The Ordinary Vitamin C Suspension 23% + HA Spheres 2% é boa? Resenha

The Ordinary Vitamin C Suspension 23% + HA Spheres 2% é boa? Resenha

16 de julho de 2020 0 Por Luciana Vilela

The Ordinary Vitamina C 23% – veja minha experiência

Usei The Ordinary Vitamina C 23% por cerca de 20 dias – pouco tempo se comparado a todas as vitaminas C que já usei. Mas muito, levando em conta o esforço! Aqui eu não vou falar mal do produto por causa da minha experiência (pelo que você leu, viu que não foi boa). Quero mostrar todas as características pois trata-se de um produto interessante, tem potencial de ser muito benéfico para a pele, tem uma formulação boa, porém tem características sensoriais que são importantes para você conhecer antes de comprar. Como sempre, após ler uma resenha, você deve pesar os prós e contras e decidir o que é melhor para você.

The Ordinary Vitamin C suspension 23% + HA spheres resenha pele oleosa



The Ordinary Vitamina C – apresentação

The Ordinary é uma das marcas da DECIEM, empresa canadense que se descreve como um grupo de “marcas focadas em beleza funcional avançada”. Todos os produtos DECIEM, em todas as marcas, incluindo The Ordinary, são livres de parabenos, sulfatos, óleo mineral, metilcloroisotiazolinona, metilisotiazolinona, óleos animais, corantes alcatrão de carvão, formaldeído, mercúrio, oxibenzona. A The Ordinary tem a proposta de entregar produtos eficazes, com fórmulas eficientes, ingredientes clássicos e estudados, tudo isso em produtos acessíveis.

Vitamina C é uma categoria de produtos da The Ordinary que ficou famosa no Brasil. Foi um dos primeiros produtos que eu quis comprar para conhecer a marca exatamente pela fama de ser eficiente.

A Vitamina C vem uma embalagem simples, mas bem feita e bonita. É uma bisnaga plástica cinza, com tampa Flip Top transparente, e um rótulo que poderia ser de uma farmácia de manipulação, sem muito design ou logotipos, “só” informação. Aliás, esse minimalismo também é característica da embalagem externa de papelão, basicamente em preto e branco, apenas com um detalhe em cinza (ou prata?). Estou passando essas descrições pois alguém já me deu uma informação estarrecedora: parece que já tem falsificação da The Ordinary no Brasil. Por incrível que pareça! Ela é super barata lá fora, mas aqui no Brasil é bem valorizada, por isso o interesse em falsificações…

Características desta Vitamina C

O ponto forte deste produto é a formulação inteligente e voltada para a entrega total de uma vitamina C pura estabilizada. As características principais desta fórmula:

  • Vitamina C pura em suspensão a 23% – ao colocar o produto nas mãos para espalhar você consegue perceber um pozinho bem fino, é a vitamina C;
  • 2% de esferas de ácido hialurônico – molécula umectante, capaz de reter até 1000x seu peso molecular em água na pele, por isso tem ação hidratante;
  • sem água (é uma fórmula anidra) – o que é bem interessante para estabilização da vitamina C;
  • sem silicone – se por um lado isso prejudica um pouco o sensorial do produto (pois permite que você sinta o pozinho da vitamina C no rosto), por outro lado entrega melhor a vitamina C, que fica em contato direto com a sua pele;
  • esqualano – óleo conhecido por sua capacidade de hidratação;

Sensorialmente, esta fórmula se traduz em um creme com textura mais fluida e bem oleoso, com partículas bem finas que lembram um esfoliante físico ao ser espalhado no rosto. Em minha pele oleosa este produto não fica seco, mesmo que eu use pouca quantidade. Eu vi algumas pessoas relatando que o produto seca sim, uma pena que isso não aconteceu comigo.

The Ordinary Vitamin C suspension 23% + HA spheres resenha pele oleosa



Adaptação da pele a vitamina C

A própria The Ordinary adverte na descrição que: “espera-se uma sensação muito forte de formigamento, mas não irritante, durante as primeiras 1-2 semanas de uso, até que a tolerância da pele a uma exposição tão alta seja elevada.” E é a mais pura verdade! Eu me considerava adaptada a vitamina C e mesmo assim passei por esse tempo de adaptação. Nos primeiros dias era um formigamento bem desconfortável (não chega a arder como se estivesse queimando, mas pinica, muito forte). Continuei porque sabia que isso é esperado. Nos dias seguintes, o formigamento diminuiu, mas não desapareceu. Até o último dia de uso eu senti um resquício de formigamento ao aplicar o produto.

Para quem tem medo e acha que a vitamina C, por ser forte, concentrada e estável pode manchar a pele, podem ficar tranquilos. O efeito do formigamento é diferente da sensação de sensibilidade causada por ácido retinóico, ácido glicólico e outros esfoliantes. A vitamina C não sensibiliza a pele para a exposição solar, não vai causar manchas, pelo contrário, sua ação antioxidante é protetora contra os danos da radiação – aliás, este é o motivo que me faz usar este ingrediente todos os dias de manhã.

Para saber mais leia: Vitamina C mancha a pele? Pode usar de dia?

Minha experiência com a Vitamina C The Ordinary

Comecei a usar esta Vitamina C de manhã, como sempre faço em minha rotina:

  • limpeza com água micelar;
  • Vitamina C;
  • Protetor Solar

Comecei a fazer testes com protetores solares diferentes pois tive problemas de adaptação das texturas dos produtos. Como a vitamina C é oleosa, ela prejudicava o acabamento dos protetores. Consegui usar um protetor solar matificante junto com ela, mas ela fez o acabamento matte se perder, rsrs. Mas tudo bem, se fosse para perceber um efeito legal na pele eu queria continuar usando, como sempre faço com produtos que não me agradam logo no começo – quero ver o que eles fazem para ver se vale o sacrifício.

The Ordinary Vitamin C suspension 23% + HA spheres resenha pele oleosa

 




Depois de algum tempo, troquei a rotina de cuidados para usar esta Vitamina C a noite. Eu apenas lavava o rosto e passava a vitamina C, não precisava de mais nada – até porque, justiça seja feita, ela hidrata muito e dispensa o hidratante. Detalhe: eu não conseguiria usar esta vitamina C com um ácido sensibilizante, imagino que seria muito desconfortável a ação de um esfoliante + a sensação de formigamento…

Ao usar o produto a noite tive esperanças de conseguir finalizar o tubinho, já que estou acostumada a usar óleo no rosto à noite (já usei óleo de rosa mosqueta, o Óleo Revitalizante Natura, e muitos outros produtos mais densos e amanteigados). O bom é que uso esse tipo de produto a noite, e quando acordo minha pele está viçosa e macia, dá um efeito imediato muito bom (por isso gosto de usar de vez em quando, especialmente no inverno). Porém, com esta vitamina C eu não percebi isso. Além de não perceber este tipo de efeito de manhã, eu passava muito desconforto a noite, com uma sensação ruim de pele suja, que está melando todo o travesseiro. Uma pena mesmo, pois eu boto fé nessa formulação, sou fã de vitamina C e queria muito que ela desse certo (até porque eu comprei este produto e não foi barato, comprei no Brasil!).

Resumindo: Vitamina C The Ordinary é boa?

Preciso concluir separando 2 coisas: o produto e a experiência que ele proporciona. Quanto a formulação, realmente é bem interessante. O creme não se altera em relação a cor e cheiro, a vitamina C permanece inteirona após mais de 20 dias depois de aberta. Porém, a experiência sensorial me fez desistir de usar o produto. Teve dia que eu esqueci de propósito de usar o produto – sabe quando dá preguiça de pensar em espalhar um creme desagradável na pele? Era isso que eu sentia. Mas isso é puro gosto pessoal devido a reação do produto na minha pele.

De fato, ele tem essa característica de ser bem oleoso, porém pode secar na sua pele. Não secou na minha, isso acontece. Aliás, acontece o contrário também – já resenhei alguns produtos aqui contando que secou na minha pele e recebi comentários de pessoas que dizem que não secou… faz parte. Cada pele pode receber o produto de um jeito. Mas na minha resenha eu só posso contar o que aconteceu comigo…e foi isso. Infelizmente!

Então…se você procura uma vitamina C para o rosto que seja potente, estável e gosta de um óleo no rosto, se jogue. Mas se essa sensação pode ser desagradável para você, não compre no escuro. Outra coisa: leve em conta o fato de ser forte – tem gente que não se adapta a vitamina C. Se você nunca usou nenhuma, faça uma adaptação da sua pele primeiro, usando um produto menos concentrado.

A vitamina C é um antioxidante, e espera-se que o uso contínuo fortaleça as defesas da pele contra radiação, estimule a síntese de colágeno em nossa pele e ainda possa clarear a pele, pois ela inibe a produção de pigmentos.

Onde comprar e preço

Infelizmente este produto só em vendido oficialmente fora do Brasil, em países como Canadá, EUA e países da Europa. Custa U$5.80 com 30ml. Lojas internacionais enviam para o Brasil, como a Beautybay, e o próprio site da The Ordinary, mas você precisa saber que pode ser taxado. Aqui no Brasil, em lojas online, custa entre R$115 a 150. Eu comprei em uma loja de Instagram, mas ela está desativada no momento.