Esfoliante Neutrogena Daily Scrub Facial

                                 Blackhead Eliminating Daily Scrub Neutrogena esfoliante diário
Sempre tenho boas experiências com os  produtos da Neutrogena. Olhando um pouco o histórico de resenhas da marca aqui no blog (resenhas dos produtos da Neutrogena) dá pra ver que sou fã, principalmente quando os produtos vem dos EUA, o que significa uma boa economia.
Este é um esfoliante físico, ou seja, tem aquelas partículas, pequenas “areinhas” que fazem a esfoliação da pele, ajudando a eliminar as células mortas e, segundo a proposta do produto, eliminar os pontos pretos. Bom, aí entra uma observação minha: eu acho que esfoliação diária é uma coisa perigosa. Quando eu era adolescente e tinha muita acne vivia ouvindo dos dermatologistas que não era necessário fazer muita esfoliação. Primeiro porque corre o risco de machucar mesmo a pele. Na ânsia de achar que vamos dar uma faxina na pele, acabamos esfregando demais e com muita força, o que pode causar danos à pele, principalmente à pele que já está com feridas causadas por espinhas espremidas, pequenas ou grandes “cutucadas”, enfim, geralmente a pele que sofre com acne precisa de descanso. Limpeza sim, cuidados também, mas descanso, para se recompor. Além disso, o excesso de manipulação  da pele acabam fazendo com que ela seja estimulada a produzir mais sebo. Já ouvi muito isso, e vocês?
No caso de quem quer eliminar os pontos pretos, eu sugiro fazer esfoliação bem pontual, principalmente no nariz, que é o ponto onde eles mais aparecem, e completar com uma loção tônica para fazer uma limpeza mais fina. Uma boa limpeza de pele com esteticista também melhora bastante o aspecto inicial, e depois, a manutenção é mais fácil.
Voltando ao produto, fora esse aspecto de fazer a esfoliação diária que ele propõe, eu só tenho elogios. Ele tem ácido salicílico, deixa a pele realmente limpinha e seca, e dá um frescor um pouco mentolado que alivia bastante aquela sensação de pele melada e suja que só quem tem oleosa sabe como é. Esfoliantes sempre me dão a impressão de fazer um trabalho de limpeza mais completo, adoro aquela sensação de pele macia e polida.
 E você, também curte usar um esfoliante?

Egg Pore Black Out Oil Gel da Tony Moly

Ano passado comprei alguns produtos da Tony Moly mas acabaram ficando de lado por puro esquecimento. Até que precisei urgentemente de uma boa limpeza daqueles pontinhos pretos do nariz (odeio!) e me lembrei de que estavam guardados ali.

O nome do produto não é a toa: são feitos para limpeza/contração/diminuição da aparência dos poros, e tem o ovo como ingrediente – e formato de embalagem, que são fofas, não?
Os 3 produtos são vendidos separadamente e eu paguei cerca de 9 dólares em cada um no Ebay, e o douradinho eu ganhei da Ana Cristina da Satine Bazar, há séculos! Usei os 3 de uma vez só mas mostrarei cada um em um post, assim dá pra mostrar mais detalhadamente.

Essas embalagens são mesmo fofas, não são? Essa minha aí tá faltando a pontinha amarela de cima, que descolou quando a tampa caiu no chão e não consigo encaixar de volta. Mesmo assim fica bonitinha. Na verdade o produto fica só naquela parte de baixo:

Tem 30ml de gel, que tem a aparência e consistência de uma clara de ovo batida. Ele tem ovo e camélia em sua composição e um cheiro não muito agradável de remédio. Para usá-lo, você deve aplicar no rosto e massagear durante 3 a 5 minutos.

Durante a massagem o gel vai ficando branquinho, segundo o fabricante porque ele se mistura ao sebo nesse processo, e ao lavar e retirar o produto você completa a limpeza pois tira esse sebo, e a cor dos poros volta ao normal. Não tirei foto do antes dessa vez por questão de dignidade do ser humano, porque,  né…ninguém merece, kkkkkkkkkkk
Mas posso garantir pra vocês que o resultado é muito bom. Em vista do que estava antes, ficou bem melhor, embora não tenha acabado com 100% dos pontinhos pretos, mas creio que para uma primeira aplicação foi muito bom.

As duas fotos ficaram com tonalidades diferentes porque na primeira eu havia me esquecido de mudar a fonte de luz no manual da máquina, aí ficou com aquele tom frio. Mas esta segunda foto está com meu tom de pele normal, dá pra ver a limpeza dos poros com nitidez. Pretendo usar uma ou quem sabe duas vezes na semana, assim acho que vai melhorar a aparência cada vez mais.

Como sempre, tive mais uma vez ótima experiência com produtos orientais! E quero mostrar, logo nos próximos posts, os resultados dos outros dois produtos.

Gostaram?

Demaquilante, tônico e adstringente: quando usar?

Você sabe qual a diferença entre demaquilante, tônico e adstringente?

Alguns acham que são a mesma coisa, ou quase a mesma coisa. E acham que usando um não precisa usar o outro… Vamos saber agora o que são e quando usar esses produtos?

A primeira pergunta que não quer calar: demaquilante, tônico facial e Tônico adstringente são a mesma coisa? Não.

Diferença entre demaquilante, tônico e adstringente
Aqui estão excelentes opções de demaquilantes: Bi-Facil Lancome, Demaquilante Bifásico Make B. de O Boticário, e Demaquilante Bifásico da Vult. Prefiro os bifásicos pois são melhores para área dos olhos 😉

O Demaquilante é o primeiro passo para limpeza da pele que está com maquiagem. Óbvio, né? Mas tá aí uma coisa boa de se falar em primeiro lugar, pois muita gente pula essa parte e vai direto lavar o rosto, e se você fizer um teste verá que se usar um algodão logo depois de lavar o rosto verá que restos de pigmentos de base e corretivo ainda ficam na pele. Sem falar que para maquiagem dos olhos realmente não dá pra ficar sem demaquilante, não é? Principalmente quando se usa delineador!
Então, resumidamente, podemos falar que o demaquilante tira a sujeira grossa do seu rosto.

Diferença entre demaquilante, tônico e adstringente
Tônicos podem ser usados em todo tipo de pele, geralmente são suaves: Timewise da Mary Kay, Faces da Natura e Nivea Visage.

O tônico facial , loção tônica ou simplesmente Tônico, seria o próximo passo. Este produto deve vir após a primeira limpeza de pele, de preferência com gel de limpeza. Aí entra a minha dica para limpar a pele perfeitamente nas duas situações:

-se você está com maquiagem: use primeiro o demaquilante na área dos olhos, tire o grosso da base, corretivo, sombras,etc. Depois disso, lave o rosto com gel de limpeza, aí sim eu sinto que complementa a limpeza do demaquilante. Depois disso, o tônico.

-se você está sem maquiagem: use só o gel de limpeza e o tônico logo depois.

O tônico facial faz essa limpeza mais fina, suaviza a pele, e dependendo da formulação pode hidratar levemente. Ela limpa mais profundamente os poros, tirando até mesmo os resíduos da limpeza da fase anterior. Importante prestar atenção na formulação e na indicação do fabricante, pois pode haver tônico para todo tipo de pele ou especificamente para pele seca, oleosa ou mista. Além disso, ele também restaura o pH da pele, que é ligeiramente ácido, e a limpeza de pele é feita com produtos alcalinos. Para isso, usar Soro Fisiológico no rosto também é uma boa solução!

Diferença entre demaquilante, tônico e adstringente
Essas opções são ótimas para pele oleosa ou acneica: Effaclar da La Roche Posay, Clearskin da Avon e Loção Clean& Clear da Johnson&Johnson

Loção Tônica Adstringente: é um tônico facial, porém mais específica para peles oleosas. Não é toda pele que precisa/ pode receber loção adstringente! As peles sensíveis e/ou secas podem ficar irritadas ou avermelhadas. Ela é um pouco mais potente na questão da limpeza, fecha os poros e controla a oleosidade, por isso é indicada para quem tem pele oleosa e/ou acneica. Elas tem o pH bem alcalino, por isso removem bastante o sebo, a sujeira e gordura da pele – mas inclusive aquela gordura boa, que faz parte do manto protetor natural da pele, que protege e hidrata.

Nos dois tipos de loção o álcool pode ou não estar presente. Pessoalmente prefiro as que não tem esse ingrediente, pois tende a ser mais suave, mais agradável, agride menos, resseca menos. Mas isso é uma questão pessoal, já que tenho pele sensível. Alguns tônicos que tem álcool não fazem mal para a pele pois são usados tipos de álcool apropriado para esse fim.  Lembre-se: uma coisa é controlar a oleosidade, outra coisa é ressecar a pele.

Só pra terminar:

-usar demaquilante não exclui o uso do tônico.
-não precisa usar tônico e adstringente na mesma rotina de cuidados
-se você tem pele seca, sensível ou normal, use o tônico (ou soro fisiológico)
-se sua pele é mista,oleosa ou acneica, use a loção adstringente
-se você usa a loção adstringente não precisa usar o tônico (ela já cumpre a função do tônico, pois é um tônico!)
-sempre finalize com um hidratante 😉

Clareou? Espero que sim! Se você ainda não usa um tônico facial na sua rotina de cuidados com a pele, já pode começar agora 🙂

Clinique Liquid Facial Soap Oily Skin resenha

Clinique Liquid Facial Soap Oily Skin – gel de limpeza

Comprei o Clinique Liquid Facial Soap Oily Skin na Sephora pois queria experimentar algum produto diferente, que eu não conhecia ainda – estava disposta a gastar um pouco mais, e há muito tempo eu queria usar mais produtos de pele da Clinique.Clinique Liquid Facial Soap Mild resenha

Clinique Liquid Facial Soap Oily Skin – vale o preço?

Paguei R$65,00 pelo produto, que vem com 200ml. Foi o preço mais alto que já paguei até hoje por um produto de limpeza de pele. Até então o valor mais alto era do Cleanance Gel da Avene, que eu comprava por R$58,00 na Dermadoctor, quando eu comprava esse tipo de produto no Brasil. Depois passei a comprar pela internet em sites internacionais então nunca mais comprei algo nesse preço. Até mesmo os produtos da Clinique, que eu sempre comprei fora, tem o preço ótimo: este gel custa U$16.50 nos EUA – mas agora eu nem quero me lembrar disso :(((( – pois é, a Clinique lá fora não é tão cara quanto no Brasil.
Quanto ao produto, poderia falar dele logo no primeiro dia de uso, pois a primeira impressão que eu tive se confirmou por esse tempo de uso, um mês e meio: um dos melhores produtos de limpeza de pele oleosa que já usei. Ele limpa bastante mas de forma suave e não deixa a pele irritada ou vermelha. Mantém minha oleosidade sob controle e tem um cheirinho canforado/mentolado bem suave, super parecido com o esfoliante e a máscara da marca, que eu uso há tempos.
Só não dá pra tirar maquiagem. Quando eu usei para tirar minha maquiagem, passei o disco de algodão com o tônico e ele saiu bem sujinho, mas isso é normal, pois não dá pra confiar só no gel de limpeza para limpar a pele totalmente após a maquiagem. Conheço poucos produtos que fazem isso.

Clinique Liquid Facial Soap Oily Skin – fórmula

Clinique Liquid Facial Soap Mild resenha

Pelos U$16.50 + taxas que custam lá fora eu compraria fácil de novo, mas no Brasil…sei não, só se eu estivesse com muita coragem (de novo)! Eu fiquei muito satisfeita com este gel de limpeza, mas tenho que pesar as coisas… com menos que esse valor eu compro ótimos produtos de limpeza de pele, então vou continuar usando produtos mais acessíveis e deixar esses produtos mais caros pra de vez em quando (de vez em quando não tem problema, né?)

Você já fez uma loucurinha dessas também? 😀

Ada Tina Zincell Matte Lotion

*Produto recebido pela empresa e publicado gratuitamente, com opinião da blogueira, sem interferência da marca ou da loja.

Tenho conhecido um pouco mais dos produtos da marca Ada Tina, e vocês sabem que como sou fã de um dermocosmético acho isso ótimo! Já mostrei aqui no blog um dos produtos dessa linha Ada Tina Zincell, o Zincel Exfo Soap, vale a pena conferir o post.

Hoje vou mostrar o Ada Tina Zincell Matte Lotion, uma loção específica para peles mistas e oleosas, com zinco orgânico e sem álcool, para efeito matificante.

A embalagem vem com 200ml e custa R$69,90 na Kutiz, loja de onde veio este produto.Aliás, o pessoal da Kutiz que me pediu para que eu escolhesse um produto e eu comentei com eles que estava na luta aqui com o controle da oleosidade da minha pele, por isso a escolha de uma loção matificante. Uma coisa que eu tenho aprendido é que para controlar a oleosidade da pele, o uso de uma loção tônica após a limpeza é essencial, e como neste caso o produto ainda era especificamente matificante, melhor ainda, eu pensei.
Além do Zinco, que é um mineral que controla a produção de oleosidade da pele, o produto contém Ácido Salicílico, que desobstrui os poros, afinando a pele e evita o aparecimento de cravos e espinhas, o pesadelo de quem tem pele oleosa. Contém ainda Água Termal da Ada Tina, que possui sais minerais e oligoelementos, como o Selênio (antioxidante) e Enxofre (renovador celular). Todas essas informações eu busquei na descrição do produto e acho importantíssimo colocar aqui na resenha, ok? Vocês sabem que eu gosto de colocar sempre aqui as descrições e as fórmulas para que assim as pessoas possam identificar o que pode dar alergia ou o aquele ativo específico de que ela esteja precisando para seu tratamento, indicado por dermatologista.
Bom, o fato é que eu tenho usado este produto desde meados de janeiro, auge do calor. Tenho mostrado aqui no blog que estou buscando fazer com que minha pele volte ao normal, já que o angu desandou totalmente depois da minha mudança para Niterói por causa do choque térmico, rsrs. Realmente o produto controla bastante a oleosidade e não tem deixado minha pele ter as reações que estavam tendo logo que cheguei aqui. Porém, achei que pelo fato de ter o Matte  no nome, ela deixaria mais seca do que os outros tônicos deixam. Aquela sensação de pele sequinha, como quando você usa um primer, sabe? Isso ele não deixa. Você fica com a sua pele, e não com uma pele que parece ter uma camada de produto por cima, que matifica, que é a sensação de um primer, por exemplo.
Bom, estou citando isso não por achar que seja um defeito, mas como eu tive essa expectativa acredito que outras pessoas possam ter também, então já vou avisando. Mas trata-se de um excelente produto para pele oleosa e está me ajudando bastante na minha fase de adaptação.
O Ada Tina Zincell Matte Lotion pode ser encontrado na Kutiz, loja parceira do blog.
Agora me conta: você também está na luta com a oleosidade da sua pele? O que você tem usado?

 

Pele Oleosa…

Ui!

Me deu tanta aflição ao olhar essa foto!!! Devem estar sentindo o mesmo, não é?

E vou te contar: quem sofre com pele oleosa às vezes se sente assim mesmo. Como se estivesse pingando, escorrendo óleo. Não é FÁCEO!!!!!!

Quem tem acompanhado o blog já me viu comentando várias vezes sobre a diferença climática que eu sofri nessa mudança e como minha pele sentiu a diferença. Sempre tive pele oleosa e nos últimos tempos ela andava sempre controlada com o uso de produtos específicos mas agora o angu desandou… 😛

Como consequência do forte calor e umidade apareceram algumas bolinhas de água, parecem até espinhas, mas em vez de ter aquele pontinho branco da inflamação, é uma bolha de água. 🙁
Os poros aumentaram de tamanho, a pele está sempre brilhando e algumas vezes fica avermelhada e quente. Ai, gente, é triste, mas é verdade!

Recebi um e-mail da Roc com informações sobre a pele oleosa e resolvi colocar aqui para vocês. Faz parte da divulgação do Minesol Oil Control, que eu tenho, uso e até já resenhei aqui no blog.

Fonte: Info Roc – dezembro/2013

Agora eu vou buscar uma nova rotina que dê um jeito na minha pele, tenho que me adaptar pois assim não posso ficar. Eu brilho tanto que quase me pendurei na árvore de natal esse ano! Mas vocês vão acompanhar por aqui o que eu estiver usando e sempre que alguma coisa der – ou não der- resultado eu conto pra vocês.

E aí, alguém faz coro comigo???

*Beijos de quem está passando o verão com a sensação térmica de 50º

Benefit – Porefessional

Será que o Porefessional já dispensa apresentações?

Esse primer é o mais famoso, não é à toa. Realmente deixa a pele sequinha, bem lisinha, com toque de seda, para receber a base. E é um dos que mais disfarçam poros abertos também.
Como no caso de Benefit existe muita falsificação, quero deixar aqui pra vocês a informação de que estes produtos (todos os da Benefit que estão no blog, inclusive) foram comprados na Sephora.

Preço: R$110,00 + frete
contato: lvpaes@ig.com.br

Clinique Superprimers

Como estou em fase de compras acabo vendo alguns lançamentos pelas revistas e internet – adoooooro!
Achei muito legal o novo primer da Clinique. O primer não, os primers!

A idéia do primer com cor não é nova, outras marcas já tem, mas achei legal o da Clinique, pois a marca faz produtos para peles sensíveis e costuma ter preços melhores.

Veja as funções:

-Amarelo: corrige peles avermelhadas

-Rosa: para peles cansadas, ilumina.

-Marrom: para iluminar peles escuras

-Laranja: corrige descolorações

-Universal: translúcido, serve para todo tipo de pele, ou seja, só prepara mas não faz correção de cor.

-Lilás: corrige palidez amarelada.

O primer colorido age como neutralizador do tom da pele, deixando a cobertura da base com cor mais fiel. Além do efeito esperado de preparar a superfície da pele para receber a base, fazendo com que ela dure mais tempo, ele anula as imperfeições usando os pares de cores negativas (as que se anulam). O mesmo raciocínio do corretivo colorido, ou do pré corretivo (como o caso do Corrector da Bobby Brow).

Ele ainda não é vendido no Brasil, e nos EUA custa U$27.00 com 30ml.

Eu nunca usei primer colorido, mas já namorei bastante aquele da Make Up Forever. E você, o que acha desse tipo de produto?

 

Minesol Oil Control FPS 70 protetor solar pele oleosa resenha

Minesol Oil Control – protetor solar para pele oleosa da Roc

Conheço o Minesol Oil Control há tempos e todas as vezes em que eu usei tive ótimas experiências. Eu tenho muita boa vontade de usar produtos da Roc, mesmo quando conheço só de fama. Mas o Minesol é de casa e já está mais que aprovado entre os melhores protetores solares para pele oleosa, olha só:

Minesol Oil Control – apresentação e embalagem

Minesol Oil Control Roc - resenha protetor solar pele oleosa

A embalagem do Minesol Oil Control é em bisnaga, bem clean, com padrão de qualidade da Roc. Dá uma olhada no gel de limpeza Purif Ac que eu mostro no começo do blog e compare como eles tem a mesma linguagem – acho clean e sofisticada. Tampa Flip Top, conteúdo 50g – o padrão de peso da maioria dos protetores solares.

Minha experiência com o Minesol Oil Control (pele oleosa)

Aconteceu a feliz coincidência de ter recebido o Roc Minesol Oil Control antes de viajar pro Rio. Durante toda a semana eu andei muito, a pé, visitando os apartamentos que eu tinha separado. E vocês sabem, com a fama do calor do Rio, fui preparada: roupas leves e protetor solar. Mesmo pegando chuva uns 2 dias, estava um mormaço bem perigoso, daqueles que não parece, mas está te queimando! É muito importante usar protetor mesmo nesses dias, pois os raios continuam agindo, e muito. Quem nunca se queimou por deixar de passar protetor em um dia de mormaço?
Minesol Oil Control Roc - protetor solar pele oleosa resenha - textura em gel creme
A textura dele é assim, chamada de gel creme, pois é um creme mais fluido que quase chega à fluidez do gel. Bem leve, bem fácil de espalhar, mas tem um detalhe: como ele seca muito rápido ao entrar em contato com a pele, eu faço assim: aplico vários pontinhos em todo o rosto e vou espalhando. Ele não tem um cheiro marcante, não fica esbranquiçado, deixa a pele matificada e aveludada, com aquela sensação de pele que teve o óleo todo “sugado”, bem sequinha. E essa sensação dura por muito tempo!
Bom, eu já havia usado outro protetor solar da Roc, mas com FPS30. Na verdade, achei bem parecidos na textura e na pele: são ultrasecos! Não me lembro de ter usado protetores tão secos. São ótimos para serem usados antes de se maquiar, pois não influenciam no resultado pois não dão brilho algum. Uma boa maneira de usá-lo é misturando-o com a base líquida, usando um CD para fazer essa mistura. Eu prefiro fazer isso no CD, pois assim você mistura bem e aproveita todo o produto depois. Quando fazemos isso na mão, muito produto fica na mão e faz uma melequeira horrorosa!
A linha Minesol ainda possui outros filtros, inclusive alguns com ação antioxidante (esses eu ainda não usei, mas boto fé, pois gosto da Roc).
Vou deixar aqui a fórmula do produto, pois ajuda a quem pesquisa por causa de restrições a um ou outro componente:
Minesol Oil Control Roc - protetor solar pele oleosa resenha - fórmula
Gosto do FPS70, que oferece alta proteção para minha pele bem branquela, mas ele também tem a versão com FPS30.
Eu recebi o meu da Kutiz para testar, o que não influencia em nada o resultado do meu post. Eu recomendo a loja pois é confiável, a entrega é rápida e o preço é compatível com o mercado. O preço médio é de 60 reais a embalagem com 50g.
Você já usou Minesol? Me conte, principalmente se for daquele amarelinho, não conheço ainda!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...