Linhas no colo – tratamento com Rosa Mosqueta e Retinol

Linhas no colo – o que são, como tratar

Eu tenho linhas no colo há bastante tempo, mas até pouco tempo atrás não me incomodavam, já que apareciam de manhã e em pouco tempo sumiam, durante o dia mesmo. Afinal, o que são essas linhas no colo e por que elas aparecem?

As linhas no colo aparecem todos os dias devido a nossa posição ao dormir – quem dorme de lado comprime a região dos seios e acaba marcando a pele. Simples assim. Ah, detalhe: se você conversar com um ortopedista, ele vai te aconselhar a dormir de lado mesmo, por isso não pense em dormir de barriga para cima ou para baixo, pois aí quem sofre é a sua coluna…

Infelizmente só damos atenção a certas coisas quando elas passam a nos incomodar – foi o meu caso. Eu deveria ter me prevenido, mas acabei cuidando do rosto e pescoço, fazendo os cuidados diários da minha rotina de beleza, mas deixava o colo pra depois, quase nunca…

Na verdade, eu só usava protetor solar no colo quando sabia que iria me expor em praia ou piscina, e fazia uma hidratação normal com hidratantes de uso diário, mas confesso que nem sempre dava atenção ao colo da mesma maneira como dava (dou ainda) a braços, pernas e barriga!

 

Mas vou parar de chorar o leite derramado e passar pro tratamento que comecei a fazer em maio do ano passado. A partir de agora vou contar o que eu já fiz, os resultados, e o que ainda pretendo fazer para tratar as linhas do colo:

Atenção: sim, eu sei que existem procedimentos estéticos, mas estou na fase de querer usar produtos em casa mesmo. Quando eu passar de fase vocês irão saber!

Linhas no colo – tratamento com Ad Til na pele – 3 meses

Como já contei aqui, fiz a famosa receita adaptada do Ivo Pitanguy (depois fiquei sabendo que parece que ele nunca receitou isso, mas já virou lenda, kkkk) com Bepantol e Ad-Til na pele. Como eu não fazia nada, o simples fato de começar a usar alguma coisa diariamente é óbvio que mostrou resultados de hidratação, melhorando o aspecto da pele mas mantendo as linhas no colo ainda inalteradas. Recomendo? Não fez mal, mas perto dos outros produtos que eu usei, achei o menos efetivo.

Linhas no colo – cosmético específico da Vichy

Usei Vichy Ideal Body Pescoço Colo e Mãos (clique para ler a resenha no blog e canal) e usei somente no colo. Ele tem ingredientes importantes e eficazes para um bom tratamento de pele, como ácido hialurônico (hidratante), vitamina E e Vitamina C (antioxidantes), LHA (esfoliante químico) e um blend de óleos essenciais, que entregam uma boa hidratação e outros benefícios. Comecei a usar em setembro e nos primeiros 2 meses percebi melhora na textura e na densidade da pele – ela estava mais firme e menos suscetível à formação das linhas diariamente, mas achei que o efeito dos 2 primeiros meses ficou estacionado. É como se o creme só pudesse agir até ali, e eu precisaria de algo mais potente.

Linhas no colo – tratamento com Retinol e óleo de Rosa Mosqueta

Comecei a usar retinol no colo em janeiro, e o produto que escolhi foi o Retinol Dear Cream Dearskin.  Eu havia usado no rosto em 2018 e minha boa experiência com o produto me fez ter esperança de que ele pudesse ter um bom efeito no colo também. Ao final de janeiro, recebi o óleo de Rosa Mosqueta Herbarium, e adicionei à rotina. Uso assim:

  • à noite, após o banho, passo o Retinol Dear Cream. Massageio e deixo “secar” – preciso ter a sensação de que o creme foi absorvido pela pele;
  • após 20 ou 30 minutos, coloco 2 gotas de óleo Rosa Mosqueta e massageio. Ele nao chega a ser absorvido, ainda sinto a pele do colo bem oleosa, mas isso pra mim não é problema já que minhas camisolas são decotadas (ou seja, o óleo não passa para a roupa) e eu já vou dormir, zero incômodo com óleos nessa área.

No dia seguinte, a pele acorda marcada ainda. A diferença é que após quase 6 meses, a pele tem se fortalecido a ponto de conseguir se restaurar durante o dia.

Linhas no colo - tratamentos

Quando a pele é nova e bem cuidada, tem elasticidade suficiente para voltar ao estado normal em poucas horas após você se levantar e voltar à sua postura normal. O problema é quando você passa o dia todo com aquelas marcas, como se tivesse acabado de acordar – significa que sua pele está sem firmeza, envelhecida, precisando de hidratação, firmeza, sustentação, TUDO!

Como eu tenho dito em vários posts: o hidratante só é capaz de eliminar linhas causadas por ressecamento. Quando suas linhas são mais profundas e não somem após meses de hidratação, você não tem mais linhas finas, você tem rugas, e hidratação sozinha não resolve.

Hidratação continua sendo importante, não pare de hidratar! Mas acrescente algum ingrediente que faça uma correção da pele de dentro pra fora. No caso dos cosméticos, você pode usar o Retinol. Caso você queira um medicamento, o dermatologista pode indicar outros derivados da vitamina A que são excelentes para a pele.

Perceberam como os resultados de tratamentos com cremes são mais demorados? Você precisa ter persistência e paciência. Tem tratamento mais rápido? Tem (geralmente são mais caros mas podem valer a pena, decisão de cada um!). Minhas linhas no colo ainda não sumiram, mas estão BEM MELHORES – e a melhor fase é agora, após o tempo com retinol e óleo de rosa mosqueta.

Quem leu a resenha do Rosa Mosqueta Herbarium viu que eles também tem uma pequena quantidade de tretinoína, um derivado da vitamina A (vitamina A = retinol), e o uso com o Retinol que está presente do Retinol Dear Cream é uma associação bem interessante não só para linhas no colo, mas quem também se sente confortável com o óleo no rosto pode usar também. Por enquanto ainda não me arrisquei (só por causa do acabamento do óleo e o medo de ter acne).

Mais dicas para tratar e evitar linhas no colo

O maior problema de tratar linhas no colo é que ao mesmo tempo que você trata, todo dia você estraga um pouco a pele. Por isso achei interessante usar algo que evite esses danos diários e estou pesquisando sobre o uso de sutiãs de colo e/ou adesivos que mantenham a pele no lugar durante a noite. Ainda não me decidi mas já vi algumas opções no mercado que em breve mostro aqui.

Enquanto isso estou tomando estes cuidados:

  • durante o dia, não se esquecer de aplicar protetor solar;
  • usar antioxidantes (vitamina C, vitamina E) para reforçar a proteção da pele contra os danos causados pela radiação;
  • quando sei que não vou me expor e vou usar uma roupa mais fechada, uso óleo de rosa mosqueta de dia também;
  • hidratação é sempre bom, pela manhã ou à noite;
  • evitar tomar banho quente

Quanto a posição de dormir, infelizmente não tem jeito, já que é a mais adequada não pretendo mudar. Mas em breve darei mais notícias do que farei nos próximos meses!

Me contem também o que vocês costumam fazer para evitar ou tratar as linhas no colo! Já usaram esses métodos preventivos que citei, como adesivos de colo ou sutiã de colo? Deixem nos comentários, quero saber se vale a pena investir!

Mais retinol no blog

Reviline resenha

Redermic R Corrective – La Roche Posay

Para comprar o Retinol Dear Cream clique aqui

Óleo Rosa Mosqueta Herbarium resenha

Óleo Rosa Mosqueta Herbarium é bom? Funciona para que?

Óleo Rosa Mosqueta não é novidade, mas ultimamente é um dos produtos mais famosos na internet. Tem sido muito comentado em blogs de beleza como um ingrediente interessante para cuidados com a pele, e realmente ele é, e com vários usos e funções. Eu quero falar um pouco das características do Óleo de Rosa Mosqueta da Herbarium, e em outro post falar um pouco do tratamento que tenho feito para as linhas do colo. Resolvi separar em 2 conteúdos diferentes pois acho que merecem ser destrinchados!

Óleo Rosa Mosqueta Herbarium resenha

Herbarium é um laboratório farmacêutico referência em fitomedicina no Brasil, tem 30 anos de atuação no Brasil (sediada no Paraná). Óleo de Rosa Mosqueta é apenas um dos produtos da empresa, que também produz Suplementos e Medicamentos.

Eu já conhecia a marca pois é fácil ser encontrada em farmácias aqui em BH, e este óleo de Rosa Mosqueta é um produto bastante famoso da empresa – quando postei no Instagram recebi vários comentários de pessoas que já usavam e se beneficiavam do uso deste cosmético (sim, Óleo de Rosa Mosqueta é um fitocosmético, um cosmético produzido a partir de um ingrediente da natureza).

Óleo de Rosa Mosqueta – pra que serve?

Óleo Rosa Mosqueta é bem famoso por sua ação de regenerar a pele. É bastante recomendado por médicos para auxiliar a cicatrização de cirurgias (cesarianas, por ex), e também tatuagens recém feitas. É uma função bastante parecida com o óleo de Girassol, que também é usado em cicatrização de feridas, dermatite atópica, etc. Óleo de Rosa Mosqueta nutre, amacia a pele e é um excelente antioxidante, inclusive pode ser usado como coadjuvante em tratamentos contra melasmas (sempre com o aval do médico).

Óleo de Rosa Mosqueta pode ser usado:

  • em pele seca e áspera, para amaciar e nutrir
  • em gestantes, para prevenção de estrias
  • em assaduras de bebês;
  • para hidratação de cutículas
  • para regeneração da pele (em cicatrizes)
  • para cicatrização de tatuagens
  • para atenuar rugas e linhas de expressão
  • para clareamento da pele
  • tratamento de queimaduras
  • psoríase

Óleo de Rosa Mosqueta Herbarium – composição

O Óleo de Rosa Mosqueta pode ser extraído de espécies diferentes, e isso pode fazer diferença no produto final em relação a textura, cheiro e densidade. Aliás, não só a espécie da Rosa Mosqueta pode fazer diferença, mas assim como acontece com as uvas cultivadas para fabricação dos vinhos, o terroir e o clima também tem muita influência no produto final. Outra coisa que pode diferenciar óleos de Rosa Mosqueta é a formulação final. Trata-se de um produto natural que precisa ser conservado para chegar às prateleiras (também podem ser manipulados, mas não vou entrar nessa questão pois nunca usei, ok?), por isso você pode encontrar diferentes composições em Óleos de Rosa Mosqueta. No caso específico do Óleo Rosa Mosqueta Herbarium:

Óleo Rosa Mosqueta Herbarium resenha e composição

98% do Óleo Rosa Mosqueta Herbarium é óleo puro, extraído das sementes da Rosa aff. rubiginosa. Nos 2% restantes estão conservantes antioxidantes (como a vitamina E) e ingredientes responsáveis pela fragrância cítrica do produto.

Em relação ao cheiro: eu sou uma pessoa que tem dificuldades com cheiros de óleos naturais. Muitos deles não me agradam, é um cheiro “sujo”, e que fica desagradável na pele. Eu sei que isso é bastante pessoal, e depende de outros fatores além do gosto pessoal (como alergias) mas eu prefiro óleos com fragrâncias, mesmo que tenham que ser fragrâncias alteradas como é o caso deste. Já que é para uso cosmético acho mais agradável.

Óleo Rosa Mosqueta Herbarium resenha

IMPORTANTE: quando vemos matérias sobre composições de Óleo de Rosa Mosqueta é preciso diferenciar o que é a composição do produto final que tem óleo de Rosa Mosqueta como ingrediente (que é o caso do Herbarium, que tem 98% de óleo + conservantes + fragrâncias) e outra coisa diferente é a composição do Óleo de Rosa Mosqueta em si. Como já mencionei anteriormente, os óleos podem ser diferentes de acordo com a espécie da Rosa Mosqueta e com a região onde foi plantada. Mas em geral, Óleo de Rosa Mosqueta tem em sua composição:

  •  ácidos graxos insaturados (ácido oléico, linoléico e linolênico
  • ácidos graxos poliinsaturados
  • ácidos graxos saturados: ácido palmítico, ácido palmitoléico, ácido esteárico
  • outros ácidos graxos como láurico, mirístico, araquidônico, gadoléico e behênico
  • ácidos ativos: ácido transretinoico ou tretinoína natural (entre 0,01 e 0,1%)

A diferença de concentração encontrada desses ácidos varia muito em amostras diferentes, mas no geral os benefícios se mantém.

Esta diferença de composição, textura, apresentação, viscosidade, densidade e cheiro pode fazer muita diferença em sua experiência com o Óleo de Rosa Mosqueta, e isso não tem outra maneira de saber – só experimentando! Você pode não ter bons resultados com um, não gostar do cheiro, mas com outro pode se dar bem e não querer mais largar.

Óleo Rosa Mosqueta Herbarium – minha experiência

Estou usando Óleo Rosa Mosqueta Herbarium há 5 meses e meio, exclusivamente no colo. Toda noite, aplico apenas 2 gotinhas no colo e massageio, e vou dormir. A pele sempre amanhece hidratada. Eu tenho problema de linhas no colo, que aparecem por causa da posição de dormir, e não tem jeito: toda manhã essas linhas estão lá. Mas o fato de usar Óleo de Rosa Mosqueta tem ajudado a diminuir a profundidade dessas linhas que já estavam instaladas, e a fortalecer a pele para que as linhas se atenuem ao longo do dia. A região está mais tratada (eu comecei a dar uma atenção especial ao colo apenas ano passado) e reagindo muito bem ao tratamento. A área fica melada, mas como vou dormir isso não me incomoda, e também me dou bem com o cheiro, então é como usar um hidratante potente à noite. A pele do colo está mais uniforme em relação ao tom e à textura, é realmente um ingrediente bem poderoso.

Pretendo usar depois na área dos olhos, pois tenho ouvido boas experiências de outras pessoas.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...