Acido Glicolico The Ordinary resenha (pele oleosa)

10 de setembro de 2019 7 Por Luciana Vilela

Ácido Glicólico The Ordinary – resenha após 1 mês e meio de uso

Usei o Ácido Glicólico The Ordinary – Glicolic Acid 7% Toning Solution – e hoje vou falar sobre a experiência, além de descrever o produto. Foi o primeiro produto The Ordinary que usei por mais tempo, para conhecer a marca que está famosinha na internet por ter produtos de cuidados com a pele bem baratinhos mas com formulação comparada a de dermocosméticos caros.

Acido Glicólico The Ordinary resenha Glicolic Acid Toning Solution

Ácido Glicólico The Ordinary

The Ordinary tem fama de ter produtos bons e baratos, pelo menos no exterior. No site da marca canadense os preços são bem convidativos, que aqui encontramos em farmácias. O Glicolic Acid é um tônico, que pode ser usado após lavar a pele com sabonete facial, e a marca indica que deve ser usado à noite, uma vez ao dia.

Ácido Glicólico The Ordinary – pra que serve?

A função dos tônicos depende de seus ingredientes – tem tônico hidratante, tônico adstringente, e no caso deste, em que o ingrediente principal é o ácido glicólico, é um tônico esfoliante. O ácido glicólico é um alfahidroxiácido que faz uma esfoliação química, ou seja, refina as camadas mais externas da pele, retirando as células mortas, tirando as ondulações e imperfeições da pele, fazendo com que a superfície da pele fique mais lisa, mais uniforme. Com isso, ela reflete melhor a luz, e parece mais clara, mais uniforme, mais luminosa e mais viçosa.

Além disso, o fato de refinar o extrato córneo também ajuda a melhorar a permeabilidade da pele. As células mortas que se acumulam nas camadas mais externas da pele acabam dificultando a penetração dos ativos, por isso é importante fazer algum tipo de esfoliação de vez em quando. Isso ajuda a potencializar os outros tratamentos que você faz (não precisa necessariamente fazer isso com ácido glicólico, existem outros ingredientes que também fazem isso, converse com seu médico).

Após um tempo cuidando da pele com produtos que focavam na hidratação, resolvi usar ácido glicólico a partir de metade de julho, após a viagem de férias.

Ácido Glicólico The Ordinary – como usar

O Ácido Glicólico 7% Toning Solution é um líquido, você pode aplicar sobre a pele usando algodão, ou usando as mãos – espalhe o líquido na palma das mãos, e pressione a mão molhada sobre a pele. Não precisa esfregar com força, basta deixar uma camada do ácido sobre a pele, pois é ele que faz o trabalho, não sua força.

A The Ordinary sugere que ele seja usado 1x ao dia, de preferência à noite. Eu também prefiro usar ácido glicólico à noite por causa do conforto. Costumo sentir aquela leve ardência e pinicação, e acho mais agradável não ter que passar protetor solar e enfrentar o dia após essa aplicação. Prefiro usar um hidratante confortável e ir dormir, no dia seguinte sinto que minha pele está boa.

Quando usamos ácido glicólico precisamos ficar atentos a exposição solar. O ideal é evitar ao máximo as exposições intencionais, como idas a praia e piscina, mas mesmo quem não tiver intenção de frequentar esses ambientes, cuide bastante da fotoproteção diária, com os devidos retoques.

Ácido Glicólico The Ordinary – composição

Glycolic Acid 7% The Ordinary não tem álcool.

Ácido Glicólico The Ordinary – minha experiência

Eu já tive boas experiências com ácido glicólico, desde a época em que eu tratava acne (aliás, é um ingrediente clássico para tratamento de acne e cicatrizes de acne). Os produtos similares que eu já usei mostravam efeitos em poucos dias, por isso estranhei muito o fato de não perceber os efeitos deste ácido glicólico na minha pele no primeiro mês de uso. Custei a perceber minha pele ligeiramente mais fina (dá pra perceber principalmente pela aparência dos poros, menos visíveis, e a luminosidade da pele melhor). Mesmo assim, achei pouco, deixou a desejar após 1 mês e meio.

Com dias de uso o Blemish Age Solution SkinCeuticals, Neostrata High Potency Cream, Effaclar Anti Age , que são produtos com ação similar, me deixaram mais satisfeita. Também vale mencionar o Clinique Clarifying Lotion  que não tem ácido glicólico, mas tem ácido salicílico, mas tem ação parecida, e também achei melhor ao comparar resultados.

Além disso, ele tem uma outra característica que me incomodou: um acabamento pegajoso. Ele tem muitos ingredientes calmantes, umectantes, que estão aqui para fazer com que o produto seja mais bem aceito por peles sensíveis, melhoram a compatibilidade com a pele (além do fato de ele não ter álcool). Porém tem esse efeito que, para o meu gosto, prejudica o sensorial “limpo”. Ao colocar o dedo, sinto um acabamento colento que me deixa desconfortável.

Por causa dessas duas características principais, não tenho intenção de comprar ou usar novamente, mas sei que isso tem muito a ver com as minhas experiências anteriores e com meu gosto pessoal (em relação ao acabamento).

Se você já usou, deixe aqui seu comentário com sua experiência!

Onde comprar The Ordinary

The Ordinary é vendida em sites internacionais como Beauty Bay e Ebay que enviam para o Brasil. Muitos perfis no Instagram também revendem a marca, com preços variados – o meu veio da loja da @beauty_mis no Instagram.