Workshop com Paul Assumpção

Workshop com Paul Assumpção

1 de junho de 2013 3 Por Luciana Vilela

No dia do evento das Lojas Rede e Vult Cosméticos, tivemos um Workshop com o maquiador Paul Assumpção, gente finíssima e que presença agradável, um fofo!

Como eu não sou profissional, gosto de ficar prestando atenção em tudo que eu vejo, tenho que aprender com quem sabe, não é? Enquanto o Paul maquiava toda hora eu perguntava alguma coisa – a “mala”! Mas foi legal aprender uns truquinhos.

Lembrando, gente, que nada é regra. O que ele faz, como ele faz, é o jeito dele, e levando em conta que o cara é profissional, tem uma baita bagagem de estudos, cursos e uma carreira já cheia de experiências bacanas, qualquer dica é bem vinda, não é?

Nesta maquiagem, Paul usou principalmente o quinteto da Vult Drama, que nós até recebemos no Press Kit, e é um quinteto lindo, bem inverno. A pele já havia sido preparada, e a sobrancelha preenchida com o lápis de sobrancelha universal da Vult. Não foi utilizado primer de sombras.

1-Vejam como ele marca o côncavo um pouco acima daquela linha real onde termina a pálpebra móvel, com um tom de marrom, opaco.
2-Desta marcação para baixo, ele preenche com cor, um tom de vinho, também mate.
3-E então, esfuma tudo, para acabar com os limites entre uma cor e outra.
4-Agora, usa um tom mais escuro de vinho rente aos cílios…

5-…e também abaixo dos cílios inferiores.
6- Sombra iluminadora abaixo do arco da sobrancelha…
7-…e até agora estamos assim!
8- O próximo passo é o delineador líquido da Vult. Ele prefere delinear antes de colocar os cílios postiços, pois colocando antes você garante que os olhos não fiquem com aquela falha de pele aparecendo, o que pode acontecer se você delinear depois dos postiços no lugar.

9-Agora sim, com os olhos delineados, ele coloca os postiços.
10-Olha só o poder desses cílios! Nesta foto dá pra ver o efeito lindo que ele faz…
11-Detalhe é que ele usa a haste flexível sempre, neste caso para aplicar e ajustar os cílios e também para auxiliar a passar a máscara.
12-E umas boas camadas de máscara finalizam os olhos, com muita paciência, muita mesmo!

13-Como ele já havia feito o contorno quando fez a pele da modelo, o blush está um pouco acima desta linha, devolvendo ao rosto o que foi “perdido” quando a pele foi maquiada, ou seja, o rubor natural.
14-Agora, vamos iluminar! Ele usa uma sombra cintilante de um quinteto da Vult mesmo, segundo ele só porque o tom da sombra tinha tudo a ver com a  maquiagem (não precisa ser um iluminador para fazer esse efeito, uma boa sombra com tom mais claro que toda a make já resolve!). Ele passa com os dedos mesmo, na linha central do nariz, no C invertido das têmporas…
15-e no canto interno dos olhos.

E a vontade que deu de sentar naquela cadeira e falar: agora eu, Paul!!!!

2 coisas que eu tirei:

-preciso usar mais postiços. É um desperdício não usar!

-quero usar e abusar de tons de inverno, a hora é agora! Fica muito chique…

Pena que não tem um vídeo, vocês iriam adorar ver a simpatia do Paul e sua presteza em nos atender em todas as dúvidas. Foi muito legal!

Depois vou mostrar os dois quintetos da Vult que ganhei. Já posso adiantar que são lindos, mas lindos mesmo, vale super a pena!