16 perguntas sobre Luz Pulsada

Luz Pulsada – guia definitivo com perguntas e respostas da dermatologista

Já falei algumas vezes sobre Luz Pulsada, depilação definitiva e minha experiência com esse tipo de depilação, que eu acho maravilhosa e super funcionou pra mim. Aqui no blog eu contei:

Minha experiência com depilação definitiva (falo sobre Luz Pulsada e Laser)

-como é o Philips Lumea – aparelho caseiro da Philips para depilação com luz pulsada

Agora vou deixar algumas dúvidas frequentes das pessoas que ainda não conhecem o método e estão pesquisando sobre o assunto. Aqui, uma especialista responde as principais dúvidas sobre o método de depilação de longa duração que pode ser feito em casa e não causa dor.

Se ver livre dos pelos por meses, no conforto de casa e sem dor ou sofrimento. Essa é a depilação dos sonhos de muitas mulheres, pela conveniência e higiene. No entanto, o que muitas não sabem é que isso já é possível. O método de depilação com luz pulsada é a solução perfeita para quem deseja a liberdade de acabar com o incômodo dos pelos. Mas, mesmo quem já teve alguma experiência com o procedimento, tem muitas dúvidas sobre o uso com segurança do tratamento que é relativamente novo no Brasil.

Para responder as principais dúvidas de quem não conhece ou de quem está pensando em aderir a depilação com luz pulsada, com a colaboração da dermatologista, Fernanda C. Pereira, este é um guia que explica tudo sobre a técnica.

Luz Pulsada

1-A depilação com luz pulsada (IPL) pode ser usada em regiões com cicatrizes?

A luz pulsada pode ser usada em regiões de cicatriz em alguns casos. É preciso atenção ao fato de que a região pode sofrer modificações em relação à pigmentação. Assim, se a cicatriz está escura ou muito avermelhada, não é recomendado o uso, pelo risco de queimadura. No entanto, numa cicatriz antiga, clara, cor da pele ou esbranquiçada, não há problema para o uso da luz pulsada. Em caso de dúvidas, o dermatologista vai poder orientar.

2-Os pelos que passam pelo tratamento de depilação com luz pulsada caem na hora?

Os pelos não caem na hora da aplicação da luz. Eles vão enfraquecendo e tendo sua velocidade de crescimento reduzida progressivamente.

 

3-A depilação com luz pulsada feita em casa é igual a depilação feita em clínica estética?

Os aparelhos de uso doméstico para depilação diferem dos aparelhos profissionais, usados em clínicas, principalmente em relação à energia emitida, que é mais baixa e, consequentemente, mais segura para o uso doméstico.

 

4- A depilação de luz pulsada pode ser usada sobre tatuagens?

A tecnologia de luz pulsada não deve ser utilizada em áreas de tatuagem, independente da cor. Por ter uma afinidade muito grande com pigmentos, ela pode causar queimaduras nessas regiões, por concentração da energia liberada.

 

5- Quem tem melasma, vitiligo ou acne pode fazer depilação com luz pulsada?

Áreas de pele acometidas por melasma devem ser poupadas do tratamento com luz pulsada, uma vez que a luz pode ser um indutor da pigmentação nessas regiões. Já áreas com vitiligo podem ser tratadas. Nesse caso, o que deve ser observado é que, geralmente, nas manchas de vitiligo os pelos também se tornam brancos, não apresentando resposta ao tratamento com luz pulsada para depilação. Áreas de acne ativa podem ser tratadas, mas se o eritema/ vermelhão for muito intenso, não deve ser aplicado nesse local a luz pulsada de uso doméstico.

Luz Pulsada

6- Existe o risco de queimar a pele com o uso de luz pulsada?

A luz pulsada pode causar queimaduras na pele se usada de forma inadvertida. Trata-se de uma luz com comprimentos de onda variáveis e, consequentemente, alvos diversos. Por isso, peles pigmentadas, bronzeadas são mais susceptíveis a queimaduras, principalmente se submetidas a altas energias.

Existem trabalhos que apontam não haver diferença na resposta da pele pigmentada à LIP de baixa energia, independentemente do tipo de pigmentação (racial ou induzida pela irradiação). Ou seja, tanto o paciente bronzeado quanto o naturalmente mais moreno devem ter os mesmos cuidados com a aplicação da LIP.

 

7- Posso intercalar o tratamento de luz pulsada com outros métodos de depilação?

A depilação com a luz pulsada depende da absorção da energia emitida pelo alvo melanina do pelo. Para que seja efetiva o pelo deve estar presente no momento do tratamento, mas deve estar curto. Assim, entre as sessões de luz pulsada devemos evitar métodos de remoção dos pelos pela raiz, como cera, pinça ou depiladores elétricos. Métodos que apenas raspam ou aparam os pelos, podem ser usados para manter os pelos curtos e não interfere na eficácia da depilação com luz.

 

8- Em quais partes do corpo posso utilizar a depilação com luz pulsada?

Qualquer área do corpo pode ser tratada, tomando-se cuidado com áreas naturalmente mais pigmentadas como a área genital que não deve receber o tratamento quando for mais pigmentada. A depilação total da área íntima deve ser evitada por conta do papel protetor dos pelos nessa região. Outro limitante para a depilação com luz pulsada em relação à área a ser tratada é o total acoplamento da ponteira à superfície de tratamento: locais onde não há o contato completo da ponteira à superfície da pele não serão tratados.

 

9- A depilação com luz pulsada pode causar câncer de pele?

Não há qualquer evidência científica da indução de lesões malignas cutâneas com o uso de luz pulsada ou mesmo de laser para depilação.

 

10- Os pelos que passaram pelo tratamento de depilação com luz pulsada podem voltar a crescer?

O enfraquecimento e o retardo do crescimento do pelo no tratamento com luz pulsada necessita de várias sessões. O pelo só é totalmente destruído se estiver numa determinada fase de crescimento que, infelizmente, não é identificada pelo exame clínico da área a ser tratada apenas uma vez.

 

11- A depilação com luz pulsada pode ser usada em todos os tons de pele e pelo? Por quê?

Partindo do princípio que a depilação por luz pulsada depende da identificação do alvo melanina/pigmento pela luz, os pelos claros ou brancos não são atingidos pela luz. Sendo assim, o tratamento desses pelos não é efetivo com a tecnologia. Da mesma forma, peles muito pigmentadas: fototipos elevados e peles bronzeadas não devem ser tratadas com luz pulsada, com riscos elevados de queimaduras.

 12- O tratamento com luz pulsada é indicado apenas no inverno?

O tratamento com LIP não é exclusivo do inverno. No entanto, precisamos ter bastante atenção em relação ao bronzeamento da pele, mais frequente e intenso no verão, o que limita o uso de energias mais altas para o tratamento. Além disso, após o tratamento, é recomendado que não haja exposição solar de 3 a 7 dias após a sessão, dependendo do tipo de pele e da reação inflamatória após cada sessão.

 13- É necessário algum cuidado com a pele antes ou depois do procedimento?

Para potencializar os resultados obtidos com a depilação com luz pulsada, os pelos devem estar curtos, deve-se evitar métodos que arranquem ou destruam completamente a haste do pelo: evitar depilação a cera, pinça, linha, eletrólise antes da depilação com luz pulsada. Pode-se usar lâmina, creme depilatório ou aparador elétrico (se o pelo for aparado e manter uma altura média, pode-se fazer o tratamento logo após, uma vez que o pelo já está visível). Após a sessão, evitar exposição solar direta no período de três a sete dias, usar filtro solar e hidratar bem a região. E ainda, evitar exposição solar uma semana antes e uma semana após o tratamento.

 

14- Quanto tempo após o tratamento com luz pulsada a pele pode ser exposta ao sol?

Para maior segurança, a exposição direta ao sol deve ocorrer após sete dias da sessão. Dependendo da irritação pós depilação, após três dias essa exposição já é segura.

 

15- Posso usar hidratantes e óleos corporais após a depilação com luz pulsada?

A hidratação deve ser feita após a depilação, pode ser feita com hidratantes suaves, sem álcool ou géis calmantes.

 

16- É necessário fazer esfoliação antes do tratamento?

A esfoliação leve antes da depilação ajuda a deixar o pelo visível e mais susceptível a ação da luz. Desde que seja suave, sem agredir a pele antes do procedimento, a esfoliação ajuda no tratamento.


 

Ainda ficou alguma dúvida? Deixe nos comentários!

Eu fiz em algumas áreas do corpo e comigo funcionou muito bem. Tenho pele clara e meus pelos eram escuros, por isso o resultado foi bem satisfatório.

 

 

 

No! No! Hair – aparelho doméstico de depilação definitiva

No!No! Hair promete acabar com os pelos, mas funciona?

Quem me acompanha sabe que eu prefiro mostrar produtos e serviços quando conheço, uso e experimento, mas hoje quero falar sobre o No! No! Hair a pedido de leitoras que ouviram falar mas não entenderam muito bem se é bom, se é ruim, se vale a pena se arriscar.  Já pesquisei bastante e agora vou mostrar pra vocês o que eu vi:

No! No! Hair - aparelho doméstico de depilação definitiva

O que é o No!No! Hair

Ele é um aparelho de depilação definitiva portátil, aliás o mais portátil que eu já vi, pois cabe até na bolsa, é do tamanho de um celular! Ele tem duas ponteiras: uma para depilação de áreas menores como rosto, buço e virilha, e outra para pernas, axilas, braços,etc.

Qual a tecnologia de No! No! Hair

Não consegui confirmar em nenhum site, mas pela descrição do que eles chamam de Thermicon é provável que seja luz pulsada ou algo muito similar. A diferença é que em vez de você raspar o pelo com a lâmina primeiro e depois passar o aparelho, como é feito nas clínicas, com o No”No! Hair você sai passando por cima do pelo e ele mesmo “tira”. O  verbo está entre aspas porque eu vi muita gente reclamando que o pelo não sai todo, muitas vezes fica um “toco” de pelo ainda… e aí o aparelho vem com uma lixa – sim, lixa mesmo, mas eles chamam de esfoliador! – que você pode passar na área depilada depois para acertar e tirar esses restos de pelo que ficaram. Achou bizarro? Eu também… :(

DETALHE: Por que na clínica nós raspamos o pelo antes do procedimento? Porque senão a luz pulsada “queima” o fio e você fica sentindo aquele cheiro desagradável de cabelo queimado. Vi muita gente que usou o No! No! Hair reclamando do cheiro de cabelo queimado. Tá explicado agora o motivo?

 

Bom, agora vamos raciocinar um pouco e tentar responder a pergunta que não quer calar:

No! No! Hair funciona?

Sim. E não. O problema é a expectativa!

Uma historinha pra vocês: meu pai era um grande entendedor de engenhocas, eletrônicos e afins. Amava um aparelhinho, e qualquer coisa que tivesse um botão de liga/desliga. Já sabem a quem eu puxei, né? Ele sempre comentava comigo como os bons aparelhos que ele tinha e conhecia eram grandes e robustos, e aí a China pegava aquela tecnologia e fabricava algo que queria ser igual, ter a mesma função, e saía aquela coisa pequena, leve, bonitinha, e claro, mais barata. E BUM!!!!! Explosão de vendas na certa!

Nunca funcionaram como deveriam, mas até todo mundo descobrir já tinham sido vendidos milhões de unidades e 2/3 devem ter ido pro lixo.

O que eu quero dizer com isso?

O No! No! Hair é pequeno, baixa potência – pode ser usado até no rosto – e barato. Hoje em dia você compra por menos de R$500,00. Quem compra esse aparelho deve saber que está levando uma versão light, mais leve, menos agressiva. Tabajara mesmo!

Não pense que você vai conseguir com este aparelho o mesmo resultado dos outros aparelhos similares que tem mais potência e muito menos dos aparelhos das clínicas! Parece óbvio, mas é só procurar na internet e você vai encontrar um mooooonte de gente reclamando que o produto não funcionou em 6 semanas. Claro que não vai funcionar!!!!!

Nem com a minha depilação na Clínica, com um aparelho profissional, enorme, eu consegui resultado em 6 semanas!!!!!

Eu não vi este prazo prometido no site atual da empresa, que aliás está todo sambado, um monte de link não funciona. Mas vi vários consumidores citando este prazo, então em algum lugar foi anunciado isso.

Por outro lado, uma pessoa que resolver fazer uso do aparelho por muito tempo, com muita paciência, poderá ver o resultado sim, pois de pouco em pouco você está diminuindo a força do pelo. Mas esperar não sei quantos meses pra ter uma diminuição de 30-40% dos pelos tem que ter paciência, e não é todo mundo que tem este perfil. Até porque a propaganda do produto não promete isso e nem menciona todos estes fatores que eu mostro aqui – ÓBVIO – aí as pessoas se enchem de expectativa e se frustram.

Enfim, resumindo: não falei que o problema era a expectativa?

 

Por isso entendam: se o aparelho te interessar, veja se você se encaixa neste perfil. Isso vale para os outros aparelhos que existem por aí também…

Aqui no blog já falei um pouco sobre eles e vale a pena dar uma lida nos comentários, que estão bem interessantes:

I-Pilator da Basall

Philips Lumea

 

I-Pilator da Basall, outra opção de depilação definitiva em casa

Agora existe outra opção de aparelho doméstico de depilação definitiva a laser, o I-Pilator

Como o post sobre o Philips Lumea fez muito sucesso aqui no blog, hoje quero mostrar pra vocês outro aparelho que descobri: o I-Pilator. Confesso que eu ri desse nome Tabajara feelings! 

A proposta dos dois aparelhos é a mesma. O I-Pilator é da Basall, libera até 85.000 pulsos. Segundo a marca, este aparelho tem a vida útil bem maior que a dos outros aparelhos similares, que possuem autonomia de 1.500 pulsos. Só para vocês terem uma ideia, são necessários 8.000 pulsos para depilação do corpo todo. Ele atua da mesma forma como expliquei no post do Lumea, com a tecnologia de Luz Pulsada, que age diretamente no folículo, e os resultados aparecem em média depois de 8 a 10 sessões, com intervalos de 15 dias entre elas.

Aparelho I-Pilator da Basall depilação definitiva luz pulsada

Aparelho I-Pilator da Basall

I-Pilator Basall aparelho depilação definitiva doméstico luz pulsada

Detalhe do aparelho

Pela minha experiência com luz pulsada em clínica o prazo é este mesmo, entre 8 a 10 sessões, mas com o aparelho da clínica. Pelo que andei pesquisando a diferença principal entre os aparelhos das clínicas e os domésticos é a intensidade da luz que penetra nos fios, então pode ser que demore um pouco mais que isso, não sei. A explicação que eu tive na clínica é a seguinte: quanto mais escuro e grosso for o pelo, melhores são os resultados, por isso mesmo a minha depilação a laser no buço não funcionou, pois os pelos eram clarinhos e finos. Então, sugiro para que for usar em casa que leiam atentamente nos manuais que acompanham os aparelhos quais as indicações e contra indicações de uso, pois nada é assim tão liberado. É importante tomar cuidado pois os aparelhos domésticos também podem causar queimaduras ou hiperpigmentação da pele, e os óculos de proteção que acompanham o produto devem ser usados na hora da aplicação.

A vantagem do I-Pilator em relação ao Lumea é o preço, que é um pouco melhor: em torno de R$2.199,00. Eu sou fã da depilação a laser, pois minha experiência foi ótima. Eu gostaria muito de ter um aparelho desses, espero que as minhas filhas não sofram o que eu sofri a vida inteira com a tal da depilação com cera, que além de dolorida tinha que se repetir a cada 3 semanas. Afff….ninguém merece!

Estou adorando que agora está cada vez mais acessível! E acho que tomando os devidos cuidados é muito vantajoso ter um aparelho desses em casa. E vocês, o que acham?

 

Desapego de um Philips Lumea: oportunidade para comprar mais barato

Venda de um Philips Lumea por preço mais baixo que o do mercado

Recebi um contato através do site, de uma pessoa que tem interesse em vender seu Philips Lumea. Já falei sobre este aparelho aqui no blog:

Philips Lumea

Nunca usei este aparelho, e no post do blog, que é um dos mais acessados, tem algumas pessoas que compraram, usaram e contam um pouco da experiência que tiveram. Sugiro que vocês leiam tudo para buscar mais informações.

Fotos do Philips Lumea enviada pelo vendedor

O Kassio e sua namorada compraram um Philips Lumea, não usaram, e estão vendendo por um preço melhor do que o encontrado no Brasil: R$1900,00. Vou deixar o contato deles para que os interessados negociem, peçam mais informações e combinem pagamento e entrega.

E-mail do vendedor: [email protected]

ATENÇÃO: o blog não participa da negociação, nem se responsabiliza por ela. Caso você queira comprar, negocie de forma segura com o vendedor. Estou publicando por achar uma boa oportunidade de comprar um produto caro só que por um preço mais baixo do que o do mercado.

Minha experiência com a Depilação Definitiva

Depilação definitiva vale a pena?

Quem aí não tem o sonho de ir ao clube, usar um short ou uma regata sem ter que preocupar se a depilação está em dia?
Qual mulher não sonha com isso!!!

Depilação definitiva vale a pena

Pois é, eu sonhava e sonhava acordada. Depilação pra mim sempre foi um pesadelo, tanto é que eu aprendi a fazer a minha em casa, pois não daria conta de manter tudo em dia pagando salão. Quando apareceu o Satinelle, ganhei de presente de aniversário do meu pai. E uso até hoje, nas pernas, abaixo do joelho, e só, pois no resto eu não aguento a dor!

Depilação definitiva vale a pena

Em 2005, fiz 5 sessões de depilação definitiva em 2 regiões: virilha e buço.
Na época, não era muito comum ainda encontrar tantas clínicas que faziam, e o preço era muito salgado (ainda é, mas antes era muito mais).
No buço, em mim, não resolveu nada.
TUDO DEVE SER AVALIADO PELO MÉDICO ESPECIALISTA, POIS VARIA DE PESSOA PRA PESSOA.
Depois que eu fui em outra clínica, e pedi outra avaliação do buço, eles me disseram que em mim não funcionaria mesmo pois o tratamento funciona melhor em pelos escuros, e os meus estavam muito claros para que a luz funcionasse bem ( a luz é atraída pela cor do pelo, quanto mais escuro, mais ele será atingido).
Na época, o tratamento foi feito com Light Sheer, que é um tipo de pistola, e o médico me receitou uma pomada anestésica que eu passava no local em casa, 1 hora antes da aplicação. Amenizava muito a dor. A pomada era a Dermomax.

Depilação definitiva vale a pena

Light Sheer

Já na virilha… amei o resultado!

Hoje em dia, QUANDO eu acho que preciso fazer uma manutenção com cera, tiro os poucos pelos em 1 passada de cera em cada lado e pronto, isso se os pelos não sairem com a mão!

Uma coisa é importante dizer: a depilação NÃO É TOTALMENTE DEFINITIVA, pois alguns pelos ainda continuam a crescer. O que acontece é que a quantidade diminui muito, muitíssimo! E os pelos que ainda teimam em crescer, crescem absurdamente fracos e finos.

Ano passado, voltei a fazer o tratamento, desta vez em mais 2 regiões:
antebraços e axilas. Desta vez, o aparelho utilizado foi o Soprano XL:

Depilação definitiva vale a pena

O Soprano esquenta bastante, e deve ser passado na pele com aquele gel gelado usado em ultrassom.
Fiz a 5ª sessão em fevereiro, e até hoje não nasceram pelos na minha axila, nem os fininhos! Estou no céu!
Dessa vez, fechei um pacote com 10 sessões, e pode ser que as últimas sejam usadas para fazer manutenção, e o tratamento pode durar até 2 anos!

O meu antebraço me incomodava muito pois sou muito branquinha e os pelos eram escuros, e apareciam muito. Pode parecer exagero meu (algumas pessoas achavam que sim) mas resolvi fazer o laser nele também! Hoje, ninguém acredita quando vê: os pelinhos estão finíííííííííssímos, olhando de longe você nem vê que tem algum!

Em janeiro, comecei a fazer coxa. Fiz 2 sessões até agora, e continuo impressionada com os resultados!!

ALGUMAS PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A DEPILAÇÃO DEFINITIVA:

1. Onde fazer?

Procure por uma clínica conhecida, com referência e de preferência estabelecida no mercado. O tratamento é longo, e já pensou fechar um pacote que vai durar quase 2 anos, e meses depois a Clínica fechar porque nao deu certo? Outra coisa: a  aplicação deve ser feita por médico ou fisioterapeuta dermato funcional, só eles tem habilitação para fazer isso.

2.Quanto custa?

Hoje em dia, em sites de compra coletiva, há muitas ofertas interessantes que você pode aproveitar. O custo varia de acordo com o tamanho da área a ser depilada. Algumas clínicas dividem em até 10x no cartão! Áreas menores como buço custam (onde eu conheço) cerca de R$380,00 (o pacote com 10 sessões, nas promoções com 40% de desconto que duram o ano todo!), axilas, R$580,00, e áreas maiores como pernas e coxas, R$1.400 a R$1.800,00.

3.Dói?

Como falei, com o Light Sheer, usava pomada anestésica, então a dor era suportável, nada demais.
Com o Soprano, não estou usando pomada, e a dor varia:
-de acordo com a intensidade dos pulsos: nas primeiras sessões a intensidade é menor, e vai aumentando a medida que o tratamento avança;
-local: áreas que tem mais carne, como a coxa, doem menos. No braço, perto dos ossos, eu tô vendo estrelas a partir da 5ª sessão! Mas tudo suportável, não dói mais do que cera!

4. Como vou saber se funcionará pra mim?

Sempre antes de começar o tratamento, o médico da clínica fará uma avaliação do seu pelo, e indicará se pode ser feito ou não. Ele vai analisar a cor e a espessura do pelo, e fazer todas as perguntas para ver se você pode continuar.

5. Grávida pode?

Não existe estudo comprovando que causa algum dano, mas nas 2 clínicas onde eu fiz, eles me indicaram a não fazer caso estivesse pensando em engravidar. Antes de cada sessão, eu assino um termo também, dizendo que não estou grávida.

6.Vale a pena o gasto?

Pra mim, valeu cada centavo! Se você faz depilação em salão e fizer as contas do que você gasta com as áreas do corpo que depila todo mês… valerá mais ainda! O problema é você ter que pagar de uma vez só, e depilação comum você paga pela vida afora..~.

7.Pode tomar sol durante o tratamento?

Até uns 2 ou 3 dias depois da aplicação você deve proteger a área com filtro solar e evitar a exposição ao sol.

8.Posso continuar depilando normalmente durante o tratamento?

Não, não pode usar nenhum método de depilação a não ser a lâmina. Durante o tratamento você precisa deixar o folículo do pelo crescer para que na próxima sessão ele seja atingido o máximo possível novamente. Por isso o espaço entre uma sessão e outra deve ser de aproximadamente de 55 a 60 dias, assim os pelos que tiverem que crescer ainda, terão tempo de crescer e serem atingidos.

UFA! O post acabou ficando grande, mas acho que pude explicar o máximo que eu pude.
TODAS AS INFORMAÇÕES AQUI SÃO MINHAS MESMO, COLHIDAS POR MIM EM MINHAS CONSULTAS E SESSÕES. Como todos sabem, não sou profissional da área, por isso, se tiverem interesse sugiro procurarem os profissionais  e se consultarem, pois como falei, cada caso é um caso.

Se quiserem saber alguma outra informação que eu possa ajudar, estou a disposição para responder, se souber!

Beijos!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...