Natura Fotoequilíbrio FPS60 resenha – protetor solar para pele oleosa a mista

Natura Fotoequilíbrio FPS60 – protetor solar para pele oleosa

Resolvi comprar o Natura Fotoequilíbrio FPS60 na loja online da Natura pois já havia experimentado uma amostra e tinha gostado do acabamento. Além disso, o preço estava bem convidativo – paguei 35 reais! Vou contar minha experiência com o uso desde junho, em dias alternados – tem vídeo no canal também, nele eu mostro a aplicação e acho interessante assistir para ver o resultado na pele!

Natura Fotoequilíbrio FPS60 resenha protetor solar pele oleosa

Esta é a descrição da Natura para o Fotoequilíbrio FPS60:

Peles oleosas necessitam de muita atenção na hora do protetor solar. Isso porque algumas fórmulas intensificam a produção de oleosidade da pele. O Gel Creme Protetor Facial FPS 60 Natura não contém óleo em sua fórmula, garantindo textura leve e toque sequinho.

Vale destacar que andei recebendo muitas mensagens dizendo que a experiência com o Fotoequilíbrio FPS30 é um pouco diferente em relação a textura e acabamento – aliás, isso acontece com várias outras marcas. Portanto fiquem atentos pois a resenha só se aplica a minha experiência com o FPS60.

Ao comprar Natura Fotoequilíbrio FPS60 minha intenção era ter um produto barato para usar de manhã, na academia. Acordo cedo, lavo o rosto, passo o protetor e vou para a academia. Quando retorno, tomo o banho e faço a rotina de cuidados, com os outros produtos, e passo protetor solar novamente. Queria algo mais barato para não ter dó de tirar o protetor após 2 horas… eu poderia também não usar nada, até já fiz isso, mas comecei a me sentir incomodada… Depois que vi e gostei do efeito dele na pele, usei em vários dias durante o dia todo, achei que valia a pena ver sua performance em outras situações.

Natura Fotoequilíbrio FPS60 – embalagem e características

Adorei a embalagem deste protetor solar: formato diferenciado, bonito, plástico de boa qualidade (rígido, diferente dos plásticos de bisnagas), tampa Flip-Top bem segura. Só vai dar mais trabalho para cortar a embalagem para aproveitar o produto até o final, mas tudo bem, rsrs (quem aí também faz isso?)

A textura é um gel creme, não muito denso, que não vai secando enquanto é espalhado, o que facilita o processo. Tem toque seco, mas não é totalmente matificante.

Ele não tem fragrância, mas tem cheiro bem perceptível, dos próprios ingredientes. Só é perceptível quando tiramos o produto da embalagem e no início da aplicação, depois não fica exalando na pele.

Ele é testado dermatologicamente e oftamologicamente.

Natura Fotoequilíbrio FPS60 resenha protetor solar pele oleosa

  • FPS60 – PPD 20
  • Filtro Físico ou Inorgânico: dióxido de titânio
  • Filtros Químicos ou Orgânicos: Tinosorb M, TinoSorb S, Octinoxate, Ensulizole, Octocrylene, Homosalate, Uvinul A Plus, Uvinul T 150
  • portanto, um protetor “híbrido” – tem os 2 tipos de filtros
  • Antioxidantes – vitamina E e extrato de cacau – a Natura sempre coloca algum ingrediente da Biodiversidade brasileira

Natura Fotoequilíbrio FPS60 resenha protetor solar pele oleosa

Natura Fotoequilíbrio FPS60 – minha experiência

Eu fiquei realmente impressionada com o Natura Fotoequilíbrio FPS60: achei o acabamento na pele muito confortável para o dia a dia, não esfarelou, resistiu ao suor (lembrando que usei no inverno que até teve dias um pouco mais quentes mas em geral as temperaturas estavam amenas), o único senão foi o whitecast que leva tempo pra amenizar. Sim, ele deixa o rosto brancão, e demora um tempo pra perceber que esse efeito esmaeceu, e pode ser que em alguns tons de pele isso não desapareça. Como sou bem branca, isso pra mim não foi um problema. Quem usa maquiagem por cima também não vai ter problema com isso (ele também não esfarelou com maquiagem, nem interferiu nos acabamentos das bases). Como ele é testado oftamologicamente, usei também na área dos olhos toda (olheiras e pálpebras) e gostei bastante. Ele não irritou os olhos e não escorreu.

Algumas pessoas me contaram que os dermatologistas a proíbem de usar protetor solar da Natura (e marcas similares, mais baratas, consideradas marcas de cosméticos e não de dermocosméticos) e eu sinceramente não vejo motivos pra isso. Todo protetor solar vendido no Brasil deve seguir as mesmas regulações, e como mostrei acima, os filtros usados são os mesmos e tem suas concentrações reguladas também, devem ser testados quanto a eficácia de FPS, deve ter PPD de no mínimo 1/3 do valor do FPS, enfim, seguem os padrões para serem registrados como cosméticos de Grau II.

PARA ENTENDER MELHOR, LEIA: Cosmético e Dermocosmético – qual a diferença?

Resumindo: se o produto tem um acabamento que você gosta, se você usa a quantidade adequada, é atenta aos retoques, se tem um FPS que te atende, não tem motivo para não usar. Não precisa trocar seu protetor da Natura por um de marca mais cara – você pode até ter experiências diferentes com eles, isso é normal, mas dizer que um protege e outro não protege, é mentira. Existem diferenças sim, entre protetores solares – alguns podem ter ingredientes diferenciados, podem acrescentar benefícios, oferecer experiências sensoriais diferentes, mas isso não quer dizer que um protetor solar mais barato não é eficaz em relação a proteção solar.

Onde comprar e preço

Natura Fotoequilíbrio FPS60 custa R$58,90 a embalagem com 50g (eu paguei preço promocional, e a Natura faz bastante promoção durante o ano, vale a pena ficar de olho). Pode ser comprado no site da empresa, nas lojas físicas e também com as consultoras.

Natura no blog

Acqua Biohidratante Renovador – hidratante com ácido hialurônico

Elixir Redutor de Rugas Concentrado Natura Chronos

Natura Chronos 30+ Dia e Noite Detox

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe um comentário!

*