funciona também, mas prefiro usar em ocasiões que eu quero deixar secar naturalmente).

Aqui eu preciso mencionar: meu cabelo é fino, mas tem tendência a ganhar volume quando seca naturalmente. Está ressecado por química.

O cabelo fica com um movimento natural, com balanço, gostoso ao toque, e com pouco frizz (pra mim não resolve 100% do frizz – aí eu deixo secar, e passo um óleo pra eliminar os fios mais teimosos). Eu acho que ele cumpre um ótimo papel de finalizador, e o fato de substituir o secador resolve minha vida corrida algumas vezes!

Onde comprar e preço

O Redken No Blow Dry Airy Cream (e os outros finalizadores da linha No Blow Dry, e vários outros produtos Redken) estão disponíveis na Kutiz, loja de cosméticos parceira do blog há muitos anos. É uma loja bem completa, confiável, e que eu recomendo sempre por aqui. O preço normalmente é R$130 mas agora está na promo por R$99,00.

 

 

Essencele Filler C da Profuse – resenha

Essencele Filler C – vitamina C + ácido hialurônico

Estou usando a Essencele Filler C da Profuse todas as manhãs, pois como sabem sou muito fã de vitamina C. Aliás, também sou muito fã de ácido hialurônico, e nesse caso, como o produto tem os dois ativos,  minha rotina da manhã ficou mais simples: limpeza + tonificação + Essencele Filler C + protetor solar.

Recebi o kit da Essencele Filler C Serum e Essencele Filler C Olhos da Drogaria Araujo, daqui de BH

Essencele Filler C - Profuse - resenha de vitamina C para o rosto

Todas as vezes que eu usei vitamina C até hoje, sempre acompanhava com um hidratante, pois sentia falta. Com Essencele Filler C, o efeito de hidratação é imediato, esta é a vitamina C com maior efeito hidratante que eu já usei até hoje.

Como é a Essencele Filler C?

Essencele Filler C vem em uma bisnaga de alumínio, bem vedada, com tampa de rosca. São 30g de um gel transparente, de textura bem leve, desses que deixam uma sensação refrescante ao ser espalhado na pele. Fácil de espalhar, o acabamento na pele é ótimo, achei perfeito para pele oleosa – não mela, não deixa resquício, não atrapalha a maquiagem, excelente mesmo. Dá pra usar no verão, inclusive. Então, no quesito acabamento já posso dizer que foi SUPER APROVADA.

Essencele Filler C – o que diz a marca

A Profuse descreve a proposta do produto assim:

  • Previne rugas
  • recupera a luminosidade
  • ação antioxidante
  • alta hidratação
  • estimula a produção de colágeno
  • toque aveludado
  • para todo tipo de pele
  • Pode ser usado pela manhã e/ou noite
  • Pode ser aplicado no rosto, pescoço e colo

Toda essa ação prometida pela Profuse é devido à presença da Vitamina C, que é antioxidante, e do ácido hialurônico de baixo peso molecular biovetorizado – ou seja, uma molécula com alta capacidade de penetração nas camadas mais profundas da pele. E como a gente já tem falado bastante por aqui, os efeitos da pele bem hidratada com ácido hialurônico são esses mesmo: melhora da densidade da pele, melhora do viço e do aspecto das linhas de expressão.

Leiam o post para entender melhor o efeito dele na sua pele: O que é ácido hialurônico, pra que serve?

Qual a concentração da vitamina C da Essencele Filler C?

Toda vez que eu falo de vitamina C todo mundo quer saber a concentração. A “vitamina C” da Essencele Filler C na verdade é o SODIUM ASCORBYL PHOSPHATE, um derivado de vitamina C, que é o ácido ascórbico. Algumas literaturas chamam de “outra forma de vitamina C”. Enfim, pelo fato de o ácido ascórbico ser tão difícil de ser estabilizado em fórmulas cosméticas, a indústria foi buscando essas alternativas para ter os benefícios da vitamina C só que com mais estabilidade – no caso, o S.A.P. é bem mais estável, por isso alguns laboratórios o escolhem.

A concentração de SODIUM ASCORBYL PHOSPHATE da Essencele Filler C é de 5%.

MAS ATENÇÃO: estamos falando de SODIUM ASCORBYL PHOSPHATE, e não de ácido ascórbico.

Os produtos que vemos no mercado com 15, 20% de concentração de vitamina C, são feitos com ácido ascórbico! Então não compare as concentrações de vitamina C de produtos que são feitos com ativos diferentes, ok?

A concentração desses ativos que são derivados do ácido ascórbico é menor mesmo, por vários motivos, por estabilidade da fórmula, por segurança, enfim, costumam ir até 5%.

 

Se os derivados tem a mesma efetividade da Vitamina C – ácido ascórbico – é uma briga que eu estou acompanhando por aí: farmacêuticos e cosmetólogos dizem que sim, alguns dermatologistas dizem que não (mas MUITOS PRESCREVEM! Inclusive a Essencele Filler C é MUITO PRESCRITA por dermatologistas!), cientistas dizem que não. Enfim, eu daqui, sentada no meu tijolinho, prefiro adotar o seguinte critério: usar o que funciona pra mim, o que me faz bem.

E vitamina C de uso tópico me faz muito bem, e depois que comecei a usar na minha rotina minha pele melhorou muito, em muitos aspectos. E sem falar que vitamina C é antioxidante, e junto com protetor solar são ótimos para manter a pele mais jovem por mais tempo (esse assunto daria vários vídeos, vários posts!).

Essencele Filler C dá espinhas? Causa vermelhidão?

Em mim, não deu. Mas em algumas pessoas a vitamina C causa acne – não é regra, mas a única forma de saber é usando…Por outro lado, o  SODIUM ASCORBYL PHOSPHATE é um ativo muito usado em fórmulas anti-acne, por isso a chance de não dar acne é maior.

Em relação à vermelhidão, é outra reação comum à vitamina C. Novamente, mais uma vantagem do SODIUM ASCORBYL PHOSPHATE em relação ao ácido ascórbico: é mais tolerável. Muitas pessoas com pele mais sensível suportam melhor os derivados da vitamina C do que a vitamina C. Resumindo: pode acontecer de sua pele ficar vermelha e arder com o uso do Essencele Filler C, mas é mais difícil, e se acontecer, é uma reação normal. Observe se é o caso de continuar o uso fazendo intervalos (dia sim, dia não, até sua pele se adaptar) ou interromper o uso.

Essencele Filler C - Profuse - resenha de vitamina C para o rosto

Minha experiência com a Essencele Filler C

Até hoje eu só usei cremes com vitamina C que tem ácido ascórbico, ou seja, a vitamina C propriamente dita. Vou deixar em tópicos pra facilitar:

  • A Essencele Filler C é a mais hidratante de todas as vitaminas C que eu já usei. Dispensa o uso de outro hidratante, na minha opinião.
  • Eu tenho duas expectativas quanto a vitamina C: que seja antioxidante e que dê luminosidade á pele – ela é comumente usada como coadjuvante em tratamentos de clareamento de pele pois age sobre a enzima que aumenta a produção de pigmento na pele. Como antioxidante é difícil avaliar, pois é uma coisa que vemos com o passar do tempo: quanto mais tempo minha pele permanecer com aparência jovem, significa que estou agindo certo (não só com vitamina C mas principalmente com PROTETOR SOLAR). Quanto a ação de iluminar a pele, com a Essencele foi uma ação que eu não percebi. A ação das outras vitaminas C na minha pele mostraram esse efeito em pouco tempo de uso (10, 15 dias), mas com a Essencele eu fiquei de olho nessa parte e não achei que ela age muito nesse sentido. ATENÇÃO: essa foi uma reação da MINHA pele. Na sua pode ser diferente, principalmente se você nunca usou nenhum produto com vitamina C e não tem parâmetros de comparação.

Então, resumindo:

  • Aparência do produto e facilidade de espalhar: ótimo. Não mostrou nem sinais de oxidação na embalagem, continua transparente após mais de um mês aberta.
  • Acabamento na pele: excelente. Sequinha, toque aveludado, sensação de frescor e hidratação imediata.
  • Antioxidante: vou na fé 🙂 Mas a presença do SODIUM ASCORBYL PHOSPHATE é um indicativo de que ela atua como antioxidante sim.
  • Luminosidade: não percebi melhora nesse aspecto.

Onde comprar e preço

A Essencele Filler C Serum é encontrada em farmácias e lojas de cosméticos, físicas e online. Eu recebi a minha da Drogaria Araújo, maior rede de drogarias de MG. O kit do Essencele Filler C Serum e Essencele Filler C Olhos está na promoção por R$181,40 no site, esse preço está maravilhoso pois geralmente o preço do Serum é R$170,00 e do Produto para olhos é R$130-140.

 

 

 

Novos Escuros da Risqué

Coleção Novos Escuros Risqué – conheça as cores!

Risqué aposta nos tons escuros para quem quer ousar e se inspirar no universo noturno

Tem hora melhor para gente ser o que quiser do que à noite? Quando o sol cai, temos ainda mais espaço e liberdade para fazer o que tivermos vontade. Pode ser chegando do trabalho e relaxando em casa sozinha sem fazer nada, saindo para jantar com amigos, ou até mesmo indo em uma festa super badalada no meio da semana, com direito a look especial. A noite remete à ousadia, alegria e descontração. É a hora do dia em que somos ainda mais nós mesmos, sem se importar com que os outros pensam.

Essa personalidade noturna também pode se refletir na forma que nos apresentamos para as pessoas, como um jeito de se vestir mais ousado, com roupas mais descoladas e em tons escuros, ou de forma mais sutil, como a escolha dos esmaltes para as unhas. Nesse quesito, Risqué é uma marca que incentiva as pessoas a buscarem novas expressões de si mesmas, sem medo de apostar em cores escuras e instintivas.

Hoje, Risqué, marca da multinacional Coty, tem um portfólio extenso e os tons mais escuros não ficam de fora. Esmaltes em tons de preto, roxo e azul, como Preto Sépia, Obsessão e Novo Azul podem ser encontrados em todo o país.

Esmalte Escuro Risqué cores de esmalte

Coleção Novos Escuros Risqué

E para incentivar ainda mais as pessoas a se sentirem livres e inspiradas pelo universo noturno, a marca acrescentou cinco novos tons escuros ao seu portfólio de esmaltes regular. A coleção Novos Escuros explora o lado misterioso das cores, com tonalidades mais escuras e intensas, além de metalizados que remetem ao brilho da Lua e das luzes.

Conheça a coleção Novos Escuros Risqué:

Esmalte Escuro Risqué Coleção Novos Escuros

Rainha da Pista Toda: um roxo cremoso na mão e a confiança de ser quem eu quiser, isso sim é ser rainha da pista toda.

Hoje Só Volto Amanhã: alguém avisa que hoje não tenho hora pra voltar com esse vinho cremoso.

Me Solta Que Vou Dar Show: azul com efeito metálico?! Me solta que eu nem saio se não for pra dar show com essa cor.

De Salto No Asfalto: de salto e com esse preto chumbo metálico, pronta pra lacrar em qualquer lugar.

Chamei o Zeca Pra Sair: cinza arroxeado cremoso que me acompanha pra fazer o que eu estiver a fim de fazer.

Os esmaltes Risqué, marca líder em esmaltes e integrante do portfólio da multinacional Coty, podem ser encontrados nas principais drogarias, perfumarias e supermercados do país. Acompanhe mais sobre as novidades nos canais oficiais de Risqué.

PREÇOS SUGERIDOS: R$3,90 (cada)

*release da assessoria

Mais esmalte escuro no blog

Esmalte preto – como usar esmalte preto nas mãos e nos pés

Esmalte Turmalina – esmalte roxo escuro

E aqui tem toda cor de esmalte vermelho da Risqué, aproveite para comparar e escolher o seu!

Jequiti Batom Aviva Color Supreme – 5 cores

Conheça 5 cores da linha Aviva Color Supreme Jequiti

Recebi 5 cores da linha de batons premium da Jequiti, a Aviva Color Supreme: Nude, Bordô, Violeta, Roxo, Marrom e Boca. Usei desde que recebi, claro que tenho minhas cores favoritas e que uso com maior frequência, mas no geral gostei DEMAIS da qualidade dos batons. Todos são confortáveis, duráveis, e a paleta de cores é muito feliz, dessas que agradam a todos. É certo que toda mulher tem uma dessas cores como favorita, pois é uma reunião de clássicos da maquiagem.

Color Supreme Aviva Jequiti - 6 cores de batom

Eu chamo esse acabamento de acetinado – não é fosco como o matte, mas não tem uma camada espessa de brilho, mas é um acabamento cremoso que não forma uma camada muito grossa. A marca promete 8h de duração – em nenhum dos meus testes eu cheguei a ter que provar essa durabilidade, pois sempre aconteceu de ter que tirar o batom antes desse tempo (ou escovando os dentes, ou tirando a maquiagem pra dormir, etc), mas cheguei a ficar mais de 5 horas com o Violeta, o Roxo e o Bordô.

Vou deixar aqui as fotos com amostras das cores e minhas impressões sobre elas:

Aviva Color Supreme Bordô

Batom Aviva Color Supreme Bordô - Jequiti

O batom Bordô é o vermelho-matador, bem clássico, que se destaca em todos os tons de pele. É daqueles que “tingem” os lábios e duram por muito tempo, inclusive sobrevive após beber água, rsrs.

Aviva Color Supreme Roxo

Batom Aviva  Color Supreme roxo - Jequiti

O Roxo é um berinjela bem profunda, pra quem faz o estilo “gótica-suave” que faz sucesso no Instagram. Junto com o Bordô é um dos que mais fixam nos lábios, e uma das minhas duas cores favoritas.

Aviva Color Supreme Boca

Batom Aviva Color Supreme Boca - Jequiti

O Boca é a minha segunda cor favorita – porque eu gosto de ter uma opção marcante, que pra mim seria o Roxo, e essa Boca seria também para ocasiões especiais, pois acompanham uma maquiagem marcante nos olhos, e também pro dia a dia. Achei fina! É um nude clarinho, mas não fica bem em toda cor de pele, pois em algumas pessoas ele pode não aparecer com esse mesmo destaque.

Aviva Color Supreme Violeta

Batom Aviva Color Supreme Violeta - Jequiti

Dependendo da luminosidade, o Violeta chega a ser um fúcsia, com um tom mais rosado. Também é bonito, remete a looks mais alegres e descontraídos, batom pro dia a dia na minha opinião.

Aviva Color Supreme Marrom

Batom Aviva Color Supreme Marrom - Jequiti

Este batom Marrom pra mim é totalmente revival dos anos 90, eu mesma já tive vários batons dessa cor nessa fase, que coincidiu com a minha adolescência! Está em alta novamente, e destaca bastante os lábios. Fica bem em todo tom de pele.

Onde comprar e preço

Os batons Aviva Color Supreme Jequiti estão a venda com as revendedoras Jequiti, e com preço promocional de R$29,90 em tempo de lançamento, o preço normal será de R$36,90.

 

 

Nivea Q10 Plus Antissinais Pérolas Reparadoras – resenha!

Q10 Plus Pérolas Reparadoras – com Coenzima Q10 e Ácido Hialurônico

Estou usando o Nivea Q10 Plus Antissinais Pérolas Reparadoras desde o final de junho, dentro da minha rotina de inverno. Uso só à noite, como hidratante e antissinais na seguinte ordem: limpeza de pele com gel, tonificação com Água Micelar Nivea   e depois o Nivea Q10 Pérolas Reparadoras. Como essa rotina é logo após o banho, um minutinho antes de dormir ainda estou borrifando um Dexpantenol solução, dá um reforço e tanto na hidratação 😉

Quem está me acompanhando sabe que minha rotina de pele está totalmente voltada à minha readaptação com o clima de BH, pois senti muito a mudança do clima praiano pro clima seco – e ainda piorou porque cheguei aqui bem no inverno! Então o Nivea Q10 Plus está sendo útil nessa fase pois nesta resenha vou contar como ele é realmente hidratante e protetor da pele.

Nivea Q10 Plus Antissinais Pérolas Reparadoras - resenha

 

Nivea Q10 Plus Antissinais Pérolas Reparadoras – principais ingredientes

As estrelas desse creme anti rugas são a Coenzima Q10, ou Ubiquinona, e o ácido hialurônico. Sobre o ácido hialurônico, ingrediente hidratante, já tenho falado bastante aqui no blog e no canal, então sugiro que leiam os posts:

O que é ácido hialurônico? Pra que serve?

28 cremes com ácido hialurônico

 

A Coenzima Q10, ou Ubiquinona, é um ativo bastante estudado pelos laboratórios Beiesdorf, que detém as marcas Nivea, Eucerin, La Prairie. A Nivea tem uma linha de produtos com esse ativo, que é uma substância produzida naturalmente pelo nosso organismo, e com o avanço da idade nós vamos diminuindo cada vez mais essa produção.

A Ubiquinona é responsável por:

  • atua como antioxidante celular – neutraliza a ação dos radicais livres
  • gerar energia intracelular: estimula a ação das células para se defender dos agentes agressores

Existem muitos suplementos orais de Ubiquinona, mas aqui estou me referindo à sua ação na pele, com o uso tópico.

Como é o Nivea Q10 Plus Antissinais Pérolas Reparadoras?

O creme vem em uma embalagem transparente, com 40 ml, e válvula pump. No interior estão as “pérolas” de cor amarela, envoltas em um gel transparente. À medida que pressionamos o Pump, as pérolas estouram e o produto sai já misturado (gel + conteúdo das pérolas), é só espalhar.

Ele tem bastante fragrância, que é agradável mas é bom mencionar para quem tem restrição quanto a isso.

Assim que espalho na pele já sinto uma sensação bem agradável de hidratação e frescor, e ele seca bem rapidamente, sem deixar resquício – deixa um acabamento sequinho  e aveludado, achei bem apropriado para pele oleosa. Não fica grudento, dá até pra passar maquiagem por cima.

A descrição da Nivea promete um efeito tensor imediato, mas isso não percebo quando uso. Talvez alguém que esteja com a hidratação da pele defasada poderá sentir isso nos primeiros usos, já que a pele estará sentindo falta dessa hidratação, e quando receber poderá responder com essa sensação imediata – mas não foi o meu caso. Eu percebo um efeito de “densidade” na pele, que deixa a pele mais firme com o tempo de uso, pois isso é um efeito da hidratação continua. Pele bem hidratada fica mais firme, mais densa e mais viçosa, e o Nivea Q10 Plus Pérolas Reparadoras faz isso.

Se é efeito da Ubiquinona? Do ácido hialurônico? Eu prefiro dizer que é efeito do conjunto da fórmula, pois como tenho dito ultimamente muitas vezes a sinergia entre os ingredientes da fórmula é muito mais importante do que a ação isolada do componente X ou Y.

Nivea Q10 Plus Antissinais Pérolas Reparadoras - resenha

Nivea Q10 Plus Pérolas Reparadoras é indicado para que idade? Pra que tipo de pele?

A Nivea não especifica idade, mas como eu falei no outro post do ácido hialurônico (já leu? Vai lá!) nós começamos a diminuir a produção natural a partir dos 25 anos aproximadamente. Isso não significa que você TEM QUE usar hidratantes com A.H. logo no começo, mas eu gosto sempre de dizer que devemos estar atentos à necessidade da nossa pele, e da resposta que ela dá ao que estamos usando.

Se você está com 25 anos, não usa A. H. e acha que seus hidratantes habituais não estão dando conta da hidratação da sua pele, tente usar um A.H. e veja se consegue detectar uma melhora.

Se você está com mais de 30 anos, prefiro dar 2 sugestões:

-Nunca usou nada? Está defasada com os cuidados com a sua pele? É bem provável que sua pele responda super bem aos primeiros cuidados, principalmente se for uma hidratação potente.

-Já está usando muitos produto, inclusive os mais concentrados, com nanotecnologia (que costumam ter uma penetração mais profunda na pele)? É bem provável que não perceba um incremento muito grande nos cuidados ao usar esse Nivea Q10 Plus, mas sim uma manutenção do estado da sua pele. E provavelmente irá achar um produto ok, com bom custo-benefício mas que não fez algo muito significativo na sua pele – que é o meu caso 😉

Pra terminar essa resenha acho muito importante dizer que tenho aprendido cada vez mais a lidar com as escolhas dos produtos que eu coloco na minha rotina – eu percebo a minha necessidade naquele momento, uso até ver que preciso de algo diferente. Mesmo não sendo o melhor produto de pele que eu já usei na vida, o Nivea Q10 Plus Pérolas Reparadoras está atendendo muito bem essa necessidade do meu momento atual, tanto é que estou usando há quase 2 meses direto. E tem um ótimo custo benefício, olha só:

Onde comprar e preço

Nivea Q10 Plus Pérolas Reparadoras é encontrado em farmácias, lojas de cosméticos e lojas de departamento. Vem com 40ml e custa em média R$60-70 – mas já vi inúmeras ofertas por cerca de R$50, é muito fácil encontrar promoções em farmácias. Fique de olho!

Essa facilidade de encontrar o produto e ver promoções é uma vantagem da Nivea, e pelo efeito dele na pele eu considero um ótimo custo-benefício.

 

 

Esmalte verde menta de Betina – Cléo – O Tempo não Para

Esmalte verde menta da Betina tem cara de tendência verão 2019

Eu poderia começar o post dizendo que todo mundo me perguntou qual é o esmalte usado por Betina (Cléo) em O Tempo Não Para – mas dessa vez isso não aconteceu como nas outras vezes. Fui eu que me adiantei mesmo, porque detectei cheiro de tendência no ar.

Já repararam no esmalte verde menta que eu estou falando?

Esmalte Verde Menta Betina - Cleo - O Tempo não para

Esmalte verde menta Betina - Cléo - O Tempo Não Para

A personagem Betina é bem fashionista, usa unhas postiças e a cor realmente chama a atenção – um tom de verde menta, bem candy color que vira e mexe vira tendência especialmente no verão. Eu que tenho blog desde 2010 já perdi a conta de quantas coleções de esmaltes candy colors já vi serem lançadas! Quando vi essa cor logo me lembrei do esmalte que recebi da Granado na época da Copa do Mundo:

Esmalte MIchelle Granado

Esta cor é a Michelle, da Granado. Os esmaltes Granado custam R$23,50 com 13ml nas lojas próprias da marca ou nas farmácias (onde podem até custar um pouco menos).

Como todas as cores Candy Colors, são esmaltes chatinhos de passar pois são extremamente cremosos e mancham com facilidade. E tem que tomar muito cuidado para passar uma camada fina para não ficar grosso. Enfim, só pra quem gosta MESMO!

Detalhe: não estou falando que este é o esmalte da Betina, ok? A Globo ainda não divulgou. Mas o assunto aqui é que essa cor tá com cara de tendência, então estou mostrando as evidências! Segunda evidência: veja só a cartela de cores postada pela Pantone essa semana no seu perfil no instagram:

Terceira evidência: a Essie também postou essa cor esta semana, do esmalte da coleção verão 2018:

mid-week #empowermint courtesy of @farbgeschichten 💚 #essiesummer2018

Uma publicação compartilhada por essie (@essie) em


 

 

O que é Ácido Hialurônico, pra que serve?

Dúvidas sobre ácido hialurônico? Este post irá ajudar!

Já falei sobre vários produtos com ácido hialurônico aqui no blog, inclusive um dos últimos posts foi bem completo pois dei dicas de 28 cremes com ácido hialurônico, mostrando as descrições de cada marca, com preço, exatamente para ajudar a escolha de cada um. Mas lá no Youtube apareceram várias dúvidas e eu achei que deveria fazer um post com informações mais básicas, respondendo dúvidas como: o que é o ácido hialurônico, pra que serve, a partir de que idade usar, etc. Espero que ajude ainda mais quem tem dúvidas sobre o assunto!

O que é ácido hialurônico?

O ácido hialurônico é uma substância presente em nossa pele (e em outras partes do corpo também, como nas articulações) que é responsável pelo preechimento intercelular – grosseiramente falando, ele ocupa o lugar entre as células. Como ele tem grande capacidade de absorção de água, também regula a quantidade de água em nossa pele.

Imagine uma esponja – capaz de reter mais de 1000x o seu peso molecular em água – que ao se expandir (porque está cheio de água) deixa a pele mais lisa, mais densa, mais elástica e mais firme. Sim, a hidratação faz isso tudo na aparência da pele!

Ácido Hialurônico – HIDRATAÇÃO

Quando falamos de ácido hialurônico em cosméticos então, estamos falando de hidratação. A principal função dos cremes com ácido hialurônico é hidratar a pele – ele não trata acne, não clareia manchas, ele HIDRATA.

MASSSSSS…. lembrando uma coisa muito importante: uma pele hidratada recebe muito melhor todos os outros ativos, portanto o ácido hialurônico pode acompanhar vários ativos que tratam esses problemas: vitamina C, ácido retinóico, etc

Mas… se ele é ácido, não vai irritar a pele?

Temos a tendência de associar “ácido” a substâncias corrosivas, irritantes, sensibilizantes, mas nesse caso do ácido hialurônico isso não acontece – ele tem pH <7 mas não causa esse tipo de reação na pele. E lembre-se também de que a nossa pele é ácida e a acidez dos cosméticos é compatível com ela, e existem vários produtos que usamos no nosso dia a dia que também são ácidos como os hidratantes, sabonetes para pele seca, condicionadores, máscaras capilares, todos eles tem pH<7 😉

IMPORTANTE: neste post trataremos APENAS do ácido hialurônico de uso tópico, em cremes. Não falarei sobre o injetável, apenas irei mencionar quando for o caso específico, mas só o profissional habilitado é que deve indicar e principalmente aplicar.

A partir de que idade posso usar cremes com ácido hialurônico?

Nosso corpo produz o ácido hialurônico, mas a partir de aproximadamente 25 anos começamos a diminuir essa produção. Mas a produção não cai vertiginosamente de 100 a zero de um dia para o outro, é bem gradual, e por isso não começamos a ter sinais visíveis na pele imediatamente. Depois de um tempo, que pode variar de acordo com a genética, com os cuidados que cada um tem, estilo de vida, etc, a pele começa a mostrar os sinais de quem está precisando de uma hidratação maior, com pequenas linhas de expressão superficiais, falta de viço, etc.

Então, resumidamente, vou deixar meu ponto de vista pra vocês:

  • Até os 25 anos, preciso usar ácido hiaurônico? Não precisa, mas não é proibido. Se quiser usar, até pode, mas é desnecessário pois seu corpo fabrica. E tem mais: os cremes com ácido hialurônico são mais caros que os hidratantes básicos que você pode usar. Até os 25 anos você precisa de protetor solar e um hidratante que forme uma barreira na sua pele contra a perda de água do seu organismo – basicamente isso! Então, poupe seu dinheirinho pois em alguns anos você vai precisar gastar um pouco mais…
  • A partir dos 25 anos, se quiser começar a usar algum creme com ácido hialurônico, você vai perceber que existem produtos diferentes, com preços diferentes, e sim, podem existir diferenças no produto que justifiquem a diferença no preço. Ácido hialurônico em moléculas maiores só agem na primeira camada da pele, os de baixo peso molecular podem penetrar mais profundamente, mas também são mais caros. Como você ainda começando esses cuidados anti envelhecimento, pode muito bem ficar com os mais “básicos”: sugiro o Neutrogena Hydro Boost   e o Natura Chronos Elixir Redutor de Rugas – estou mencionando esses pois já usei e vi que são dessa categoria, que suprem os primeiros cuidados.
  • Dependendo da resposta da sua pele, aos 30, ou 35, você pode ir trocando os produtos e irá perceber a diferença de ação entre eles. Aqui no blog eu já falei sobre alguns deles, como o Hyaluron Filler Concentrate , Liftactiv Serum 10 Supreme e o Hyalu B5 – todos excelentes, com ácido hialurônico fracionado (ou baixo peso molecular), que penetram mais profundamente na pele, e na mesma faixa de preço (entre R$160 a 180)

Ácido hialurônico é preenchedor?

Ácido hialurônico na pele pode preencher rugas?

Aqui está a maior confusão que as pessoas fazem: usar o creme esperando resultado que o creme não traz. Vou diferenciar aqui dois termos que eu gosto de usar: o efeito preenchedor e o preenchimento.

Quando as linhas de expressão da sua pele forem superficiais e sinais de ressecamento, os cremes, ao hidratar, irão melhorar o aspecto da pele, às vezes em até quase 100%. Ao hidratar, sua pele recebeu o que ela precisava. Eu chamo isso de “efeito preenchedor” – que na verdade é uma BOA HIDRATAÇÃO. Pois é, a água é uma coisa tão simples, mas que faz muita diferença na aparência da pele. Então, como resultado dessa hidratação, a pele fica mais lisa, mas firme, mais densa e mais viçosa, com aparência mais jovem.

MASSSS…. se você já tem rugas mais profundas, ocasionadas pela flacidez, sinal da perda de colágeno, que não são mais superficiais e tem outros motivos que não sejam o ressecamento, aí você precisa do preenchimento – que também é feito com ácido hialurônico (em algumas partes do rosto, e em outras com botox). Trata-se de um procedimento, com injeção, que deve ser feito por profissional habilitado em consultório. Tem efeito temporário, é caro, mas resolve problemas que os cremes não irão tratar. VEJA BEM: creme nenhum irá tratar, por mais que o fabricante prometa milagres.

Claro que o dermatologista pode começar a unir tratamentos, colocando outros ativos na sua rotina, ou então fazendo outros tipo de tratamentos estéticos antes de chegar à opção da agulha, ou pra quem quiser algo mais drástico, da cirurgia plástica. Mas em relação aos cremes com ácido hialurônico é isso: eles agem sim, hidratam sim, mas tem problemas que eles não poderão resolver.

Quer um exemplo? Olheiras profundas, que não são causadas nem pela perda de colágeno nem pela falta de hidratação – são efeito da estrutura óssea. O preenchimento com agulha pode ser ótimo, mas creme não vai fazer nada além de hidratar a região.

UFA!!!

Se você chegou até aqui, espero que tenha entendido um pouco mais sobre o assunto. No vídeo do canal tem muitas informações, e também falei mais sobre a diferença entre os produtos que eu já usei, vale a pena dar uma olhada:

Espero que tenha gostado! Impossível fazer um post completo, com tudo que precisamos saber, mas vou tentando sempre falar um pouco nos vídeos, nas resenhas de produtos, e vamos tentando aprender cada vez mais!

Beijos!

 

Magic Liss Liso Pleno no Chuveiro Embelleze – resenha

Usei a Magic Liss Liso Pleno no Chuveiro várias vezes…aprendi!

Quero contar hoje a minha experiência com a máscara de alinhamento capilar Magic Liss Liso Pleno no Chuveiro, da Embelleze. Vai ser legal pois vou mostrar uma coisa que tenho aprendido com tanto tempo de blog, experimentando vários produtos – para aproveitarmos melhor um produto precisamos conhecer nossa pele, nosso cabelo, entender as necessidades deles naquele momento, e usar os produtos de várias maneiras possíveis para ver como ele pode ajudar. Sim, porque um produto pode ajudar ou atrapalhar, dependendo da maneira como você usa, ou do momento em que você está!

Leia o post todinho que você vai entender!

Magic Liss Liso Pleno no Chuveiro

Magic Liss Liso Pleno no Chuveiro - Embelleze- resenha

Esta máscara é uma máscara de alinhamento capilar, mas não é um produto de transformação capilar, como algumas pessoas me perguntaram. Ou seja, não é uma química que transforma seu fio para que ele fique liso, ok? O que ela faz na prática é facilitar o trabalho da escova e da chapinha. Segundo a Embelleze, ela tem a tecnologia Seridefrizz que dá ação condicionante, disciplinados, sem frizz, tratados, com brilho e tombado (eu costumo dizer “desmaiado”, rs).

Eu uso alguns produtos assim de vez em quando, por vários motivos: esses silicones costumam ser ótimos para blindar os fios e manter a coloração no lugar, e o ruivo agradece. Além disso, deixam um brilho bem legal, que se mantém por um bom tempo, além de deixar o cabelo macio e gostoso ao toque, fácil de pentear.

Magic Liss Liso Pleno no Chuveiro – como é e como usar

A Magic Liss Liso Pleno no Chuveiro é bem grossa e densa, daquelas que custam a cair quando você vira o pote. Tem um cheiro meio forte, não é muito meu estilo de fragrância, mas tudo bem pois não fixa no cabelo no final do processo. O fabricante recomenda o uso após a limpeza total do cabelo (se precisar, use um Shampoo de limpeza profunda, lembre-se de que você irá acrescentar silicones ao seu cabelo), enluvar e deixar por 20min, depois enxaguar, escovar e pranchar.

Lembrando: antes de escovar e pranchar, deve-se usar um protetor térmico. A Embelleze tem o finalizador dessa linha, o Leave In Magic Liss Liso Pleno Blindagem.

Como foram minhas experiências com a Magic Liss Liso Pleno no Chuveiro

Quando recebi, usei várias vezes mas sem enluvar e deixar pelo tempo de pausa de 20min – vamos combinar que não é sempre que temos esse tempo no dia a dia… Então usava como uma máscara normal, deixando por 5 minutos, e escovando para finalizar (não tenho hábito de pranchar). Esta maneira de usar, além de mais prática, foi a melhor pra mim, porque quando resolvi usar conforme está na embalagem…

Deixei o tempo de pausa de 20min, fiz tudo conforme o fabricante recomendou e pensei que o efeito seria melhor ainda, mas pelo contrário, foi um fiasco. O cabelo pesou, ficou grosso e com mais volume do que fica normalmente após a escova. O brilho se manteve, mas não gostei da textura do cabelo (pena que isso não dá pra ver na foto, só tocando mesmo).

Magic Liss Liso Pleno no Chuveiro - Embelleze- resenha

Resumindo: no meu cabelo (que não estava saturado de silicone pois eu usei shampoo antirresíduos da Pantene) se deu bem com esta máscara se for aplicada com menos tempo de pausa – agora já aprendi.

Estão vendo como é bom descobrir as possibilidades e limitações dos produtos? Algumas vezes eu mesma me surpreendo com algumas descobertas, como esta por exemplo. O bom disso tudo é que não precisamos descartar um produto quando não gostamos dele, mas sim descobrir se ele pode ser aproveitado de outra maneira – então testem, pesquisem, vale a pena, o bolso agradece.

Onde comprar e preço

A Magic Liss Liso Pleno no Chuveiro vem com 450g e eu tenho visto no mercado por cerca de R$30,00. É encontrada em farmácias, supermercados, lojas de cosméticos e de departamentos, tem uma ampla distribuição pelo Brasil.

Outros produtos Embelleze no blog

Novex É do Babado – da Evelyn Regly, achei que trata melhor o cabelo do que a máscara da resenha de hoje

Novex Meus Cachos – Low Poo e No Poo

 

Adipofill para bigode chinês – antes e depois

Adipofill funciona para bigode chinês? Veja o antes e depois

Recebi o Adipofill 5% contra rugas e bigode chinês da Art Vitta, farmácia de manipulação que eu já conhecia desde que usei a Vitamina C Art Vitta com ácido hialurônico (e adorei, por sinal). Tive interesse no produto pois vocês sabem que eu tenho os sinais do bigode chinês há algum tempo e venho experimentando tudo que posso para adiar meu encontro com a agulha (do preenchimento com ácido hialurônico), que um dia vai acontecer mas quanto mais tarde, melhor.

Eu sei que tudo que é de uso tópico tem uma ação limitada para este tipo de coisa, mas ainda é o tipo de tratamento mais acessível e menos doloroso (disse a medrosa, rsrs).

Adipofill Art Vitta - bigode chinês - antes e depois

Documentei o início, meio e fim do tratamento de 3 meses e vou contar tudo para vocês, em detalhes. Vou começar com a descrição do produto pela Art Vitta, e também pela fama que ele tem no mercado:

Adipofill – pra que serve? (descrição da marca e promessa dos produtos no mercado)

Segundo a Art Vitta, o produto age contra os sinais do envelhecimento como rugas e linhas de expressão. E como ele faria isso? Aumentando o tecido adiposo, onde ficam as células de gordura, e assim a pele fica mais “gordinha”, aumenta seu volume, e as rugas desaparecem. A ornitina, um aminoácido presente no ativo do produto, gera a formação das gorduras de preservação e sustentação da pele, proporcionando o preenchimento facial e revigorando o formato da face.

– Combate a perda de gordura e confere preenchimento;

– Combate ás rugas nasogeniana (Bigode chinês);

– Aumenta os seios;

– Proporciona firmeza á pele;

– Melhora a aparência das mãos;

– Reduz os sinais de envelhecimento;

– Previne Rugas e linhas de expressões.

A fórmula da Art Vitta tem 5% de Adipofill e 2% de ácido hialurônico.

ESTA É A DESCRIÇÃO DO PRODUTO NO SITE DA ART VITTA

Como usei o Adipofill no bigode chinês?

O Adipofill é um creme que deve ser aplicado no local do tratamento – no meu caso, bigode chinês, ou sulcos nasogenianos – a linha entre o canto externo da boca e o canto do nariz. Ele pode ser usado em outras áreas também mas vou focar onde fiz o teste, ok?

Nos primeiros 15 dias, apliquei 1x ao dia, logo após o hidratante. Percebi que seria pouco para a ação do produto, e vi que o próprio fabricante recomenda 2x ao dia.

A partir daí, comecei a usar 2x ao dia, pela manhã e à noite.

Depois de uns 20 dias, ou seja, próximo aos 2 meses de tratamento, comecei a aplicar a 3ª vez ao dia, na hora do almoço. Fiz isso até o 3º mês, que se completou em julho.

Ele não é rapidamente absorvido. Forma uma camada levemente branca na pele, e eu deixava aquele resquício branco desaparecer sozinho quando estava em casa. Em alguns minutos sumia. Não provocou acne nem alterou a oleosidade da pele.

Início do tratamento: 18/04 – final 24/07

Adipofill Art Vitta - bigode chinês - antes e depois

Adipofill Art Vitta - bigode chinês - antes e depois

Adipofill para bigode chinês – antes e depois

As fotos mostram a “evolução” do tratamento, sem retoques (a diferença na tonalidade da pele é devido a luz do ambiente, mas resolvi não tratar a foto para igualar, para não haver distorção do resultado).

Os sulcos que eu já tenho no canto da boca não sofreram muita alteração – havia dias em que pareciam melhores, mas bastava eu dormir de lado que a pele ficava amassada, e os sinais apareciam novamente (é um ciclo: a gente hidrata, melhora, dorme, amassa o rosto, volta tudo, kkkkkkkk).

O espaço entre o canto da boca e o canto do nariz, eu achei que teve uma melhora sutil, bem suave. Em algumas fotos eu consigo ver melhores resultados do que nessas comparações que eu fiz.

Adipofill Art Vitta - bigode chinês - antes e depois

A sutil diferença que eu percebi que o Adipofill fez no 2º mês de uso, se manteve no 3º mês. Continua sendo uma diferença sutil, mas eu (que sou chata com meus defeitinhos, quem não é, rs) vejo no meu dia a dia. MASSSSSSSS….

não é por isso que vou deixar de ser chata com essa resenha. Vamos para as minhas considerações após 3 meses de uso, e considerando tudo que eu pesquisei sobre o assunto:

Adipofill para bigode chinês – vale a pena? Funciona mesmo?

Eu não esperava milagres, por isso não me decepcionei. Mas pra quem espera milagres de um creme de tratamento para bigode chinês, aqui vai uma breve explicação:

  • As linhas de expressão que aparecem em nosso rosto podem ser um sinal de desidratação. São rugas superficiais, que se resolvem com?  Hidratação.
  • Quando você oferece uma super-hidratação, você tem o que é conhecido como “efeito preenchedor” – pois esses espaços entre as células que estão “vazios” (está faltando água), são “preenchidos” por água, e então sua pele volta ao “normal”, e essas linhas desaparecem.
  • Enquanto suas linhas forem superficiais, e uma super-hidratação resolver o problema, o creme irá funcionar e cumprir seu objetivo.
  • A partir do momento em que essas rugas se formam por outras questões, como por exemplo o deslocamento da gordura da face, a flacidez, aí os cremes não irão mais resolver 100% do problema, pois não agirão na causa desse problema.
  • A pele tem 3 camadas – a epiderme (a externa), a derme, e a hipoderme (a mais profunda, onde está o tecido adiposo). Não há comprovação de que um creme possa chegar até essa camada mais profunda para aumentar o volume das células de gordura desse tecido. É muito mais fácil que ele esteja agindo como um “super hidratante” – e os resultados que eu tive me fazem acreditar que sim.

Resumindo:

  • Adipofill funciona? Sim, se você considerar que ele faz o efeito de “super-hidratação” e realmente irá diminuir as linhas de expressão superficiais. Não funciona fazendo o efeito preenchedor que, por exemplo, o ácido hialurônico injetável faz no bigode chinês.
  • Cremes atuam “até certo ponto” – isso serve não só para rugas, mas para tratamentos de manchas na pele também.
  • Para funcionar, você precisa ter disciplina e persistência, pois o benefício do produto se dá pela repetição, fazendo com que o produto sempre esteja na sua pele para agir.
  • O normal é que após o término do tratamento sua pele volte a apresentar o problema – afinal você parou de “alimentá-la”, certo? Você estava suprindo com um produto algo que ela não tinha, por isso, quando você para de aplicar o creme, sua pele volta ao que ela é (pode até não voltar ao estágio inicial, mas não ficará como estava no final do tratamento – quem dera, né?)

Vale a pena ver os 28 cremes hidratantes com ácido hialurônico que eu postei no blog

Onde comprar e preço

O Adipofill da Art Vitta vem com 30g e custa R$71,40. Eu considerei um ótimo efeito hidratante, e quem se identificar com este problema (de ter as primeiras linhas de expressão por causa de ressecamento) vale a pena tentar. A Art Vitta é uma farmácia de manipulação confiável, tem loja física (em Santa Bárbara d’Oeste, SP) e loja online (envia para todo o Brasil).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...