Cabelo de Marina – Alice Wegmann – A Lei do Amor

Veja qual a cor usada na transformação do cabelo de Alice Wegmann na sua volta a novela A Lei do Amor

Alice Wegmann começou A Lei do Amor loirinha (que também fez muito sucesso), um tom “natural golden”mais claro nas pontas e com franjinhas “baby bang” que deixaram a atriz com cara de menina:

 

dando adeus ao natural golden hair #ALeiDoAmor #Marina ??✋?????

Uma foto publicada por Alice Wegmann (@alice.weg) em

Agora, a Isabela vai dar lugar a personagem Marina e para isso uma transformação foi feita no cabelo da atriz, que vai aparecer assim:

Cabelo Marina A Lei do Amor - Alice Wegman  

alôoo #ALeiDoAmor #Marina Uma foto publicada por Alice Wegmann (@alice.weg) em

A transformação da Alice Wegmann foi principalmente no cabelo, mas ela também ficou mais bronzeada. O cabelo escureceu, a franjinha virou franjão e o corte dá pra ser visto melhor nesta foto que ela publicou no Instagram:

 

ay que pirigótica

Uma foto publicada por Alice Wegmann (@alice.weg) em

Cor do cabelo de Alice Wegmann

Fernando Torquatto, Beauty Artist responsável pela transformação da atriz, usou a cor 6.7Louro Escuro Natural – a mesma usada pela atriz Fernanda Souza, que no caso é da Niely (Cor & Ton). Como o Torquatto é do time de profissionais da Loreal Proffessionnel  é bem provável que ele tenha usado a cor desta marca.  

Linda @alice.weg e seu novo look agora como Marina em #aleidoamor . #makeup #fresh

Uma foto publicada por Fernando Torquatto (@eufernandotorquatto) em


Querem ver mais produtos usados pelas atrizes de A Lei do Amor?

Aqui tem o ESMALTE DA SALETE (e também o batom e o delineador) e o BATOM, ESMALTE E CABELO da LUCIANE (Grazi Massafera)

Pigments Alfaparf Milano – INCRÍVEL!

Pigments – uma revolução em coloração!

Conheci Pigments ontem na Academia Alfaparf Milano e já quero logo contar pra vocês pois realmente fiquei muito empolgada com o produto. Ontem conhecemos o produto da Alfaparf  que vai ser uma revolução em coloração, é realmente um produto inovador que pode fazer parte do nosso dia a dia de cuidados. Ficaram curiosas? Continue a leitura pra saber tudo!

Evento de apresentação – linha Pigments

Fomos recebidas na Academia Alfaparf em Botafogo, e lá tivemos uma “aula” introdutória de Colorimetria, uma pincelada mesmo. Na verdade, nós ainda não sabíamos mas tinha tudo a ver com o produto que iríamos conhecer, pois saber lidar com a mistura de pigmentos para realçar, contrastar, valorizar e combinar é quase 100% de garantia do sucesso ao se usar o Pigments. Vou explicar porquê, lá na frente vocês irão enteder melhor!

Alfaparf Pigments - lançamento

O que é Pigments

Pigments é formada por 6 pigmentos puros ultra concentrados e de utilização extremamente transversal. A inovação ainda permite a personalização da cor com uma infinita variedade de produtos e serviços, e o melhor: além do salão, pode ser utilizada também em casa.

Pigments Alfaparf Milano 8ml

Ele vem em embalagens de 8ml (foto) que são para o consumidor final, e de 90ml para o profissional do salão de beleza. Eles podem ser misturados ao shampoo e à máscara e usados em casa, no dia a dia, em todo tipo de cabelo:

-seco, oleoso ou normal;

-natural, colorido ou descolorido!

Com eles você pode intensificar seus reflexos, criar novos reflexos, controlar efeitos indesejados de suas mechas ou reflexos, oferecer mais luminosidade ao cabelo, criar contrastes, ousar com novas cores, tudo o que a sua imaginação mandar!

Segundo as sugestões da Alfaparf, os pigmentos da foto podem ser usados: (vou mostrar na ordem que aparecem na foto)

Gd (Gold.3) – realçar reflexos louros quentes

Cp (Copper.4) – realçar a cor dos acobreados

Rd (Red .6) – Intensificar a vivacidade dos vermelhos

Ag (Ash Gold .13) – Realçar reflexos dos louros e dos castanhos claros

Gm (Golden Mahogany .35)- Dar profundidade aos castanhos escuros

Va (Violet Ash .21) – Maximizar reflexos Louros Frios e realçar os cabelos grisalhos/brancos

Como escolher o pigmento?

Você tem duas opções: caso você não tenha noção de colorimetria e tenha dúvidas de qual pigmento usar para realçar e dar o efeito que você deseja, recorra ao profissional. Ele pode indicar um deles ou até mesmo fazer uma mistura (tem que saber o resultado que pode dar a mistura de uma cor com a outra). A segunda opção é ir pelo caminho mais seguro: por ex, eu tenho o cabelo pintado no tom ruivo acobreado, que na Alfaparf é a terminação .4 (o número depois da vírgula na coloração), que é o acobreado. Então, uso o Pigments Cp – Copper .4, assim eu vou tonalizando e realçando a cor do meu cabelo. Em alguns casos pode ser difícil identificar de primeira, assim como é o meu caso, então por segurança eu recomendo ir ao profissional mesmo! Quer fazer mechas coloridas? Cabelo de sereia? Rosa, roxo, arco-íris? Pode também! (assistam os vídeos no final do post)

Como usar Pigments

Ainda não experimentei, mas pretendo fazer isso no fim de semana e gravar um vídeo pro canal, mas como não tem segredo nenhum já vou deixando a receita pra vocês:

Você precisará comprar 2 frascos de Pigments 8ml, e também o shampoo e a máscara de acordo com o seu tipo de cabelo:

 

Pigments Alfaparf Milano - shampoo e máscara

Hydrating: para cabelos normais ou ligeiramente secos

Com uma mistura de ingredientes ativos capaz de criar uma película especial que envolve o cabelo, conferindo brilho.

Nutritive: para cabelos muito secos

Com óleos vegetais ricos em ácidos graxos, Vitaminas A e E, específicos para nutrir intensamente o cabelo.

Shampoo – Sulphate-Free & Paraben Free / Máscara Paraben-Free

Pegue todo o conteúdo do frasco (8ml) e misture ao Shampoo, agite levemente por 10 segundos, até que o pigmento puro se distribua uniformemente. Para a máscara você usará o outro frasco todo, e deverá misturar (com uma espátula) até que ela fique com uma cor homogênea. Você irá fazer este preparo só uma vez, e poderá usar normalmente o shampoo e a máscara, e cada vez que lavar o cabelo estará reforçando a cor, mantendo seu cabelo tratado e lindo!

BOA NOTÍCIA: não precisa usar luvas, não mancha as mãos, não mancha a toalha! \o/

Pode fazer no salão? Pode também. O profissional que escolher seu tom pode fazer a primeira aplicação e te mostrar direitinho qual o pigmento ou os pigmentos que ele usou, assim ele te mostrará a proporção a ser usada, você compra o kit e leva pra casa para continuar a manter a cor baphônica por lá mesmo! Não é demais isso????

ONDE COMPRAR E PREÇO

Eu sei que vocês já devem estar loucas pra saber onde comprar essa maravilha e quanto custa, mas ainda não sei informar. Que ele poderá ser adquirido nos salões que trabalham com Alfaparf é certo, e assim que eu tiver as informações de preço eu atualizo aqui!

ATUALIZAÇÃO: Pigments será vendido somente nos salões autorizados, a partir de 20 de dezembro.

Preço sugerido:

Shampoo Hydrating ou Nutritive 200ml: R$60,00

Máscara Hydrating ou Nutritive 200 gr R$94,00

Pigments 8ml R$15,75

Vídeos

Encontrei alguns vídeos da Alfaparf Milano americana que mostram algumas possibilidades incríveis do Pigments, vale a pena conferir!

Espero que vocês tenham gostado da novidade. Eu fiquei super empolgada e achei sensacional, um mundo novo de possibilidades. Com certeza vou usar e atualizar aqui com o resultado, fiquem de olho!

Se tiverem alguma dúvida deixem nos comentários, e se eu não tiver a informação passo pro pessoal da Alfaparf, que estará dando toda a assessoria para o blog. Então, fiquem à vontade!

Ruivo com Igora Royal 8.77 + 8.44 + ox30

Apaixonei de vez: ruivo com Igora Royal e Ox30

Igora Royal 8.77 + 1/2 tubo de 8.4 + ox30 = ruivo perfeito! Sim, vocês devem estar se perguntando porque justo eu que já chorei as pitangas aqui reclamando do efeito da Ox30 no cabelo resolvi usar a bendita de novo – pausa pra pergunta: alguém mais fala “chorar as pitangas”? hahahahaha

LEMBRANDO: Recebi as tintura Igora Royal da Schwarzkopf da loja online Mercado da Beleza, que oferece um cupom de desconto para as leitoras do blog. Digite MULHER10 para ter 10% de desconto em suas compras!

Então eu vou falar: não tem jeito, a bicha (OX 30) é lacradora mesmo pra deixar o cabelo bonito. AND detonado. Mas dessa vez eu me precavi: usei 1 tampinha de óleo de argan na mistura, o que protege o cabelo dos danos, pelo menos um pouco…Outro detalhe: não pretendo repetir. Primeiro porque eu já sei no que vai dar, segundo porque sempre tem novas fórmulas de ruivo e eu não resisto, quero tentar!!!  Enquanto eu não decido qual será a próxima fórmula vou deixando aqui com vocês as fotos do ruivo que eu AMEI logo no dia da aplicação (isso só tinha acontecido comigo quando usei a Majirel 8.34 no retoque de junho. Aliás, se vocês compararem bem ficou bem parecido, só que hoje está um pouco mais cobre. Vejam só:

Igora Royal 8.77 + 8.4 _ ox30 - resultado do ruivo

Igora Royal 8.77 + 8.4 _ ox30 - resultado do ruivo

Igora Royal 8.77 + 8.4 _ ox30 - resultado do ruivo

Fórmula desse ruivo Igora Royal

Essa foi a fórmula dessa vez:

1 tubo (60g) da Igora Royal 8.77

1/2 tubo (30g) da Igora Royal 8.4

90ml de OX 30 – a proporção da Igora Royal é de 1:1.

1 tampinha de óleo de argan (usei Orofluido)

Pra quem pergunta como eu sei a dosagem: para a tintura eu uso uma balança digital de cozinha, e para a OX eu uso um medidor. No “olhômetro” eu  não arrisco, nem aconselho!

Acrescentar o óleo dá uma diferença incrível no trato do cabelo, podem colocar sem medo. O cabelo fica sedoso ao toque, dá pra sentir que ficou protegido.

Comparação OX 20 e OX 30

Sempre que eu retoco o ruivo eu fico na expectativa que o cabelo fique um pouco mais aberto para que o cobre fique mais realçado. Dessa vez eu consegui isso e eu acho que o fato de ter diminuido a proporção da 8.4 pela metade (na primeira vez usei 1 tubo e agora só metade) e aumentado a volumagem da Ox para 30 ajudaram:

Comparação ruivo com Ox 20 e Ox 30

Eu prefiro esse cobre do lado direito, e vocês?

OBS: observação só pra falar que estou muito apaixonada por esse retoque! <3

 

 

Igora 8.77 + 8.4 com OX20 – ruivo novo!

Meu ruivo Igora Royal da Schwarzkopf

Recebi as tinturas Igora Royal da Schwarzkopf que eu queria experimentar, as famosas tinturas que as ruivas da internet amam tanto. A loja Mercado da Beleza, em uma parceria com o blog que também dá um cupom de desconto (não viram? Tem Cupom de Desconto no Mercado da Beleza pra você!) me enviou as tinturas, as águas oxigenadas também da Igora, e o Protetor Térmico da linha Color Freeze que vai merecer um post só dele (merece!).

Eu estava super curiosa pra saber como a Igora Royal ficaria no meu cabelo, mas antes que vocês vejam as fotos já preciso contar uma coisa que quem acompanha minha saga ruiva já sabe: o primeiro dia da tintura nunca é o mais bonito, na minha opinião, mas mesmo assim o meu tá bonito (A MODESTA).

Igora Royal da Schwarzkopf

Escolhi a Igora porque a Schwarzkopf está entre as 3 melhores marcas de coloração disponíveis no Brasil, e tenho ótimas experiências com a marca. A Igora Royal é uma linha de coloração permanente, promete resultados de alta performance, alta resolução, cores intensas e máxima retenção de cor (retenção de cor é tudo que uma ruiva quer na vida!). A proporção da Igora é 1:1, ou seja, a bisnaga vem com 60g e a OX da mesma marca vem com 60ml, diferente da Loreal que eu estava acostumada a usar, que vem com 50g de tintura com ox de 75ml.

TONS: 8.77 e 8.4

As cores das tinturas IGORA não seguem a mesma numeração que eu estava acostumada também. Enquanto na Loreal o final 4 indica o subtom acobreado, na IGORA é o 7. Como eu queria uma mistura que me garantisse 100% de cobertura dos brancos, misturei com a 8.4 – o final 4 é o subtom bege, um dos subtons que são os melhores para cobrir os brancos com maior eficiência. E realmente, cobriu tudo! Usei a OX20 pois desde o ano passado estou procurando usar esse volume, já que depois de usar a OX30 por algumas vezes meu cabelo ficou muito poroso. Então vamos ao resultado!

Resultado

Igora 8.77 + 8.4 + OX20 ruivo

Igora 8.77 + 8.4 + OX20 ruivo

Igora 8.77 + 8.4 + OX20 ruivo

Incrível a diferença, não é?

Preciso comentar várias coisas sobre esse retoque do ruivo:

-Ficou mais escuro e fechado do que eu esperava, mas fui me lembrar que a maioria dos acobreados mais abertos que eu vi com a 8.77 foram com a OX de 30vol. Ou seja, com a de 20 seria isso aqui mesmo no meu cabelo!

-Já estou acostumada: por mais que eu espere que a IGORA tenha maior retenção de cor, eu sei que depois de desbotar a cor vai abrir e pela minha experiência, ficar mais bonita. Já me comprometo a fazer um novo post com o desbotamento dessa tintura, ok? Acho que poderemos ter uma surpresa, vou fazer comparação de antes e depois.

-A Igora foi a segunda tintura que deixou meu cabelo mais fechado. A primeira foi a Evolution da Alfaparf 8.4 com ox de 20, que ficou um pouco mais escuro, menos cobre e mais avermelhado. Desbotou e ficou totalmente diferente depois de 15 dias!

Ruivo acobreado com OX de 20 que eu mais gostei até hoje: Wella Color Perfect 8.4 e a Loreal Majirel 8.34. São minhas paixões até agora!

Tem resenha da Majirel 8.34 com OX 20 (a da Wella não teve resenha mas tem foto no post da minha saga ruiva)

Onde comprar IGORA ROYAL

Se você gostou do resultado da IGORA ROYAL pode comprar online no Mercado da Beleza, a loja de produtos para cabelos online que me enviou as tinturas para testar. Eles tem toda a gama de tintura profissional da Schwarzkopf, além de Loreal e outras excelentes marcas de produtos para cabelos, não só coloração.

Com o cupom de desconto MULHER10 você tem 10% de desconto!


 

Continue acompanhando o blog e as minhas redes sociais pois vou atualizar esse tom de ruivo. Daqui a pouco a cor vai abrir e tenho certeza de que vai ficar mais bonito ainda, querem apostar?

Instagram – @luvilelapaes

Snapchat – luvilelapaes

facebook.com/MulherSemPhotoshop

 

 

 

 

Bond Angel – Braé Haircare

Conheça o Bond Angel – um produto para quem quer ficar platinada sem danificar os fios!

Fui ao evento de lançamento do Bond Angel, produto da Braé Hair Care, marca americana que chegou ao Brasil. Fiquei sabendo como funciona o produto e ainda vou contar uma coisa que vocês vão gostar de saber: embora seja um produto direcionado às loiras, todas as pessoas, especialmente as que pintam os cabelos, também podem aproveitar o produto. Querem ver como?

Para as loiras (ou quem planeja ficar!)

Todo mundo que já passou por descoloração (eu mesma, que já tive mechas) sabe como o cabelo não fica mais o mesmo. Se ficar loira já é um desafio, tanto para o profissional quanto para a dona do cabelo, ficar platinada então é uma tarefa dificílima! Isso porque não estou falando somente em ficar platinada, mas deixar o cabelo platinado bonito.

Loiro Platinado ressecado

Não é a toa que todo mundo pensa que pra ficar loira tem preparar o bolso e o tempo no cabeleireiro: é preciso hidratar, hidratar e hidratar! Isso porque a descoloração mexe muito com a estrutura dos fios, pois abre a cutícula dos fios e retira o seu pigmento, então é comum que eles fiquem quebradiços, arrepiados e fracos após o procedimento. Se o cabelo não estiver saudável pode até acontecer de quebrar no próprio procedimento!

Como age o Bond Angel

O uso de Bond Angel na descoloração protege os fios pois ele multiplica as pontes de sulfeto (que são as ligações mais fortes que o nosso cabelo possui), deixando-os mais fortes e fazendo o processo ser muito mais seguro.

Só as loiras podem usar?

Não! Na verdade, Bond Angel é compatível com todas as químicas então pode ser usado em várias transformações: colorações, redução de volume, alisamento, etc, melhorando os resultados esperados. Quando usado na coloração, Bond Angel deixa as cores mais vibrantes e duradouras.

Loiros com Bond Angel by Anderson Couto

Uma coisa bacana do evento foi poder escutar dois profissionais experientes que tem usado o produto em suas clientes desde janeiro: Natan Correia, do Romeu Felipe Creative Salon (SP) e Anderson Couto, cabeleireiro especialista em coloração e sócio do Salão Majestic, aqui no Rio. Ele já apareceu aqui no blog algumas vezes, por ser o responsável por transformações capilares de várias famosas, como Giovanna Antonelli! A experiência que eles relatam sobre o produto é a melhor possível: ótimos resultados, cabelos saudáveis, excelente retorno das clientes e ótimo custo-benefício. Eles estão usando o Bond Angel regularmente em seus trabalhos e isso pode ser conferido nos perfis do Instagram: @andersonacouto e @natancorreia

Loiros com Bond Angel by Anderson Couto

Como usar o Bond Angel

Os dois primeiros passos são destinados a uso profissional. As informações foram retiradas do site da Braé Hair Care.

Bond Angel - passo 01 e 02 - como usar

Para descoloração:

1- Adicione 2ml do passo 01 a cada 10g de pó descolorante

2- Acrescente a água oxigenada desejada

3- Misture até ficar homogêneo, aplique normalmente nos fios executando o processo padrão para descoloração.

4- Enxágue o cabelo somente com água.

5- Aplique 20 mL de Passo 2: Bond Reconstructor nos fios.

6- Penteie espalhando por igual. Deixe agir por 20 minutos e enxágue.

7- Aplique o shampoo, condicionador ou tonalizante de sua preferência.

Para Coloração:

1-Caso o tempo de pausa pretendido para alcançar a cor seja superior a 10 minutos, adicione 6 mL do Passo 1: Bond Maker a cada 60 g de tonalizante ou coloração ou respeite sempre a proporção de 1:10.

2-Misture de acordo com o procedimento normal da coloração, respeitando a proporção, até ficar homogêneo.

3- Aplique normalmente nos fios, aguarde o tempo de pausa e enxágue.

4- Aplique 15 a 20 mL de Passo 2: Bond Reconstructor nos fios.

5- Penteie espalhando por igual. Deixe agir por 20 minutos e enxágue.

6 – Aplique o shampoo, condicionador ou tonalizante de sua preferência.

Bond Angel Flex Perfect (para uso em casa)

Bond Angel passo 3 em casa: como usar

1 – Duas vezes por semana, após o uso de shampoo e condicionador, enxágue
o cabelo e aplique o Passo 3: Bond Fortifier em todos os fios.

2- Deixe agir por 5 minutos.

3- Enxágue e finalize como desejar.

O produto vem com 100ml, que rendem 6 aplicações.


 

Se você ficou interessada, converse com o seu cabeleireiro sobre fazer descoloração (ou coloração!) com Bond Angel. Mais informações no site da marca: braehaircare.com

 

Minhas cores de cabelo – Conexão carioca

Quem nunca mudou de cabelo na vida?

Eu tenho um vasto histórico de cores de cabelo, estava aqui pensando sobre isso… Quando pensamos em falar sobre tintura de cabelo no Conexão Carioca eu logo pensei: “se eu resolver contar tudo o post vai ficar gigante!” Mas vamos lá, pelo menos vou tentar.

A primeira vez que eu me lembro de ter usado alguma coloração no cabelo foi aos 19 anos, quando decidi que queria dar uma clareada e usei um tonalizante. Não adiantou nada, mas eu fiquei me achando. Se eu me lembro bem, meu cabelo é naturalmente castanho claro (já tem tanto tempo isso que eu realmente não saberia definir, kkkk), e dava uns reflexos mais claros de vez em quando pois eu tomava muito sol nos fins de semana. Nesta foto eu tinha 19 anos e o cabelo era bem compridão:

Cabelo Virgem (ou quase)

Luciana 19 anos

Se tem alguém com cabelo virgem lendo este post já vou avisando: se eu sonhasse tudo o que viria pela frente eu jamais teria pintado meu cabelo sem precisar. Leia o post até o final e você vai entender…o cabelo nunca mais é o mesmo!

Nessa época eu não tinha muita informação sobre muita coisa. Eu sempre assinava revistas de moda e beleza e pegava as dicas e tendências que tinham nesse tipo de mídia, porque as coisas não eram tão fáceis como hoje na internet, onde se acha de tudo. E então eu ficava buscando inspirações pra mudar alguma coisa, ía lá e mudava! Simples assim!

Cabelo preto azulado (Preto Azulado da Soft Color – Wella)

Luciana 22 anos - cores de cabelo - Preto Azulado da Soft Color - Wella

Foi numa dessas influências que um dia eu resolvi pintar meu cabelo de preto azulado. Aliás, não foi tintura, foi o tonalizante Soft Color da Wella, que tinha uma cera de abelha da fórmula (ou tem ainda, não sei) que deixava meu cabelo ótimo e com um brilho lindo. GENTEEEEEE, eu AMEEEEEEI esse cabelo! Eu era novinha então a cor não pesou, pelo contrário, realçou na minha pele clara e ficou muito legal. Quando eu retocava e ele ficava com esse reflexo bem azulado aí é que ficava MUITO SHOW mesmo.

Agora pensa comigo: nessa época (1998) não existian blogs de beleza. Eu pegava as ideias e fazia, igual as pessoas fazem hoje inspiradas em blogs. Eu tinha que virar blogueira mesmo, não é?

Cabelo castanho

Depois da viagem ao preto azulado deixei meu cabelo em paz por um tempo. Aí veio tanta coisa: terminei a faculdade, comecei a trabalhar, namorei e noivei. Meu cabelo não era mais tão clarinho como antes, e eu só gostava dele grandão. No meu noivado eu tava assim:

Luciana 24 anos

Nessa época ele não estava com tintura, mas já não era mais o mesmo (embora fosse bem bonito, modéstia à parte). Eu sempre deixava os cachos naturalmente soltos, não fazia nada de escova, nem chapinha, NADA. E já usava muito produto pra cabelo, lógico!

Castanho cor 6.88 (Mel Tabaco da Imédia)

Depois que eu me casei comecei a pintar meu cabelo mais vezes, só pra mudar mesmo. Estão vendo? Sempre fui assim! Isso foi em 2002, e eu descobri um tom que ficou lindo em mim: o 6.88, Mel Tabaco da Imédia. A Aline Moraes aparecia com essa cor de cabelo e eu GAMEI. Pois é, gente, sempre fui influenciável nessas coisas!

Luciana 26 anos - cores de cabelo - Mel Tabaco 6.88 da Imédia

 

Mechas Californianas no salão

Aí veio outra moda: iluminar os fios com as mechas californianas. Na época, 2003, a Debora Secco apareceu com a novidade feita pelo Marco Antonio de Biaggi, e foi um sucesso. E eu fui atrás: (gente, eu era louca ou o que????)

Luciana 27 anos

Fiquei assim por algum tempo mas não aguentei o ressecamento dos fios causados pelas mechas. Eu não sabia direito como tratar meu cabelo assim e acabei desistindo delas. Mas ficou muito legal, e todo mundo comentava!

Gravidez – sem tintura

Luciana 30 anos

Quando fiquei grávida da Laura tive que passar a gravidez toda sem pintar o cabelo (geralmente os médicos não deixam usar nenhuma química). Como gravidez (ainda mais a primeira) é tempo de festa, a gente nem pensa mesmo nessas coisas. O pensamento fica voltado para o bebê, para a saúde, e cor de cabelo fica em centésimo plano. Mas aí começou o problema: eu comecei a ter fios brancos. E por causa deles, daí pra frente eu não deixei mais de pintar…

Por isso que hoje eu penso que se eu sonhasse que iria ter fios brancos tão cedo (com 30 anos) eu teria deixado minhas “brincadeiras de pintar cabelo” pra lá.

Depois disso, o blog

Depois disso, as minhas aventuras pelas tinturas de cabelo foram quase todas registradas aqui (desde 2011!). Mas pra resumir, foi basicamente:

Mistura do 6.0 e 7.0 da Imédia (e um tempo com a Olia da Garnier)

Usei essa mistura por um bom tempo, talvez uns 6 anos.

Cores de cabelo: mistura do 6.0 e 7.0 da Imédia

Está aqui: a tinta do meu cabelo

Msitura do 7.0 com 7.88 da Imédia

Cores de cabelo: mistura do 7.0 e 7.88 da Imédia

Saga ruiva

Desde 2015 estou apaixonada pelo meu ruivo, e acho que encontrei meu tom pra vida. (Será? Lendo este post é até dificil de acreditar, né? kkkkkkk)

Mas tem tanta história com esse ruivo que é melhor lerem tudo nos outros posts do blog!

Aqui tem um resuminho bom: 50 tons de ruivo

E meu último tom, a Majirel 8.34

Cores de cabelo: ruivo

UFA!!!!

Será que ficou tudo registrado aqui ou esqueci de alguma coisa? hahaha Bom, pelo menos a maioria está aqui sim. Se de tudo isso fica uma lição, a lição é essa: quando minhas filhas resolverem ficar pintando o cabelo só de farra eu vou contar essa história pra elas. Vale a pena? Na época sim, é tudo uma festa, é muito gostoso mudar, mas depois… a gente paga o preço, viu?  O cabelo não fica mais tão bom, tem que cuidar muito, mas muito mesmo. Não vou proibir que elas façam nada, mas vou ter muita bagagem para aconselhar. Concordam?

Agora vamos ver os posts das meninas do Conexão Carioca?

Conexao-Carioca

Patrícia Meirelles – Fuxico de Mulher

Tina Szabados – Make, Coisa e Tal

 

Inoa 8.34 + 7.4 – Retoque do ruivo!

Resultado da mistura 8.34 + 7.4 da Majirel

Quando fui a BH retoquei o ruivo no Glam Appetit, e conversei com a colorista do salão, a Priscila Faleiro, sobre uma coisa que eu queria fazer. Depois de decidir abandonar de vez a ox 30 por causa dos danos que eu percebi no meu cabelo (ressecamento, porosidade) a ideia agora é aumentar a tonalidade da coloração, já que o cabelo já está com uma base boa.

A mistura com a tintura Inoa da Loreal

Ela sugeriu que eu usasse uma mistura da Inoa 7.4 (a tintura da Loreal sem amônia que eu usei quando fiquei ruiva: Ruivo 7.4 Inoa), uma tonalidade bonita para o meu ruivo, e a 8.34 Louro Claro Dourado Acobreado. Ou seja: além do louro claro, que é a cor base indicada pela numeração 8, e o acobreado que eu quero, indicado pelo 4, acrescentou o 3 que se refere ao dourado. Entendendo melhor:

8 – altura da cor – Louro Claro

3 (1º número depois da vírgula) Reflexo principal – Dourado

4- (2º número depois da vírgula)Reflexo  secundário – Acobreado

Misturando com o 7.4, que tem o reflexo Acobreado como principal –> esse ruivo aqui:

Ruivo com Inoa 8.34 + 7.4 da Loreal

Ruivo com Inoa 8.34 + 7.4 da Loreal

Realmente a presença do reflexo dourado trouxe mais luminosidade pro ruivo. Quando estava só com o 7.4 eu percebia que muitas vezes eu não enxergava meu ruivo em certos ambientes. Isso porque o efeito do ruivo tem tudo a ver com a iluminação do ambiente. Essas fotos, por exemplo, foram tiradas em um dia nublado, na porta do salão, com a iluminação natural vinda da porta de vidro. Se eu tirasse a foto lá dentro do salão, com a iluminação artificial, o resultado seria outro! E em dias ensolarados, outro efeito. Eu já disse isso em outros posts: no ruivo, mais que em outros tons, a iluminação faz toda a diferença no efeito!

Quando eu passei a usar a Ox30 eu comecei a enxergar melhor o ruivo em ambientes internos, com luz artificial. Pode parecer bobagem, mas não é, viu? Imagine você ter a cor do cabelo que você gosta só quando é vista fora de casa? kkkkkkk Então, pra isso eu tive que “abrir” a cor, e acabei indo pelo lado mais “trágico”: aumentei a volumagem da água oxigenada, coisa que hoje eu não recomendo pra ninguém, ou então já aviso: trate bastante do seu cabelo pois o uso contínuo pode fazer um estrago! Agora, acrescentando este reflexo dourado e aumentando a altura da cor para 8 eu estou chegando sempre no tom que eu gosto (exceto quando comprei a tintura da Alfaparf, que é mais escura!!!! Não viu? Alfaparf 8.4 OX 20).

Inoa ou Majirel?

Agora que eu retoquei com a Inoa novamente vem aquele dilema, pois a Inoa não é fácil de achar por aqui, e quando acho na internet ela é bem mais cara. Aliás, a Majirel nesses tons acobreados também some do mercado de vez em quando, principalmente agora que o ruivo está bombando! Eu gostei muito da minha experiência com a Inoa, ela fez bem pro meu cabelo, gosto do fato de não ter amônia, mas pretendo continuar retocando com a Majirel por ser mais fácil de achar. Aguardem as cenas dos próximos capítulos!

Vou deixar os contatos do Glam Appetit, que é o meu salão de beleza em BH:

 

Glam Appetit – Salão Boutique

Av. Prof. Mario Werneck, 1943

Buritis – BH -MG

Fone: (31) 33789500

Whatsapp: (31) 85333583

Facebook: www.facebook.com/GlamAppetit

Instagram: @glam_appetit

Cabelos das atrizes de Haja Coração

Os cabelos de Haja Coração, que estarão entre os mais pedidos do CAT nos próximos meses, hahaha

Alguém dúvida que os cabelos das atrizes de Haja Coração estarão entre os mais pedidos do CAT de maio e junho? É que a nova novela das 19h já vai começar e eu já dei uma olhada nas atrizes, e a maioria está com alguma coisa nova no visual, principalmente o cabelo. Vamos conferir?

Mariana Ximenes

Eu cheguei a mostrar que a Mariana Ximenes havia escurecido o cabelo com a Tintura da Garnier, Aveia 60, para interpretar a personagem Tancinha em Haja Coração. Mas ela não manteve o tom de janeiro pra cá, e deu uma boa clareada nas madeixas. Compare o que está no post mostrando a tintura AVEIA 60 com a foto atual:

Cabelo de Mariana Ximenes - Tancinha - Haja Coração

Carolina Ferraz

Eu tenho acompanhado a Carolina Ferraz apresentando o seu programa Receitas da Carolina no GNT e confesso que o cabelo partido no meio e preso já estava me dando aflição. Ela é muito mais bonita que aquilo, né? Mas tudo bem que lá a proposta do programa é outra, e agora na novela ela vai voltar a ter aquele cabelo clássico, corte médio e castanho escuro – e solto!

Cabelo Carolina Ferraz - Penélope- Haja Coração

Cléo Pires

Cabelo de Cleo Pires em Haja Coração - Tamara

Cléo Pires loira de novo – a primeira vez que ela ficou loira apareceu por aqui em 2012: Cléo Pires irreconhecível! – para viver a personagem Tamara, filha de Penélope (Carolina Ferraz). Embora ela tenha falado em uma entrevista que “ser sexy não tem a ver com a cor dos cabelos” (concordo) ela está com um visual bem sexy e exuberante com esse cabelo bem comprido e com mechas loiras nas pontas.

Lembra quando ela ficou ruiva? Cléo Pires ruiva

Fernanda Vasconcellos

Fernanda também iluminou os fios: tons de loiro claro e escuro do meio para as pontas, em um cabelo comprido, ondulado e bagunçadinho que estão deixando a atriz apaixonada pelo seu próprio visual. Ela não se cansa de dizer isso no instagram! (@fevasconcellos)

Cabelo Fernanda Vasconcellos - Bruna - Haja Coração

 

Ellen Roche já deu as caras por aqui quando ficou ruiva, já viram? O cabelo ruivo de Ellen Roche

Aguardem um segundo post com mais cabelos da atrizes de Haja Coração!

 

Cabelo ruivo de Juliana Silveira

Juliana Silveira trocou o loiro pelo ruivo e ficou linda, veja só!

Separei as fotos da transformação ruiva da Juliana Silveira e acabei demorando demais para postar, mas mesmo atrasada quero deixar registrado aqui pois vai mais uma dica de tintura que eu achei bárbara! A atriz, que sempre foi loira, agora ficou ruiva pelas mãos de Richard Willian, beauty artist do salão Celso Kamura no Rio de Janeiro.

Cabelo Ruivo de Juliana Silveira

Como eu sempre digo nos posts em que falo sobre transformação ruiva, o resultado depende muito do tom atual do seu cabelo. Como Juliana tinha o cabelo bem loiro nas pontas e ela queria uma cor um pouco mais fechada, teve que cortar as pontas para que a cor ficasse como ela e a direção da novela queria. Ela vai participar da novela da Record “A Terra Prometida”, interpretando a rainha Kalési – a escolha do ruivo tem tudo a ver com a personagem, por isso ela tinha um tom certo como alvo: um ruivo acobreado mais fechado e não tão dourado. Além de fazer os retoques na raiz, ela terá que manter a cor com intervalos de 15 dias com um tonalizante. Sorte das ruivas que não tem que gravar novela e podem deixar desbotando, né? Ela não vai ter esse direito, tadinha! kkkkkkkk

A cor exata da tintura não foi revelada, já procurei bastante nas redes sociais do salão do Celso Kamura e do profissional Richard Willlian, mas a tintura usada foi a Ilumina Color da Wella Professionals. No perfil do salão eu vi uma dica de cor que achei linda e vou deixar aqui pra vocês:

Ruivo com Wella Illumina Color 7.43

A minha experiência com tintura da Wella foi excelente, mas foi com a Color Perfect. A cor ficou linda do jeito que eu queria e meu cabelo respondeu muito bem! Essa linha eu ainda não conheço mas achei o resultado desta cor 7.43 deslumbrante, e vocês?

Se você quiser saber mais sobre os ruivos que eu já publiquei aqui no blog, clique aqui: cabelo ruivo

 

 

As mechas de Giovanna Antonelli com Niely

Veja os dois tons da Niely usados na nova coloração de Giovanna Antonelli

Toda vez que Giovanna Antonelli muda de cabelo eu já sei: tenho que postar no blog pois todo mundo quer saber qual tinta ela usou!

Vocês devem ter visto no perfil da atriz (@gioanto) que ela se desfez do loiro Atena na semana passada, voltando ao tom antigo que fez sucesso quando ela ainda fazia a delegada Helô – veja aqui: a Cor do Cabelo de Giovanna Antonelli

O tom é o antigo mas o cabelo é todo novo, pois ela fez algumas mechas com uma tintura mais clara:

Tintura usada por Giovanna Antonelli - mechas

As tinturas usadas em Giovanna Antonelli:

A base do cabelo foi a mesma Cor&Ton Louro Escuro Tabaco 6.88 da época do post que eu linkei ali em cima. Para iluminar, foi usada a cor 8.3 Louro Claro Dourado, também Cor & Ton, da Niely Cosméticos. O responsável pela transformação foi Anderson Couto, do salão Majestic, no Rio, em uma ação da Niely Cosméticos.

Cores usadas no cabelo de Giovanna Antonelli - mechas

A Giovanna estava linda com o loiro, mas acho assim mais a cara dela, e vocês?

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...