Vichy Idéal Soleil anti-idade FPS 50

Vichy apresenta Idéal Soleil anti-idade FPS 50

Vichy Ideal Soleil Anti-Idade | Estou sempre postando novidades do mundo da beleza que eu tenho experimentado e usado, mas dessa vez recebi algumas perguntas no Instagram a respeito do último lançamento da Vichy, o Ideal Soleil Anti Idade. Mesmo não tendo usado ainda, mas tendo em vista minhas boas experiências com Ideal Soleil, achei que vale a pena deixar as informações para que vocês entendam melhor a proposta do produto. Se alguém usar antes e quiser adiantar as opiniões sobre o produto, fique à vontade! Eu atualizarei este post aqui caso eu conheça 😉 –> EDIÇÃO: JÁ USEI! Pode ler a resenha logo abaixo!

Resenhas de Vichy Ideal Soleil no blog:

Vichy Ideal Soleil Efeito Base (com vídeo)

Vichy Ideal Soleil Hydrasoft

 

Vichy Ideal Soleil Anti-Idade FPS 50

Vichy Ideal Soleil Anti-Idade FPS50

Desenvolvido para a pele brasileira, o produto traz textura toque seco, suaviza linhas finas e proporciona ação antioxidante comprovada

A mulher que se preocupa com a saúde e a aparência da pele ao longo dos anos precisa lançar mão de um arsenal de produtos para combater os sinais do envelhecimento. Porém, não é apenas a idade que causa o envelhecimento da pele. 83% dele vêm de fatores externos, como a radiação solar, raios infra-vermelhos, má alimentação, stress etc. Por isso, o protetor solar é um dos itens indispensáveis no cuidado diário, e um dos primeiros para quem quer começar uma rotina de cuidados contra o envelhecimento. E, pensando nisso, Vichy desenvolveu especialmente para a pele brasileira, Idéal Soleil Anti-Idade Toque Seco FPS 50, primeiro protetor solar com exclusivo booster anti-idade, textura toque seco que protege e ao mesmo tempo cuida da beleza da sua pele.

 Ações do Ideal Soleil Anti-Idade contra o envelhecimento

Idéal Soleil Anti-idade protege a pele dos raios ultravioletas e ajuda a reduzir os danos causados pelos raios-infravermelhos, ajuda a suavizar as linhas finas, proteger o colágeno e aumentar a firmeza da pele. Sua fórmula de rápida absorção conta com um complexo que ataca as três causas do envelhecimento:

Fotoenvelhecimento

Com Sistema de filtros solares que protegem do UVB ao UVA longo, e previne queimaduras solares, manchas solares e rugas;

Oxidação (degradação do colágeno)

Com a presença do Camu Camu, fruto da Amazônia Brasileira, a 2ª fruta mais rica em Vitamina C, com 50 vezes mais que a laranja; Sua ação Anti-Oxidante combate os radicais livres e ajuda a proteger o colágeno.

Glicação (irregularidades na superfície da pele)

Com o Kombucha, poderoso chá preto de ceilão, possui ação anti-glicante, que melhora o relevo da pele.

Idéal Soleil Anti-idade ainda possui uma textura toque seco com controle de oleosidade, ideal para peles normais, mistas e oleosas. O produto foi desenvolvido para a pele brasileira e aprovado pelas consumidoras que consideraram: 98% textura leve; 100% rápida absorção; 95% toque aveludado.

Ideal Soleil Anti-idade é resultado de uma pesquisa intensa realizada pela Vichy que resultou em um produto multifunção, que além de combater os sinais do envelhecimento e proteger dos raios ultravioletas, pode ser utilizado por quem tem pele oleosa, graças à textura toque seco já consagrada de Ideal Soleil”, afirma Maíra da Matta, diretora de Vichy no Brasil.

O novo produto chega para complementar a gama Idéal Soleil, que já conta com o Idéal Soleil Toque Seco FPS 30 e FPS 50, Idéal Soleil Efeito Base FPS 30 e Capital Soleil Toque Seco com cor FPS 50, Idéal Soleil Antiacne FPS 30, Idéal Soleil Clarify FPS 60, além do Idéal Soleil Hydrasoft FPS 30, 50 e 70, para o corpo.

 Vichy Ideal Soleil Anti Idade FPS50 resenha

Minha Experiência com o Ideal Soleil Anti Idade

Recebi o produto e fiquei realmente muito impressionada com a textura e o acabamento – ele é fácil de espalhar, depois que espalha a pele não fica esbranquiçada e fica bem sequinha mesmo. Funciona muito bem por baixo da maquiagem, não esfarela, dura bastante tempo no rosto. Usei em dias de calor, passou em todos os testes!

Quanto a ação antioxidante, claro que o fato de ter esse “plus” é uma vantagem em relação a outros protetores solares, direcionando o produto a um público alvo específico (e eu faço parte dele!!!), mas não substitui os tratamentos tradicionais que eu estou acostumada a fazer e vou continuar fazendo. Mas que é uma boa ajuda, é, e eu não dispenso!

Até agora, foi o melhor protetor solar da Vichy que eu já usei , sem dúvida.

Onde comprar e preço

O lançamento chega às farmácias de todo o Brasil agora em outubro.

Preço sugerido: R$ 79,90

Filtro físico x químico são diferentes, entenda!

Filtro solar físico ou químico, qual é o seu?

Qual é a diferença entre o filtro solar físico e filtro solar químico? Qual é o melhor? Qual é o mais indicado pra mim? Já recebi essas perguntas aqui no blog mas como não sou dermatologista não sei responder. Por isso recebi um material muito interessante que pode ajudar a tirar essas dúvidas que os leitores do blog tem, e eu também, afinal gosto de entender o assunto para escolher os produtos que eu uso. Protetor solar não se escolhe só olhando o FPS (que não deixa de ser um fator importante, mas não é o único), por isso espero que a matéria seja útil pra você!

Filtro Físico ou Químico? Tire suas dúvidas

Filtros físicos e químicos. Saiba o quanto essa informação importa no seu protetor solar

Dermatologista explica a diferença entre filtro físico (inorgânico) e químico (orgânico) no protetor solar. Bloqueando ou transformando a radiação, os filtros estão presentes nas formulações e cada um age de uma forma

Geralmente, ao escolher um protetor solar, o consumidor é guiado pelo número do FPS. Mas na formulação de um fotoprotetor, dois tipos de filtros podem ser encontrados: os orgânicos (químicos) e os inorgânicos (físicos). A dermatologista Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, explica as atuações diferentes e, no caso das crianças, a indicação específica:

Filtros químicos

“Os filtros solares químicos fazem uma defesa filtrando os raios nocivos, ou seja, há uma transformação química da energia da radiação ultravioleta e a energia de baixa intensidade que atinge a pele não traz os malefícios da radiação que é potencialmente cancerígena, e com isso protege a pele também da queimadura”, explica a Dra. Claudia. A radiação quando atinge uma pele protegida pelo filtro químico, acrescenta a médica, é absorvida e sofre um processo de filtração e acaba sendo não muito agressiva, mas isso depende muito do índice que é utilizado. Componentes comuns: avobenzone, benzophenone-3, octyl metoxicinnamate, octocrylene, oxybenzona.

Filtros físicos

De maneira geral, os filtros físicos são partículas derivadas de metais, ou óxidos metálicos, que atuam através de mecanismos ópticos, refletindo ou dispersando os raios solares. “Os filtros físicos são como uma parede de tijolos onde a luz bate e volta. Não tem absorvência, tem refletância: e com isso há um impedimento de todos aqueles danos cumulativos dos filtros químicos, que são altamente instáveis, já que na sudorese, na água do mar, a molécula fica quimicamente instável e deixa de proteger”, explica. “Os principais filtros físicos são o óxido de zinco, óxido de ferro e dióxido de titânio. A vantagem desse tipo de filtro é que são mais estáveis e penetram pouco na pele, sendo ideais para os pacientes alérgicos e com sensibilidade cutânea elevada”, conta.

Físico x químico: como escolher?

Os filtros solares inorgânicos (físicos) protegem mais contra a radiação quando ela é potencialmente carcinogênica, principalmente nos dias mais quentes — como o índice de radiação solar está muito alto. Nesses dias, essa radiação pode causar queimaduras sérias, às vezes até de segundo grau, trazendo mutações com o dano cumulativo ao longo das exposições, que na somatória (com o passar dos anos) pode se transformar em lesões como as queratoses actínicas e depois os próprios carcinomas de pele”, conta a dermatologista. “Os raios UVB e InfraRed furam o bloqueio dos filtros químicos de alguns produtos de fotoproteção e causam dano celular que, em consequência, provoca também flacidez com envelhecimento precoce da pele”, explica.

“Com relação ao filtro físico, o dióxido de titânio pode ser uma molécula natural ou micronizada, porque o dióxido de titânio quando aplicado natural deixa o rosto branco. E nas novas formulações com o ativo micronizado, ele fica fluido, quase transparente. Ele pode ser associado também ao óxido de zinco e ao óxido de ferro, então temos filtros físicos que formam uma barreira real sobre a pele, fazendo com que a radiação não seja absorvida, filtrada ou sofra processo de dispersão e sim de reflexão: ou seja, o raio bate e volta”, explica.

Fórmulas robustas

As novas formulações trazem a combinação de filtros químicos e físicos para potencializar o efeito fotoprotetor. “Os filtros solares inorgânicos assim como os químicos devem ser passados quando a pessoa está em exposição ambiental a cada duas horas, mas se houve um mergulho no mar ou na piscina, ele deve ser aplicado imediatamente. Sabemos que a característica do horário é muito importante, então se o paciente está entre 10 e 18h em exposição solar aguda, ele deve reaplicar esse filtro com maior generosidade, formando realmente uma camada filmógena, e com intervalo mais curto de reaplicação principalmente se ele estiver praticando uma atividade física e estiver em exposição ambiental, como na praia”, indica. “No caso das crianças, o melhor é optar sempre por filtros solares adequados com uma nomenclatura pediátrica, ou para crianças. São indicados produtos com filtros solares físicos e inorgânicos”, conta. Isso acontece para que não haja penetração de substâncias químicas na pele.

Afinal, qual FPS?

“Os filtros solares hoje, com relação ao novo guideline mundial, nunca devem ser abaixo de 30. O ideal mesmo para pessoas de fototipos mais claros são filtros acima de 50 para áreas nobres como rosto, pescoço, orelha, dorso das mãos e a região do colo”, conta. “Realmente sabemos que na prática aquilo que está no FPS do frasco acaba não sendo aplicado como deveria e aquele filtro que está ali não é o mesmo que está aplicado sobre a pele, porque é aplicado em menor quantidade e não é reaplicado no momento que deveria ser. Então em algum momento, a pessoa fica com uma fotoproteção muito pior, o que pode fazer com que ela sofra queimadura”, finaliza.

 

Fonte: Dra. Claudia Marçal
Dermatologista da Clínica de Dermatologia Espaço Cariz, com especialização pela Associação Médica Brasileira (AMB), membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e membro da American Academy of Dermatology (AAD), CME (Continuing Medical Education) na Harvard Medical School.

Jornalista responsável: Guilherme Zanette

 

Loreal Solar Expertise Toque Seco

Conheça mais sobre o Solar Expertise Toque Seco

Ontem eu comentei no post do Invisilight que eu tinha recebido esta versão do Solar Expert da Loreal o Toque Seco. Achei legal postar as resenhas dos dois protetores solares seguidas, assim vocês vão conseguir comparar e entender melhor o que eu quero mostrar nessas resenhas, ok?

Loreal Solar Expertise Toque Seco

Loreal Solar Expertise Toque Seco

Recebe este  Solar Expertise Toque Seco da assessoria da Loreal antes do evento da apresentação dos produtos para  verão 2016. Este protetor existe há mais tempo e o Invisilight foi lançado agora. Geralmente quem tem pele oleosa procura sempre produtos com toque seco afinal de contas a sensação de ter a pele melando é sempre desagradável. Mas o que eu disse ontem na resenha do Invisilight é bem verdade: os produtos que não tem toque seco podem também ser oil free e não deixar a sensação de pele melada, por isso acho legal você pesquisar outros produtos para pele oleosa além dos que oferecem o toque seco. Você pode ter boas surpresas!

FPS 30

Agora deixa eu mostrar um pouco mais do produto: ele tem FPS 30 então não fica nas minhas primeiras posições quando quero escolher um protetor solar. Mas em um final de dia na praia eu posso até usar um FPS mais baixo como esse… Deixa eu contar um segredinho: tenho usado esse filtro no dia-a-dia nas mãos pois gosto de usar enquanto dirijo. Sempre bate sol no volante e é bom ter as mãos protegidas – não adianta nada o rosto estar bem cuidado e as mãos detonadas pelo sol, não é verdade?

 

Comparação dos acabamentos dos 2 Protetores Solar Expertise

Outra comparação que eu acho interessante fazer já que estamos falando sobre os dois protetores da Loreal é em relação ao acabamento na pele:  se o Invisilight tem textura de serum, não tem toque seco (embora seja oil free) mas deixa uma cobertura transparente, o Toque Seco cumpre a proposta sugerida pelo nome, pois seca bem na pele, mas deixa a pele um pouco esbranquiçada.

Loreal Solar Expertise Toque Seco

Nesta foto eu passei uma quantidade um pouco maior de protetor e deixei secar para que vocês visualizem. Claro que quando passamos no rosto o resultado não é assim tão branco, só exagerei na dose para aparecer na foto, OK?

Espero que eu tenha conseguido passar as impressões dos dois produtos para vocês. Achei importante colocar essa comparação pois a procura por protetor solar para quem tem pele oleosa é sempre grande aqui no blog e eu acho que no final das contas os dois protetores são uma boa opção, mas essa questão do acabamento pode fazer a diferença na sua escolha.

E agora que você já conhece bem os dois protetores Solar Expertise me conte: qual você prefere o Invisilight ou o Toque Seco?

 

 

Loreal Solar Expertise Invisilight FPS 50

Invisilight com FPS 50 é novidade da Loreal para o verão

Estou usando o protetor Solar Expertise Invisilight da Loreal desde que ganhei no evento da marca. Eu havia ganhado o protetor Solar Expertise Toque Seco poucas semanas antes mas nem deu tempo de fazer a resenha  (estou pensando em publicar logo depois dessa resenha aqui, prometo!). Quis falar sobre o Invisilight primeiro porque foi o que eu mais gostei.

Na verdade a Loreal já tinha um Invisilight FPS 30 e esta nova versão tem FPS 50 proteção UVA/ UVB.

Loreal Solar Expertise Invisilight FPS 50

Características do Solar Expertise Invisilight

Esta versão do Solar Expertise é para uso diário e tem cobertura leve e invisível, com textura de serum. Algumas pessoas pensam que pelo fato de ter textura leve como a textura de um serum ele terá toque seco mas não é isso que acontece (não necessariamente). Antes de usar esse protetor eu estava usando um protetor solar com toque seco e realmente é muito diferente. O Toque Seco matifica a pele, sua pele fica bem seca ao toque. Já este tipo de protetor como o Solar Expertise Invisilight não deixa a pele tão seca assim mas isso não quer dizer que ela fica melada. Muitas pessoas não diferenciam isso mas é importante falar que não é a mesma coisa!

Resumindo é o seguinte: ao usar este protetor da Loreal você não vai ter a pele matificada, vai dar pra sentir que acabou de passar um produto. Mas ele não vai deixar sua pele oleosa e com aspecto suja, ou de quem está suada, que é o que todo mundo que tem pele oleosa mais odeia. Afinal de contas ele é um produto oil Free, ou seja, não tem óleo na composição.

Protetor solar invisível

Loreal Solar Expertise Invisilight FPS 50

Na foto dá pra ver a textura do protetor Solar Expertise Invisilight da Loreal. Ao lado, um pedaço da minha mão com o protetor espalhado. Sem resíduo branco!

 

Está aqui a característica de que eu mais gostei neste protetor: o fato de ser invisível. Eu sei que é muito importante na questão da proteção aquele aspecto branco que muitos protetores solares deixam na pele. Você passa e parece que acabou de usar um talco, rsrsrs.  Confesso que não sou muito fã mas sei que geralmente isso melhora a proteção solar. Como este protetor solar Invisilight é realmente invisível ele ganhou pontos comigo nesse aspecto, adoro passar o filtro e ver que a minha cara está com a cor original, hahahahaha!

Espero que tenham entendido que eu quis passar sobre a experiência de usar oprotetor Solar Expertise Invisilight da Loreal. Eu realmente gostei muito, tenho usado diariamente e acho que vocês vão gostar também.

Onde comprar

Os protetores solares da Loreal são facilmente encontrados em farmácias e lojas de cosméticos este aqui vem com 50 ML e custa em média R$ 50,00 – 60,00.

 

Óleo Extraordinário Edição Verão Brasileiro | Elseve

Óleo Extraordinário Verão Brasileiro: especial para o nosso cabelo!

Bastou um fim de semana para eu me apegar ao Óleo Extraordinário Verão Brasileiro que a Loreal acabou de lançar. Quem acompanhou no Instagram (@luvilelapaes) viu que 6ª feira fui ao evento de lançamento dos produtos da Loreal Paris para o verão 2016 e recebi um press kit cheio de novidades, e tudo vai aparecer por aqui, mas este novo Óleo Extraordinário teve que ser o primeiro da fila, pois é MUITO BOM!!!

Óleo Extraordinário Edição Verão Brasileiro | Elseve

A embalagem é a mesma das outras versões, vem com 100ml e custa em média R$30,00. Perceberam a calçada de Copacabana na embalagem? Ele foi elaborado especialmente para o cabelo das brasileiras, por isso a homenagem.

Nova textura do Óleo Extraordinário

Existem algumas diferenças entre as outras versões do Óleo Extraordinário e a edição Verão Brasileiro, mas a principal delas com certeza é a textura: este aqui é bem líquido, um líquido oleoso, e por isso a válvula é spray, e não mais a Pump dos outros óleos.

Eu amei isso!!! Você borrifa no cabelo e mal tem trabalho para espalhar, com certeza é muito mais prático do que o óleo. E achei o resultado muito melhor se comparado à experiência que eu tive com o meu primeiro Óleo Extraordinário, que não foi das melhores. O cabelo ficou sedoso, gostoso de pentear, não ficou pesado nem grudento, e o efeito dura por muito tempo. Sem falar nos cachos, que ficam bem mais bonitos (ele não é um modelador, mas melhora o aspecto do cabelo ondulado).

Óleo Extraordinário Edição Verão Brasileiro | Elseve

Vejam que ele é tão leve que uma borrifada apenas deixa a mão molhada, não acumula líquido.

Proteção UV

Outra vantagem dessa edição: proteção solar!!! \o/

Outro dia mesmo me pediram sugestões de filtro solar para o cabelo seja barato e fácil de achar: tá aqui! A Edição Verão Brasileiro tem filtro UV associada a óleo de flores preciosas, que ainda ajudam a proteger o cabelo do ressecamento.

É um produto excelente para levar na sacola de praia, para ser usado antes, durante e depois. Eu já conferi neste fim de semana, e realmente é muito bom. O cabelo voltou da praia todo domadinho, gente!!! Era meu sonho de consumo!

Óleo Extraordinário Edição Verão Brasileiro | Elseve

Linha Elseve Óleo Extraordinário Edição Verão Brasileiro

Além deste óleo, a linha ainda tem Shampoo, Condicionador e Creme para Pentear, mas o shampoo e o condicionador serão vendidos só até o final do verão. O Creme para Pentear e o Óleo Extraordinário farão parte da linha permanente da Elseve – ufaaaaa!!!

Recebi a linha completa mas ainda não testei, mas com certeza terá resenha por aqui em breve. Já usei uma outra linha que ganhei no evento também e já quero mostrar logo!

Quem ficou curiosa aí? Esse eu recomendo MESMO, viu? Quem tiver alguma dúvida pode deixar aqui nos comentários!

 

 

 

 

Protetor Solar – se você ainda não usa, melhor ver isso!

Use protetor solar diariamente!

Eu sempre usei protetor solar, mas confesso que sou meio relaxada. Sim, porque usar protetor solar na praia, ou quando vai sair de casa quando o tempo está aberto é relaxamento, e na verdade essa era a regra pra mim. Eu até passava filtro só para ficar em casa, mas não era todo dia. Ás vezes eu me esquecia…

Mas fiz uma consulta ao dermatologista que mudou isso, e quero dividir com vocês. No consultório da Dra. Christiane Gonzaga, fiz uma sessão de fotos no Reveal Imager, um aparelho que tira fotos da sua pele e tira um “raio X”, mostrando como está o verdadeiro estado da sua pele em relação aos danos do sol.

Reveal Imager – um raio X da pele

Protetor Solar - se você ainda não usa, melhor ver isso!

A Dra. Christiane usou o Reveal Imager antes de começar meu tratamento com o Spectra Laser Toning, pois assim ela teria um “mapa” do meu rosto, mostrando onde deveria trabalhar com mais ou menos intensidade, onde poderia melhorar manchas na pele, enfim, este equipamento ajuda o médico a enxergar melhor a pele do paciente e traçar um plano de tratamento mais adequado. Achei duas coisas: interessante e APAVORANTE!

Interessante porque eu nunca tinha visto meu rosto com tanto detalhe, e apavorante…pelo mesmo motivo! kkkkkk

Como a própria dermatologista me disse, todo mundo que passar pelo Reveal Imager sai do consultório desesperado para usar protetor solar, e foi exatamente assim que eu me senti. E de lá pra cá eu não me esqueço mais, o negócio funciona mesmo! 😀

 Meu rosto no Reveal Imager: as manchas na pele que só eu enxergava!

Algumas vezes eu falei aqui no blog a respeito de umas manchas na pele que eu enxergo em mim, e parecia que só eu enxergava essas manchas. Já tentei fotografar para fazer alguns posts mas elas não aparecem nas fotos, parece que falta contraste. E não é que elas existem mesmo?

Protetor Solar - se você ainda não usa, melhor ver isso!

O que o equipamento está mostrando é o resultado da ação dos raios solares durante toda a minha vida. Nós sempre ouvimos dizer que o efeito do sol é cumulativo, não é? Desde a infância (e a minha foi nos anos 80, quando era moda usar Rayito de Sol e torrar na praia!!!) até hoje, tudo o que eu acumulei de efeito nocivo do sol está aqui. As tais manchas que eu falo são as das maçãs do rosto e na testa, e ninguém nunca enxerga (ainda bem) mas eu sim, e nessas fotos eu enxerguei com nitidez o que às vezes eu fico procurando no espelho para poder usar um creme clareador, kkkkkkkk!

Outra coisa que a dermatologista descobriu com as imagens é a minha tendência a vermelhidão. Minha pele é sensível e sempre que fica quente (quando faço um exercício, quando abro o forno e vem aquele ar quente no meu rosto) ela fica vermelha com facilidade, e fica irritada. Daí eu entendo porque eu me dou tão bem com água termal, pois é uma das coisas que acalmam minha pele. Viram como tudo está ligado?

 

Protetor Solar - se você ainda não usa, melhor ver isso!

Achei tão interessantes essas fotos das laterais do rosto, pois me enxerguei daqui a uns 10 anos caso eu não tome cuidado com o protetor solar: essas manchas das têmporas são idênticas às manchas na pele que minha mãe tem – aliás, tinha, ela fez tratamento com laser e melhorou muito! Vejam as manchas nas maçãs do rosto novamente, as que eu comento que gosto de disfarçar com base 😉

Protetor Solar - se você ainda não usa, melhor ver isso!

As imagens mostram “projetos de manchas na pele“. Os pigmentos que irão manchar (aliás, iriam, porque eu não vou deixar!!!) estão ali, prontos pra sair (estou descrevendo de um modo leigo, viu gente? Pra todo mundo entender melhor) e caso eu não proteja minha pele do sol, aí está o “desenho” que terei na pele. Além disso, as manchinhas que hoje aparecem pouco a olho nu, mas já existem, poderão piorar e ficar mais contrastantes e mais aparentes.

Este estado da pele pode se reverter?

Não. Aliás, pouca coisa, pois o Spectra Laser pode dar uniformidade a minha pele tirando as poucas manchas que aparecem. Mas daqui pra frente o importante é PREVENIR. Como? Protetor solar. Sempre!

Já usou protetor solar hoje?

Hoje está chovendo, mesmo assim passei protetor solar de manhã e retoquei à tarde. E ainda foi pouco, porque a eficácia do protetor é por 2 a 3 horas só, mas acho que duas vezes ao dia já está de bom tamanho…

Viram só como é importante usar protetor solar? É tão diferente quando enxergamos algo que antes era tão teórico, não é?

Eu gostei, e achei que isso foi um grande estímulo pra mim e também para que eu cuide das minhas filhas em relação ao sol desde já. Não sou dessas que tem medo de envelhecer, mas acho legal quando alguém diz que eu não aparento a idade que eu tenho, acho que isso mostra que eu me cuido e gosto de mim. Não acham?

E você? Usou protetor solar hoje?

 

Garnier Ambre Solaire Sensitive Expert + FPS50

Sensitive Expert + é o filtro para peles sensíveis da Garnier

Já mostrei um filtro solar da Garnier aqui no blog, hoje vou falar um pouco do Sensitive Expert +, outra versão da mesma linha Ambre Solaire só que para peles sensíveis. Assim como comentei no primeiro post, há 4 anos, continuo sem entender o motivo que fazem algumas marcas não trazerem suas linhas completas de produtos para o Brasil, o que é o caso da Garnier que tem muitos produtos de proteção solar bons mas que infelizmente não tem por aqui.

 

O Sensitive Expert + é especial para peles muito claras, sensíveis e intolerantes ao sol, por isso sua fórmula tem proteção reforçada contra os raios UVA e UVB, além de ser hipoalergênica, sem parabenos, sem corante e sem fragrância. Achei um bom filtro solar para ser usado em crianças – as minhas são bem branquinhas e precisam de filtros assim.

Garnier Ambre Solaire Sensitive Expert + FPS50

 

A linha Ambre Solaire tem um componente patenteado, um sistema de filtragem fotoestável, Meroxyl SX e Meroxyl XL, que oferece à pele uma proteção eficaz contra os raios UVA e UVB que causam as queimaduras solares e envelhecimento prematuro da pele. Mesmo sendo um filtro solar feito na Europa e para um público alvo que tem a pele mais seca que a nossa, não achei este filtro oleoso, mas não é do tipo que fica sequinho na pele. Como é um filtro geralmente usado em ambientes como praia e piscina isso não me incomoda, pois não acho que ter acabamento sequinho seja a principal qualidade de um filtro solar nesses casos, e sim a proteção. Aliás, nem nos filtros solares brasileiros eu encontrei ainda um filtro de corpo que seja sequinho, alguém conhece?

Garnier Ambre Solaire Sensitive Expert + FPS50

Esta é uma dica pra quem viaja e gosta de achadinhos de farmácia: os filtros solares da Garnier Ambre Solaire são muito bons, eficazes, custam pouco (este custa entre 7 e 8 euros), e tem alta proteção. Vale a pena experimentar!

*Aqui no blog também mostrei um gel clareador de cabelos da Garnier, você viu?

 

 

 

Vichy Capital Soleil Toque Seco com cor

Resenha do Filtro Solar Vichy Capital Soleil com cor

Sou dessas que não tem vergonha… faço post com amostra!!!! hahahaha Mas desde que a Vichy (e toda a cosmética ativa da Loreal, aliás) me abandonou eu não tenho mais novidades pra mostrar, então agora eu recebi as amostras na Campanha #ESPALHEMAISBELEZA  e quis postar no blog, afinal as leitoras merecem. Eu gostaria de experimentar mais para falar da proteção e do efeito a longo prazo na minha pele oleosa, mas vieram duas amostras com 3g cada… Pelo menos deu para espalhar no rosto todo e saber como fica o resultado!

Resenha  Filtro Solar Vichy Capital Soleil com cor

Eu conheço o Capital Soleil Toque Seco mas confesso que nem sabia da existência dele na versão com cor. É que eu realmente não sou do time que gosta de filtro com cor, mas sem motivo especial. É que sou acostumada ao filtro e depois, se quiser, passo base ou BB Cream, então nunca fiz questão que meu filtro tivesse cor! Mas sei que tem muita gente que gosta desta praticidade, então pode anotar esse aqui.

Resenha  Filtro Solar Vichy Capital Soleil com cor

Quando coloquei a primeira gotinha na mão eu achei que aquilo não ia prestar… mas como assim um tom universal ser tão escuro??? Na minha pele branca…sei não… e passei. Quebrei a cara, porque ele espalha e o tom fica ótimo! 😀 😀 😀

Resenha  Filtro Solar Vichy Capital Soleil com cor

Compare aí os dois lados do meu rosto e veja se ele não consegue disfarçar pequenas imperfeições (até os poros, gente!) e ainda é do mesmo tom da minha pele. O mesmo Toque Seco da outra versão do Capital Soleil, então realmente bom pra minha pele oleosa, pelo menos no pouco que pude experimentar…

Só mais uma foto para que vocês vejam a boa cobertura do filtro. Parece base, não acham? Eu fiquei curiosa pra ver como será que fica em peles de outras cores…

Junto com as amostras veio um cupom de desconto para comprar os produtos da linha Capital Soleil da Vichy com 20% de desconto na Netfarma: ESPALHE20

Pelo que eu experimentei, o Capital Soleil Toque Seco com cor está aprovado! E você, gosta de filtro solar com cor?

 

 

 

Qual a ordem certa para aplicar produtos de pele?

Você usa vários produtos e fica sem saber o que usar primeiro?

Esta é uma pergunta que de vez em quando escuto das pessoas. Existe tanta opção para usar no rosto, como saber o que usar primeiro, tem regra?

Eu resolvi fazer este post para mostrar o que eu faço, pois sigo uma lógica para fazer minha rotina de cuidados com a pele. Existem algumas variações também, vou explicando tudo durante o post. Quer ver?

1- Cuidados básicos

O primeiro passo é o básico: se você ainda tem preguiça de cuidar da sua pele isso aqui é o mínimo que você deveria fazer. Não tenha dúvidas por onde começar:

Qual a ordem de aplicação dos produtos na pele?

 

Sem querer ser repetitiva, mas já sendo, isso você já deve ter lido em algum lugar, não é?

-se você está usando maquiagem, antes de usar o produto de limpeza tire a maquiagem dos olhos com demaquilante, e passe demaquilante na pele do rosto também, para tirar o “grosso”;

-você pode substituir o tônico por uma loção adstringente. Sabe a diferença entre um e outro? Veja no post: Demaquilante, tônico e adstringente, quando usar?

 

Se você só usa esses produtos na sua rotina, pode passar para a etapa do filtro solar

2-Cuidados anti-age, ou anti-envelhecimento

Se você tem 25 anos ou mais já pode pensar em usar produtos antirrugas e coisas do gênero. Quanto antes melhor!

Qual a ordem de aplicação dos produtos na pele?

 

-Eu começo pela área dos olhos mas não faria diferença se eu usasse o produto de pele primeiro. Lembrando: não passe o produto de pele na área dos olhos, esta área deve ter cuidados específicos!

-O serum se encaixa aqui, também antes do filtro.

Após essa etapa utilize sempre o filtro solar. Claro que não precisa dessa etapa antes de dormir! 😀

 

3-Maquiagem

 

Agora sim, pode se maquiar!

Qual a ordem de aplicação dos produtos na pele?

 

 

-Antes ou depois de qualquer etapa pode usar água termal, é uma delícia e rapidamente absorvida pela pele. Embora muitos fabricantes considerem que a  água termal  funciona com um primer, eu não acho, prefiro usar um produto específico, especialmente no calor.

Base ou corretivo primeiro? Isso é uma discussão que não tem fim, mas não tem regra, eu acho. Se minha pele estiver cheia de pontinhos para corrigir, uso primeiro o corretivo. Nas olheiras é comum eu usar corretivo, depois base, depois ainda dou um retoque de corretivo.

Achou que é muita coisa? Não se preocupe, sua pele aproveita! As orientais costumam usar muito mais produtos do que esses – já ouviram falar do “layering”? Bom, é a mesma coisa que mostrei aqui, a utilização de vários produtos em camadas, um por cima do outro, a diferença é que elas costumam fazer isso com 12, 15 produtos fácil, fácil.

Espero que tenha ajudado quem ainda tinha dúvidas sobre como usar, comigo funciona! Como vai sua rotina de cuidados diários?

 

 

 

 

 

 

Normalize Matte Ada Tina

O Normalize Matte da Ada Tina é uma opção de protetor solar bem sequinho, quer ver?

Depois do fim das férias, volta à rotina. E isso quer dizer mais saídas, mais compromissos, mais maquiagem… Aliás, qualquer maquiagem que eu usar, por pouco que seja, será mais do que usei nas férias, que foi nada.

Como voltei a usar algumas coisas (como base e pó, por exemplo), precisei mudar o filtro solar que estava usando, que não era legal para ficar por baixo de maquiagem, e resolvi experimentar o Normalize Matte que recebi da Ada TinaAliás, a marca tem sido constante aqui no blog, já perceberam? Fico feliz porque são ótimos produtos que eu posso usar e mostrar pra vocês.

 

Resenha Ada Tina Normalize Matte

 

Eu já havia mostrado minha experiência com o Normalize para peles normais que prefiro usar na praia ou na piscina, mas esse é o tem acabamento mate, específico para quem tem pele oleosa e com tendência acneica, ou seja, fica sequinho na pele. A fórmula ainda contém a Água de San Pietro,presentes nos produtos da Ada Tina.

E fica mesmo, super sequinho na minha pele! \o/

Resenha Ada Tina Normalize Matte

 

O Normalize Matte é bem creme, nada de textura fluida. Até espalha fácil, mas diferente daqueles mais molinhos, de textura em gel ou serum. Seca rapidamente, logo depois de espalhado na pele, e fica super tranquilo usar uma maquiagem por cima.

Ultimamente eu estava usando protetores com FPS 30, há muito tempo não usava FPS 50, mas depois que vi uma dermatologista falando sobre a diferença de proteção entre os fatores fiquei mais tranquila, o grande segredo é o tempo de intervalo entre uma aplicação e outra. Se quiserem eu falo um pouco mais sobre esse assunto aqui no blog, o que acham? Também em relação a proteção, o fabricante garante um amplo espectro de proteção anti-UVA e anti-UVB devido a tecnologia suiça Tinosorb M + Tinosorb S.

Eu estou bem satisfeita com o meu, vou continuar usando no calor, especialmente por baixo da maquiagem.

Resenha Ada Tina Normalize Matte

 

Muitas meninas me pedem dica de filtro sequinho, então aqui está. Já conhecem o Normalize Matte?

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...