Hidratante de Banho Nivea Milk x Soft Milk resenha

Hidratante de Banho Nivea – resenha e comparação de 2 versões

Estou usando Hidratante de Banho Nivea desde o verão: em dezembro recebi o Hidratante de Banho Nivea Soft Milk e há pouco tempo a assessoria me enviou o Milk. Todos os anos eu abro a temporada de hidratante de banho no inverno, mas neste ano eu consegui usar algumas vezes no verão pois além de querer experimentar o mimo da assessoria eu estava praticando muita natação e achei que seria bem útil pra mim. Agora estou usando de novo por gostar desse tipo de produto no inverno, acho muito necessário pra enfrentar o frio!

Hidratante de Banho Nivea Milk e Soft Milk - resenha e comparação - qual é melhor?

Neste post vou mostrar como são os dois produtos e comparar a ação de cada um na pele. Será que tem diferença na hidratação da pele entre um e outro? Qual dos dois escolher? Vou tentar responder essa pergunta até o final, então vou começar pelas semelhanças:

Hidratante de Banho Nivea Milk e Soft Milk – o que eles tem em comum?

Os dois hidratantes de banho são feitos para usar da mesma maneira:

  • Após usar o sabonete de banho normalmente, aplique o produto sobre todo o corpo na pele molhada e deixe sobre a pele por alguns segundos
  • Enxágue
  • Seque o corpo normalmente

Ambos deixam o piso do box escorregadio – meu box fica como se tivesse uma cera por cima do piso, então já deixo a esponjinha de prontidão pra não deixar ninguém escorregar. Aliás, deve-se evitar passar o produto na sola dos pés por esse perigo mesmo.

A ideia de se usar o hidratante na hora do banho é devido ao fato de a pele absorver o hidratante mais rapidamente, e a Nivea diz que não é necessário usar hidratante em creme após o uso desses hidratantes de banho. Ambos deixam uma sensação nítida de película sobre a pele e tem um cheiro muito discreto – você apenas reconhece a fragrância se cheirar bem de pertinho, mas eles não são capazes de te deixar perfumada.

A embalagem dos dois é igual, só muda a cor: são de plástico, com tampa Flip-Top dessas que ficam de cabeça pra baixo. O Soft Milk é o azul Claro e o Milk é o azul escuro, padrão  do Creme Nivea da Lata Azul.

Hidratante de Banho Nivea Milk e Soft Milk - resenha e comparação - qual é melhor?

Hidratante de Banho Nivea Soft Milk

Usei a maior parte do Soft Milk antes de começar o frio, mas não foi um produto de uso diário. Ele foi muito útil nessa época em que nadei bastante (lembram que eu contei que a natação também foi o motivo de eu ter feito a rotina Low Poo? Pois é, o cloro ataca cabelo e pele, claro!), mas não a ponto de eu querer usar todo dia. Preciso confessar que tem dia que me dá preguiça de saber que tenho que limpar o box depois do banho…

O componente que diferencia o Nivea Soft Milk é a manteiga de Karité, que é um ingrediente clássico em cosméticos pois hidrata e deixa a pele macia e nutrida. É indicado para todos os tipos de pele – então este aqui seria a versão mais suave do Hidratante de Banho. Sua textura, ao espalhar na pele, é menos densa e se aproxima mais de um gel creme.

Hidratante de Banho Milk

Esta é a versão mais “pesada” do Hidratante de Banho, com óleo de amêndoas. Tem a textura mais densa, é mais cremoso, mais parecido com um hidratante de pele da Nivea (da linha Azul) e também deixa aquela película sobre a pele. É um pouco mais “melado” que o Soft Milk na hora de passar, mas essa sensação não fica na pele após o enxágue e com a pele seca.

É indicada para pele seca, assim como o Hidratante da linha Azul da Nivea.

Se você tem pele seca dá uma lida no post onde eu indico os sabonetes para pele seca, ajuda a complementar a hidratação da pele!

Hidratante de Banho Milk ou Soft Milk, qual é melhor?

Já usei os dois produtos em dias separados e tentei fazer um esforço para definir qual o melhor. Eu queria dar uma resposta mais prática e objetiva aqui, e de preferência com uma justificativa, algo como: o hidratante de banho X é melhor porque………………………………..

Mas não tem jeito.

Na prática, os dois deixam a pele com a sensação de película no final. Duram o mesmo tempo. Tem o mesmo cheiro final. Mesmo que a textura do Soft Milk seja ligeiramente mais leve (ou menos densa) que o Milk, depois do enxágue isso não faz diferença.

A Nivea diz que não precisa usar hidratante no corpo após usar o hidratante de banho, e no verão eu realmente não usei. Agora, em alguns dias eu preferi passar um hidratante nas pernas. Mas dá pra manter a hidratação da pele se fizer uso contínuo sim, sem precisar de hidratante depois.

Resumindo,  eu não achei o Milk tão mais potente do que o Soft Milk, talvez porque agora minha pele não esteja severamente ressecada pois já estava sendo preparada antes, pode ser isso. Então, para a minha necessidade, eu vejo resultados iguais nos dois produtos.

Então, como última tentativa de dar uma ajuda mais efetiva:

  • Se sua pele está severamente ressecada, precisando de um HELP: compre o MILK já que ele é o indicado pelo fabricante para pele seca.
  • Se sua pele está normal, sob controle, e você só quer ter a opção de um hidratante para banho: compre qualquer um dos dois. Tomara que você encontre algum deles na promoção, assim o preço ajuda a escolher, né?

Onde comprar e preço

Hidratante de Banho Nivea Milk e Soft Milk são encontrados em farmácias, lojas de departamentos, lojas de cosméticos, supermercados, tanto lojas físicas quanto online. Ambos vem com 250ml e custam em média R$15,00.


 

Agora me conta: já usou um desses hidratantes de Banho da Nivea? Ou os dois? Conseguiu escolher um preferido? Me contem nos comentários, quero saber se foi só eu que não percebi diferença no resultado final…

Sabonete de Glicerina Granado Líquido para rosto e corpo!

Sabonete de Glicerina da Granado – para pele oleosa, seca, é bom para todos!

Comentei no post dos sabonetes para pele seca que eu troquei o sabonete da Isabela por esse Sabonete de Glicerina Granado Lìquido, e que comprei para mim também. Todo inverno eu faço alterações na minha rotina para melhorar hidratação e proteção da pele, e sabonete líquido é uma opção melhor do que a versão em barra, por ter o pH mais próximo do fisiológico e agredir menos a pele (sem prejudicar a limpeza).

Sabonete de Glicerina Granado é um daqueles produtos clássicos, quem não conhece precisa ver. Sou fã dessas embalagens vintage, aliás, de todo o cuidado da marca com o visual dos produtos e das lojas, que são as mais lindas.

Hoje vou mostrar o Sabonete de Glicerina Granado Líquido Ylang Ylang, uma das 6 opções de fragrâncias dessa linha, e pra mim é o mais clássico deles – lembra perfume de vó, Chanel N°5 , cheiro clássico.

“…possui propriedades antioxidante e tonificante…Flor das flores” o Ylang Ylang é um dos perfumes mais exóticos do Oriente. Nas Filipinas é usada como enfeite por mulheres, pois acredita-se no seu grande poder afrodisíaco”

*descrição da Granado

Sabonete Glicerina Granado Líquido resenha

Sabonete Glicerina Granado Líquido Ylang Ylang

Sabonete de Glicerina existem vários. A glicerina é um ingrediente hidratante que faz parte de muitos cosméticos – hidratantes, condicionadores, sabonetes, shampoos – e funciona tanto como umectante como por barreira protetora, ou seja, forma uma camada sobre a pele que retém a água da pele. A glicerina da Granado é de base vegetal (aliás essa linha toda não possui ingredientes de base animal).

Sabonete de Glicerina Granado pode ser usado em pele oleosa?

A gente já sabe que pode ser usado por quem tem pele seca, mas e quem tem pele oleosa, pode usar esse sabonete de Glicerina Granado? PODE. Não tem problema nenhum.

Ele limpa de maneira eficaz  e sem agredir –  não é porque a pele está oleosa e com acne que você tem que limpar com bucha e com produtos abrasivos!

A diferença é que ele não tem ativos que irão tratar a oleosidade: os sabonetes específicos para pele oleosa tem ativos que podem tratar a qualidade do sebo, fazer uma esfoliação química que elimina células mortas e ajudam a fechar os poros, enfim, cuidam de outros aspectos. Porém, se sua pele anda sensível, se você tem sentido o efeito rebote (que acontece muito por excesso de limpeza agressiva), é o caso de pensar em trocar de sabonete, mesmo que seja por um tempo curto – CONVERSE COM SEU DERMATOLOGISTA, sempre!!!

Depois de usar você provavelmente não vai sentir a pele super sequinha como acontece quando usamos aqueles sabonetes com ácido salicílico, LHA, zinco, etc, mas a pele estará limpa, e isso é que é o importante. Então ele pode ser usado por quem tem pele oleosa sim, inclusive pele com acne, mas cada caso é um caso, e para saber se ele pode entrar na sua rotina de cuidados depende de muita coisa, por isso tem que ver com seu médico, ok?

No caso de quem tem pele seca e sensível, ele é ótimo também – minha mãe usa há anos, e a Isabela tem experimentado agora, que está com a pele mais forte devido a um tratamento especial que está fazendo para sua dermatite atópica (que será assunto no blog quando puder falar melhor sobre resultados).

Sabonete Glicerina Granado Liquido

Onde comprar e preço

Essa linha de Sabonete Glicerina Granado Líquido tem 6 fragrâncias e podem ser encontrados nas lojas da Granado, farmácias, e até alguns supermercados. O preço varia muito: o preço oficial dessa embalagem na Granado é R$19,00 a embalagem com 300ml, mas eu comprei em uma promoção no Pão de Açúcar por R$12,00, então como eu sempre digo: vale a pena pesquisar sempre!

 

 

Sabonetes para pele seca – rosto e corpo

Sabonetes para pele seca – para limpeza de pele sem agressão

Andei procurando e pesquisando bastante sobre sabonetes para pele seca – principalmente por causa da Isabela, mas como o inverno começou eu sinto necessidade de usar no banho também. No caso da Isabela, vocês já sabem, pele seca e sensível, com dermatite atópica, e no inverno não pode dar mole. Ela estava usando o sabonete Cetaphil barra mas como ela já foi para Belo Horizonte no início de maio eu troquei seu sabonete para um sabonete líquido da Granado.

Sabonete para pele seca – barra ou líquido?

dermatologista da Isabela não restringe o uso do sabonete em barra, e eu até compro por causa do preço, mas em certas situações eu não abro mão do sabonete líquido. No inverno em BH eu vou manter a rotina com sabonete líquido pois acho muito melhor.

Quando fui pesquisar as opções de sabonete para pele seca, percebi que existe um fator que pode explicar minha preferência pelos sabonete líquido, que é a questão do pH. Pois é, desde que entendi e continuo pesquisando sobre a influência do pH dos cosméticos na pele eu entendo cada vez mais as necessidades da minha pele e da Isabela.

LEIA O POST: O pH DA PELE

  • O pH da pele seca é muito baixo, então a pele seca é extremamente ácida. Uma pele normal e sadia tem o pH entre 4,5 e 6 (varia de acordo com alguns fatores, como gênero por ex)
  • O Sabonete líquido tem pH neutro ou ligeiramente ácido, que é o pH natural da nossa pele, o que significa que limpam sem agredir a nossa camada lipídica natural e protetora.

Quanto mais alto o pH do sabonete, mas ele é agressivo e retira a nossa barreira protetora, com a microflora natural que defende a pele das agressões. Mas não é só o pH que é importante em um sabonete para pele seca. Os tensoativos (responsáveis por retirar a sujeira) devem ser suaves e de preferência devem conter ativos hidratantes e (de preferência) calmantes.

10 Sabonetes para pele seca

A maioria sabonetes dessa lista já foram usados por mim ou pela Isabela, por isso tem uma mistura entre sabonetes para pele seca e sabonetes para pele sensível.Os que não usamos foram recomendados pelos dermatologistas (sim, ela já teve vários) e sempre que posso vou comprando marcas diferentes, depende muito dos preços que eu encontro.

10 sabonetes para pele seca - sabonete líquido pele seca

 

  • Neutrogena Ultra Gentle – 354ml –  R$70,00
  • Gel de Limpeza Moderm – 120g –  R$30,00
  • Creme Soft Nivea – R$9,00
  • Epidrat Sensi Mantecorp SkinCare – 60g – R$45,00
  • Cetaphil Loção de Limpeza – 300ml –  R$70,00
  • Sabonete de Glicerina Granado – 300ml – R$15,00
  • pH5 Syndet Eucerin – 250ml – R$55,00
  • Skin Sec Darrow – 140ml – R$40,00
  • Aveeno Skin Relief – 354ml – R$25,00

Sabonetes para rosto ou corpo?

Já perguntei aos dermatologistas se os sabonetes que eles recomendam para a Isabela podem ser usados no rosto e no corpo, e todos eles dizem que sim.

Mas eu não uso todos esses no rosto e no corpo por um critério muito simples: o econômico! Quando invisto muito no sabonete acabo usando no rosto, e os mais baratos são para o rosto e para o corpo.

Atualmente estou usando o Sabonete Líquido Glicerina da Granado – Isabela está com o de Calêndula e eu com o Ylang-Ylang – em breve mostro aqui! Está fazendo super bem, eles tem pH entre 5,0 e 6,5, tem os extratos vegetais, e encontrei num preço bom, está funcionando bem.


 

Espero que este post ajude quem está precisando de cuidados extras com a pele, especialmente no inverno. Eu tenho pele do rosto oleosa, não consigo usar normalmente esse tipo de sabonete no rosto, mas no corpo eu acho que é ótimo para o inverno – a pele já começa a ficar hidratada no banho! E você, tem algum para recomendar? Use os comentários para deixar sua dica também.

Veja também os hidratantes para dermatite atópica que eu listei no blog, vale a pena!

Bicarbonato clareia a pele? LEIA ANTES DE USAR!

Bicarbonato clareia a pele? Você precisa ler isso antes de usar!

Já viu pela internet as receitas com bicarbonato de sódio para clarear a pele? Pois é, elas existem aos montes. E pior: no Youtube, são milhões de visualizações em vídeos com receitas variadas: bicarbonato com limão, com Leite de Rosas, com água, com água oxigenada, com mel, clara de ovo, com tudo!

Eu vou falar sobre vários aspectos neste post para ser o mais clara possível, então prestem muita atenção e tirem suas conclusões!

Estou partindo do princípio, como sempre, que quem pesquisa sobre algum assunto antes de fazer já tem inteligência o suficiente para analisar e decidir. Vamos lá!

Bicarbonato clareia  a pele mesmo?

Sim, clareia.

É verdade que ele deixa a pele mais clara – do rosto, da virilha, dos joelhos, de qualquer área escura da sua pele. FATO. Ele é um ativo extremamente alcalino, faz uma esfoliação forte e com isso retira células mortas que escurecem a pele.

Quer você sinta ou não dor ou ardência, ele provoca uma agressão em sua pele. O fato de você não sentir não significa que sua pele não foi agredida, mas sim que você tem a pele mais resistente à substâncias alcalinas, e isso é comum.

Tanto é que algumas pessoas sofrem alergias a alguns ativos cosméticos que esfoliam, como ácido salicílico, e outras não. Normal.

Mas não pare por aqui, continue a leitura e faça esse favor a você mesmo.

Seria muito bom ler o post onde eu conto qual é o pH da pele e entender o que fazem os produtos ácidos e os produtos alcalinos na pele.

O que pode acontecer com sua pele após uma agressão, como essa feita pelo bicarbonato?

Após uma agressão, sua pele irá sofrer uma inflamação, e pode resultar em uma mancha pior do que aquela que você conseguiu tirar como resultado dessa inflamação. Guarde essa informação antes de seguir.

“Ah, mas eu fiz, fulana fez, e deu certo, e não teve mancha!”

Calma, que eu vou chegar lá.

Agora vou abordar um outro aspecto para você juntar a isso que eu já falei:

Onde você leu sobre o bicarbonato na pele?

bicarbonato clareia a pele

Agora sim, vou falar sobre uma coisa que não vi ninguém falando até agora.

Se você já procurou sobre o assunto no Youtube, deve ter visto vários vídeos com esses títulos, ou algo parecido:

  • CLAREIE SUAS MANCHAS COM MENOS DE 10 REAIS
  • BICARBONATO E ÁGUA PARA TIRAR MANCHAS NA PELE
  • CLAREAMENTO DE PELE COM BICARBONATO E LIMÃO
  • SUA PELE LINDA EM 2 DIAS
  • FIM DO MELASMA GASTANDO POUCO
  • RECEITA CASEIRA PARA ACABAR COM O MELASMA

Fala sério, hein? Quem não quer clicar nessas promessas todas? Quem tem manchas na pele sofre com isso, tem sérios problemas de auto estima, gasta ou já gastou horrores com tratamentos, é um alvo certo para esse tipo de vídeo. Com certeza vai clicar, assistir, e quase certamente vai seguir a receita. Os criadores de vídeos já descobriram que este é um assunto que tem audiência.

Acontece que tem um lado nessa história que muita gente não sabe.

Por trás de muitos vídeos e muitos sites que aparecem no Google existem verdadeiros autores fantasmas. Sabe o que é isso?

  • Nem sempre a fonte das informações que aparecem lá no topo da busca são confiáveis. Quem escreveu aquilo pode nem saber o que está falando.
  • Existem sites em que o autor nem aparece. Nem tem foto, ou a foto é falsa, é só um laranja.
  • Existem sites que contratam freelancers só pra ter vários posts escritos ali e terem vários assuntos para serem clicados. É profissão hoje em dia! Esses freelancers podem ser jornalistas, nerds, ou qualquer pessoa. Não significa que quem vai escrever sobre pele seja um dermatologista, entendeu?  Você pode estar seguindo uma dica de um “caixa de supermercado” que trabalha com isso à noite pra completar a renda. (Não estou depreciando o caixa de supermercado, só dei um exemplo que poderia ser qualquer coisa)

TODA VEZ QUE VOCÊ CLICA EM UM SITE, OU ASSISTE UM VÍDEO NO YOUTUBE, ALGUÉM ESTÁ GANHANDO DINHEIRO COM O SEU CLIQUE.

Eles só querem que você clique, e eles ganham acessos, e dinheiros dos anúncios.

“Ah, mas eu conheço a blogueira que faz e usa!”

Se ela usa, dá certo pra ela (e isso acontece porque ela tem uma pele resistente) ela tem que no mínimo avisar que existem riscos sérios de fazer esse procedimento. E quem tem melasma tem a pele mais suscetível a manchas com vários produtos, imagine com uma gambiarra dessas.

Compromisso? Pra que?

E se alguém se queimar toda com uma receita dessa, pra quem vai pedir ajuda? Não é da conta do autor do site, ou do vídeo.

Tem muitos vídeos em que o dono do canal nem aparece. E tem vídeos de Youtubers famosos, e pra mim quem passa essa receita e não fala dos riscos é irresponsável. Ponto.

Podem até contar da sua experiência pessoal, mas tem que avisar dos riscos que são graves, e são sérios.

Lá vem a Luciana falando de novo que não gosta de receita caseira!

Pois é, eu sou a chata da internet.

Falei contra fazer Microagulhamento em casa e recebi várias críticas.

Falei contra usar Redoxon no rosto – mais críticas.

 

E toda vez que uma receita caseira acarretar em riscos eu vou falar sim, porque eu tenho responsabilidade. Eu sei quantos milhares de pessoas por dia buscam por informações sobre cura do melasma e caem aqui no blog. E se fosse comigo? E se fosse a minha filha? Ninguém pensa nisso né?

E tem mais, não acabei ainda.

Eu gosto de receita caseira, já mostrei aqui no blog e faço várias outras. Só que não acarretam riscos nenhum.

O que dizem os médicos e profissionais da área sobre o Bicarbonato no rosto?

Todos os profissionais da área que eu ouvi são contra o uso do Bicarbonato na pele. O máximo que eu encontrei foram algumas opiniões em que ele seria usado em esfoliações semanais, mesmo assim misturados a outros ativos que acalmariam a pele para não ser muito agressivo. E mesmo assim, gente:

Médicos trabalham com segurança – existem tantos ativos cosméticos comprovadamente mais seguros para fazer esfoliações e peelings, pra que eles iriam usar bicarbonato e correr riscos?

“Você é contra usar bicarbonato porque você pode ir a um médico”

“Você tem parceria com dermatologista, por isso tá defendendo” – e não, não tenho parceria. Já tive, pra fazer alguns procedimentos, e deixei bem claro nos posts. Eu sei que é difícil ir a um médico, e é bem mais fácil e barato procurar dicas na internet. Mas pelo menos siga as dicas inócuas. Com esse tipo de coisa você pode piorar a sua situação!

Se você até hoje não teve um profissional em que confiasse, uma pena. Mas minha opinião é que a faculdade de medicina que eles frequentaram vale alguma coisa, pelo menos vale mais que a fonte de informação do youtuber fantasma.

Se você prefere acreditar nas blogueiras, youtubers, e escritores fantasmas da internet, não vou tentar te convencer… Mas se ainda quer pensar sobre o assunto, continue lendo o post:

“Vi muita gente comentando que usa bicarbonato para clarear a pele e funcionou”

Sim, mas pode ter acontecido duas coisas: ele comentou no dia que usou e funcionou, e depois de algum tempo, quando a mancha voltou, ele não voltou pra contar.

Ou então a pele dele tem uma resistência à abrasão – mas nem isso é por muito tempo, pode ser resistente agora, mas se ele continuar fazendo isso essa resistência toda acaba!

“Bicarbonato é mais acessível. Esses dermocosméticos clareadores de manchas são muito caros!”

Concordo, são caros mesmo. E meus olhinhos também brilham quando eu vejo a possibilidade de fazer alguma coisa pagando menos.

Mas tem que ter um limite, né gente?

Se você tivesse 100% de certeza de que iria dar certo, tudo bem. Mas melasma não tem cura, tem controle. E bicarbonato, além de não curar, pode te deixar pior do que está hoje.

Você faria mesmo se soubesse que pode ficar pior do que está?


 

Pois é, pra mim chega, já escrevi demais.

Como eu disse no início, se você está pesquisando, já tem aqui o outro lado da história.

Já tem gente demais mandando fazer, alguém tem que ajudar a refletir, né?

Podem começar a criticar minha postura em 3,2,1… tô acostumada. Mas seu conseguir fazer uma pessoa pensar sobre o assunto eu já fico feliz em ter feito meu papel.

 

 

 

Creme para olhos da Chanel – resenha

Creme para área dos olhos Chanel – Ultra Correction Line Repair

Usei este creme para área dos olhos da Chanel, e mesmo não sendo a linha vendida no Brasil eu quero deixar registrado no blog. Ás vezes eu recebo críticas quando posto produtos caros mas eu acho que vale a pena como comparação – o que se compra com muito dinheiro é melhor/igual/pior ao que se compra com pouco dinheiro? Acho que este tem que ser o pensamento, então toda informação é válida.

A atual linha de tratamento anti rugas da Chanel é a Le Lift, e só para comparação, que já que não tem este produto à venda no Brasil, o creme para área dos olhos da Le Lift custa atualmente R$675,00 com 15ml (um tamanho padrão de produtos para esta área).

Creme para área dos olhos da Chanel - resenha

Ultra Correction Line Repair Chanel

Achei bacana a explicação que vem no folder do produto (que vem traduzido em 17 – isso mesmo, DEZESSETE – línguas). Olha só:

Tratamento anti rugas para o contorno dos olhos

Por que motivo as rugas aparecem no seu rosto com o decorrer dos anos?

Porque, em profundidade, o colágeno endurece e acaba por “quebrar”. Na origem deste fenômeno está a glicação ou fixação da glicose nas fibras de colágeno. Na realidade, o Centro de Investigação de Chanel identificou nas células da pele uma molécula chave capaz de inverter a glicação do colágeno, e FN3K.

Para estimular a produção desta molécula, foi criado um ativo polifracionado exclusivo com origem numa árvore da Indonésia, a Bay Cedar PFA. Um ativo puro, potente, poliativo para uma deglicação das fibras de colágeno e um novo volume da derme-epiderme.

Para uma correção precisa e visível do contorno dos olhos, a ação de Bay Cedar PFA é complementada pela presença de um complexo exclusivo que vai combater em simultâneo os papos e as olheiras. Aplicar delicadamente de manhã e/ou de noite sobre a totalidade do contorno dos olhos.

Minha experiência com o creme para contorno dos olhos da Chanel

O creme é bem espesso, denso, mas é bastante confortável depois de aplicado. Não seca imediatamente, mas como não incomoda nem faz diferença aquela textura marcante que fica ali até secar. Aliás, até me surpreendi com o conforto que senti, pois quando coloquei o produto nos dedos antes de aplicar achei que seria bem pegajoso, mas ele é fácil de espalhar e bem agradável. A pele fica protegida, hidratada, e o contorno dos olhos está bem hidratado com o uso do creme.

E aí, vale a pena?

Vamos separar bem as coisas: minha opinião sobre o produto com o uso e a questão de “vale/não vale o que custa”. Eu usei esta amostra com 3 ml, que é 1/5 do que vem na embalagem original, mas deu pra usar por 1 mês, então deu pra sentir seu efeito. Como eu já usei outros produtos de boas marcas de dermocosméticos eu tenho parâmetros para comparação e considero que este seja um bom anti rugas para área dos olhos sim. Daí a achar que vale a pena comprar são outros quinhentos!

Não que eu tenha algum tipo de “preconceito” com marca de luxo, eu não tenho é dinheiro mesmo pra bancar tudo isso. Aliás, mesmo se tivesse, eu poderia até comprar produtos de luxo para tratamento de pele desde que eu percebesse que seus efeitos são incomparáveis aos outros.

Eu sei que existem estudos, pesquisas e muita tecnologia por trás da indústria de cosméticos, inclusive de marcas de luxo como a Shiseido, Lancome, mas sei também que a questão da marca, da exclusividade, do desejo, estão por trás de preços exorbitantes. E eu falo sobre isso pois em algumas coisas eu já passei por isso:

  • já quis comprar bolsa de luxo – aí comprei, vi como era andar com uma belezinha dessas bem caras por aí, e não quis comprar mais, pra mim já estava experimentado e meu dinheiro poderia me dar outras coisas que me dariam mais prazer do que aquilo. Superei.
  • Já tive minha fase de amar – aliás, mentira, ainda amo, hehe – maquiagens e produtos de luxo. Mesma coisa: já comprei, já usei, ainda gosto, mas hoje eu escolho bem mais. Fases da vida, né gente?

Não critico quem tem esses desejos. Faz parte da natureza humana. Como também faz parte da nossa evolução começar a aprender a valorizar o que realmente tem valor e superar certas coisas.

Nossa, essa resenha virou o quê? hahaha

Resumindo, assim como contei na resenha do Shiseido Ultimune eu não encontrei motivos que me fizessem correr loucamente atrás de dos produtos de tratamento de pele da Chanel. Diferente por exemplo dos produtos da Caudalie , que também é uma marca cara no Brasil, mas pelo que já experimentei da marca eu até acho que vale a pena sacrificar o porquinho de vez em quando…

Veja por exemplo:

Eau de Beauté Caudalie

Vinoperfect Serum Caudalie

Cada caso é um caso, e cada um sabe o que está dentro das suas possibilidades financeiras. Hoje cada vez mais eu entendo as diferenças entre o que é necessidade e o que é desejo de consumo. Nada como um dia após o outro, não é?

Garanto que o post era pra ser uma resenha de creme, sério mesmo! 😀

 

 

 

Fisiogel Ação Calmante A.I. Loção Cremosa resenha

Fisiogel Ação Calmante – hidratante para dermatite atópica

Isabela agora está usando o Fisiogel Ação Calmante A.I. Loção Cremosa, que é mais apropriado para tratamento da pele seca, sensível e irritada. Ela usou o Fisiogel Loção Cremosa (mesma linha, mesma embalagem, só que com rótulo azul), e como em minhas pesquisas eu vi que a linha de rótulo rosa era mais indicada ainda para dermatite atópica, resolvi comprar para continuar experimentando novas opções de hidratantes para dermatite atópica.

Fisiogel Ação Calmante A.I. loção hidratante pele seca, sensível, dermatite atópica resenha

Fisiogel Ação Calmante – segundo a Stiefel

A Stiefel descreve o Fisiogel Ação Calmante como um hidratante para pele seca, sensível e irritada pois ele acalma a pele devido a sua ação imediata e prolongada. Capaz de aliviar a coceira e a vermelhidão associadas à pele seca, restaura a barreira cutânea de hidratação da pele. Não tem fragrância, nem corante e nem conservantes. Ainda segundo o site da marca os resultados comprovados do uso desta loção hidratante são:

  • Ação hidratante imediata
  • Alívio rápido e duradouro da coceira
  • Acalma imediatamente a pele e restabelece seu conforto e bem estar
  • redução da vermelhidão e sensação de irritação
  • pele macia, suave e visivelmente mais saudável

Lembrando que esta descrição é a da marca, mas agora vou contar como tem sido a experiência na pele da Isabela.

Experiência com o Fisiogel Ação Calmante em pele com dermatite atópica

No início do mês de maio houve uma mudança importante que fez/fará muita diferença no tratamento de dermatite atópica da Isabela. Nós estamos de mudança novamente para Belo Horizonte, e ela já está lá desde o começo do mês. Lá está muito frio e ela está pegando temperaturas bem baixas, e não estava mais acostumada a isso (o frio e o clima seco do inverno influenciam muito negativamente na pele do atópico). Assim que ela chegou, começou a usar este Fisiogel Ação Calmante, e tem usado diariamente após o banho, e também troquei o sabonete de banho pelo Sabonete Líquido da Granado (acho que vai merecer resenha, estou usando também).

Fisiogel Ação Calmante A.I. loção hidratante pele seca, sensível, dermatite atópica resenha

Achei sua textura igual ao do outro Fisiogel que usamos anteriormente: é uma loção, portanto é bem leve, aquosa, fria ao ser espalhada, deixa a pele “molhada” por alguns segundos mas depois de seco não deixa acabamento melado ou pegajoso. A pele fica confortável, e após um mês em BH, em pleno inverno, achei sua pele forte e protegida. Ela está usando no corpo e no rosto. Passei a semana toda com ela e só precisei cuidar de uma crise leve, que não chegou a ferir a pele, apenas estava coçando e começou uma leve descamação.

E aqui vem o ponto de decepção com este hidratante, pois além de hidratar ele também promete alívio da coceira… Eu tentei usar o Fisiogel Ação Calmante para isso mas não funcionou, pois a Isabela teve uma forte sensação de ardência quando passei a loção. E como eu disse, a pele não estava ferida, estava apenas irritada e com coceira, o que acontece bem no início da crise. Se a criança coçar, aí sim a pele fica ferida e desencadeia a crise mais forte que tem que ser tratada com corticóide, o que eu tento deixar só pra último caso.

Resumindo, achei que o uso do Fisiogel Ação Calmante iria se diferenciar por abrir um pouco mais o leque de opções de produtos para a Isabela usar em caso de coceira, mas continuo na mesma de antes: em caso de coceira, nada de hidratantes. Direto pra pomada (que não é corticóide) ou Dersani Loção Oleosa. Na prática, ele se mostrou eficiente para a hidratação da pele em um ambiente bem seco e frio, então nessa parte foi aprovado, mas na promessa de alívio, infelizmente não funcionou.

Onde comprar e preço

O Fisiogel Ação Calmante é encontrado em farmácias e lojas de cosméticos, e pode vir em em 3 tamanhos – 120, 240 ou 500ml.

Encontrei a de 120ml por R$89,00 e a de 500ml por R$150, em média.

 

 

Hyalu B5 Serum -resenha – ácido hialurônico da La Roche

Hyalu B5 – potente hidratante reparador e redensificador da pele

Estou usando o La Roche-Posay Hyalu B5 Repair Serum Anti Idade e desde que comecei a usar já percebi que se trataria de um dos melhores produtos de hidratação da minha lista de dermocosméticos. Isso porque os primeiros efeitos e as primeiras impressões só se confirmaram com  o tempo de uso, e estou apaixonada por esse serum – mesmo que ele tenha um defeitinho…vocês irão saber o que é nessa resenha!

Hyalu B5 Repair Serum Anti Idade La Roche Posay resenha - hidratante com ácido hialurônico

Hyalu B5 segundo a La Roche Posay

O Hyalu B5 é um serum anti idade, reparador antirrugas e redensificador. Indicado para tratamento de rugas, perda de volume e elasticidade, pele opaca e sem viço. Também pode ser usado em pós-procedimentos em que a pele precise de um hidratação mais potente. Para esse efeito, o produto conta com:

  • Duplo ácido hialurônico puro – capaz de absorver mil vezes o seu peso molecular em água, é um potente hidratante redensificador da pele já que preenche os espaços entre as células;
  • Vitamina B5 – ou ácido pantotênico – hidrata, repara e melhora a barreira cutânea;
  • Madecassosside – extrato da centella asiática purificado que potencializa a ação reparadora e protetora da pele
  • Água termal de La Roche Posay – presente em todas as formulações da marca, que acalma e fortalece a pele, além de ser rica em selênio (ação antioxidante)

Para quem é indicado o Hyalu B5?

La Roche-Posay Hyalu B5 Repair Serum Anti Idade é indicado para todo tipo de pele – todo mundo precisa de hidratação – MAS sem dúvida alguma ele é voltado para o público que está caminhando pra pele madura! Já vou respondendo uma pergunta que muita gente faz aqui e no canal:

“Eu tenho 20 anos, posso usar o Hyalu B5?” – poder pode, mas posso falar? Você não precisa. Quem ainda é jovem ainda produz ácido hialurônico e a pele ainda não sente os efeitos da perda de elasticidade e viço por falta dele. Nessa idade você pode e deve manter a hidratação da pele em dia com produtos “normais”, até mesmo uma água termal.

A indicação real do Hyalu B5 é para quem está na fase dos cuidados anti idade, próximo aos 40 anos e já percebe as primeiras linhas de expressão. Nessa fase da vida comece uma amizade sincera e verdadeira com os cremes com ácido hialurônico!

Como inserir o Hyalu B5 na rotina de cuidados?

Hyalu B5 é um hidratante, então levando em conta aquela rotina básica que a gente já conhece:

  1. Limpeza
  2. Tonificação
  3. Hidratação (Hyalu B5)

Se você faz algum outro tratamento como por exemplo, de correção da pele, com vitamina C, retinol, ácido glicólico, etc (minha sugestão, pois é o que eu faço, mas siga sempre a recomendação do seu dermatologista):

  1. Limpeza
  2. Tonificação
  3. Tratamento (vitamina C, retinol, etc)
  4. Hidratação (Hyalu B5)

Use 2x ao dia, pela manhã e à noite, sendo que pela manhã você deverá passar o protetor solar normalmente após o Hyalu B5.

Hyalu B5 Repair Serum Anti Idade La Roche Posay resenha - hidratante com ácido hialurônico

Minha experiência com o Hyalu B5

Agora sim, vou fazer minha declaração de amor: ESTOU APAIXONADA PELO HYALU B5! De verdade mesmo. Eu tenho usado alguns hidratantes com ácido hialurônico e este com certeza foi pra lista dos melhores e mais eficazes.

Minha pele está visivelmente mais hidratada, mais densa e firme, e a sensação de proteção é incrível. Passei a semana em BH e lá está bem frio (peguei 15, 16 graus, o que pra mim é o Reino de Arendelle!). Sabe quando você sai de casa e sente que o frio está “queimando a pele”? Pois eu senti que o frio não agrediu meu rosto, eu percebi que estava protegida. Isso traz um conforto que não tem preço!

Ah, agora que eu mencionei isso, deixa eu falar qual é o “defeito” (entre aspas mesmo!!!):

Me assustei quando usei o Hyalu B5 pela primeira vez, pois é um serum e eu esperava uma solução mais aquosa, bem líquida mesmo e que sumisse após a aplicação. Mas ele não é assim!

Hyalu B5 é um serum viscoso, denso e pegajoso. Ao sair a gota de serum pela pipeta ela mal escorre, de tão viscosa. Isso não prejudica espalhar o produto no rosto, mas deixa uma película fina sobre a pele que não some durante o dia. Na verdade isso é um defeito pra quem tem pele oleosa, pois quem tem pele normal a seca vai nadar de braçada!

Mas aí é que entram as aspas que eu coloquei no “defeito” logo ali em cima: isso na verdade faz parte da característica deste hidratante, pois esta película protege a pele contra as agressões externas, e também da perda de água (o que melhora a hidratação!).

Eu escolhi “pagar o preço” e deixar de lado a minha preferência por produtos que somem na pele e ficam sequinhos, e prefiro escolher os benefícios do Hyalu B5.

Ele não é sequinho? Tudo bem. Em relação a tudo que ele está proporcionando à minha pele isso virou um fator irrelevante.

Mas como sei que isso é muito importante para algumas pessoas preciso deixar bem avisado que ele é assim.

Informação importante sobre a fórmula do Hyalu B5

O Hyalu B5 que estou usando é o que está sendo vendido no Brasil, mas a fórmula é diferente do que é vendido no exterior. É comum que as empresas façam adaptações nas fórmulas dos produtos que são vendidos no Brasil, pois a pele da brasileira é mais oleosa, e nós naturalmente rejeitamos produtos mais pesados. E mesmo assim ele ainda é pegajoso! Por isso, se você for comprar no exterior, atente-se a isso.

Onde comprar e preço

O meu Hyalu B5 veio da Kutiz, loja de dermocosméticos parceira do blog. Custa atualmente R$169,90 a embalagem com 30ml.

Eles vendem vários outros produtos da La Roche Posay.



E aí, já usou o Hyalu B5 ou tem alguma expectativa em relação a ele? Me conta nos comentários, quero saber! 🙂

 

 

 

 

Pele linda aos 40 – hidratação com acido hialurônico

Como ter a pele linda aos 40? Hidratação!

Comecei a falar sobre os cuidados com a pele aos 40 mas dei um resumo sobre cada passo desse processo. Hoje quero falar especificamente sobre hidratação, que para mim foi a mudança mais significativa e perceptível, e durante o post vocês irão entender porquê.

A hidratação da pele é importante durante a vida toda, mas as necessidades são diferentes em cada fase da vida. Atualmente, eu sinto como é importante manter a pele hidratada e protegida das agressões externas (vento, frio, clima seco, sol) para que a pele tenha mais viço – e aqui eu destaco a importância da rotina, pois se você parar de cuidar por 1 semana já vai sentir os danos. Sim, a pele é um órgão do seu corpo e precisa de manutenção!

Então deixa eu começar com um resumo da hidratação que eu fazia antes para entender melhor como é hoje:

Hidratação da pele na adolescência – auge da acne

Eu era do grupo de pessoas que achava que pele oleosa e acneica não precisa de hidratação. Mais que isso, morria de medo de usar hidratante e ter mais acne ainda! Então hidratei minha pele raríssimas vezes quando experimentava e gostava de alguma novidade, mas creme hidratante para o rosto não fez parte da minha rotina nessa fase.

Hidratação suave dos 25 aos 38 anos

Aos 25 anos eu comecei a usar um hidratante muito suave da Nivea, acho que era Nivea Acqua Gel ou algo assim (não existe mais). Era um gel transparente (parecido com o Mineral 89), muito refrescante e muito leve, percebi que a pele ficava hidratada e não piorava em relação às espinhas, então usei por um bom tempo. Aos 30 anos descobri a água termal e comecei a usar diariamente. Minha rotina era basicamente uma boa limpeza, protetor solar e água termal a qualquer hora.

Pouco depois, aos 34 anos, comecei a blogar e ter mais contato com marcas de dermocosméticos, e como já usava bastante a água termal Avene e o Cleanance Gel Avene um dos primeiros hidratantes que eu usei foi o Hidratante Cleanance para  pele oleosa, e depois outros produtos que era bem parecidos com ele: uma textura creme-gel, bem suave e leve, sem nenhum óleo.

Para essa fase da minha vida esses produtos sempre foram suficientes. Até que…

Hidratação com ácido hialurônico

Depois comecei a experimentar produtos mais potentes para hidratação da pele, os primeiros cremes com ácido hialurônico. Comecei a perceber a eficiência desse ativo em minha pele e como era diferente a hidratação que ele proporcionava. Em poucos dias de uso minha pele era outra!

Foi assim com os produtos:

Liftactiv Serum 10 Supreme

Eucerin Hyaluron Filler

Hyalu B5 da La Roche

A gente sabe que o ácido hialurônico é produzido pelo nosso organismo, e depois de uma certa idade essa produção começa a diminuir – como ele é uma substância intercelular, que preenche os espaços entre as células, o resultado visível é a formação de vincos, as famosas linhas de expressão. Elas nada mais são do que aquelas linhas que se formam em nosso rosto quando expressamos emoções – sorrimos, nos assustamos, ficamos com raiva, etc. São as primeira que aparecem!

Aí é que entram os cremes que entregam esse ativo que está faltando – e eles funcionam mesmo, até certo ponto.

Se antes dos 40 a gente consegue manter a hidratação basicamente com produtos que fortalecem nossa barreira protetora contra a perda de água, aos 40, além de continuar fortalecendo essa barreira, também temos que nos preocupar em repor o ácido hialurônico.

Parece trabalhoso, mas não é. Pelo menos ainda acho melhor que começar as injeções…

Hidratação e aparecimento de rugas

A hidratação bem feita da pele é o 2º fator mais importante na nossa ação anti envelhecimento – pra mim só fica atrás da proteção solar. Eu sempre uso essa ilustração: imagine uma terra seca que fica rachada por falta de água – é isso que acontece com a nossa pele quando não é hidratada, e essas “rachaduras” são as rugas. Assim fica mais fácil visualizar, né?

O que antes funcionava muito bem para a minha pele ficar hidratada, hoje não funciona mais. Hoje eu preciso proteger a pele contra a perda de água por um lado (de dentro pra fora) e fornecer hidratação que será absorvida pela pele (de fora pra dentro). E dá resultado, viu? A pele hidratada é mais viçosa, mais iluminada, e claro, mostra sinais bem mais tarde do que se estiver ressecada. Lembre-se disso!

A textura dos hidratantes e a pele oleosa

Quis deixar um destaque aqui no post para uma coisa muito importante que aconteceu comigo. Se antes eu dava muita importância à textura e ao acabamento dos cremes hidratantes que eu usava, hoje eu abri o leque.

Por exemplo: antes, por causa da pele oleosa, todo hidratante tinha que secar totalmente na pele, sumir depois de seco – de preferência em poucos minutos! E se matificasse, melhor ainda.

Hoje eu prefiro “pagar o preço” de não ter uma textura totalmente seca em minha pele em troca de uma hidratação mais potente. Está sendo assim com o Hyalu B5 que estou usando e farei resenha em breve!


 

E aí, me contem como você tem hidratado sua pele! Já estão usando ácido hialurônico ou pretendem usar? Quero saber!

 

 

 

 

 

 

 

Cuidados com a pele aos 40 – minha rotina de beleza!

Cuidados com a pele aos 40 – como é minha rotina hoje

Resolvi fazer o meu resumo dos cuidados com a pele aos 40 já que semana que vem é o meu aniversário, vou fazer 42 anos e quando comecei a blogar e resenhar produtos de beleza eu tinha 34. Muita coisa mudou de lá pra cá: alguns tipos de produtos que funcionavam antes hoje não funcionam mais da mesma forma, e algumas rotinas ficaram diferentes também. Aprendi a conhecer minha pele e saber as suas necessidades, entender suas reações, e consigo me cuidar cada vez melhor. Fico feliz quando vou ao dermatologista e só recebo elogios – modéstia à parte! kkkkk

Hoje quero fazer um compilado sobre algumas coisas que eu faço e o que aprendi nesse tempo.

Lembrando que a minha pele é oleosa, e meus cuidados não começaram agora. Se você nunca cuidou da sua pele antes e quer começar, não tem problema, pode seguir as dicas, mas pode ser que você tenha necessidades diferentes. Eu SEMPRE digo por aqui que consultar um dermatologista para ter um acompanhamento é fundamental, pois nenhuma dica de blogueira pode substituir um bom profissional. OK?

Então vamos lá!

Cuidados com a pele aos 40 – limpeza da pele oleosa

Minha pele sempre foi oleosa, sendo que até os 20 e poucos anos eu tive muita acne. MUITA acne mesmo, até nas costas. Depois, dos 20 até os 30 e poucos, eu sempre tinha resquícios disso, de vez em quando minha pele surtava, aí eu controlava com um tratamento aqui e outro ali, fazia limpeza de pele com esteticista, receitas manipuladas do dermatologista, um Vitanol A antes do meu casamento para deixar a pele sem marcas, essas coisas que eram mais fáceis de fazer na época (não é como hoje que a gente tem acesso a tantas coisas!).

HOJE minha pele continua oleosa, porém sob controle. Se eu relaxar e ficar algum tempo sem usar produtos com algum tipo de ácido salicílico ou algum ativo que faça algum controle de oleosidade, eu percebo que ela brilha mais, fica com aquele “brilho sujo”, mas não tenho mais acne.

Porém, hoje em dia eu não preciso mais daqueles produtos fortes e abrasivos, mas sim daqueles que não agridem a barreira protetora da pele.

Produtos para pele oleosa que eu usava antes:

Esses produtos sempre estavam na minha bancada. Hoje eu não consigo usar por muito tempo pois minha pele começa a ficar sensibilizada. São excelentes para o auge da oleosidade e da acne, mas hoje em dia preciso de eficiência com mais suavidade.

Limpeza da pele oleosa aos 40:

Cuidados com a pele aos 40 anos - limpeza da pele oleosa

Continuo precisando de produtos de limpeza de pele específicos para pele oleosa, porém quanto mais suavidade, melhor. E se tiver efeito calmante, melhor ainda! Eu preciso de eficácia na limpeza mas sem agressão.

Cuidados com a pele aos 40 – hidratação

Agora eu entrei de vez na fase do ácido hialurônico! Cremes com ácido hialurônico entraram na minha vida há uns 3 anos e agora não podem sair mais – e eu nem quero isso, pois estão fazendo um papel maravilhoso na hidratação da minha pele! Antes e depois dos 40 muita coisa mudou nos cuidados com hidratação da minha pele – a hidratação da pele é a maior prevenção que podemos fazer contra as rugas, sabia? A pele ressecada é que começa a mostrar as linhas de expressão, por ressecamento – pense naquela imagem da terra seca, cheia de rachaduras, é bem isso. Olha só a comparação:

Hidratação antes dos 40

  • Pele mais oleosa, não se dava bem com hidratantes em creme
  • SEMPRE tinha que ser hidratante em gel, sem nenhum óleo na formulação para não dar espinhas e aumentar o brilho
  • usei muita água termal quando não tinha nenhum outro produto para usar como hidratante
  • os hidratantes podiam ser mais suaves que davam conta do recado

Hidratação da pele depois dos 40

  • tenho mais facilidade com hidratantes cremosos, não são todos, mas já gostei de vários que eu não conseguiria usar antes;
  • PRECISA ter ativos mais fortes, e o principal deles é o ácido hialurônico
  • a água termal hoje é usada JUNTO com outros cremes. Sozinha não dá conta do recado mais
  • além de hidratar ainda temos que pensar na proteção da pele, pois nós perdemos muita água por ela. O hidratante ideal deve, além de hidratar, formar uma barreira de proteção contra a perda hídrica para o ambiente
  • HOJE eu dou muito mais importância à hidratação do que eu dava antes, com toda certeza. Antes eu achava que hidratação era incompatível com pele oleosa, um dos maiores enganos que muita gente acredita. Na verdade TODA PELE precisa de hidratação, e não é porque a pele oleosa está sempre brilhando que ela está hidratada, ela produz mais sebo!

Cuidados com a pele aos 40 anos - hidratação potente

Produtos para hidratação depois dos 40

Cuidados com a pele aos 40 – correção e uniformização

Nessa parte tem 3 coisas que preciso destacar:

  1. A correção dos poros dilatados, que é uma herança da pele oleosa da vida inteira
  2. A correção das manchas na pele, já que pequenas manchinhas, não muito contrastantes, se formaram durante a vida toda e que são cumulativas
  3. A correção de pequenas linhas de expressão que já se formaram: tenho um “projeto de ruga” na testa, uma linha que ainda está bem fininha bem paralela a minha sobrancelha e que já está querendo aparecer (fica longe, minha filha, sai daqui!!!!) e o tal “bigode chinês”, que foi a primeira linha que apareceu já há alguns anos, que é uma herança da família do meu pai

Esses problemas são de 3 origens diferentes – oleosidade da pele, excesso de sol e DNA (Data de Nascimento Antiga, hahahahaha) – mas os cuidados para correção são os mesmos.

Eu não costumava usar produtos para correção da pele, como retinol e vitamina C, mas depois que comecei não quero parar mais.

Correção da pele antes dos 40

  • NADA!!! Sério gente, eu não usava nada – e na verdade nem precisa. Hidratação e proteção solar é tudo que você precisa até seus 30 anos, e se a proteção solar principalemente for bem feita, você pode começar seus cuidados anti envelhecimento depois dos 30, 35, por aí (não podemos dar uma idade exata pois a genética influencia muito). Mas quem quiser usar alguma coisa para melhorar a pele não tem problema, inclusive a vitamina C para a pele também é um antioxidante, então pode usar quando quiser. Tem cremes com vitamina C à vontade aqui no blog, é só clicar!

Correção da pele depois dos 40

Cuidados com a pele aos 40 anos - correção das manchas de sol, cicatrizes e linhas de expressão

Esses produtos agem em conjunto na correção da pele, e a associação do retinol com a vitamina C é simplesmente MARAVILHOSA para a pele: dá viço, luminosidade e uniformidade. É muito importante consultar o dermatologista para saber o que usar no seu caso, pois o existem vários produtos com retinol, em várias concentrações, e se você estiver usando produtos com outros ativos tem que ver exatamente como combiná-los (a associação pode de ácidos pode deixar sua pele muito sensibilizada, cuidado ok?).

Cuidados com a pele aos 40 – proteção solar

Aqui nada mudou. Aliás, mudou, mudou sim uma coisa muito importante: CONSCIENTIZAÇÃO. Se antes eu me esquecia de passar protetor solar de vez em quando, hoje eu não esqueço nunca. Passo e ainda retoco o quanto for preciso.

Os danos causados pela radiação são cumulativos (gente, eu me tornei a minha mãe, kkkkkkkkkk, até escuto ela falando isso comigo!) então se não cuidar não tem volta. Eu me lembro que fui a uma palestra com uma dermatologista e ela disse: se você não tiver dinheiro pra gastar com produto de beleza, nem tratamentos, não precisa. Se puder comprar só uma coisa COMPRE PROTETOR SOLAR – qualquer um, o mais barato, mas que garanta proteção UVA e UVB, e já está ótimo. Só ele já é capaz de fazer muito mais que todos os outros produtos juntos.

Aqui eu nem vou indicar produto para deixar bem claro que TODO PROTETOR SOLAR É VÁLIDO. Claro que tem algumas coisas que devemos prestar mais atenção:

  • Proteção UVA: não é todo protetor solar que oferece boa proteção contra os raios UVA, que são os que mais causam os danos profundos, que afetam a estrutura da pele e causarão as rugas. O FPS se refere a proteção contra os raios UVB, mas a proteção UVA  (ou PPD) é menor- prestem atenção no grau de proteção contra UVA indicado pelo símbolo + ao lado do FPS – ela costuma ser de 1/3 do valor do FPS, mas pode ser maior.
  • Alguns protetores solares incrementam a fórmula com ativos antioxidantes, o que é melhor ainda. Mas prefiro não indicar aqui neste post nenhum protetor solar específico para deixar bem claro que não há restrições – o importante é usar.

Pretendo fazer um post exclusivo sobre isso pois essa questão dos raios UVA em relação ao envelhecimento é muito importante, ok?


 

Outro dia alguém me perguntou no instagram qual O CREME anti idade que eu uso. Fiquei sem saber o que responder, pois não é um creme que vai fazer diferença, é um conjunto. E quem falar que existe UM CREME que faz milagre e junta todas as soluções em um produto só é mentira, isso não existe!

Esse assunto não tem fim, né? Mas vou parar por aqui hoje! Te vejo nas redes sociais, me acompanhem por lá 😉

Instagram @luvilelapaes

 

LHA Cleansing Gel SkinCeuticals resenha

LHA Cleansing Gel da SkinCeuticals para limpeza de pele oleosa e acneica

Estou usando  o SkinCeuticals LHA Cleansing Gel de Limpeza e já percebi que ele é POWER para limpeza da pele oleosa e acneica. Eu tenho pele oleosa mas sei que tem pessoas com a pele muito mais oleosidade que a minha – aliás, a minha pele já foi muito mais oleosa do que ela é hoje, eu só fiquei com os resquícios dos poros dilatados mas hoje ela é bem mais controlada. Além disso, também tenho pele sensível. Então é importante começar a resenha falando isso para que vocês entendam que a minha percepção do produto será um pouco diferente de quem está com a pele no auge da oleosidade e/ou está com acne.

Dito isso, deixa eu mostrar meu primeiro produto SkinCeuticals da vida (espero que seja o primeiro de muitos!)!

LHA Cleansing Gel SkinCeuticals segundo a marca

Primeiro vou deixar a descrição oficial da SkinCeuticals sobre o produto, aí comparamos com a minha experiência 😉

Gel de limpeza para peles oleosas, mistas e com tendência à acne. Formulado para peles oleosas e acneicas, o LHA Cleansing Gel remove as impurezas, auxilia no controle da oleosidade e confere sensação de frescor.

SkinCeuticals LHA Cleansing Gel foi desenvolvido para o tratamento e cuidado da pele oleosa, mista e com tendência à acne, com a combinação de potentes agentes esfoliantes:

• 3,5% Ácido glicólico

• 0,2% Ácido salicílico

• 0,2% LHA

Embalagem, apresentação e textura

A embalagem do Cleansing Gel é uma bisnaga transparente com tampa flip-top preta que é bem firme e veda bem, e vem em uma caixa de papelão. Vem com 80g de um gel bem viscoso, aliás essa é a característica mais marcante, e que diferencia o produto logo à primeira vista, na minha opinião. Não me lembro de ter usado nenhum gel de limpeza com tanta viscosidade assim, quase chega a lembrar uma pomada, rsrs – confesso que me deu uma certa aflição e a primeira impressão que eu tive era que seria difícil espalhar esse gel meio grudento no rosto, mas isso não acontece. Ao entrar em contato com a pele úmida ele se espalha com facilidade, sem nenhuma resistência.

LHA Cleansing Gel SkinCeuticals resenha - limpeza de pele oleosa

Minha experiência com o LHA Cleansing Gel

Além de descrever a experiência por aqui também gravei um vídeo para o canal. Estou usando o produto, então é legal vê-lo em ação além de ler o post! Vai lá que eu te espero:

LHA Cleansing Gel SkinCeuticals resenha - limpeza de pele oleosa

Os 3 ativos principais do Cleansing Gel agem em conjunto para uma ação que vai além da limpeza. Além de retirar as impurezas da pele oleosa, a ação do produto na pele é ainda maior graças ao Ácido Glicólico, Ácido Salicílico e ao LHA, que fazem:

  • efeito esfoliativo
  • renovação celular
  • melhora das cicatrizes de acne
  • uniformização
  • ação antimicrobiana
  • melhoria da qualidade do sebo produzido pela pele

Quem tem pele oleosa mega brilhante agradece! No final da limpeza da pele você tem ainda uma ótima sensação de frescor graças ao Menthol presente na fórmula.

Uma coisa importante que eu tenho que mencionar é que nos primeiros usos você pode sentir uma leve ardência ou sensação de pinicação – na verdade, na verdade mesmo, eu sinto em todos os usos, mas nas primeiras vezes foi mais intenso, já que eu estava usando um produto bem mais suave e calmante – mas nada que não seja suportável.

Se você achar muito forte, comece usando dia sim, dia não, até sua pele se adaptar. Isso é comum de acontecer graças aos esfoliantes químicos da fórmula.

Eu gostei muito do LHA Cleansing Gel, só não pretendo fazer uso contínuo pois estou numa fase em que preciso alternar os produtos mais potentes e outros mais suaves. Mas como eu disse no início do post, minha pele não precisa mais ficar na rotina mais pesada do controle da oleosidade.

Onde comprar e preço

SkinCeuticals LHA Cleansing Gel pode ser comprado na Kutiz, loja de cosméticos parceira do blog. Custa R$49,00 a embalagem com 80g.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...