Chá de Gengibre

Chá de gengibre emagrece mesmo?

Veja minha experiência até agora, como fazer e mais alguns segredinhos…

Depois que andei lendo na internet sobre os beneficios do chá de gengibre resolvi não só pesquisar mas também perguntar a nutricionista. Queria saber se era (mais uma) lenda da internet que viraliza por aí. Mas não é lenda não, o chá de gengibre ajuda mesmo a emagrecer, pois é um termogênico e acelera seu metabolismo, ou seja, até mesmo quando você está em repouso seu organismo gasta mais energia, o que é ótimo para quem quer perder peso.

Ok, mas e aí? Como fazer o chá de gengibre? Tem algum segredo?

Tem! E eu vou contar aqui no post, pois não é todo mundo que fala sobre alguns detalhes que são muito importantes.

Como fazer chá de gengibre

-Aqueça 1 litro de água até formar bolhas, desligue o fogo antes da fervura.

-Acrescente 5 a 7 lascas de gengibre (eu corto a raiz na diagonal, com casca mesmo)

Deixe a infusão descansando por algumas horas até que você perceba que o chá já ficou com o aroma e o sabor do gengibre.

Chá de gengibre - receita - como fazer chá de gengibre

DICA IMPORTANTE:  O gengibre não deve ser fervido! Ele perde suas propriedades em altas temperaturas, por isso o cuidado de desligar a água antes da fervura.

 

Como usar o chá de gengibre

Quando descobri o chá de gengibre e experimentei, gostei muito do sabor e estava tomando 1 litro por dia. Quando consultei a nutricionista ela me fez um alerta:

Grandes quantidades de chá de gengibre podem causar gastrite. Ela me recomendou no máximo 1/2 litro por dia.

Fica a dica pra vocês, pois em vários sites eu li a recomendação de usar 1 a 1,5 litros por dia.

DICA: acrescente 1 rodela de limão na sua xícara e jogue o chá morno por cima. Fica super saboroso!

 

Estou gostando tanto que nem sinto falta de adoçar.

Minha experiência com o chá de gengibre

Quem me segue sabe que nunca procuro receitas milagrosas para emagrecer. Pra mim não tem atalho, é fechar a boca e praticar exercícios! Mas uma coisa eu posso contar: ano passado, quando comecei a minha reeducação alimentar, a balança ficou 2 semanas estacionada antes que eu começasse a perder algum peso. Imagina o meu desespero, fazendo aquele esforço de fazer dieta, e não ver resultado nenhum por 2 semanas?

Isso tem uma explicação: metabolismo lento, de quem estava sedentária por muito tempo. Dessa vez, tomando o chá de gengibre, perdi 1Kg logo na primeira semana, com uma alimentação saudável e apenas 2 dias de atividade física – o que eu considero muito pouco mas foi o que deu pra fazer. Enfim, pode ter sido muita coincidência ou algum outro fator que eu desconheça, mas não vou mexer em time que está ganhando! Já completei os 2Kgs a menos e quero mais, por isso continuo tomando o chá de gengibre que faço todos os dias!

 

 

Emagrecendo – segunda semana

Emagrecendo com saúde, vem comigo!

Passou a segunda semana e continuo na saga de perder meus kilos extras. Esta semana eliminei mais 0,6Kg. Não é muito, mas o que importa é que seja com sinal de – e não de +  😀

No total, foram 1,6kg em duas semanas – a primeira semana de dieta tá aqui.

Alimentação

Continuo seguindo o cardápio da nutricionista, que tem 1500 Kcal por dia distribuidos em 6 refeições por dia. Fiz algumas receitinhas também, e como vocês sempre pedem no Instagram vou deixar aqui no blog!

Receitas da semana

Almôndegas

Ingredientes

500g de patinho moído

1 ovo

2 colheres de sopa de farinha de linhaça

farelo de aveia até dar o ponto (2 ou 3 colheres de sopa, aproximadamente)

Temperos a gosto: pouco sal, cebola ralada, alho picado, cheiro verde, etc

Receitas para emagrecer - almôndegas

Modo de Fazer

Não tem segredo: basta misturar todos os ingredientes com as mãos até ficar no ponto de enrolar. Você pode fazer bolinhas ou amassar e fazer formatos de hamburguer. Coloque para assar em forma untada com pouco óleo (eu uso o de coco). Sirva com molho de tomate ou sequinhas como estão na foto só com um limãozinho, ficam ótimas!

Brigadeiro de Biomassa

Semana passada eu mostrei o primeiro Brigadeiro de Biomassa que eu fiz, mas achei uma maneira melhor e vou postar também. Dessa vez eu fiz primeiro um “leite condensado saudável“, receita da Mimis. SÓ UMA DIFERENÇA: Usei o adoçante culinário Tal & Qual, por isso diminuí a quantidade para 2 colheres de sopa.

Depois, com este “leite condensado”, fiz o brigadeiro normalmente com 2 colheres de sopa de Cacau em Pó 100% e levei ao fogo. Ele não fica durinho no mesmo ponto do brigadeiro convencional mas dá uma encorpada. Fica ótimo como cobertura de bolos diet, acompanhando morangos ou até mesmo pra comer sozinho, a diferença é que você não consegue comer muito. E mais uma vez preciso dizer: não é igual brigadeiro, gente… Nada é, né? kkkkkk Mas quando você está de dieta e bate aquela vontade de comer chocolate esses docinhos matam essa vontade muito bem. E este é gostosinho, mais do que o do primeiro post. Mas eu ainda prefiro o Brigadeiro Fake (que está no mesmo post!)

Receitas para emagrecer - brigadeiro de biomassa

Receitas para emagrecer - brigadeiro de biomassa

 

Saí da dieta essa semana?

Siiiiimmmm!!! Uma vez na semana está previsto uma saidinha, sem abusar. Eu tomei uma tacinha de vinho e comi costeleta de cordeiro com o maridão, porque não dá pra resistir a um programinha a dois, né? 😀

Atividade Física

Continuo devagar nisso aí… só 2x na semana. Estou realmente precisando melhorar nisso aí.

Acompanhe no Instagram

Aqui estou postando o resumo, mas a rotina aparece mais no meu perfil do Instagram, acompanhe por lá: @luvilelapaes

 

Emagrecendo – Como foi a primeira semana

Emagrecendo com dieta e exercícios – 1ª semana!

Como vocês viram no post “Blogueira de Dieta” agora vou começar a contar como tem sido minha rotina para voltar a emagrecer. Na primeira semana (31/10 a 06/11) eliminei exatamente 1Kg Vamos que tem muito assunto pela frente!

Cardápio com nutricionista

Fui a uma nutricionista e ela me passou um cardápio com aquelas listinhas de substituições. Eu já tinha começado a dieta antes da consulta, ela alterou pouca coisa, eu tinha acertado quase tudo. O cardápio que ela montou tem 1500Kcal, o que eu acho até muito, mas tá ótimo.

Eu sugiro MESMO que todo mundo que queira emagrecer consulte uma nutricionista. ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL é uma coisa, mas ALIMENTAÇÃO EQUILIBRADA é outra! Muitas vezes você pode comer alimentos saudáveis mas precisa acertar na proporção de cada grupo para conseguir alcançar seu objetivo, seja emagrecer ou ganhar músculos.

Receitas diet

Brigadeiro Fake

Receitas para dieta - brigadeiro Fake

Mostrei no instagram o Brigadeiro Fake e fez o maior sucesso! A receita é da Michelle Franzoni, do Blog da Mimis. Todo mundo perguntou se é bom, aí eu tenho que dizer o seguinte: não dá pra fazer essas receitas  achando que vai comer um brigadeiro, né? Claro que não fica igual aquele docinho maravilhoso, mas uma coisa pode ter certeza: MATA MESMO aquela vontade de comer um chocolate – mulher que tem TPM vai me entender!

E olha só como foi que eu comecei a dieta: numa sexta-feira antes de um feriado prolongado, e ainda na semana da TPM!!!!!

Só sei que eu fiz a receitinha e resolvi meu problema. Tá aqui: Brigadeiro Fake da Mimis (eu não usei o chocolate em barra, só o cacau mesmo).

Brigadeiro de Biomassa

Receitas para dieta: bolo de chocolate e brigadeiro de biomassa

Tive que fazer o famoso Brigadeiro de Biomassa mas não achei uma receita que eu gostasse, então adaptei a minha. Para fazer a Biomassa de Banana Verde não tem segredo: pegue a banana verde ( de qualquer tipo) com casca e fechada, não tire aquele talinho que prende a banana na penca, e coloque na panela de pressão com água, depois que pegar pressão deixe por 8 minutos e deixe a panela esfriar sozinha. Quando abrir a panela, tire as bananas de dentro da casca e triture no liquidificador até virar uma massa pastosa. Se for preciso acrescente o mínimo de água.

1 xícara de biomassa de banana verde

2 Colheres de Sopa de Cacau em pó 100%

2 Colheres de Sopa (rasas) de adoçante culinário (usei o Tal & Qual)

2 Colheres de Sopa de leite desnatado

4 Colheres de sopa de água fervente

Misture tudo e leve ao fogo até engrossar. Não vai desgrudar da panela como o brigadeiro normal, mas você vai experimentando até ver que ficou “cozido”. Eu coloquei em forminhas de empada e levei para congelar, depois desenformei e guardei em porções no freezer. Já tá prontinho pra hora que o leão da vontade de comer chocolate atacar de novo!

Bolo de Chocolate de biomassa

Outra receita que eu fiz e congelei em porções. Achei gostoso também, vale a pena para variar o cardápio do lanche ou do café da manhã: Bolo de Chocolate com Biomassa  do site Dri Saudável.

Atividade Física

Voltei a correr, mas como aqui anda chovendo muito e eu tenho trauma de ter dor de garganta (não tenho uma desde 2013 mas morro de medo de voltar) prefiro ir pra esteira mesmo. Na primeira semana corri só 2 dias, por 30 minutos. Eu sei que foi pouco, mas vou aumentar aos poucos!

Para o próximo post:

Fiquem de olho porque eu quero contar como está sendo minha experiência com o Chá de Gengibre. Acho que vale a pena deixar registrado aqui algumas descobertas!

No Instagram:

Acompanhe meu perfil no Instagram @luvilelapaes, pois lá eu mostro mais receitas, comidinhas leves e outras coisas da rotina que podem inspirar você também.

Por aqui estou a mil por hora, vem também!

 

 

FELIZ 2016!

Que tal começar 2016?

Feliz 2016

Achou estranho? Eu vou explicar, calma aí.

Quis fazer este post pois eu precisava ter lido alguma coisa assim há algum tempo atrás. Eu nunca fui tão procrastinadora quanto agora, mas acho que isso é um mal do século. Sabe aquela mania de deixar tudo pra depois? Claro que não dá pra fazer isso com os compromissos imediatos, principalmente de trabalho, mas em algumas áreas da vida nós temos a péssima mania de fazer isso: deixar pra ligar para aquele seu amigo depois, deixar pra ficar mais tempo com a família depois, deixar pra fazer aquela visita depois, deixar pra começar a dieta depois – de preferência na 2ª feira.

Vai deixar pra janeiro?

Quando eu trabalhava com arquitetura minha área era arquitetura de interiores, e quando chega início de outubro todos que trabalham com isso já sabem: em outubro o ano acaba. Não adianta encomendar marcenaria, cortinas, nenhum serviço, pois tudo já está comprometido até o final do ano e só dá pra entregar em janeiro, depois das férias. Ou seja, se você não planejou o que queria antes de outubro, só deve receber no ano seguinte, e isso causa uma frustração enorme em alguns clientes que gostariam de deixar a casa pronta para o fim do ano e acham que programando em outubro estão adiantados!

Infelizmente eu deixei pra recomeçar minha reeducação alimentar tarde demais – eu já tinha começado no ano passado, lembram?

Sobre peso, corpo, emagrecimento – Parte 1

Sobre Peso, corpo, emagrecimento – parte 2

Pois é, vou ter que me esforçar de novo para voltar ao peso que alcancei no ano passado :(  mas olhando por outro lado se eu deixasse para janeiro é bem provável que eu teria que perder mais ainda. Então, sabe aquela história de olhar uma garrafa pela metade e achar que ela está quase cheia ou quase vazia? Pois é, estou do lado otimista, que acha que está meio cheia. Por isso, em vez de achar que estou atrasada prefiro pensar que estou adiantada. Quando janeiro chegar eu estarei no lucro (assim espero, e estou me esforçando pra isso).

Faça hoje!

E olha que quem está falando não é o maior exemplo do mundo, mas se eu pudesse falar para a Luciana do começo de 2015 era isso que eu teria falado. Curti férias e tinha ganhado só 1 quilinho…mas resolvi adiar a volta à rotina de boa alimentação e exercícios… e adiei até final de outubro. Que feio, hein?

Mas se isso serve de consolo: recomecei numa 6ª feira, não deixei pra 2ª! kkkkkkkkkkkkkkk

 

Mulher Sem Photoshop informa: blogueira de dieta!

Voltei pra dieta. Agora vai!!!

Mulher Sem Photoshop informa: blogueira de dieta!

Já era para eu ter aprendido, mas não adianta, até hoje a história se repete… Assim como muitas mulheres que eu conheço, já perdi a conta de quantas vezes eu fiz dieta! E pior: emagreci, fiquei feliz, e engordei de novo.

Quando eu era adolescente eu sempre estava de dieta, a diferença é que eu não precisava. Eu achava sempre que precisava perder mais 2 Kg (quem nunca?). Só que depois dos 30 a coisa mudou, eu comecei a ter que perder bem mais que dois quilos e realmente era verdade, não só frescura. E quando se tem dois filhos depois dos 30, fica mais complicado ainda! Mas este post não é para dar desculpas.

A reeducação alimentar de 2014

Ano passado eu fiz uma reeducação alimentar e contei aqui no blog sobre o meu emagrecimento:

Sobre peso, corpo, emagrecimento – Parte 1

Sobre Peso, corpo, emagrecimento – parte 2

Cheguei a um peso legal mas longe do que eu queria, e mantive por bastante tempo. Fiquei com o peso sem alteração nenhuma até o começo de 2015, quando fiquei desleixada novamente… (não disse que eu não aprendo???)

Eu não fiquei desleixada com a qualidade da alimentação, pois aqui em casa nos já temos hábitos saudáveis, mas o problema são as concessões que se tornaram frequentes, e eu não fiz nenhum tipo de exercício físico regular, continuo com uma vida sedentária horrenda, e para piorar tenho trabalhado muito sentada na frente do computador.

Eu e meu “vai-não-vai”

Eu gosto muito de correr na praia e em junho comecei uma rotina de corrida que foi interrompida pela época de chuva (olha desculpa!). Em agosto tentei retomar, mas parei de novo. Aliás a falta de persistência nesse tipo de coisa é um dos meus piores defeitos, como eu gostaria de ser disciplinada! Nossa, isso aqui está virando um confessionário hein?
Só sei que agora eu resolvi que vai! TEM QUE IR, porque do jeito que está não dá pra ficar. Eu voltei a controlar a alimentação na semana passada, mas quer saber? Agora vou contar tudo pra vocês aqui no blog. Não que eu vá mudar totalmente o rumo do blog, afinal eu gosto do jeito dele, mas é bem provável que a partir de agora eu comece a falar mais sobre dieta, alimentação saudável, exercícios físicos, pois tudo isso fará parte da minha vida partir de agora. Se Deus quiser!

Quanto a minha falta de disciplina, tomara que o fato de expor tudo isso aqui me ajude a combatê-la. Conto com apoio de vocês, hein? Quem sabe vocês não dão aquela forcinha básica para blogueira quando perceberem que ela estiver relaxando, assim como as amigas fazem?! Aliás, façam isso, por favor! Tem dias que tudo que a pessoa precisa é de um puxão de orelha, é ou não é?

Então fica assim, daqui a pouco o blog continua com as suas resenhas mas também com os meus novos hábitos que começarão a aparecer por aqui. Espero que vocês gostem e continuem me acompanhando!

 

 

Drink Solution Pharmapele – Thermo Slim

Conheça o Thermo Slim da Pharmapele

Antes de começar a falar do Thermo Slim da Pharmapele quero deixar bem clara minha intenção ao publicar este post, pois quero mostrar que o produto existe, falar como ele age e o que ele promete. Não estou fazendo indicação do uso, pois isso na minha opinião quem deve fazer é o nutricionista, de acordo com as necessidades de cada um. Por isso, se você se interessar pelo produto, sugiro que mostre ao seu médico ou nutricionista para que ele avalie seu caso, pois nenhum blogueiro/blogueira pode fazer isso pra você, ok?

Drink Solution Pharmapele - Thermo Slim

 

O que é o Thermo-Slim?

O Thermo-Slim da Pharmapele é um nutricosmético em forma de suco, que tem como objetivo queimar gorduras, reduzir medidas, acelerar o metabolismo, diminuir o apetite e regular as funções intestinais.

Ele contém cafeína, que acelera o metabolismo, e por isso é bom para ser tomado antes das atividades físicas. Aliás, também por causa da cafeína não é recomendado que se tome o Thermo-Slim após as 17h para não atrapalhar o sono.  EDIÇÃO:  Drink Solution Thermo-Slim não possui cafeína em sua composição, mas extratos de plantas medicinais que são ricos em metilxantinas, que são substâncias da mesma família da cafeína. (fonte: site da Pharmapele)

A fórmula ainda tem extratos de chá verde, guaraná e citrus auturantium, um tipo de laranja azeda conhecida por ser inibidora de apetite e emagrecedora. O cromo também tem efeito de inibir vontade de comer doces, por outro lado é preciso saber se você tem necessidade de cromo, caso contrário você pode sofrer efeitos colaterais. Como eu disse no início do post recomendo fortemente consultar um médico antes de usar o produto.

Como usar Thermo-Slim

É só misturar o conteúdo de um sachê em 150ml de água gelada. Posso falar? Eu tomei e achei bem ruinzinho, tipo gosto de remédio! Mas tudo bem, essas coisas não tem que ser necessariamente gostosas. Mas misture bastante mesmo para que o pó se dissolva completamente.

Drink Solution Pharmapele - Thermo Slim

Vou deixar a fórmula do produto para que vocês tirem suas dúvidas com o médico ou nutricionista.

 

Eu sou muito a favor do uso de suplementos, nutricosméticos, seja com a finalidade estética, ou para melhorar a saúde, a performance em atividade física, enfim, existem muitos deles e muitos são feitos depois de muitos estudos e pesquisas, acho vale a pena conhecer. Mas eu sou contra sair tomando tudo de qualquer jeito e sem acompanhamento  e não recomendo a ninguém que faça isso, tudo tem que ser feito com muito cuidado!!! Até porque nem tudo o que se vende por aí é confiável, existe muita coisa feita em fundo de quintal e sem base científica nenhuma.

A Pharmapele é uma farmácia de manipulação com 27 anos de atuação no mercado e por isso acho que seus produtos são confiáveis e podem ser considerados quando se quer pesquisar sobre o assunto, por isso estou publicando sobre o produto.

Preço: R$69,00 a embalagem com 30 sachês.

 

 

Aplicativo que ajuda a emagrecer

Conheça o aplicativo que me ajudou a emagrecer, o Dieta e Saúde

 

*AVISO IMPORTANTE

Não comece uma dieta sem consultar seu médico. 

Não é publi – fui eu que descobri, experimentei, gostei e vou passar a dica pra vocês. Baixei o aplicativo Dieta e Saúde e achei bem interessante, pois casa com a minha ideia de emagrecer com saúde, que é poder comer de tudo um pouco. Claro que eu sei que existem pessoas que tem realmente a necessidade de cortar certos tipos de alimentos, por isso eu realmente acho que é necessário consultar um médico antes de iniciar uma dieta. Depois, caso você queira usar uma ferramenta para auxiliar no controle, veja só como funciona!

A primeira coisa que você faz é preencher um cadastro com seus dados, incluindo seu peso atual e sua meta. O próprio aplicativo irá sugerir, de acordo com os dados preenchidos, uma quantidade de pontos a serem consumidos por dia, mas se você tiver a instrução do médico poderá segui-la aqui também.

A ideia é a mais simples de todas: contar as calorias dos alimentos, que aqui são convertidas em pontos, como no Vigilantes do Peso. A praticidade do aplicativo, na minha opinião, é a rapidez com que se faz os cálculos e as substituições. Você tem duas opções: usar gratuitamente (eu uso) ou fazer uma assinatura, que inclui assessoria personalizada e outras vantagens para usar mais ferramentas do aplicativo.

 

Aplicativo que ajuda a emagrecer

 

Ele te fornece uma tabela dessas diariamente e você mesma irá preencher de acordo com o que quiser consumir. Cada refeição deverá ser preenchida com os alimentos, e na quantidade certa (ao clicar na refeição, abre-se um menu de opções)

Por exemplo: se você for beber leite desnatado, aparecem várias opções de colocar a quantidade:

xícara, mililitros, copo americano, copo de requeijão, colher de sopa, etc

Aplicativo que ajuda a emagrecer

E ele mesmo calcula a quantidade de pontos que isso representa.

Outra coisa: ele tem uma variedade incrível de alimentos, inclusive por marcas! Se você compra pão integral, existem várias opções de marcas: Plus Vita, Wickbold, Panco, Pullman – e vários tipos de pães fabricados por essas marcas: Pão Integral de linhaça, 10 grãos, Iogurte com Cenoura, etc. Isso na versão gratuita do aplicativo, porque se você quiser ser assinante, ainda pode acrescentar a tabela nutricional do alimento que irá consumir, caso ele ainda não esteja no aplicativo.

Então, depois de selecionar o alimento e definir a quantidade, ele irá acrescentar ao seu cardápio e fica assim:

Aplicativo que ajuda a emagrecer

 

E assim por diante, você acrescenta todos os alimentos que consumir, e vai controlando a quantidade de pontos.

 

Aplicativo que ajuda a emagrecer

 

 

Alguns pontos importantes que eu quero ressaltar:

– o grande problema do nosso dia a dia é a falta de controle do que comemos. Muitas vezes o problema não é aquele docinho, mas a soma daquele docinho a tantas outras escorregadas que esquecemos de somar. Por isso, fazer um controle do que se come todo dia pode te levar a entender o motivo do seu ganho de peso, pois é uma questão de matemática: some tudo o que você come, subtraia o que você gasta.

-esse tipo de dieta tem vantagens e desvantagens: já que você pode, teoricamente, comer de tudo, precisa realmente controlar a qualidade da sua alimentação. Se você tiver que comer 30 pontos diários, procure distribui-los em alimentos saudáveis, como frutas, grãos, verduras.

-Comprei uma balança digital de cozinha que me ajudou demais a fazer esse controle. Por exemplo: o que é uma banana média???? Para dúvidas como essas, nada como saber o peso! Uma banana pode ser média pra mim e grande pra você, mas 100g de banana são 100g de banana.

-Se você pratica atividade física também poderá colocar no aplicativo. Assim, se você pode comer 30 pontos por dia, ao fazer 30 minutos de corrida ele acrescenta X pontos na sua dieta. Você já sabe mas não custa dizer: é recomendável praticar alguma atividade física associada a dieta.

 

Achei esse aplicativo uma excelente ferramenta pra mim. Eu sou mãe de duas crianças e esposa de um homem magro. Não posso colocar a família inteira de dieta junto comigo! Preciso fazer almoço, lanches e jantar para uma família normal, que gosta de arroz, feijão, carne e não posso substituir tudo por comida sem glúten, whey, sopas e todas essas modas que aparecem por aí.

Como eu sou a responsável pela alimentação da família, faço o possível para melhorar a qualidade de tudo:

substituí, na maioria das vezes, o óleo de soja pelo óleo de coco;

-faço pelo menos 3 legumes no almoço, todos os dias e tenho sempre variedade de frutas em casa;

evito comprar salgadinhos, biscoitos recheados e guloseimas

eliminei todo alimento industrializado, na medida do possível. Por exemplo: eu não faço massa de macarrão, mas não compro macarrão pronto congelado, nem lasanha;

-comecei a consumir chia, farinha de linhaça, farelo de aveia, farelo de trigo, farinha integral, gergelim. Fez uma diferença incrível!

 

Espero que tenham entendido a proposta do aplicativo e do meu post. Lembrem-se: eu não estou prescrevendo nenhuma dieta pra ninguém! A dica é só da ferramenta, que pode auxiliar quem estiver fazendo um controle, uma reeducação alimentar. Eu achei super válida e bem mais prática do que consultar tabelas de revistas, que era o que eu fazia antigamente.

Agora me conte,  o que te ajuda a controlar sua alimentação?

 

 

 

 

 

Balança no quarto

Dormindo com a inimiga: ano passado resolvi ter uma balança no meu quarto.

Toda vez que eu comento com as amigas que eu tenho uma balança no quarto eu escuto o mesmo tipo de coisa: credo! Deus me livre! Eu é que não faço uma coisa dessas… E eu entendo, pois falei isso durante minha vida toda.

O que mudou?

 

Balança no quarto

 

Eu sempre tive problema com a tal da balança. Na minha adolescência eu não era gordinha – embora eu achava que fosse, até hoje não entendo o motivo – mas sempre quis perder 2 Kg. Depois que me casei e mudei meus hábitos pra pior comecei realmente a ter problemas (contei minha história no post: Sobre peso, corpo, emagrecimento – Parte 1).  Ano passado criei vergonha na cara e eliminei um pouco do peso que ganhei durante muitos anos – contei na Parte 2: Sobre peso, corpo, emagrecimento.

Uma coisa que eu não fiz durante uns bons anos – pelo que eu me lembro, no mínimo uns 2 anos – foi subir na balança. Sabia que ficaria triste e evitava esse “problema”.

Balança no quarto

 

Na época eu achava que estava certa, mas hoje vejo que não. Eu poderia ter evitado muita coisa se tivesse enfrentado o problema de frente ao invés de fingir que ele não existia. Seria muito mais fácil perder 5Kg do que 10kg, perder 10Kg do que 20Kg, enfim…

Quando comecei a promover as mudanças nos meus hábitos, quis finalmente controlar o meu peso. Já conhecia todas as farmácias do meu bairro mas não me lembrava de ter visto nenhuma balança, e resolvi perguntar em uma delas: onde tem uma farmácia com balança aqui?

-Ah, moça, você vai ter que ir em Icaraí, ou então no Centro! 

Isso mesmo: no meu bairro não tem nenhuma farmácia com balança.

Na mesma hora me bateu essa ideia: ou eu vou ao bairro vizinho toda vez que quiser me pesar, ou compro uma balança. COMPRAR UMA BALANÇA????? Nããããããããããoooooooooooo!!!!

Balança no quarto

 

Tudo menos isso, por favor. Na minha cabeça seria uma escravidão, como se eu tivesse uma vigia me controlando todo dia. Como se a balança pudesse me dizer: tá vendo? Comeu aquele brigadeiro por que? Bem feito! Agora tá aí, 100g a mais!

E no final, a razão venceu. Depois de alguns diálogos imaginários (eu discutindo comigo mesma), a parte que defendia a compra da balança venceu, mas o motivo principal foi a praticidade. Depois de 9 meses dormindo no mesmo quarto nós ficamos amigas, embora ela ainda não me mostre o peso que eu gostaria de ver.

 

Balança no quarto

 

Hoje eu consigo ver com clareza algumas vantagens de ter minha própria balança:

 

1- Conheço melhor meu próprio corpo:

Eu nunca soube disso, mas em período pré-menstrual eu chego a “ganhar” 1,5Kg!!!!! Você já pensou se eu estiver fazendo dieta e resolver me pesar na farmácia exatamente nesse período e ver que em vez de perder peso eu ganhei 1,5Kg? Nossa, eu ficaria totalmente desmotivada. Quando eu vi isso no primeiro mês eu fiquei pasma!

De um dia para o outro minha balança apontou 0,9Kg a mais, sendo que eu estava seguindo a dieta direitinho. Eu pensei que ela estava estragada, e no final do dia me pesei de novo: não eram 900g e sim 1, 2Kg! Como eu havia passado o dia todo comendo direitinho na mesma hora pensei: isso aqui é retenção de líquido. Depois do período menstrual, do nada, meu peso voltou ao normal. Todo mês é a mesma coisa, e hoje eu já sei disso. A mesma coisa costuma acontecer quando ficava constipada, problema que já resolvi com a alimentação correta.

 

2- Pesar em uma balança só 

Algumas balanças podem perder a exatidão com o tempo, principalmente as de ponteiro. Pesando em uma balança só eu não corro o risco de achar que engordei ou emagreci por engano, ou seja, ficar feliz ou desmotivada à toa.

 

3- A culpa não é da balança

Vamos encarar os fatos: a balança não tem culpa de mostrar o seu peso. Se eu comi demais durante muitos anos e não fiz exercícios, a responsabilidade é minha, então que eu acorde pra vida e faça a coisa certa, não é?

 

4- Não fiquei neurótica depois de ter uma balança em casa

Esse era o meu maior medo! Será que eu vou ficar neurótica e querer me pesar toda hora? Será que eu vou me pesar toda hora? De manhã, à tarde e à noite? Será que vou comer pudim e ir correndo pra balança ver o estrago? Será que vou ficar doida???

Pode parecer bobagem, mas me diga se você já não pensou assim???? Pelo que eu converso com as pessoas, todas me falam que tem medo desse tipo de comportamento.

Eu não sou radical, e odeio radicalismo quando se trata de dieta. Não concordo com a proibição total de nada – nem de glúten ou lactose (a não ser em caso de alergias e doenças), doces, carboidratos, nada. Quem quiser cortar 100% alguma coisa que corte, mas não me obrigue nem tente me convencer, porque eu não aceito. Dá pra ter uma vida saudável se você souber equilibrar: quer comer um pudim? Coma um pedaço na sobremesa de domingo e durante a semana não coma, simples assim. Falar é fácil, eu sei, mas a verdade é esta: nós temos que aprender a domar nossa vontade de comer o que não devemos todos os dias. O fato de ter uma balança em casa me ajudou a perceber o que eu já sabia: não é um brigadeiro depois do almoço que me faz ganhar 1Kg. É a sem-vergonhice de repetir a sobremesa durante uma semana, um mês, dois meses, isso é que vira hábito e me faz engordar.

 

Balança no quarto

 

Depois que eu emagreci, resolvi parar com a dieta mais restritiva mas não abandonei os bons hábitos alimentares que adquiri, e fiquei feliz ao ver que consegui voltar a minha vida normal e depois de 6 meses consegui manter o mesmo peso. Depois dos excessos das festas e de um início de ano desregrado cheguei em casa e vi o estrago: 1,2Kg a mais. Opa!!!!! Deixa eu tomar minhas providências agora, porque é mais fácil perder 1,2Kg do que 3, 4, 5Kg! Eu sei o quanto me custou perder cada grama no ano passado…

Enfim, não estou querendo convencer ninguém, mas quis contar o outro lado da moeda. Talvez você pense como eu pensava e a balança era sua inimiga, e existe uma outra maneira de lidar com ela. Vai encarar?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sobre peso, corpo, emagrecimento – Parte 2

Continuando a minha história, hoje quero falar sobre motivação!

Não viu o primeiro post? Sobre peso, corpo, emagrecimento – Parte 1

Tá aí uma coisa que me faltou durante um bom tempo: motivação. Durante todo o tempo em que eu ganhei peso eu estava feliz. Não com o fato de estar engordando, claro, mas minha vida estava tranquila, feliz, filhas nascendo, realizações profissionais, muita ajuda da família, que estava sempre por perto, eu não tinha do que reclamar.

Além disso, pra mim, comida está ligada a afetividade. Isso é bom, mas pode ser um problema! Gosto de cozinhar, gosto de agradar as pessoas que eu amo fazendo coisas gostosas, fazer bolo com café, colocar uma mesa bonita, fazer pratos diferentes, bonitos, decorados. Sentar à mesa de um lanche bem feito em uma mesa bonita e bater papo com a família é um programa, entendem? Isso faz parte de mim, puxei da minha mãe. E eu adoro ser assim, não pretendo mudar! Durante muito tempo eu não estava afim de fazer nada para emagrecer, e se alguém falava comigo a respeito disso entrava por um lado e saía pelo outro. Acho que eu estava cansada. E comigo é assim: quando eu não estou com vontade… não adianta!

Mas e aí, o que me motivou dessa vez?

 

Primeiro: razões econômicas.

Vocês vão rir disso, mas é verdade: eu fiquei sem roupa.

Sempre adotei a técnica de não comprar roupas maiores porque engordei. Assim eu sempre me obrigo a me manter no máximo naquele tamanho, não posso ir além. Só que as roupas foram acabando! Sabe o que aconteceu com elas?

algumas simplesmente pararam de servir e eu guardei na esperança de vestir de novo. Algumas são muito bonitas, outras foram muito caras, enfim, eu queria um dia poder vestir de novo.

algumas eu perdi porque as estraguei :(

Um dia eu estava no aeroporto e senti que minha calça descosturou – a costura forçou tanto que não deu conta. A sorte é que eu estava com mala de mão e troquei de roupa no banheiro – imagina se eu despachasse bagagem???? Cômico se não fosse trágico, mas é verdade.

A solução era: emagrecer e voltar a caber nas roupas que eu tenho guardadas OU comprar um guarda roupa novo. Haja $$$$, e eu agora não trabalho mais.

Segundo: filhas

Não dá pra passar maus hábitos para os filhos. Definitivamente, não! Graças a Deus, minha filha mais velha sempre teve bons hábitos alimentares e sua alimentação sempre foi saudável, mas a caçula é formiga como eu e ama uma porcaria. Ela já senta na mesa do almoço perguntando se tem sobremesa! E durante muito tempo tinha mesmo…

Muita gente reclama que o filho não come frutas, legumes e verduras  mas não percebe que nem oferece essas coisas pra ele. A Isabela (caçula) não comia NADA de salada, mas sempre coloquei salada crua na mesa, na frente dela e ela sempre me viu comendo. Hoje em dia ela já come tomate, alface, brócolis, cenoura crua, ervilha e tenho certeza de que irá comer muitas outras coisas porque é o que tem na minha casa. Quero passar hábitos alimentares mais saudáveis para minhas filhas enquanto são crianças e posso controlar o que elas comem, pois o tempo vai passando e os pais não tem mais como controlar depois de uma certa idade…

Terceiro: exemplos de superação

Quando você conhece uma pessoa e tempos depois ela parece OUTRA pessoa você leva aquele susto bom. Já aconteceu isso com você? Eu sou amiga da Kaká, que fazia o Fique Linda Gastando Pouco e acompanho o blog da Nadiele, o Kacarecos de Beleza que está no blogroll do MSP. Fiquei impressionada e feliz ao ver o que elas conseguiram:

peso emagrecimento antes e depois kaká

Antes e depois da Kaká

peso emagrecimento antes e depois

Nadiele, do blog Kacarecos de Beleza

 

 

E como eu sei que vocês vão me pedir e não vão sossegar enquanto eu não colocar uma foto minha, lá vai.

Lembrando: 1 – não é look do dia , 2- estou só no meio do caminho, ainda tem muito bacon pra queimar! 😀

peso emagrecimento antes depois

Comprei este macaquinho em 2008 e usei duas vezes, e nunca mais ele me serviu :(    Mas agora serve :)

peso emagrecimento antes e depois

 

Nem me lembro qual foi a última vez que usei essa calça. Cheguei a dar pra minha irmã mas ela me devolveu dizendo que um dia eu voltaria a usar. Antes nem a perna passava :(   Mas agora passa :)

Entrar em roupa antiga é ou não é uma baita motivação???

 

Já que vocês aprovaram, vou continuar esta série de posts contando como está sendo minha rotina…

 

 

 

 

Sobre peso, corpo, emagrecimento – Parte 1

Depois de muito tempo sem força de vontade resolvi mudar meus hábitos na alimentação, vou começar a contar a novela…

Quem me acompanha pelo Instagram tem visto eu mencionar que estou fazendo uma reeducação alimentar. E tem visto como é difícil, pois toda vez que eu meto o pé na jaca eu posto também! 😀 😀 😀

Mas é sobre isso que eu quero falar hoje, resolvi contar no blog algumas coisas que nunca falei: um pouco da minha vida pessoal, ganho de peso, emagrecimento.

Resumo dos últimos anos

Depois que me casei em 2001, a balança foi subindo aos poucos. Normal, né? Quando eu era solteira, chegava em casa e tinha uma comida saudável pronta, não precisava me preocupar com a casa, com a roupa que iria vestir, nada. Quando eu me casei, trabalhava fora e chegava exausta, e ainda tinha todas as coisas da casa por fazer. O que é mais fácil: colocar uma lasanha congelada no microondas ou ir pra cozinha lavar e cozinhar legume e salada? Acho que todo mundo cai nessa, normal… Mesmo depois de sair do escritório e começar a trabalhar em casa, a rotina continuou assim, pois eu saía muito e acabei deixando a qualidade da alimentação de lado.

peso emagrecimento reeducação alimentar

 

2006: primeira gravidez

Engravidei no início do ano, já com alguns quilos acima do meu peso normal. Engordei pouco, só 10kg, mas não perdi tudo depois que a Laura nasceu em outubro… voltei a trabalhar só 3 meses depois e a rotina ficou terrível: além de cuidar do trabalho eu tinha um bebê (que mamava muito!!!!), um marido e uma casa. Olha, se não fosse a ajuda da minha mãe eu não sei o que seria de mim! Então, faça as contas: além do peso extra que adquiri antes da gravidez, sobraram mais alguns do tempo da gravidez.

peso emagrecimento reeducação alimentar

2008: sanfona

Em maio comecei a fazer uma dieta radical. Emagreci muito, e rápido, ou seja, do jeito errado. Fiquei com um corpo ótimo, mas… tudo que vem fácil, vai fácil. Em setembro eu já havia recuperado um pouco do peso que eu tinha perdido, e em outubro meu pai faleceu. Aí descambou de vez, pois aquela história de afogar as mágoas na comida – quem nunca? E no ano seguinte, engravidei de novo.

2009: segunda gravidez

Engravidei da Isabela em abril, e mais uma vez, engordei 10kg. Depois que ela nasceu, em novembro, consegui voltar ao peso que tinha antes de engravidar. Mas eu não estava satisfeita…

Voltei a trabalhar 2 meses após o nascimento da Isabela. Acho que eu era louca, só pode ser. Se fosse hoje eu não faria isso. De 2009 até o final de 2013 eu trabalhei sem parar, e confesso que já não estava aguentando mais.

peso emagrecimento reeducação alimentar

2014: mudança

Grandes mudanças: deixar minha cidade, BH, e a família toda, parar de trabalhar, cuidar de tudo em minha casa sozinha. Não posso reclamar, eu queria fazer isso há muito tempo, só não tinha coragem. Depois de um tempo de adaptação, no dia 28/04 eu resolvi mudar meus hábitos alimentares, pois agora eu não tinha mais desculpa: eu tenho tempo para cuidar da minha alimentação e da minha família.

A dona da casa fazendo dieta

Não é mole não!!!!

-Tenho que fazer a comida de um homem magro, que gosta de comer de tudo, e de duas crianças em fase de crescimento. Ou seja, não podem viver de salada!

-Há aproxidamente 1 ano comecei a sofrer de um mal que não conhecia: a tal da TPM. Dura pouco, graças a Deus, mas faz um estrago!!!!!!

-Ter uma alimentação saudável dá trabalho: manter as compras em dia para não faltar legumes, verduras e frutas frescas.

-Sou louca por doces, uma verdadeira formiguinha. Resistir às tentações não é fácil – acho que toda mulher entende o que eu falo, né? Aposto que sim…

-Enfim, sou igual a todo mundo: às vezes consigo, às vezes não. A grande sacada é fazer a parte do “consigo” demorar mais do que a do “não consigo”. Estou caminhando, tropeçando, levantando e caminhando de novo. E lá se foram 7kg.

 

Por que estou contando isso tudo? Porque eu resolvi começar a mudar ao ver várias pessoas fazendo isso na internet. Sim, essas coisas inspiram e eu sou prova disso. Sempre vem aquela coisa na nossa cabeça: se ela consegue eu acho que consigo também…

 

 

Detesto dietas radicais, sou contra remédios, sou a favor de ajuda profissional, sou contra modinhas. Sou uma pessoa normal que tem uma vida normal, não posso fazer grandes concessões, e aliás, não acredito nelas também. Não vou dar receitas milagrosascardápios, dietas, nem indicar farinha seca-barriga, remédios ou suplementos, e fujam de quem estiver fazendo isso pela internet, por favor!

Quero continuar esse assunto depois aqui no blog. Mas não se preocupem: não pretendo virar blogueira fitness!!!! 😀 😀 😀 Vocês querem a parte 2 deste post?

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...