Mustela Maternité Hidratante – resenha

Mustela Maternité – hidratante calmante

Comecei a usar o Mustela Maternité Bálsamo Hidratante pois, como vocês sabem, estou em fase de testes dos melhores hidratantes para minha adaptação a BH – como minha pele está sentindo muito o ressecamento, principalmente a pele do corpo que sempre foi mais seca, estou precisando de toda ajuda possível! Falou que é hidratante, tô testando!

Mustela Maternité Hidratante - resenha

Mustela Maternité

Antes de fazer a resenha, quero deixar aqui minha ótima impressão da Mustela, uma marca francesa que preza por usar ingredientes naturais, seus produtos são hipoalergênicos e não tem parabenos, ftalatos e fenoxietanol. Conheço pouco, mas fiquei muito satisfeita com o pouco que vi. Além deste hidratante, a linha Maternité ainda tem outros produtos para mamães, tanto na fase gestante quanto no pós-parto: creme para estrias, sérum corretor de estrias, sérum de firmeza para o busto, etc. Me comprometo a mostrar depois também o hidratante para dermatite atópica que a Isabela usou há pouco tempo, o Stelatopia, que é maravilhoso <3

Mustela Maternité Bálsamo Hidratante – o que diz a marca

Segundo a Mustela, o Bálsamo Hidratante e Calmante é indicado para futuras e recém-mamães, e tem ingredientes ativos de origem natural para hidratar e aliviar coceiras (decorrentes do ressecamento). Os ativos deste bálsamo:

  • Peptídeos de Abacate: ativos patenteados antirrepuxamento, conferem elasticidade, suavidade e conforto à pele.

  • Ceramidas reforçam a coesão celular e a capacidade da pele em reter a água para torná-la mais suave e macia. *

*descrição da marca

O hidratante é inócuo durante a gravidez e amamentação, a formulação Mustela exclui formulação parabenos, ftalatos, fenoxietanol, bisfenóis A e S, cafeína e álcool.

Apresentação

O Mustela Maternité Hidratante vem em uma bisnaga plástica de qualidade superior, com tampa flip-top, com 200ml. É um creme branco, não muito denso, que é fácil de espalhar mas que deixa resquício.

Mustela Maternité Hidratante - resenha

Minha experiência com o Mustela Maternité Hidratante

Sem dúvida nenhuma o Mustela Maternité Bálsamo Hidratante é um excelente hidratante para pele seca e sensível. Toda essa formulação natural deixa uma segurança enorme para quem tem alergias, mas de modo algum diminui sua eficácia. Estou enfrentando um clima seco atualmente, e minha re-adaptação não está sendo fácil – acreditem, é mais fácil sair de um lugar seco para um lugar úmido do que o contrário – e a hidratação da Mustela é imediata (percebi isso também quando a Isabela usou o Stelatopia).  Quando minha perna está muito seca, especificamente na canela, a pele fica vermelha e coça muito. Já me disseram que isso pode estar relacionado com circulação, mas no meu caso eu acredito que é ressecamento mesmo, pois a ação de um bom hidratante resolve, e nisso o Mustela Maternité passou no teste.

Masssss…agora vou pra parte não tão boa (pois não posso dizer que é ruim!) – o acabamento, que é pegajoso. Na verdade, o que é defeito para alguns, é qualidade para outros. Minha experiência pessoal vê qualidades nos dois lados: eu busco produtos  com esse acabamento no inverno seco, por causa da sensação de hidratação e proteção, mas fujo deles agora, que o calor começou. Na hora de dormir, que é a hora que eu mais gosto de usar hidratante nas pernas, eu acho difícil ficar com hidratante pegajoso em contato com o lençol. Mas não deixo de usar um produto por causa disso se ele me traz benefícios, por isso continuo usando e alternando com outros produtos que eu tenho. Eu acho bom ter produtos diferentes para cada situação.

Onde comprar e preço

Recebi o meu Hidratante da Kutiz, loja parceira do blog há muitos anos que eu recomendo sempre. Lá ele custa atualmente R$74,90 na promoção (o preço normal é R$129,90).

 

 

Dermatite atópica – cremes hidratantes recomendados

Lista de hidratantes para quem tem dermatite atópica

Quem tem dermatite atópica precisa de cremes hidratantes específicos, pois não é qualquer um que tem compatibilidade com esse tipo de pele. A pele do atópico, além de seca, é extremamente sensível. Eu já passei por várias experiências com a Isabela e procuro dividir aqui o que dá certo, o que funciona e não funciona, e hoje vou deixar minha última pesquisa de cremes hidratante para dermatite atópica.

Agora que o inverno está chegando é um momento crítico, então quero aproveitar que as crises estão bem espaçadas (ela começou um tratamento novo, que depois vou falar aqui quando for o tempo certo) e deixar a pele bem hidratada. Ela tem usado o Cetaphil Restoraderm, mas a dermatologista indicou outros produtos como o Fisiogel, e ela se deu bem também. Resolvi pesquisar novas opções e vou deixar aqui para ajudar quem estiver precisando de indicações:

ATENÇÃO: logo abaixo da lista vou deixar algumas observações importantes, por favor, leiam!

Creme Hidratante para dermatite atópica

dermatite atópica cremes hidratantes indicadosdermatite atópica cremes hidratantes indicados

 

Nutrel Suavizante – Profuse

Hidrata, acalma, fortalece as defesas naturais da pele e ainda minimiza sinais de vermelhidão. Possui uma textura leve que forma uma película protetora contra as agressões do meio ambiente, auxilia no fortalecimento das defesas naturais e reestabelece o conforto da pele. Em sua composição há componentes hidratantes (Ácido Hialurônico de Baixo Peso Molecular e Hibiscus), calmantes (Arnica e Extrato de aveia) e protetores da flora bacteriana (Bioecolia).

Nutratopic Pro-AMP Isdin

Indicado para a hidratação e proteção de peles reativas, proporcionando uma hidratação profunda para adultos e crianças. Fortalece e restaura a barreira da pele e restaura seu equilíbrio. Contém ceramidas, Niacinamida, Glicerina, Manteiga de Karité e Glicerina.

Hydraporin Mantecorp

Loção Hidratante Hydraporin é destinada a peles secas, extrassecas e atópicas. Promove hidratação intensa e profunda, eliminando os sinais de ressecamento. Melhora a hidratação natural da pele, a descamação e a coceira, já nos primeiros dias de uso. Pode ser usado em adultos e crianças.

Stelatopia Bálsamo Emoliente Mustela

Faz parte de uma linha de cuidados da Mustela para peles com tendência atópica. Tem uma associal de ativos de origem natural para hidratar, repor os lipídios da barreira cutânea, acalmar a pele e aliviar o desconforto e a coceira. Reforça as defesas naturais da pele, reduz a adesão do Staphylococcus aureus (bactéria associada nas manifestações cutâneas da pele com tendência atópica) garantindo prevenindo a formação do seu envelope protetor, preserva a riqueza celular da pele. Em sua composição: óleo destilado de girassol, Perseose de Abacate, Cera de Carnaúba (origem vegetal). Testado para uso pediátrico.

Lipikar Baume AP+ La Roche Posay

Lipikar Baume AP+ é indicado para pele sensível com tendência atópica, peles muito secas, irritadas e com coceiras. Indicado para bebês, crianças e adultos.  Contem Aqua Posae Filiformis, um ingrediente exclusivo e patenteado que atua sobre dois fatores determinantes no tratamento da pele atópica. Reestabelece o equilíbrio do microbioma, restaura a barreira cutânea, com fórmula desenvolvida com o mínimo de ingredientes selecionados para aliar eficácia e segurança. Não tem perfume nem parabenos, não é gorduroso e é absorvido rapidamente pela pele.

Hidra Kids Cosmiatric

Creme para dermatite atópica infantil, indicado para bebês e crianças. Tem propriedades calmantes e suavizantes, que hidratam a pele e protege contra o ressecamento. Contém Alfa Bisabolol, ativo da Camomila, que tem ação calmante, óleo de girassol, rico em ácidos graxos essenciais, que formam uma película protetora sobre a pele, Alantoína e extrato de Aloe Vera, que reforçam a ação suavizante. Pode ser usado também no pós sol como suavizante.

 

dermatite atópica cremes hidratantes recomendados

 

Gel Hidratante com Aveia Coloidal Miligrama

Hidratante com aveia coloidal, que possui ácidos avénicos A e B, Ácido pantotênico, ácido salicílico, vitaminas B1 e B2, beta-glucanas e aminoácidos. Esta composição possibilita inúmeras aplicações, como ação anti-inflamatória e imunorregulatória no tratamento da dermatite atópica. Contém Efaderma, uma vitamina F, que mistura 3 ácidos graxos essenciais, nutrindo a pele e auxiliando na função de barreira, ajudando a manter sua hidratação natural. Glicerina, que promove limpeza e tem ação emoliente, calmante e tem propriedades lubrificantes. Produto manipulado, sem parabenos e perfume.

Atoderm PP Baume Bioderma

Contém um ativo patenteado pela Bioderma – Écodéfensine™ – que regula o equilíbrio da flora cutânea, aumentando a produção de  β defensinas, combina ingredientes hidratantes e vitamina PP, que conferem uma nutrição extrema e reparação da barreira cutânea, e contém Zantaleno, eficaz na ação anti-prurido.

NewDerm Profitus

Hidratante indicado para dermatite atópica e psoríase, com extrato de urucum, tem propriedades emolientes e umectantes, promovendo a hidratação e auxiliando na restauração da barreira cutânea e a proteção da pele das agressões diárias. É livre de parabenos, corticoides e outros conservantes artificiais. Reduz a vermelhidão, ardor, prurido e a descamação provenientes do ressecamento da pele. Sua cor e fragrância são conferidas pelo extrato de urucum. De acordo com estudos realizados na Universidade Federal de Viçosa, em 80% dos casos os resultados positivos são perceptíveis em apenas cinco dias de aplicação. Pode ser usado por crianças a partir de 2 anos, adultos e idosos.

Fisiogel Loção Cremosa Stiefel

Hidratante de uso diário, nutre e restabelece a barreira cutânea natural, alivia o desconforto causado pelo ressecamento, confere hidratação prolongada, protege contra o ressecamento, deixa a pele macia, suave e saudável. Indicado para pele seca e sensível.

pH5 Loção Eucerin

pH5 foi desenvolvido para atender as necessidades específicas de peles sensíveis, com fórmula de rápida absorção, que restabelece a hidratação da pele de forma duradoura. Com pH5 EnzymeProtection de Eucerin que ajuda a manter a proteção e o equilíbrio natural da pele, sua fórmula especial com solução equilibradora de Citrato pH5, Pantenol, Vitamine E e Glicerina, preserva as enzimas naturais responsáveis pela manutenção da barreira protetora e do equilíbrio da hidratação da pele.

Cetaphil Restoraderm Galderma

Hidratante para rosto e corpo para pele seca e sensível. Tem a tecnologia exclusiva que reune filagrina e ceramidas, que restauram a barreira protetora da pele. Combinam ingredientes que aliviam os sintomas da pele seca.

 

 

Trixera Avene

Cuidado diário para a pele sensível seca. Repara, nutre e acalma a pele seca, textura não gordurosa, não pegajosa. Contém Trio lipídico vegetal e Selectiose (Patente Pierre Fabre) que restaura a barreira cutânea da pele para um pele nutrida e hidratada por até 48h, e ainda Avène água termal, que acalma as peles secas irritadas e com rigidez.

XeraCalm AD Avene

Creme relipidizante que nutre a pele com ressecamento moderado e suaviza a sensação de prurido do bebê, da criança e do adulto. Possui uma fórmula multi-competente, elaborada com um ativo inovador: I-modulia® – I-modulia® : Inovação biotecnológica desenvolvida após 12 anos de pesquisa pelos Laboratórios Pierre Fabre, diminui a sensação de prurido provocada pela secura cutânea, suaviza as vermelhidões provocadas pelas irritações devidas à hiperreatividade da pele, reeduca a pele a proteger-se. – Os CER-OMEGA : reparam/nutrem a pele e reforçam o filme hidrolipídico protetor – A Água Termal Avène : suaviza, devolve o conforto e acalma a pele. A pele apresenta-se confortável, nutrida e suavizada. Não apresenta prurido. * patente registrada


 

Observações sobre os cremes hidratantes para dermatite atópica deste post

  • Este post não é uma resenha, portanto não contém minha experiência ou opinião sobre os produtos citados.
  • As descrições são das marcas. Os produtos mencionados são encontrados no Brasil.
  • Os produtos usados pela Isabela até hoje: Cetaphil Restoraderm (o único até agora com resenha no blog), pH5 da Eucerin e Fisiogel da Stiefel.
  • Mesmo que as marcas não mencionem em todos os descritivos, os produtos servem para rosto e corpo.
  • As indicações deste post não substituem a ajuda de um dermatologista, apenas complementam as informações. Quem tem dermatite atópica precisa ser acompanhado por um médico para o tratamento adequado.

 

Já fiz um post desabafo contando sobre minhas experiências com os cuidados da dermatite atópica da Isabela.

 


Algumas perguntas que são feitas no blog e que eu posso ajudar com a minha experiência – sempre lembrando que conto as experiências com os cuidados da Isabela, que são passadas pelo dermatologista, mas não indico produtos nem tratamentos. Nenhuma matéria da internet substitui o acompanhamento médico.

Quando usar pomada na pele com dermatite atópica?

As pomadas são para tratar as feridas em épocas de crise. Nunca passe os hidratantes sobre a pele machucada! Primeiro trate com as pomadas, depois hidrate para manter a pele hidratada – quanto mais a pele estiver hidratada, mais estará fortalecida contra as crises de coceira. Já usei várias pomadas e depois posso fazer um post com elas, mas é importante usar as pomadas nas quantidades especificadas pelo médico, pois são medicamentos.

Tem sabonete específico para dermatite atópica?

A maioria das linhas de produtos mencionadas neste post tem sabonetes específicos para dermatite atópica. Por enquanto no blog eu mostrei o Sabonete Cetaphil, mas posso fazer uma lista dessas com sabonetes também.

Água termal é bom para dermatite atópica?

Já passei várias vezes na Isabela quando quis hidratar a pele em períodos de crise. Como não dá pra usar hidratante por cima das feridas, ela só aceita bem a água termal nesse período.

Soro Fisiológico é bom para dermatite atópica?

Embora seja indicado para limpar e tratar as lesões, eu vou falar da experiência da Isabela: ela não suporta o soro fisiológico, segundo ela dá uma sensação de “queimadura”. Mas isso é uma reação individual.

Quando usar óleos para dermatite atópica?

Eu uso o Dersani Loção Oleosa para ajudar a cicatrizar pequenas feridas (nas feridas maiores e mais feias eu uso pomadas com corticóides, pois saram mais rápido) e dar mais alívio à pele. Ele protege mais a pele no inverno, contra aquele desconforto causado pelo frio.

Quem tem dermatite atópica pode ir para a piscina e pegar sol normalmente?

A Isabela nada em piscina com cloro, mas nunca a deixo fazer isso por 2 dias seguidos, senão é crise na certa. Nas férias ela costuma frequentar uma piscina tratada com ozônio, e com pouquíssimo cloro, e esse tipo de água é mais confortável pra ela, e pode ser usada por mais dias consecutivos. Já houve um dia em que ela ficou 20 minutos na piscina do prédio e saiu chorando devido a quantidade de cloro, então é preciso tomar muito cuidado com isso.

Quanto ao sol, ela só toma o sol “anti-inflamatório” dos horários recomendados, antes de 10h e após 16h, sempre com protetor. Este sol moderadamente sempre nunca trouxe complicações.

 

 

 

É possível evitar estrias na gravidez

Vamos trocar ideias sobre o aparecimento de estrias na gravidez!

Eu sempre faço questão de colocar neste tipo de post em primeiro lugar: não sou dermatologista, não sou profissional na área e não estou dando receitas nem fazendo afirmações científicas sobre um assunto que eu não domino. Quero passar algumas experiências, contar algumas histórias e trocar ideias com vocês, acho que pode ajudar.

 

Quando fiquei grávida pela primeira vez eu estava um pouco acima do meu peso normal, mas engordei pouco: 10 Kg. Para falar a verdade, acho que me cuidei pouco na primeira gravidez! Eu usei somente dois tubos de creme: um da Mater Skin e um Payot famoso,  o Maternité.

Como evitar estrias na gravidez Cremes

 

Não pretendo fazer resenha destes dois cremes depois de tantos anos, mas lembro-me de ter gostado. Eu costumava misturar com gotas de óleo de amêndoas, dos mais baratinhos de farmácia, e passava no corpo todo, dando ênfase à barriga, claro! E não tive estrias. Comemorei, pois foi umas foi das poucas coisas que eu pude comemorar depois da gravidez em relação ao meu corpo. Eu engordei, não voltei ao meu peso normal, meu seio ficou totalmente ferido ao amamentar, e depois nunca mais foi o mesmo, MAS não ganhei as estrias na barriga, ô vitória! 

Aí veio a segunda gravidez, 3 anos depois. Eu continuava acima do meu peso normal (já contei um pouco dessa história aqui no blog: Sobre Peso, Corpo e Emagrecimento) e novamente ganhei pouquíssimo  peso: 7kg (minha segunda filha nasceu com 8 meses, então não passei pelo 3º trimestre completo, fase em que se ganha muito peso). Estava trabalhando muito, foi uma época muito cansativa, até porque eu já não era mãe de primeira viagem, já tinha uma menina de 3 anos, mas usei meus creminhos também. Dessa vez usei cremes misturados com óleo da linha Mamãe e Bebê da Natura. 

Mas as estrias vieram…

Eu me lembro que conversei a respeito desse assunto com várias amigas que engravidaram na mesma época, e também com a minha médica. Eu tenho algumas conclusões a respeito desse assunto:

Cremes ajudam, mas se você tiver que ter estrias…terá. Conheço gente que gastou horrores com os cremes mais caros, engordou pouco, e teve estria. Alguma explicação? Genética, pele que nunca teve os devidos cuidados, idade, muita coisa, tudo junto e misturado!

Não adianta nunca ter se cuidado antes e querer que algum creme faça milagres em 9 meses. Claro que sempre é bom começar de algum ponto, então se você não costumava se cuidar antes de engravidar e quer começar agora, tudo bem. Mas não espere milagres dos cremes para gestantes, no final das contas eles não são tão diferentes dos hidratantes que você deveria usar na sua rotina.

-O cuidado com a barriga tem muito a ver com o momento da mãe com o bebê, e eu acho fundamental o ato de passar um creminho, fazer carinho, conversar com o bebê, esse momento costuma ser a realização de um sonho e é sempre bom parar um pouco. Faz parte da curtição e eu acho que deve mesmo fazer parte da rotina da gestante!

Se fosse para dar um conselho, eu falaria pra você que está grávida: quer comprar cremes para evitar estrias na gravidez? Compre mesmo! Mas compre de acordo com as suas possibilidades. Não acho que os cremes farão milagres! Se você puder comprar, compre, mas se quiser misturar um bom creme a um óleo de amêndoas, já será um bom cuidado.

Além dos que eu mostrei ali em cima, mais dois cremes são muito famosos para combater estrias na gravidez:

Como evitar estrias na gravidez Cremes

 

O Luciara, da Bayer, e o Double Action da Mustela, para prevenir e minimizar as estrias recentes, ainda vermelhas. Nunca usei, mas são dois cremes muito famosos, eu particularmente queria ter uma coleção inteira de Mustela.

 

 Espero que tenham entendido o post. Não é um post de médica para paciente, e sim de mãe pra (futura) mãe!

Eu cheguei à conclusão de que dificilmente existe um único culpado pelas estrias, como também não há um só herói quando elas não aparecem…é um conjunto de fatores, e muitos deles não podem ser mudados.

Tendo estrias ou não, curta bastante a barriga de grávida. Depois você sentirá saudades!!!

 

 

O Luciara, da Bayer, e o

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...