Bases Maybelline: Dream Matte Mousse, Dream Liquid Mousse e Instant Age Rewind

Bases Maybelline: Dream Matte Mousse, Dream Liquid Mousse e Instant Age Rewind

30 de abril de 2013 8 Por Luciana Vilela

Pra começar, preciso dizer que não é um post com resenha, já que não usei nenhuma das bases no rosto. Porém, quem me apresentou os 3 produtos foi ninguém menos do que o Luciano Paiva, que é o sabe-tudo da marca no Brasil.
Eu só passei as bases na mão, e embora eu saiba que muita blogueira faz resenha de base só assim, eu não faço, mas quis falar sobre elas porque pode ser uma ajuda pra quem não conhece ainda. Eu mesma sou um zero a esquerda em base da Maybelline porque nunca tive nenhuma, então pra mim foi bom saber o que vou contar aqui.

Por isso, não vou falar nada sobre durabilidade, comportamento na pele oleosa, etc, só mesmo descrever algumas coisas que o Luciano me explicou,ok?

Começando por essa que eu achei bem interessante. Engraçado é que quem tem pele oleosa tem mania de se interessar primeiro por bases matificantes, mas isso não tem que ser uma regra. Mas parece que fica na cabeça da gente que o fato de ter acabamento mate vai fazer segurar a oleosidade, mas nem sempre isso acontece, pois a base pode matificar na hora mas não aguentar muito tempo no rosto…
Bom, eu fiquei impressionada com a secura dessa aqui. A consistência de mousse é bem interessante, toda aerada, e espalha bem. E como fica sequinha!

Efeito mate total.

A próxima da lista é esta, Dream Liquid Mousse, que seria o meio termo entre a primeira e a próxima que vou mostrar. De cobertura média, essa é com textura mais líquida – mas não aguada (como por exemplo, o BB Cream brasileiro). Em relação ao acabamento, ela é mais luminosa, mas quem tem pele oleosa não precisa ter preconceito, pois ela não é brilhosa demais. Ela está na faixa dos R$60,00 no Brasil, e pode ser uma boa opção pra quem quer uma base pro batente. Algumas lojas tem demonstradores dessa base, não é difícil experimentar para ver o acabamento e testar sua cor.

Esta era a que eu mais queria conhecer. Sou cismadíssima com aquele aplicador de espuma que ela tem, pois a princípio me pareceu tão anti-higiênico! Porque, pensa bem, pincel é fácil de lavar, mas a idéia de ter que tirar aquele negócio pra limpar. Acho esse aplicador dispensável, mas quem sou eu, né?
A base é muito indicada para peles maduras. O acabamento luminoso cai bem em peles envelhecidas, já que devolve o viço que essa pele já não costuma ter mais, e ainda disfarça linhas finas de expressão. Sem falar que ela tem propriedades de tratamento anti-age, e Fator de proteção solar 18. Então, se não é boa pra você, pode ser uma opção pra sua mãe…quem sabe?

No alto da minha mão dá pra ver a luminosidade da base!

Espero que tenha conseguido passar pelo menos a proposta de cada base, e se acontecer de um dia eu usar a ponto de ter mais informações sobre elas eu conto mais.