Falando em BB Cream…

Falando em BB Cream…

4 de abril de 2013 13 Por Luciana Vilela

Desde que comecei a ouvir falar sobre esse tipo de produto eu sempre me entusiasmei, por vários motivos. Mas sem dúvida nenhuma, o principal era o fato de ser uma coisa muito difundida na Ásia (embora o BB Cream tenha sido criado na Alemanha, sua popularização foi muito forte entre os orientais) e com a pele que eles tem, se gostam de algum produto é melhor investigar…


O fato é que a onda do BB Cream se espalhou de tal forma que muita coisa se perdeu, por isso resolvi fazer esse post.

-BB Cream não é a mesma coisa que base. BB Cream não é maquiagem. Por isso, diferencie suas expectativas para produtos diferentes.

-Se você está acostumada a usar base todos os dias para ir trabalhar, por exemplo, e sua base é sequinha, dá o acabamento que você gosta, talvez você não se dará bem com o BB Cream, nenhum deles. Na minha opinião, ele serve para quem quer substituir o hidratante, e não a base. Entendem a diferença?

Se a pessoa usa um hidratante de manhã, e sabe que sua pele fica com uma textura um pouco diferente, que sente que tem um produto ali, que oferece vantagens para a pele, como um anti-age ou uma ação clareadora, e ainda tem cor, aí sim ela está levando vantagem!!!

Mas se ela gosta de usar base porque quer cobrir as manchas da sua pele, e quer ficar apresentável durante o seu horário de trabalho, o BB Cream vai deixar a desejar.

Por isso, você só vai se adaptar ao BB Cream se você tiver expectativas diferentes das que você tem com relação a maquiagem.

-Muita empresa (principalmente as grandes empresas, multinacionais) está lançando BB Cream a torto e a direito, mas pra mim não passam de hidratantes com cor, e algumas vezes com proteção solar. Na minha opinião, o fator tratamento se perdeu nisso aí. 

Talvez porque elas queiram popularizar o produto, abaixando os preços, acabaram deixando a parte do tratamento de lado. Quando falo tratamento quero dizer ação anti-age e clareamento da pele,ok?

O primeiro BB Cream que eu usei foi da Skin 79 e nem era o melhor para pele oleosa, por isso só usava no frio de BH, senão minha pele pingaria óleo. Mas impressionante como minha pele melhorou depois de um mês de uso. Eu tenho umas manchinhas na testa que só eu percebo, ou então quando tiro algumas fotos com minha máquina no modo Manual elas estão lá, aparecendo. Essas manchas melhoraram bastante com o uso dele. Me empolguei com a Skin 79 e comprei o Diamond, que é bem melhor para pele oleosa, e sim, continuei achando que melhorava o aspecto da pele, especialmente da testa.

No final do ano passado passei a usar o Garnier e o Maybelline (os meus são da fórmula européia) e gosto muito dos produtos pelo fator praticidade, mas dizer que estão tratando a minha pele, não posso dizer. Podem estar hidratando, mas manchinhas eles não melhoraram.

Aí você compara: a média de preço dos asiáticos como Misha e Skin79 é de 20 dólares. Os de farmácia, até 10 dólares, a metade. Então, tem que ter diferença mesmo.

-Por isso, não espero e não aconselho que você espere também, muita coisa dessa leva de BB Creams que apareceram no ocidente (Revlon, Almay, várias marcas lançaram lá fora e breve muitas chegarão por aqui). Excluo dessa lista as marcas de dermocosméticos por 2 motivos: ainda não usei para poder falar, e boto mais fé nessas marcas, por motivos óbvios.

-Ao usar BB Cream no seu dia a dia, coloque na cabeça que ele funcionará como uma maquiagem natural, e bem leve. Se quiser mais do que isso, use base!

-Vale a pena experimentar? Acho que sim! Você verá muita diferença entre produtos e algum deles deverá se encaixar no seu perfil, mas como eu disse, altere sua expectativa…

Ainda não vi BB Cream sequinho e que não transfere.O mais sequinho que eu já usei até hoje, que é bem sequinho mesmo, e estou amando é o CC Cream da Cover Girl & Olay, que ainda quero mostrar no blog.

Também não vi um BB Cream que trate acne. Ainda acho que não é um produto para pele acneica, e se eu tivesse com esse problema de pele não usaria sem perguntar a um dermatologista.

Espero que tenham entendido meu ponto de vista. São apenas algumas constatações do que tenho experimentado e visto por aí no mercado, nada aqui é regra nem um ponto final sobre o assunto, ok?

Beijos!!!