Clandestine EDT – Pacha Ibiza

Resenha do Clandestine feminino

Recebi o Clandestine em um press kit lindinho no Dia dos Namorados, em uma ação conjunta da Duloren e Pacha Ibiza. Já tinha visto várias vezes esse frasco fofo que tem várias versões de fragrância mas é a primeira vez que tenho um e posso usar mais vezes, conhecer melhor.

Pacha Ibiza e Duloren

(Lingerie e perfume juntos em um press kit é pra matar a mamãe do coração <3 )

Então, depois de usar algumas vezes consigo contar pra vocês um pouco mais sobre o perfume.

Cai a noite e com ela se abrem as portas da festa particular mais misteriosa da cidade. As máscaras ocultam a identidade dos convidados permitindo-lhes desfrutar sem limites desta noite clandestina. Jogos de olhares e sorrisos que convidam a ir mais longe.
Pacha Ibiza apresenta Pacha Ibiza Clandestine. Dois aromas frescos, sensuais e exclusivos para viver uma noite de luxo e mistério na qual há apenas uma regra: deixar-se levar sem limites.

Esta é a historinha que o perfume quer contar. E se ele quis ser fresco, conseguiu. Se queria ser noite, também. E ainda sensual? Conseguiu, soma mais um ponto.

Perfume de mocinha

Clandestine EDT - Pacha Ibiza

Ele é docinho do começo ao fim, mas tem nuances de cítrico (só um pouco, na saída), o frutado (saída e corpo) e floral (corpo). Não é um perfume cheio de surpresas, ele é bem linear. Tem boa projeção na minha pele, duração de mais de 4 horas, e é o tipo de perfume que eu prefiro usar à noite e não consigo usar no dia a dia de trabalho. Tem uma carinha de festa e de público jovem.

Clandestine EDT - Pacha Ibiza

As notas são:

Notas de saída: Bergamota, pera, framboesa e cassis.
Notas de coração: Rosa, frésia e heliotrópio.
Notas de fundo: Sândalo, vetiver, âmbar e benjoin.

As frutas vermelhas e a rosa são bastante evidentes o tempo todo, e misturado ao benjoim resultaram em um casamento doce e duradouro. É o que manda, o resumo do cheiro que vai ficar mais tempo na sua pele. Se por um lado não tem surpresas, por outro lado é confortável, bem carinha de menina e gostosinho para usar em uma noite romântica. E essa embalagem, como não amar esses detalhes?

Adorei saber que Pacha Ibiza é assim, gostosinho de usar. São perfumes baratos e fáceis de achar em perfumarias e farmácias, então se tiverem oportunidade peçam para sentir e conhecer.

Alguém tem um outro nome de Pacha Ibiza para me indicar também?

 

Nina Pop – Edição Limitada

Nina Pop veio para comemorar os 10 anos de Nina

Nina Pop Perfume

Olha essa novidade, gente!

Quando vi o lançamento do Nina Pop eu tinha que mostrar pra vocês! Tenho duas lindezas de Nina Ricci ( La Tentation e L’Elixir – que vai merecer uma resenha própria, que ainda não tem), e acho que são perfumes confortáveis, ultra femininos e sempre com algum toque diferente faz valer a pena conhecer. O Nina Pop é uma edição limitada comemorativa dos 10 anos de Nina, e eu vou deixar aqui o release pra vocês conhecerem melhor a história toda:

#NinaPopParty

Hoje é o aniversário de Nina.

Um aniversário pop. Uma festa de aniversário. Um conto de fadas artístico.

Hoje faz dez anos que a incrível história de Nina começou.

Ela escreve histórias com os anos que passam.

Era uma vez uma princesa que… Pare! Um conto artístico não começa com “era uma vez”. É aqui e agora. Há uma jovem sonhando com feminilidade. Uma fantasia de iniciação, que existe graças a ela, que está sonhando de olhos abertos. Uma história exclusiva com uma # e uma @. Um conto no qual você pode ir para casa quando quiser, onde as regras estabelecidas foram abaladas e você inventa seus próprios perigos.

Para seu aniversário, Nina convidou suas esperanças, emoções e desejos de ontem, de hoje e de amanhã; reuniu-os em um flash, em um piscar de olhos. A música aumenta. Nina dança. A dança brinca com emoções e viradas. A dança vive de sonhos e lembranças, do que ela era e do que será.

Dez anos passam, dez anos virão, nada importa, tudo está aqui. Nina está em busca de si mesma, revelando-se, surpreendendo-se, testando-se e se redescobrindo.

Dez anos. A eternidade no soprar de algumas velas. Nina então sopra. E este exato momento é para Nina um perfume mágico; ela se sente mais viva e livre do que nunca. Mordendo a maçã do amor. Tenha um lindo aniversário, Nina.

Estoure os pontos

Vermelho, rosa, tangerina, amarelo, azul… para seu 10º aniversário, Nina está psicodélica! Renovado pelo artista francês Coco, o famoso frasco em forma de maçã está loucamente explosivo. Sua figura em laca branca é ser revestida de uma infinidade de pontos que se mesclam, ricocheteiam e se misturam. Brilhante e festivo, este redemoinho de arco-íris dá uma aparência artística à fragrância original, e marca um momento de graça na história de Nina. O desdobramento de uma década louca com uma sensação de conto de fadas.

Nina, o “perfume mágico”

Dez anos! Esta história de amor começou em 2006, quando Nina Ricci pediu ao mestre perfumista Olivier Cresp para criar um “perfume mágico”. Nina. Um floral com coração de faceta dupla, delicadamente indulgente e preciosamente brilhante. Envolto em um véu de maçã do amor, sublimado por uma mistura arejada de frutas cítricas e base sensual de madeiras almiscaradas leves, seu traço feminino sensualmente atraiu as atenções em todo o mundo. Ao longo dos anos, esta fragrância “it” deu origem a inúmeras variações olfativas, brincando mais uma vez com suas notas com ousada inventividade.

Um pequeno nome que conta uma história inteira

A personagem Nina toma seu nome do criador da casa de moda parisiense, que é sinônimo de charme francês e feminilidade absoluta. Como personagem de um conto extraordinário, Nina sonha com feminilidade, oscilando entre fantasia e realidade, da natureza do conto de fadas de um mundo de sonhos, para o universo sofisticado de um apartamento parisiense clássico. Esta jovem muito graciosa e elegante é tão espontânea, secreta e sonhadora quanto teimosa e brilhante. Ingênua #sqn, ela é guiada por seus desejos e emoções, e é irresistivelmente atraída por uma maçã…

Um frasco cult

Esta interpretação contemporânea da maçã sensualmente cristalina, criada pela Maison Lalique em 1952 para o perfume Fille d’Eve de Nina Ricci, mostra que o frasco de Nina é mais do que capaz de se renovar. Ele é ao mesmo tempo uma assinatura e um cobiçado must-have; nunca o mesmo, mas sempre perfeitamente reconhecível; metamorfoseia-se em cada novo capítulo na história de Nina. Suas linhas, cores e materiais são reinventados. Mundos novos são explorados através de colaborações criativas ou artísticas, como com Ladurée, Swarovski, ou então com o ilustrador Lilidoll.

Notas

Floral Frutado Feminino

Notas de saída: Limão tahiti e Limão verdadeiro ou siciliano

Notas de coração: Maçã, Pralinê, Peônia e Datura

Notas de fundo: Macieira, Cedro e Almíscar

Onde comprar

Nina Pop

10ª Edição de Aniversário

Eau de Toilette 50 ml

Preços: R$ 299,00

Exclusividade lojas Renner

Noa Cacharel EDT – resenha

Noa é um perfume especial pra mim – AMO!

Conheci o Noa em 2002, e de lá pra cá ele tem sido uma companhia constante. Mesmo durante o tempo em que tentei ser mulher de um perfume só (fail total), eu mantive o Noa durante o dia revezando com o Jadore, outra paixão. Só aí a mulher de um perfume só já tinha 2, pra vocês terem uma noção do fracasso dessa ideia 😀

Noa Cacharel EDT - resenha

Noa pra mim é um clássico. Eu já experimentei perfumes que tem alguma coisa que me lembre este perfume, mas não consigo achar um que seja igual.

Notas olfativas

Notas de saída: ameixa, notas verdes, frésia, pêssego, peônia e almíscar branco

Notas de coração: grama verde, lírio, jasmin, Ylang Ylang, lírio-do-vale e rosa

Notas de fundo: coentro, sândalo, fava tonka, baunilha, café, incenso e cedro

Quando vi que sua classificação é: Floral Amadeirado Almiscarado confesso que estranhei. Como assim não é Floral Frutado? Ou pra ser mais completo Floral Verde Frutado, ou mais completo ainda: Floral Verde Frutado Almiscarado… ok, não precisa tanto, mas é que eu acho que a madeira não é um ponto tão alto do perfume (depois do Floral, claro) quanto as frutas, então essa classificação passa um peso que a madeira não tem – na minha opinião.

Noa Cacharel EDT - resenha

O Noa é o tipo de perfume que eu considero que cabe em todas as ocasiões. Do dia à noite, inclusive no ambiente de trabalho, pois não é invasivo embora não seja tão rente quanto um Infusion D’Iris. Em minha pele ele se comporta como um EDP, fixando por mais de 6 horas, e se uso antes de dormir ainda acordo cheirosa… aliás, é um dos meus preferidos para dormir, eu considero confortável e relaxante. Eu entendo que essa fixação toda é culpa dessa mistura poderosa das notas de fundo – sinceramente, só não encontro o  café – com várias notas que grudam na pele. Perfume confortável, super delicado,versátil.

Em relação ao almíscar, o Noa é o único almíscar que não me incomoda em nada. Deixa eu explicar: eu gosto de perfumes com almíscar, mas essa nota é perigosa pra mim. Se tem um pouquinho a mais, aquele “cheiro que finca” (já falei sobre isso, lembram? Cheiros podem fincar, podem ser macios, podem arranhar, ser aveludados, rsrs), eu estranho. O almíscar do Noa tem uma medida certa, e no geral eu o resumo na deliciosa combinação: flores brancas – notas verdes – almíscar – baunilha, ou seja, o almíscar está bem dosado, bem acompanhado, equilibrado.

Eu espero ter conseguido traduzir essa delícia para quem não conhece, e para quem conhece, espero ter sido justa. Há muito tempo queria resenhar o Noa no blog, mas tenho receio de resenhar meus perfumes favoritos para não ser injusta com eles, e não conseguir passar para os leitores o quanto eu gosto da fragrância, e os motivos que me levam a gostar.

Agora me contem: conhecem o Noa? Qual a sua impressão sobre ele?

United Dreams Live Free da Benetton -resenha

Conheça o Live Free, uma das versões da linha United Dreams da Benetton

Ganhei o United Dreams Live Free da Benetton entre os produtos do sorteio da Drogaria Venâncio. Quem não viu tem detalhes do Encontro de Blogueiras By Venancio e dos produtos recebidos aqui no blog!

Coleção United Dreams

Quando vi o lançamento da coleção completa no ano passado achei muito legal. Pra quem não se lembra, a Benetton tinha uma linha de fragrâncias parecida com essa, ou seja, fragrâncias de uma mesma linha, com mesmo nome, com embalagens iguais e versões diferentes. Só que eles deram um salto dessa vez: a United Dreams, coleção que veio para substituir a linha antiga, tem uma cara muito mais moderna, dá vontade de colecionar! Já experimentei o Stay Positive e achei delicioso, por isso fiquei super feliz quando vi que havia outra versão do United Dreams para eu conhecer na cesta da Venâncio. Agora vou contar pra vocês como é o United Dreams Live Free:

United Dreams Live Free da Benetton -resenha

Características e descrição das notas olfativas

Live Free é a versão floral frutada das fragrâncias. Eu achei uma fragrância extremamente feminina, mas não vejo problema em ser compartilhado. Quando experimentei pela primeira vez achei que tinha cara de verão, mas tenho usado nos dias mais frios e estou achando super gostoso, pois tem um docinho que aquece – o doce frutado é diferente, não é intenso mas também traz um aconchego, não acham?

Notas de saída: Maçã verde, Chá, Yuzu e Bergamota

Notas de Coração: Flor de Laranjeira, Cardamomo e Cyclamen

Notas de Fundo: Âmbar, Almíscar e Cedro

 

United Dreams Live Free da Benetton -resenha

A maçã verde da saída eu reconheci na hora!!!! Eu tenho muitas memórias da infância com essa nota: meus primeiros perfumes, que ganhei nos aniversários de 10, 11 anos, eram pura maçã verde, um verdadeiro purê! Algumas marcas mineiras como Água de Cheiro e L’ácqua de Fiori tinham umas versões de perfumes com essa nota, que pra mim é a cara dos anos 80. Alguém mais identifica isso?

Mas o docinho da maçã verde é acompanhado lado a lado pelas notas cítricas, o que não deixa o perfume ficar enjoativo, mas com um toque refrescante, até porque o chá e a flor de laranjeira também são bem evidentes. Procurei cardamomo, mas não achei… No final, achei uma mistura muito feliz, não é o perfume da vida, mas um bom companheiro para o dia a dia. Devo dizer que eu achei um perfume mais para cítrico do que floral frutado, pelo menos da maioria dos florais frutados que eu tenho aqui…

United Dreams Live Free da Benetton -resenha

O United Dreams fixa por aproximadamente 3 horas em minha pele, mas consigo sentir sem ficar procurando pelo perfume nas áreas onde apliquei por até duas horas, o que eu considero uma performance razoável para um EDT tão fresquinho.

Um EDT fácil de agradar, mas os perfumólatras mais exigentes e que gostam de fragrâncias poderosas vão achar apenas um divertimento. Realmente, no mundo dos perfumes ele não é uma grande criação, mas um bom produto. Conseguem diferenciar?

 

 

 

Aquolina Pink Sugar Sensual

Resenha do Aquolina Pink Sugar Sensual

Já mostrei o meu Aquolina Pink Sugaro amor das formiguinhas. Graças a uma amostrinha que ganhei da Dona Van, agora quero falar pra vocês a respeito do Pink Sugar Sensual, a versão cítrica e menos polêmica.

Aliás, chamei de versão mas preciso colocar aspas nisso aí, então leiam “versão”,ok? Não pensem que pingaram limãozinho no Pink Sugar e é isso, passa a régua e vamos pro próximo porque não é nada disso: o Pink Sugar Sensual pra mim é outro perfume, e do Pink Sugar só tem o nome e a embalagem (igual, mas com os detalhes em preto), e claro, o açúcar e a baunilha. Tá, tem muita coisa em comum, mas são diferentes, podem acreditar.

 

Resenha do Aquolina Pink Sugar Sensual

 

Pra quem tem medo do Pink Sugar e aquela presença toda, já quero deixar um aviso: não precisa ter tanto medo assim do Pink Sugar Sensual. Claro que você tem que ter uma leve tendência a gostar daquela pegada mais docinha mas vamos combinar que as outras notas da fragrância acabam fazendo com que ele seja mais aceitável, ou menos polêmico, a começar pela saída com Bergamota, Tangerina e Cassis. Sim, as 3 de mãos dadas, impossível não perceber as 3!

Quer mais uma nota boa de público e renda? Jasmin. Também tem! E Flor de Laranjeira – mas tenho que ser sincera, no meio de tudo isso por mim passou batido. E aí vem o açucar e a baunilha, mas quer saber? Não metem medo em ninguém, mesmo fazendo com que o perfume, no final das contas, seja famoso por ser um perfume doce.

 

notas de saída: Bergamota, Tangerina e Cassis ou groselha preta

notas de coração: Jasmin, Flor de Laranjeira africana e Tiaré

notas de fundo são Sândalo, Baunilha e Açúcar

 

Estão vendo como as notas que compõem a fragrância estão presentes em muitos perfumes de sucesso, e a mistura que me veio a cabeça foi 212 com Fantasy (mas um Fantasy desmaiado, por favor, kkkkkk!). Forcei a barra? 😀

Eu gostei, mas tenho certeza de que já senti algo parecido por aí. Outra coisa que me decepcionou um pouco foi a fixação: 3 horinhas, apenas… queria mais, esperava mais. Já que o Pink Sugar é perfume pra um dia inteiro, achei que o Pink Sugar Sensual também seria, mas em pouco tempo ele fica bem rente a pele, e some depois de 3 horas (em minha pele, ok?).

Agora me contem, vocês seria team Sugar ou team Sensual?

 

 

 

 

La Tentation de Nina de Nina Ricci: resenha

La Tentation de Nina: perfume que dá vontade de comer!

Hoje o perfume é quentinho: estou usando e abusando do La Tentation de Nina de Nina Ricci nesse friozinho que chegou!

Este perfume chegou no último dia de 2014, e eu já sabia que teria que esperar o verão passar para curtir como eu queria. Definitivamente ele não é para dias quentes!

La Tentation de Nina de Nina Ricci: resenha

Não dá pra ignorar a lindeza desse frasco, que fez com que a minha filha chamasse o La Tentation de “O Perfume da Branca de Neve”, 😀 😀 😀  O tom de rosa bem “cheguei” já dá uma pista sobre a feminilidade da fragrância, que é bem sensual, toda trabalhada no “gourmet”. Eu imagino a composição deste perfume como uma receita de sobremesa de um grande chef.

Vou colocar as notas e depois falar um pouco das minhas sensações com o La Tentation de Nina:

Notas de saída: Bergamota

Notas de coração: Macarrons, limão siciliano, amêndoa, rosa búlgara e framboesa

Notas de fundo: Baunilha, almíscar branco e sândalo.

 

Se você acha que o fato de ter bergamota e limão siciliano dão ao perfume algum toque de frescor, já posso começar dizendo que não é para isso que as notas cítricas estão aqui. O cítrico tempera a sobremesa, quebra um pouco o doce – só eu sinto o caramelo, que aliás ele nem tem???- o que o deixa um pouco mais adulto. Talvez sem o cítrico ele seria tão menininha quanto o Pink Sugar!

La Tentation de Nina de Nina Ricci: resenha

 

Estou aqui pensando se seria um exagero dizer que o perfume gira em torno do macarron… mas é quase isso, não tem como negar. Macarrons com amêndoas quentinhas, baunilha, e um toque da framboesa e da rosa (essas duas últimas beeeem coadjuvantes, mas se fazem presentes. Eu só percebi depois que li a composição, e deu pra identificar um pouco).

A fixação em mim é excelente: mais de 6, 7 horas. Passo à noite e acordo com o travesseiro carimbado <3 Ele também deixa rastro, e deve ser usado com moderação. Perfeito para noites românticas, meio proibitivo para dar de presente, pois não imagino que seja um perfume fácil de agradar a todos. Nem todo mundo gosta de fragrâncias gourmet. #ficadica

Eu vou aproveitar bastante esse inverno para tirar os meus quentinhos do fundo do armário, estou adorando isso!!!

Já conhece o La Tentation de Nina?

 

Resenha do Essence Eau de Musc Narciso Rodriguez

Essence Eau de Musc Narciso Rodrigues: eu tinha tudo pra gostar…

Engraçado como um perfume pode reagir de maneira tão diferente na pele de cada um. Você já escutou alguém dizendo que odeia um perfume que você ama? Para mim, essa reação do perfume na pele é o fator que mais pode explicar isso, além dos fatores subjetivos, pois o perfume pode ter alguma nota que remete à alguma lembrança ou pessoa desagradável…

Bom, no caso do Essence Eau de Musc Narciso Rodriguez  Eau de Toilette eu não vejo motivos subjetivos que possam ser capazes de me fazer não gostar do perfume, pois ele tem tudo de que eu gosto:

Resenha do Essence Eau de Musc Narciso Rodriguez - composição

Notas de saída: íris e rosa

Notas de coração: almíscar

Nota de fundo: âmbar

 

Ganhei uma amostra desse perfume e na primeira borrifada eu estranhei demais! Comentei isso na página do blog no Facebook e muitas pessoas ficaram curiosas, outras estranharam minha opinião, por isso já experimentei outras vezes em diversas situações para poder falar sobre ele aqui.

Eu identifiquei o que me incomodou no perfume e vou tentar explicar. Pra isso eu vou bagunçar a descrição do perfume todinha,veja como eu o sinto:

Na saída eu sinto o almíscar e a rosa, sendo que o almíscar toma conta do meu nariz – aquele “cheiro que finca” e chega a querer provocar uma pontada de dor de cabeça – e a íris que começa a aparecer depois de alguns minutos e é o que fica na minha pele por mais tempo. Aliás, com uma ótima fixação, cerca de 5 horas, até mais. Resumo da ópera: foi a saída que incomodou!

Depois de um tempo de aplicado o perfume se acomoda na pele deixando um toque assabonetado, limpo e tranquilo, mas embora ele seja famoso por ser comparado ao Prada Infusion DÍris eu quero deixar minha opinião: Eu acho a íris do Prada Infusion D’Iris mais discreta, calminha e chique, enfim, melhor.

Já cheguei a uma conclusão: percebi que é um perfume bom, e eu só não compraria por causa dessa estranha sensação que ele causa no início. Fiquei com uma dúvida: será que a versão original do Essence Narciso Rodriguez seria mais adequada pra mim,  com menos almíscar? Afinal esta versão se chama “Eau de Musc” por ter o almíscar como destaque. Isso não costuma ser problema pra mim, mas neste perfume foi O problema.

Bom, como sempre digo aqui: eu estranhei mas ele pode se mostrar diferente pra você, então se você é curiosa em relação ao perfume, experimente sim!

Esta não foi a primeira vez que isso aconteceu comigo. Em 2013 aconteceu algo parecido com o Elie Saab Le Parfum, veja o que eu conto na resenha! Por isso, ao experimentar um perfume deixe que ele converse com você. Espere que ele conte toda a sua história, pode ser que você se surpreenda no final…

 

Agora me conte, isso já aconteceu com você?

 

Omnia Crystalline Bulgari

Resenha do Omnia Crystalline da Bulgari

Demorei a falar sobre o Omnia Crystalline, eu sei. Por ser um dos meus perfumes favoritos, daqueles que eu mais tenho vontade de usar toda hora, merecia um post há muito tempo, mas sabe quando você gosta muito de um perfume e quer caprichar na descrição? Acho que este é o caso.

Resenha do Omnia Crystalline da Bulgari

Da linha Omnia que eu já experimentei até hoje, é a fragrância de que eu mais gosto. Tenho também o Omnia Green Jade, veja a resenha no link. Se você está pesquisando sobre o perfume já começo te parabenizando pela intenção, pois Bulgari é sempre uma boa pedida.

Resenha do Omnia Crystalline da Bulgari

Nada melhor do que o nome Crystalline para começar a descrever a fragrância: ela é leve, limpa, transparente. Um pouco de cítrico, um pouco de almíscar, um pouco de fruta, tudo sem agredir, uma mistura rica e fina. Fácil de agradar, mas sem cair na mesmice.

É muito provável que ao usá-lo você não deixará rastros, mas deixará lembrança em quem o sentir em você. Este é o tipo de perfume que eu acho adequado para o trabalho, principalmente em ambientes formais onde o seu perfume não precisa (nem pode) aparecer mais do que você. Embora seja uma fragrância contida, não é tão rente quanto o sutil Infusion D’Irisou seja, outras pessoas além de você mesma irão perceber algo especial no ar, e prepare-se para responder, pois vão te perguntar que perfume está usando. Mas no bom sentido!

Resenha do Omnia Crystalline da Bulgari

 

Notas de saída: bambu e pera

Notas de coração: Lotus, Cássia e chá

Notas de fundo: Almíscar, Musgo e madeira balsa

 

A fixação em minha pele é excelente, superior a 5 horas, ótimo para um EDT, uso em dias quentes, durante o dia ou à noite. O Omnia Crystalline, para mim, é como o Noa, de Cacharel, quando acaba eu preciso de outro…

E você, já conhece o Omnia Crystalline?

 

 

 

 

Flower By Kenzo Legère EDT

Resenha em vídeo do Flower By Kenzo Legère, uma versão mais suave do buquê floral Kenzo

Neste fim de semana me deu vontade de voltar a gravar algumas resenhas em vídeo,  e a primeira ideia que tive foi falar de perfume. Como nas últimas semanas eu estou usando o Flower sem parar (o que deu em mim, gente!) não pensei duas vezes. Além do vídeo também vou escrever algumas coisas aqui no post, afinal nem todo mundo pode assistir o vídeo porque está no trabalho, etc. Aí depois de ler o post e matar a curiosidade, veja o vídeo também – e dê aquele joinha que ajuda a blogueira a divulgar 😉

Já namorei o Flower EDP várias vezes, mas ele era um perfume que estava na minha lista atrás de vários outros, aí eu acabava investindo nos outros. Até que apareceu essa versão Light e eu pude experimenta na loja. Dei uma voltinha com ele, e aproximadamente 1 hora depois voltei pra comprar (aliás, essa é uma ótima dica pra comprar seu perfume em loja, viu? Se estiver no shopping, borrife o perfume na pele, dê uma voltinha e tente perceber como se sente usando aquele perfume).

 

Flower By Kenzo EDT Legère

 

Não me arrependi! Como fã do Flower EDP, reconheço que a versão Light está longe de ser o perfume da vida de alguma pessoa, mas o que aconteceu comigo foi que eu reconheci nesta versão uma possibilidade de me lembrar do Flower EDP, mas dentro da minha realidade quente e úmida de Niterói. Pois é, aqui não é terra pra usar todos os perfumes que eu tenho vontade de ter…

 

Flower By Kenzo EDT Legère

 

Enfim, a versão Legère foi uma saída pra mim, e pode ser para quem busque um perfume feminino,romântico,  um floral atalcado fresco, com um almiscar que passa dando um oi do outro lado do passeio. Só assim, de longe. Por outro lado, a rosa te pega pela mão e vai com você do começo ao fim.

 

Flower By Kenzo EDT Legère

Posso com esse frasco que imita um vaso solitário? ♥

 

 

Notas de cabeça: Rosa da Bulgária, espinho selvagem, violeta de Parma e cássia.
Notas de coração: Baunilha, almíscar branco e opopónaco (mirra doce)
Notas de fundo: Hedionda e ciclosal

O resto eu falo no vídeo! Até que pra quem achava que não teria muito o que falar do perfume (eu mesma), arrumei assunto pra caramba.

 

Eu espero que tenham sacado a essência do que eu quis passar. Tenham paciência, estou treinando pra ser Youtuber agora, hahaha!

<3

 

 

 

 

Resenha: Samsara de Guerlain

Fiquei um bom tempo pensando no que falar a respeito do Samsara de Guerlain…

resenha perfume Samsara EDT eau de toilette

 

Graças a uma amostra (uma entre tantas!) que recebi da Dona Van pude matar meu desejo de conhecer 0 Samsara, versão EDT. Quando eu tinha 15 anos e fui comprar meu primeiro perfume importado, experimentei o Samsara (na Mesbla, quem lembra??? Pois é, sô véia!) e  me lembro perfeitamente do susto que eu tomei. É bem provável que eu tenha experimentado o EDP, o que explicaria melhor minha reação. É, eu não tinha cacife pra sair ostentando um Samsara (era muita areia pro meu caminhãozinho)…

Quando as amostrinhas da Van chegaram fui direto nele! Mas quis experimentar bastante antes de resenhá-lo, então vamos ver se eu consigo não ser muito rasa…

Coloquei na montagem as notas que estão no Fragrantica:

 

Notas de saída: Notas verdes, Pêssego, Ylang Ylang, Bergamota e Limão Siciliano

Notas de coração: Íris, Violeta, Raíz de Orris ou Lírio Florentino, Jasmin, Rosa e Narciso 

Notas de Fundo:  Sândalo, Fava Tonka, Âmbar, Almíscar e Baunilha

Versão Eau de Toilette, mas comportamento de Eau de Parfum em minha pele: ótima fixação, projeção, rastro. É um perfume adulto, sem dúvida, e quente. Das notas iniciais meu nariz ficou tão impregnado pelo Ylang Ylang que eu não senti nenhuma outra, pra falar a verdade, e em poucos minutos aparece o jasmin, atalcado pela íris… Agora sim, mesmo se ninguém dissesse você desconfiaria que se trata de um Guerlain. Quando as notas de fundo tomam conta o perfume fica mais adulto ainda: baunilha e fava tonka aqui tem outra cara, longe de serem menininhas-adolescentes-cor-de-rosa. Isso por causa do Sândalo, que deixa o perfume amadurecido (quando digo que é um perfume adulto não confundam com perfume da vovó, por favor!), quente, gostoso para o inverno. Comecei a experimentá-lo nos dias “frios” (e bota aspas no clima frio daqui!) e deu pra curtir. Clima de romance no ar!

Hoje sim, eu mereço namorar a versão EDP do Samsara. Só que é bem provável que eu compre esta versão EDT, para aproveitá-lo mais onde eu moro.

Procurei descrever o Samsara com o respeito que ele merece. Não costumo falar de perfume com a profundidade de quem ensina Teologia, mas do meu jeito simples eu espero ter traduzido um pouco dessa riqueza pra vocês… 

 

*Já agradeci, mas nunca é demais: obrigada, Van querida!

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...