Paredes listradas – 4 estilos

Inspirações – paredes listradas

Comecei a pesquisar paredes listradas quando estava querendo pintar a parede que fica atrás do meu sofá no apartamento novo. Gostei da ideia das decoradoras da Idea Design de Interiores pois ali caberia uma mistura de cores (e eu amei a paleta que elas escolheram, com uma cor que eu queria muito, o berinjela). Outra coisa que a parede listrada na horizontal faria pela minha parede seria o efeito de alongar, pois meu apartamento é pequeno e a parede que fica atrás do sofá faz um L com a parede da sala de jantar, que leva ao corredor íntimo da casa – essa continuidade do desenho ampliou o ambiente.

Hoje vou mostrar inspirações de paredes listradas, e como primeira inspiração claro que vou mostrar a minha!

Minha parede listrada

Como já contei, a Idea Design de Interiores projetou e executou minha parede listrada. Em um dia ela foi pintada, até porque ela não é muito grande. Já tem vídeo no canal mostrando a execução!

Parede listrada na sala - projeto

Aqui dá pra ver o efeito da continuidade das listras horizontais no “L” da sala – quando você tiver uma parede dessas, pense em dar esta continuidade, seja com listras, uma cor só, papel de parede ou painel de madeira. Quando se trata de apartamento pequeno é melhor fazer esses dois lados da parede terem a mesma linguagem. No projeto das meninas ainda tem duas calhas para quadros, que é uma opção legal pois permite a troca dos adornos sempre que eu quiser, e esta luminária fixa no teto funcionando como abajour (elas já estavam sabendo da minha paixão pelo pendente cobre na decoração!).

Parede listrada na sala - projeto

A mesa lateral branca é uma mesinha que atualmente está na madeira, mas que pretendo pintar assim que a umidade aqui em Niterói baixar um pouco. Vai ficar linda, né?

Parede listrada na sala - projeto

Aqui estão as especificações das cores, todas do catálogo Self Color da Suvinil. Foram usadas tinhas acrílias com acabamento fosco (lembrando que o fosco esconde melhor as imperfeições da parede, e quanto mais brilhante for o acabamento, mas evidentes os defeitos ficam).

parede listrada sala

parede listrada sala

Ainda não finalizei a execução do projeto. Estamos fazendo (e pagando!!!) várias coisas relacionadas a nossa mudança, como envio de móveis para BH, marcenaria nova do apê, iluminação, compra de novos móveis, enfim, os adornos podem esperar! Mas do jeito que está já ficou lindo, eu estou apaixonada <3

A diferença do tom que vocês veem nas fotos é devido a incidência da luz, que mudam totalmente as cores – isto é uma coisa muito importante a ser observada nas paredes que vocês querem pintar. Ter uma luz natural batendo direto na parede ou não ter faz toda a diferença no resultado. Se você tiver um projeto de iluminação no seu teto também pode influenciar bastante na escolha da paleta de cores, então (sem puxar sardinha pro meu lado, mas já puxando) converse sempre com um profissional para acertar nas escolhas 😉 Pra quem é de Niterói ou do Rio, vou deixar o contato da Idea Design de Interiores:

Site: www.ideadesigndeinteriores.com.br

Facebook: www.facebook.com/idea.design.interiores.arquitetura/

Instagram: @idea_designdeinteriores

Agora que já mostrei a minha parede listrada vou colocar outras inspirações no mesmo estilo. As paredes listradas podem ser em papel de parede, em que as listras são lisas ou estampadas, ou listras verticais e mais elaboradas, mas vou manter as paredes listradas na horizontal para manter o parâmetro (ou o post ficaria gigantesco!). Depois, se quiserem, me avisem nos comentários que posso selecionar outros estilos para fazer outro post, ok?

Parede listrada Preto & Branco

Preto e Branco é uma escolha clássica tanto na moda quanto na decoração. Até os mais discretos e básicos aceitam a ideia de “colorir” a casa com essas cores devido a sofisticação:

parede listrada preto e branco

parede listrada preto e branco

Combinação clássica, elegante e que casa com todo tipo de móvel, dos mais clássicos em madeira aos mais contemporâneos em plástico e acrílico.

Paredes com listras finas

paredes com listras pequenas ou finas

paredes com listras pequenas ou finas

paredes com listras pequenas ou finas

Quis deixar estes exemplos de paredes com listras menores para que vocês visualizem e comparem o efeito diferentes das larguras das listras. A estampa das listras largas é mais limpa, percebem? As listras mais finas “enchem” mais o ambiente, principalmente quando a cartela de cores está cheia de tons contrastantes. Por isso, caso você queira algo mais limpo, ou prefira as listras largas, ou escolha cores mais claras, como a parede listrada azul da 2ª foto.

Paredes com detalhes em listras

Esta é uma ideia ótima para quem ama as listras mas não tem coragem de colocá-las em uma parede inteira – use as listras em detalhes, no centro ou em uma das extremidades da parede:

paredes com detalhes em listras

paredes com detalhes em listras

Para não errar na escolha das cores, prestem atenção nessas dicas:

-cores contrastantes irão dar uma impressão de deixar o seu pé-direito (altura do piso ao teto) menor, pois irão “partir” a parede em duas partes, visualmente. Por isso, se o ambiente é pequeno, ou o pé direito é baixo, prefira combinações de cores sem muito contraste.

-quando há móveis como sofás, berços (como os da foto), cômodas, camas – aproxime as listras desses móveis para compor melhor a parede. Atente à altura das listras para que os móveis não fiquem na frente.

Parede com listras irregulares

As listras com diferentes espessuras como a minha precisam de um estudo prévio. É importante ter uma visão do resultado antes de executar, mas vale a pena, pois o resultado fica incrível. Vale a pena investir pois você terá uma parede única, dificilmente alguém terá uma igual:

parede listrada com listras irregulares

parede listrada com listras irregulares

parede listrada com listras irregulares

Viram como é possível decorar até o banheiro ou o lavabo?

Para executar uma parede listrada como qualquer uma dessas, dê uma olhada no vídeo onde as meninas da Idea Design de Interiores estão pintando a minha parede: depois de fazer o projeto, basta desenhar as listras com lápis, medindo e marcando as espessuras, e isolar com fita crepe cada espaço. Falando assim parece fácil…mas não é assim! Se você não tem costume de pintar paredes pode ser difícil sim, principalmente por causa dos macetes de pintar sobre a fita crepe sem deixar as tintas se misturarem nos encontros das cores. Então, se você não tem tanta experiência procure ajuda, ok? Ou então faça testes em superfícies menores para pegar o jeito de usar o rolo por cima da fita crepe sem fazer manchas.

Eu poderia deixar vários exemplos mas preferi deixar uma pasta de inpirações no Pinterest, quem quiser ver estas e outras paredes listradas consulte a minha pasta Paredes Listradas no Pinterest! Espero que tenham gostado das dicas :)

Pendente Cobre ou Rose Gold na decoração

Usar cobre ou rose gold na decoração está em alta, aproveite as inspirações!

Comecei a fazer os planos da decoração do apartamento novo e me apaixonei por modelos de pendentes que vou mostrar neste post. Não tive dúvida de que teria um pendente cobre, nem o modelo. Só precisei procurar um pouco para encontrar um modelo de pendente cobre que coubesse no nosso bolso, porque olha…o céu é o limite $$$ Agora que é tendência, os modelos de pendentes ou luminárias nesse tom tem altos preços, e dificilmente se acha alguma coisa baratinha. Pesquisei muito na internet e em lojas físicas – aqui em Niterói existem muitas lojas de iluminação com vários modelos, e no Rio tem a famosa Rua dos Lustres, tem que andar muito pra pesquisar.

Pendente Cobre ou Rose Gold?

Enquanto eu pesquisava só pela internet eu achava que Rose Gold era só o novo nome do Cobre, só que gourmetizado. Mas não é. Quando comecei a ver os modelos ao vivo vi que tem os dois tons: o cobre “convencional” e o que tem um fundo levemente rosado. Talvez se você olhar só um deles não irá perceber isso, mas com duas peças lado a lado a diferença é nítida. Estou destacando isso pois muitas vezes pela foto na internet não dá pra saber se é cobre ou Rose Gold, então vale a pena tirar o bumbum da cadeira pra ir à loja… 😉

Meu Pendente Cobre Favorito

Pendente Cobre ou Rose Gold na decoração

O pendente bola foi paixão a primeira vista. Toda vez que eu pesquisava ele tava lá, em um ambiente mais lindo que o outro. Mas como sempre, eu só gosto de coisa cara, kkkkkkkkk Este é um dos modelos de pendente cobre mais caros, pois é feito em vidro espelhado cobre, mais caro que vários modelos em metal, que são mais levinhos porém não tem o reflexo que o vidro espelhado dá (que é lindoooooo).

Pendente Cobre ou Rose Gold na decoração

Só que Deus é tão bom comigo que o marido começou a pesquisar em tudo que era lugar, e deixou um alarme para pendente cobre no OLX – toda vez que alguém anunciava algum produto novo com esse nome, aparecia pra ele. E um dia antes de ir pra BH apareceu uma pessoa vendendo 2 pendentes por um preço MARAVILHOSO e eu fui lá pessoalmente ver – estavam novinhos, e ela estava vendendo mais barato porque desistiu de instalar (isso acontece muito, viu? Fica a dica pra quem também está querendo comprar qualquer coisa). Tá aí meu pendente! Assim que ele estiver instalado vai ter chuva de fotos 😉

Pendente Cobre ou Rose Gold na decoração

Esses 3 pendentes são da Santa Cruz Acabamentos, em BH – não sei vai dar pra ver nas fotos mas eles não são tão Rose Gold quanto o meu, e o fio e a canopla são pretos (o meu fio é transparente e canopla cromada), essas são as tais diferenças que podem passar despercebidas na internet.

Preços variam de R$411 (20cm) até 778  (35cm).

Chuuuva de pendente cobre!

Se é pendente cobre que você quer, tá aqui!

Pendende cobre ou Rose Gold - onde comprar

Mais pendentes da Santa Cruz – o da direita é de metal e o acabamento é em pintura metálica. O efeito é bem diferente do vidro espelhado mas também é lindo, e bem mais em conta. Dá pra encontrar por pouco menos de R$200. O pendente do meio também é de metal, e  pintura é bem mais brilhante – estão vendo como é importante ver a peça ao vivo? Essas coisas você não consegue comparar pelas fotos na internet!

Pendente cobre ou rose gold na decoração

Como se não bastasse o negócio ser caro, ainda tem que comprar 2, 3… kkkkkkkk Tô brincando, viu gente? Mas essa repetição de elementos é um recurso muito usado em interiores e dá um resultado muito legal. Estou falando isso pois você pode estar pensando que tem que comprar O PENDENTE DIFERENTÃO e caro pra ter um efeito bonito, e nem sempre precisa. De repente você pode comprar dois do modelo mais básico e barato e fazer esse tipo de composição das fotos.

Soquete cobre

Pra quem pensa que pendente tem que ser uma peça enorme pra se destacar no ambiente: olha só esses soquetes!

Nunca tinha reparado, mas o marido achou e começou a ter ideias para usar uns desses, e eu comecei a ver as várias possibilidades de um simples soquete. Existem alguns modelos vintage, com detalhes frisados e botão de acender acoplado, e os preços que eu encontrei no mercado vão de R$40 a 180.

Soquete-cobre-onde-comprar

 

Soquete cobre na decoração

Mais uma vez, a repetição de elementos dando um show.

Ah, as lâmpadas com filamento de carbono ou de led tem desenhos fofos, com esses soquetes ficam lindas!

Pendente cobre industrial

Pendente cobre industrial

Este modelo de pendente industrial você já deve ter visto em galpões, comércios populares, provavelmente em alumínio natural. E eles podem ter este efeito na decoração: (o da foto eu encontrei numa loja da Barão do Amazonas, em Niterói, por uns R$600)

pendente-industrial-cobre-inspiracao

Pendente cobre aramado

O legal do pendente aramado é a leveza, além de poder “explodir” a luz. Quando você usa um pendente de bola como o meu você direciona a luz para baixo, pois o pendente impede que a luz “saia” pelas laterais. Um pendente aramado, por ser vazado, deixa luz multidirecional e ilumina melhor. Quando o ambiente não tiver outros pontos de luz esta é uma ótima opção:

Pendente cobre aramado

 

Este modelo é bem Rose Gold, estão vendo? Encontrei em Niterói, na Lustre e Cia e custa R$254. Aqui estão inspirações:

pendente-cobre-aramado-inspiracao

Luminárias

Essas são pra você que já tem o pendente da sala ou do quarto mas gostou da tendência: aqui estão várias luminárias para a mesa lateral da sala, do quarto ou mesa de trabalho:

pendente-cobre-iluminacao

A faixa de preço é a mesma dos pendentes, varia de R$180 a 400, 500, o céu é o limite, de novo :(

Nesta montagem dá pra ver o que eu falei sobre a diferença de tonalidades do cobre e rose gold, percebem? Todos são bonitos, mas pode fazer bastante diferença se você estiver querendo uma peça cobre e chegar uma Rose Gold, e vice versa. Eu sou rata de internet, mas admito que esta compra eu não poderia fazer sem ver a peça ao vivo e a cores.

E aí, me contem nos comentários? Chegou a este post procurando por pendente cobre? Gostaram das dicas?

Assim que o meu for instalado eu posto foto (estou no instagram: @luvilelapaes)

Onde fazer armários planejados em Niterói?

Precisando de indicação para fazer armários planejados em um apartamento inteiro, logo eu, arquiteta!

Surreal, mas é verdade. Cá estou eu, 3 anos depois de parar de trabalhar com arquitetura, precisando de indicação para fazer meus armários planejados no apartamento novo! Justo eu que não passava mais de 12h sem indicar profissionais de todos os tipos!

Quem instala papel de parede pra você? Preciso de um eletricista! E um gesseiro bom, você tem? Cadê aquele marceneiro que fez seu quarto? Conhece alguém que faz laca? Para essas, e muitas outras perguntas que alguém que está reformando, decorando ou construindo, a minha agenda tinha respostas.

Mas isso foi em outro tempo, e principalmente, outra cidade.

Aí eu vim para Niterói em 2013, e o resto da história quem me segue há tempos já conhece: parei de trabalhar com arquitetura, vim para um lugar onde não conheço profissionais, e agora quem está pedindo indicação sou eu! Como o mundo dá voltas, não é?

Se este blog serve justamente para que eu dê minhas dicas,por que estou fazendo este post? Estou querendo mostrar minha situação por 2 motivos: o primeiro, não vou mentir, é porque preciso de ajuda, não sei por onde começar! Quem sabe daqui pode sair alguma indicação? kkkkkkkkkkk

E o segundo: vou colocar aqui vários pontos de vista, pessoais e profissionais, que levo em conta ao procurar meus armários planejados. Aí vou ver se organizo as minhas ideias e tenho uma luz! (sabe que escrever serve pra isso, né?)

Opções para fazer armários planejados

Existem 2 opções para você fazer móveis planejados: procurar uma loja ou um marceneiro. As lojas executam projetos que usam seus próprios módulos, já os marceneiros conseguem executar um projeto mais personalizado, que chegam a um nível de aproveitamento de 100% dos cantinhos da casa, (caso o projeto seja bom) e esta sempre foi minha opção quando eu trabalhava com arquitetura em BH.

Como é o projeto de móveis planejados em lojas

Ontem mesmo fui conhecer a Madeirol, aqui em Niterói. Como é um loja do Rio e não tem franquia como a maioria das outras famosas (Florense, Dellano, Todeschini, etc) ela não tem loja em BH, só conheci agora. Dessa vez eu confirmei o dito popular do “casa de ferreiro, espeto de pau” e cheguei sem nenhuma medida, só tenho a planta que a construtora disponibilizou na internet, e com ela mesma a profissional que me atendeu se virou para orçar tudo que eu pedi: cozinha, quartos e banheiros.

Módulos com medidas padronizadas

Minha cozinha tem uma bancada em L, o que eu acho um terror pois é sempre mais complicado acessar os cantos. Existem várias maneiras de contornar isso, mas a mais simples é esta:

Como aproveitar o canto do armário da cozinha

As portas de canto tem abertura maior que 90º, possibilitando o acesso a todo o armário de quina, até o fundo. Fora isso ainda existem modelos de gavetas de quina, bandejas rotativas (em madeira ou aramados). SÓ QUE – para usar esse módulo em lojas de móveis planejados, o seu espaço tem que bater com a medida do módulo da fábrica. Pode até ser maior, não pode é ser menor, pois aí o módulo não entra, e ele não pode ser personalizado.

Só para ilustrar, outras maneiras de aproveitar os cantos da cozinha:

Como aproveitar os cantos dos armários de cozinha

 

Como a distância entre a minha quina e a pia da cozinha é menor do que a necessária para o módulo da loja, eu ficaria sem esse tipo de solução, tendo que deixar coisas que eu não uso guardadas lá no cantinho, pra não ter que pegar nunca.  :(  Vocês sabem como eu sou na cozinha, não tenho coisa que eu não uso nunca!

Material usado em todas as lojas de armários planejados é o mesmo?

Tá aí uma pergunta que todo cliente me fazia. A resposta é simples: tem que ir lá pra ver, pois pode haver diferenças sim.

Você irá encontrar 2 tipos de chapa no mercado, que por fora são exatamente a mesma coisa: o MDF (Medium Density Fiberboard) e o MDP (Medium Desinty Particleboard), que são feitas do MESMO TIPO DE MADEIRA (pínus e eucalipto) porém feitos com tamanhos de fibras diferentes, que você consegue ver pelo recheio da chapa:

Armários planejados em MDF ou MDP

O MDP tem um recheio de fibras com maior gramatura, o que o faz ser confundido com o antigo “aglomerado”, que se esfarelava com o tempo de uso. Mas MDP e aglomerado não são a mesma coisa! Por ter essas 3 camadas ele tem ótima resistência contra empenamentos, e é muito usado para móveis de linhas retas. Por fora, recebe o mesmo tipo de acabamento decorativo que as chapas de MDF – uma espécie de papel decorativo (com a cor e textura da madeira, por exemplo) e uma resina melamínica é prensada por cima, que confere maior durabilidade a esse acabamento de papel.

A chapa de MDF é toda homogênea, a visão é de uma “madeira moída”, com grânulos bem finos, e esses grânulos são prensados com uma resina. A chapa também é resistente, e a vantagem de ser homogênea dá mais liberdade de design, como por exemplo: o marceneiro consegue fazer bordas chanfradas ou arredondadas com ótimo acabamento.

 

RESUMINDO:

-por fora, tanto MDF quanto MDP possuem o mesmo tipo de acabamento externo, e esses acabamentos são resistentes a abrasão da mesma maneira. (não estou me referindo a chapa crua, e sim a que vem com acabamento melamínico);

-as bordas das chapas, que são diferentes no MDP e no MDF, são protegidas com uma fita com o mesmo padrão decorativo da chapa (isso não vem da fábrica, é feito pelo marceneiro, depois que o móvel está pronto);
-CASO VOCÊ QUEIRA FAZER MÓVEIS LAQUEADOS – aí é diferente: para pintar uma chapa crua, aí a escolha do MDF é mais indicada, pois o MDP absorve muita tinta, e o MDF possibilita um acabamento mais uniforme e econômico.

-quando a chapa precisa de usinagem (cortes no perfil, desenhos arredondados) o MDF é mais indicado por ter a lateral homogênea;

-a chapa de MDF incha mais quando entra em contato com água. O espaço entre as fibras do MDP aumenta sua capacidade de absorver água sem inchar.

-Lojas e marceneiros trabalham com os 2 tipos de chapas, e devem ser transparentes quanto a isso. Existem lojas que escondem que trabalham com MDP (mais barato) e vendem como se fosse MDF (mais caro), e como eu disse, não há problema nenhum em vender móveis de MDP, desde que isso seja bem claro quando se vende.

-As ferragens, acessórios aramados e puxadores também são itens que podem encarecer um projeto. Existem diferença de qualidade entre as marcas, e isso deve ser observado no orçamento.

Projeto de armários planejados com marceneiro

Ao contrário das lojas, o marceneiro não trabalha com módulos. Ele compra a chapa de MDF ou MDP e executa o seu projeto com todos os detalhes especificados. Algumas marcenarias fornecem o projeto, mas a maioria precisa do projeto do arquiteto ou decorador para executar. O arquiteto deve estar em contato direto com o marceneiro para acertar detalhes de execução e acabamento, para não gerar dúvidas.

Com isso, problemas como o que eu expliquei no começo do post não acontecem: eu poderia fazer a minha quina do jeito que eu quisesse, não tenho que obedecer o tamanho do módulo. Mas contratar marceneiro também não é fácil… no tópico a seguir eu explico.

Preço das lojas de armários planejados x marceneiro

Aqui o bicho pega. Dá vontade de chorar! Toda vez que eu executei projetos com marceneiros os preços eram pouco mais da metade do preço das lojas de armários planejados. MASSSSSSSSS isso não quer dizer que fazer armários planejados com marceneiro seja sempre a melhor opção.

-O marceneiro tem que prestar um bom serviço. Ele vai usar o mesmo material que a loja usa, mas se ele não for bom para executar, não vai entregar o mesmo resultado.

-Você precisa ter confiança na honestidade do marceneiro. Ele pode orçar seu projeto em MDF mas entregar em MDP – e você nem vai desconfiar, pois como eu disse, por fora, depois que o móvel está pronto, os 2 materiais são a mesma coisa.

-Também em relação a honestidade, você precisa ter tranquilidade de entregar o valor da entrada para o marceneiro e saber que ele vai entregar. Eu já levei cano de marceneiro, e tive vários clientes com casos pra contar – marceneiro pegou o dinheiro da entrada e simplesmente sumiu.

-Por todas essas coisas, indicação e referência são fundamentais. Não dá pra contratar marceneiro olhando anúncio na internet, tem que ter gente dando referência (isso é opinião pessoal).


 

E agora?

Em vista de tudo isso que eu expliquei, estou orçando com lojas de armários planejados em Niterói (por enquanto Madeirol, Italínea e Dellano) e resolvi fazer o meu projeto para orçar com marceneiros indicados por amigos. Não tem como ter 100% de confiança nas marcenarias sem ver o serviço executado, mas pelo menos decidi orçar.

Espero que tenham aproveitado o meu dilema para ter mais informações sobre o que se deve observar quando for fazer o seu projeto. E se você é de Niterói, pode fazer um favorzinho? Tem alguma loja ou marcenaria para me indicar? Pode deixar nos comentários, tô precisando!

E boa sorte pra mim :)


 

ATUALIZAÇÃO – onde fazer armários planejados em Niterói?

Cá estou eu, 1 mês depois da minha mudança. Me desculpem pelo atraso, mas hoje vou contar como resolvi este problema.

Primeiro, fiz vários orçamentos. Vou deixar todos aqui, com as minhas impressões e comentários:

Todos os orçamentos de lojas foram feitos em cima de projetos feitos por eles. Pouca diferença na metragem quadrada, pois fizeram projetos parecidos:

Ambientes orçados: cozinha, 2 quartos e 2 banheiros.

LOJAS de MÓVEIS PLANEJADOS

Dellano

Começo pelo mais caro: 45.000. Sinceramente não entendi o preço da Dellano, pois o acabamento orçado não tinha nada demais: MDF branco, aquele comum mesmo, o mais barato. Não tinha nenhuma ferragem diferenciada que justificasse a diferença de preço das outras lojas.

Madeirol

A Madeirol cobrou 37.000 mas estava bem disposta a negociar, principalmente a vista. Creio que chegaríamos perto de 30.000 se continuássemos a negociar. Se eu tivesse dinheiro sobrando, fecharia com eles por 2 motivos:

-acabamento e ferragens diferenciados. O MDF branco deles parece uma laca, é bem lisinho e lindíssimo. As ferragens são ótimas, diferenciadas, e de alta qualidade, gavetas com sistema de corrediças Tandem (todas as outras foram corrediças telescópicas, que também são boas, mas esta é melhor), puxadores bonitos.

-entrega em 12 dias. Como eu estava de mudança marcada, tinha que data para entregar meu apartamento, a Madeirol me dava a possibilidade de mudar com tudo instalado. Eles pedem 12 dias para entregar o material no apartamento, e mais 5 ou 7 dias para montagem, que é rápida.

Italínea

Orçamento: 26.000, mas também negociaria, principalmente a vista. O mesmo acabamento orçado pela Dellano (pra vcs verem como o preço da Dellano estava totalmente fora), a única diferença é que os armários deles tem 52 cm de profundidade (todos os outros tinham 60cm), o que eu acho péssimo pois os cabides maiores ficam espremidos lá dentro (para ternos, por exemplo, fica muito ruim). Mesmo acabamento do MDF branco comum, e puxadores simples, mas ok.

OBS IMPORTANTE: nenhuma loja me ofereceu uma solução satisfatória para os cantos dos armários da cozinha. Eu pensando em maneiras de aproveitar os cantos e eles me veem com cantos fechados, pois as medidas da minha cozinha não batiam com os módulos deles. Por isso, resolvi fazer eu mesma um projeto e comecei a orçar com marcenarias.

MARCENARIAS

OBSERVAÇÃO: meu projeto estava cheio de personalizações, que pretendo mostrar em um vídeo no canal em breve. Aproveitei os cantos e fiz 30% a mais de armários do que o projeto das lojas, que eu não aproveitei em nada. Ficou diferente em tudo, menos no acabamento, que foi o mesmo MDF branco orçado por elas.

Peguei indicação de 2 marceneiros em Niterói:

-Marceneiro 1 – orçamento 30.000 – prazo de entrega 50 dias para começar a montagem.

O preço foi até bom, além do prazo extenso a marcenaria era relativamente nova e eu não tinha referências de obras para ver como era o produto deles.

-Marceneiro 2 – enviei o projeto em abril. Cobrei 1 semana depois, e 2 semanas depois. Estou esperando o orçamento até hoje. :/

Enfim, agora conto com quem eu fechei:

MARCENARIA CASA MÓVEIS PLANEJADOS

Orcei meu projeto com o Daniel, da Casa Móveis Planejados. Dá uma olhada no site deles! Instagram: @casamoveis

Eu conheço o Daniel desde 2002, quando comecei a trabalhar sozinha com arquitetura de interiores, e ele executou 95% dos meus projetos desde então. Só quando o cliente tinha um marceneiro ou fazia questão de fazer com alguma loja famosa eu não executava meus projetos com o Daniel. Na época a empresa tinha outro nome, Cettro Armários, e agora se chama Casa Móveis Planejados.

Mas peraí, Luciana, você era arquiteta em Belo Horizonte? Seu apartamento é Niterói?

Pois é. Niterói é tão cara que o orçamento do Daniel bateu todos os outros, mesmo com o custo de trazer pra cá. Sabe quanto? 22.000. Como paguei à vista, sou chorona e cliente antiga, ele me deu mais um descontinho. Perguntem pra ele depois hahahaha

Ele me pediu 40 dias, marcou 5 dias para ficar aqui e montar tudo. E cumpriu, como sempre.

Depois de orçar todos os ambientes, ainda resolvi fazer mais um armário espelhado para guardar louças na sala, que ficou em mais 2.400.

Prometo que mostro tudo, vou tirar fotos decentes e gravar o vídeo mostrando detalhes. Mas por enquanto fica aqui o registro pra quem estiver pesquisando com quem fazer móveis planejados em Niterói, pois o Daniel pode fazer orçamentos para fazer aqui e no Rio também (ele vem de vez em quando executar projetos no Rio, fica a dica).

Quem quiser o contato dele é só entrar no site, e pra quem for de BH ele tem loja própria, com showroom montado e tudo. E pode falar que fui eu que indiquei e vou cobrar se o serviço ficou bom depois, :)

(detalhe: este post não é publi, é dica mesmo)

 

 

Casa Cor São Paulo 2015

Visite a Casa Cor São Paulo até o dia 12 de julho no Jockey Club

Meu lado arquiteta ainda fica arrepiada quando vejo Casa Cor! AMO, AMO, AMO, e a de São Paulo é um espetáculo à parte para os apaixonados por arquitetura e decoração. O evento é como se fosse a Semana de Moda para a arquitetura e decoração, e quem não foi ainda em nenhuma edição eu recomendo fortemente que vá, especialmente para a de São Paulo. Eu já fui em Casa Cor de vários estados mas a de São Paulo realmente é diferente.

Vou deixar um pouco do gostinho aqui de alguns dos 70 ambientes da mostra:

 

Adriana Giacometti – Cinema Boutique

Adriana Giacometti – Cinema Boutique

Em parceria com a TAAG, que possui grande expertise em criar cinemas residenciais de alto desempenho com formatos personalizados para uma experiência completa e real, a arquiteta será responsável por idealizar o primeiro cinema da CASA COR.
O Cinema Boutique traz um conceito “simple chic”, num espaço de 40m². Um ambiente funcional, aconchegante, com senso estético apurado, porém sem ostentação. O espaço busca a harmonia entre tecnologia e plasticidade, trazendo a possibilidade de ir ao cinema, sem sair de casa. Um local para reunir a família, conviver e celebrar. A inspiração da arquiteta para criar o espaço surgiu de alguns registros de viagem. Todos os elementos que constituem a natureza a inspiraram, com suas formas, cores e materiais.

Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli – Living Sublime

Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli - Living Sublime

De estilo nobre e de relevo fora do comum. Essa é a perfeita definição do Living Sublime, espaço clássico e contemporâneo assinado pela dupla de arquitetas Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli.
A inspiração para a idealização do living com 70m² vem do receber bem, sempre com muita elegância e sofisticação. O uso de cores neutras, revestimentos naturais e a marcenaria em carvalho americano lustrado dão um toque aconchegante ao espaço.

Bruno Gap – Biblioteca de Estar

Bruno Gap – Biblioteca de Estar

A Biblioteca de Estar é um espaço que mistura o prazer da leitura com a informalidade e o bem-estar do living.
O espaço tem uma proposta sóbria, elegante e prática, que convida ao aconchego. No ambiente será possível desfrutar de uma boa leitura sentada no sofá ou no tapete, apoiando o livro na mesa de centro. O espaço preza pela convivência e contará com música ambiente, ressaltando a sensação de tranquilidade.

Erica Salguero – Espaço Gourmet

Erica Salguero - Espaço Gourmet

Concebido de maneira sofisticada e com elementos que remetem ao aconchego do lar, o espaço criado pela arquiteta e decoradora traz um ambiente humanizado que foge dos padrões impessoais de um showroom. Com 80m², o Espaço Gourmet De’ Longhi tem em sua essência uma releitura dos cafés italianos, com detalhes cheios de brasilidade, apresentando de forma discreta produtos com design diferenciado. O destaque do ambiente é o living com o jardim suspenso, onde grandes cones em cobre abrigam cuidadosamente diversas espécies vegetais em uma instalação em parceria com Anne Verdi.

 

Roberto Migotto – Espaço Brasil de Pau a Pique

Roberto Migotto - Espaço Brasil de Pau a Pique

 

O projeto foi desenvolvido em torno do tema brasilidade. Foram explorados materiais, cores e texturas que remetem a este conceito, através do uso de técnicas construtivas como o pau a pique aliado ao uso de materiais contemporâneos. O espaço tem uma área de 300m² e é cercado pelo jardim do paisagista Luis Carlos Orsini.

Paola Ribeiro – Suíte do Colecionador

Paola Ribeiro – Suíte do Colecionador

 

 

Com 60m², a Suíte do Colecionador é um espaço integrado que abriga quarto, banheiro, uma pequena sala de estar, além de um home office. A decoração foi feita a partir de uma paleta neutra de cores, já que a intenção é dar destaque às dezenas de obras de arte usadas para decorar o ambiente.
Lygia Clark, Palatinik, Walmor Corrêa, Cláudia Mellin e Macaparana são apenas alguns dos artistas escolhidos por Paola para o espaço que tem como marca a multifuncionalidade. Ali, tudo está à mão do colecionador. Ele pode relaxar, dormir, trabalhar.

 

Patrícia Hagobian – Lounge de Banho

Patrícia Hagobian - Lounge de Banho

 

Com muita jovialidade e sofisticação, a designer de interiores Patrícia Hagobian assina o Lounge de Banho. O espaço com 70m² tem a brasilidade marcada por designers e artistas nacionais, tais como: Jader Almeida, Pedro Mendes, Christian Cravo, Rian Fontenele e Clayton Assaf.
Além das criações que exaltam o design nacional, a profissional priorizou elementos naturais, tais como fibra e madeira, por todo o espaço.

 

Paula Magnani – Estar da Família

Paula Magnani – Estar da Família

 

 

A arquiteta Paula Magnani apresenta o Estar da Família com base neutra, deixando o ambiente atemporal, o que é uma forte característica de seus trabalhos. Com 35m² a ideia foi apresentar um espaço cosmopolita, moderno e funcional.
Um dos destaques do ambiente é o papel de parede feito de celulose de algodão acetinado, com aplicações que remetem a uma renda na cor off White e duas estantes desenhadas por ela que dão o toque de cor ao espaço.

Gil Cioni e Olegário Sá – Casa da Árvore

Gil Cioni e Olegário Sá – Casa da Árvore

 

A dupla criou uma cabana de praia ou montanha com atmosfera rústica, empregando 100% de materiais sustentáveis em meio ao design contemporâneo e relevantes obras de arte brasileiras. A ideia do espaço é aplicar materiais ecologicamente corretos, buscando praticidade de manutenção e menor custo de implantação dentro de uma atmosfera sofisticada. Os arquitetos fizeram total integração com a área externa, criando uma varanda que envolve árvores já existentes na construção, abusando da iluminação natural.

Casa Cor São Paulo 2015 – Informações

Período: de 26 de maio a 12 de julho
Horário: de terça a sábado, das 12h às 21:30h
Aos domingos e feriados, das 12h às 20h
Local: Jockey Club de São Paulo
Endereço: Avenida Lineu de Paula Machado, nº 875 – Cidade Jardim
Ingressos para visitas de terça a sexta-feira
Ingresso inteiro: R$ 48
Ingresso de estudante: R$ 24
Ingresso senior (para pessoas com 60 anos ou mais): R$ 24
Ingressos para sábados, domingos e feriados
Ingresso inteiro: R$ 60
Ingresso de estudante: R$ 30
Ingresso senior (para pessoas com 60 anos ou mais): R$ 30
Passaporte único: R$ 130
Vallet e Estacionamento: R$ 30,00
Estacionamento (Portão 1): R$ 15,00
Mais Informações
Site: www.casacor.com.br
Facebook: www.facebook.com/casacoroficial
Instagram: @casacor_oficial

 

Celebridade do dia: Patrícia Anastassiadis

Patrícia Anastassiadis – arquiteta

Meu conceito de celebridade é bem diferente do conceito das revistas, programas de TV e da maioria do povão. Pra mim é quem é bom no que faz, tem talento para coisas realmente relevantes e dá exemplo de trabalho, perseverança e faz com que você tenha vontade de ser como ela pelo menos em alguma coisa.

Aparecer em reality show, posar pelada, dançar no tchan, namorar pagodeiro e jogador de futebol… são outros quinhentos.

Não é por ser arquiteta que a Patrícia Anastassiadis será a primeira Celebridade que vou mostrar aqui, porque eu admiro muito outros profissionais e artistas que não são da minha área. Mas eu sou sua fã de carteirinha e acho que ela tem muitos atributos que a colocam como a melhor arquiteta do Brasil.

 

Ela se formou na faculdade Mackenzie (SP)e fez seu primeiro projeto no escritório montado na varanda de sua casa, em 94, que fez o maior sucesso. Sorte ela também teve: esse projeto foi de um restaurante comandado por outro estreante que se tornaria famoso, o chef Alex Atala. Juntando comida de primeira e ambiente maravilhoso assinado por ela, o restaurante bombou e ela não parou mais de trabalhar.

Patrícia Anastassiadis - arquiteta

Hoje ela comanda um escritório com 60 arquitetos, um dos maiores do país.

Seus projetos são uma inspiração:

Patrícia Anastassiadis - arquiteta

Flagship da Valisere:
Patrícia Anastassiadis - arquiteta
Patrícia Anastassiadis - arquiteta
Patrícia Anastassiadis - arquiteta

Patrícia corre todos os dias, mora numa casa maravilhosa feita por ela mesmo e com um detalhe que para mim é mais que um detalhe, é muito importante: tem um quarto só para se maquiar!
Inveja, eu? Imagina!!! Ela trabalha muito e merece! :)

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...