Melhores Vinhos

Meus vinhos – página em constante atualização

Melhores Vinhos | Estou sempre experimentando novos vinhos e vou mostrando no meu perfil do Instagram (@luvilelapaes) – a partir de agora vou manter esta página atualizada com minhas indicações e impressões, mostrando também os preços e onde comprei. Quando não tem preço é porque tomamos em casa de amigos ou ganhamos.

  • Quem tiver indicação pode deixar aqui também – não sou sommelier, não fique acanhado!
  • (meu perfil no Vivino – Luciana Paes)
  • Por escolha minha, não vou colocar os vinhos de que não gostamos (esses eu classifico no Vivino mas não estarão aqui)

 

Cabernet Sauvignon

 

Reserva Cabernet Sauvignon Nieto Senetiner 2014

            • Argentina

 

 

          • R$59 (supermercado Rui Barbosa, Niterói)

 

            Uma das vinícolas que mais consumimos, vai aparecer bastante por aqui. Argentino, coloração Rubi, gosto de frutas vermelhas, final prolongado, tomamos com queijo brie, copa, pão e azeite. Bem digno, bom custo-benefício, pode ser repetido!

Santiago 1541 Cabernet Sauvignon 2013

      • Chile

 

 

    • R$68,00

 

    Fiquei fã deste vinho. Taninos macios, bem frutado, um vinho simples mas ótimo para acompanhar qualquer petisco. Não encontrei mais, mas quero repetir.


 

Tempranillo

 

  Faustino V Reserva

        • Espanha

 

 

      •  R$160,00 (na distribuidora em Itaipava, na Europa 11 euros)

 

            Um dos nossos preferidos, no TOP 5. Na verdade é 90% Tempranillo e 10% Mazuello. Descobrimos a distribuidora em Itaipava onde se paga o menor preço por ele no Brasil (enquanto lá custava 160 reais nos restaurantes do Rio se cobrava 300). Mas a maioria das garrafas que tomamos vem da família que viaja pra Europa e traz a 10, 11 euros \o/ Vinho sensacional, bouquet encantador, final prolongado, aveludado, nota-se a presença do carvalho, muito agradável e fácil de gostar. Já experimentamos muitas safras, infelizmente não diferenciei todas nas minhas anotações, mas de 2008 pra frente acho que tomamos quase todas e ficamos apaixonados. Boa dica pra lista de compras em viagens 😉 – Bodegas Faustino no instagram: @bodegasfaustino

Marqués de Riscal Reserva 2010

            • Espanha

 

          Na verdade ele é um blend, mas com 90% de Tempranillo. Taninos macios, desce aveludado, bom corpo. Acompanhou maravilhosamente bem uma pizza, lembra ameixas pretas. Sou fã de Tempranillo e da região de Rioja, então sou suspeita (dizem que é “vinho de mulher” – não sei o que significa isso mas estou mencionando isso, caso alguém entenda por favor me explique, rsrs)


 

Carmenere

 

QUE DELÍCIA ? enche a boca de sabor, encorpado, frutado, rubi intenso! ??? #vivinoapp #vinho #wine #kidia #carmenere Uma publicação compartilhada por Luciana Vilela Paes (@luvilelapaes) em

Kidia Carmenere 2012 Gran Reserva

  • Chile
  • R$60(promoção no Pão de Açucar – Niterói)

Tenho uma queda por Carmenere, e fiquei fã dessa vinícola por causa deste vinho, quero experimentar os outros que não são Gran Reserva. Kidia Carmenere é bem frutado (cerejas e ameixas), encorpado, taninos macios e agradáveis, coloração rubi bem intensa e escura. Comprei em uma promoção de 20% de desconto, saiu por R$60,00 – devia ter comprado mais!

Kidia Carmenere vinho

Kidia Carmenere Reserva 2015

  • Chile
  • R$42,00 (promoção no Pão de Açucar – Niterói)

Estou bem feliz de ter descoberto esta vinícola, parece que posso me aventurar nos próximos vinhos. O Reserva Carmenere não é tão bom quanto o Gran Reserva como já se poderia esperar mas é um dos bons Carmeneres dessa lista: carvalho proeminente, roxo profundo bem bonito, frutas vermelhas, taninos médios, não tão suaves, mas bom no geral.

Ventisquero Reserva Carmenere 2013

  • Chile
  • R$49,00 (Supermercado Diamante)

Bom vinho, cor e aroma intensos, senti tabaco e frutas vermelhas. Ótimo custo x benefício. Já repetimos, valeu a pena.

Santiago 1541 Reserva Carmenere 2013

  • Chile
  • R$68,00 (Supermercado Rui Barbosa, Niterói)

Repetimos este vinho, fiquei fã do bouquet, do sabor, do final prolongado. Frutas vermelhas e negras proeminentes, delicioso!

 


 

Pinot Noir

 

Alfredo Roca Fincas Pinot Noir 2011

      • Argentina

 

 

    •  R$58,00 (Restaurante Tragga, RJ)

 

     Muito agradável para acompanhar carnes (cortes argentinos no Restaurante Tragga, RJ). Proeminentes frutas vermelhas, taninos suaves, gostei bastante.


 

  Malbec

 

Dona Paula Malbec 2015

    • Argentina

 

  • R$36 (promoção no Pão de Açucar)

 

 

Um achado esse vinho. Saiu por um ótimo preço e é um Malbec dos bons. Gosto de ameixas pretas, taninos macios, extremamente cheiroso e corpo médio. Ótimo acompanhamento para carne.

Cabernet Franc

 

  Repetindo… Porque é muito bom! @casavalduga #casavalduga #cabernetfranc #vivinoapp #vinho #winelovers   Uma publicação compartilhada por Luciana Vilela Paes (@luvilelapaes) em

Casa Valduga Raízes Terroir Cabernet Franc 2011

  • Brasil
  • R$69,00 Supermercado Jóia – Niterói

Compramos 3 vinhos por causa do preço, que estava totalmente fora do padrão (este vinho custa em média R$130,00 no mercado). Maravilhoso vinho nacional, que inclusive acabou de ganhar medalha de ouro no Concours Mondial de Bruxelles, realizado na Espanha. Excelente vinho, frutas vermelhas, bouquet extremamente agradável, coloração rubi intenso, taninos suaves. Casa Valduga no instagram: @casavalduga

Pequenas Partilhas Cabernet Franc 2013

  • Brasil

Boa experiência com a vinícola Aurora – rubi intenso, vinho agradável, bem frutado, não é acima da média mas é um bom vinho para o dia a dia.


 

Shiraz

La Mascota Shiraz 2014

  • Argentina
  • R$50 no Pão de Açucar – Niterói

Excelente surpresa – toda vez quem compra Shiraz é o marido, nunca presto atenção nos vinhos dessa uva – fiquei encantada pelo bouquet, é bem agradável, coloração roxa bem escura, bem frutado – frutas vermelhas doces e suculentas. Acompanhou bruschettas <3 Pretendo repetir!


Blends

Cabernet Sauvignon / Shiraz

Reserva Cabernet Sauvignon Shiraz Nieto Senetiner 2012

  • Argentina
  • R$68,00 no supermercado Rui Barbosa, Niterói

Sou fã deste vinho e desta mistura de uvas, este vinho é encorpado, cheiroso, taninos macios, desce aveludado, sabor consistente e final prolongado. Vale a pena acompanhar com uma boa carne de boi ou cordeiro.

Alicante Bouschet /Touriga Nacional/ Shiraz e outras

vinho-blog

Blog 11 By Tiago Cabaço

  • Portugal
  • R$170,00 na Cadeg – sim, pode chorar :\

Um dos nossos vinhos preferidos! E olha que vinho português não é muito a nossa praia, ou pelo menos não demos sorte, mas o Blog 11 é uma obra prima. Encorpado, aveludado, final prolongado, sabor intenso de frutas negras, delicioso. Já tomamos várias garrafas mas eu classifiquei no Vivino o 11′ – mas todos os que tomamos são sensacionais.

Cabernet / Merlot

Aracuri Cabernet Merlot 2010

  • Brasil

Sabor de especiarias, uma leve acidez que não prejudicou o conjunto. Como estamos procurando conhecer algumas vinícolas brasileiras valeu para ter uma experiência com a Aracuri, ficamos curiosos para ver mais. Instagram @aracuri

Grenache / Carignan / Mourvedre / Shiraz

 

Acantalys Cotes Du Rhone 2015

  • França

Degustamos no Natal, com as entradinhas, noite quente e caiu muito bem. Achei leve, mais aquoso, bem frutado (frutas vermelhas, frescas), um ótimo vinho para abrir a noite.

 


 

 

 

 

 

 

 

 

Especial de Cafés e Cia no Pão de Açucar

Dica pra quem ama café: aproveite o Especial do Pão de Açucar!

Quem me segue no Instagram vê minha rotina recheada de dicas de café, chocolate e vinho, uma paixão que eu e o Alexandre temos em comum. Tenho uma máquina de café espresso caseira e adoro comprar novos grãos para experimentar. Já fiz bons achados no Pão de Açucar, inclusive o último que comprei lá foi tão aprovado por mim e pelo marido que até comprei de novo (coisa rara!).

Agora moro pertinho do Pão de Açucar, e adorei saber que já está tendo essa ação especial com cafés e cia, vou deixar aqui essa dica para vocês e já vou convidando a me seguir no Stories do Instagram (@luvilelapaes) , pois vou sempre lá e quero mostrar meus achados por lá!

semana-cafe-pao-acucar

PÃO DE AÇÚCAR REALIZA AÇÃO ESPECIAL COM A PRINCIPAL BEBIDAS DOS LARES BRASILEIROS: O CAFÉ

A rede Pão de Açúcar traz a diversidade de sabores e intensidade da bebida nº 1 dos lares brasileiros.  O Especial de Cafés & Cia acontece de 24 de Maio e 04 de Junho

A bebida preferida de 10 entre 10 brasileiros teve suas evoluções ao longo dos anos, mas sem nunca perder a essência. Há quem escolha o café pelo preparo e há quem o escolha pelo sabor. Sabor? O sabor é o mesmo, mas o detalhe está na intensidade da bebida, ou seja, umas pessoas preferem cafés com aromas mais fortes, outras optam pela bebida mais suave. E existe diferença entre os dois tipos? Claro que existe. A sensação de “força” ou “intensidade” obtida no preparo do café pode ser influenciada por diferentes aspectos, como o processo na lavoura pós-colheita, a elaboração do blend (combinação de espécies), a cor da torra, que é o tempo que o grão fica em cada temperatura e a moagem, que nada mais é que o ato de moer o café.

Hoje em dia, podemos degustar cafés com sabores distintos ao longo do dia, de acordo com cada momento. Por exemplo, de manhã, para despertarmos, um café suave é o mais indicado. Já após as refeições, uma boa pedida é um espresso, um pouco mais intenso. Fato é que independente do seu gosto, neste especial, o Pão de Açúcar traz para o consumidor as peculiaridades e características de todos os tipos de café e os seus acompanhamentos, como por exemplo: bolo, biscoitos amanteigados ou até mesmo chocolates. Além disso, uma grande variedade de produtos com preços especiais neste período.

Com o objetivo de sempre ajudar o consumidor facilitando o seu cotidiano, o Pão de Açúcar lista pra você uma harmonização entre os diversos tipos de café e seus acompanhamentos perfeitos:

Descafeinados

A cafeína tem um composto químico orgânico que contém nitrogênio e é encontrado em vários alimentos, como: cacau, chá e café. Ela atua como um estimulante natural e seu uso tem sido ampliado pelas indústrias alimentícias e farmacêuticas. Consumir ou não a cafeína é uma decisão de cada um.

Muitas pessoas têm maior sensibilidade à substância do que outras. Para quem procura diminuir sua ingestão, mas não abre mão de um café à noite, a recomendação é o café descafeinado, cuja cafeína é retirada por métodos químicos ou naturais. Entretanto, hábito, sabor e principalmente o sono não serão perdidos.

Cafés suaves

Os cafés mais suaves apresentam sabores e aromas mais delicados. Seus grãos são produzidos a partir de blends da espécie Coffe arabica, cujo processamento pós-colheita é feito sem a casca.

A bebida preparada com esses grãos de torra mais clara tornam os cafés ainda mais suaves e a moagem mais grossa faz o grão ter menos corpo e aroma. Numa escala começando com 3 e terminando em 10, os cafés são classificados como suaves quando ficam entre 3 e 6.fés com intensidades menores e saves, com

Cafés com essa particularidade são melhores degustados sem açúcar, preferencialmente puros. Os cafés mais suaves combinam melhor com queijos mais delicados, como os frescos e com pouco tempo de cura, com bolos cítricos de laranja ou limão e com chocolate ao leite. Há quem diga que servi-lo com frutas secas também é interessante.

Cafés intensos

Considerados como pilares dos cafés intensos: a torra do grão do café e o seu blend são fundamentais para a percepção do sabor quando ele é classificado como forte ou intenso. Quanto maior o nível de intensidade e, consequentemente, mais acentuado o seu amargor, maior será a porcentagem de grão de espécie canephora. Conhecido como robusta, este tipo de café tem o dobro da quantidade de cafeína que um da espécie arábica.

Biscoitos amanteigados, chocolates amargos e até mesmo brownie são combinações ideais para este tipo de café. Tem uma finalização mais longa e duradoura no paladar, o pó tem cor marrom mais escuro e o horário mais aconselhável para consumo é após o almoço. Na mesma escala de intensidade dos cafés, este encontra-se entre 7 e 10. 

A evolução do café trouxe o seu preparo a ser realizado em cápsulas. E não é por isso que suavidade e intensidade serão esquecidos. Basta saber a quantidade de água a ser colocada para determinar qual tipo de café você vai escolher, por exemplo: o café longo recebe uma quantidade maior de água resultando em um café mais fraco; já o café curto, tradicionalmente chamado de espresso, é concentrado e rico em açúcares, devido ao seu método de extração e rápido contato com a água.

Com sua tradicional exclusividade, o Pão de Açúcar apresenta o café colombiano Juan Valdez, considerado um café gourmet de alta qualidade, devido ao seu cultivo em elevadas altitudes e à sua colheita seletiva. Os cafés da Colômbia apresentam acidez cítrica e delicada, com corpo delicado e baixo amargor.


 

Não tenho costume de falar sobre essas dicas no blog, mas se vocês gostarem posso até começar, o que acham?

 

 

Restaurante Tragga no Humaitá

Dica de restaurante no Rio!

Vou começar o ano com um post que eu prometi no final do ano passado, quando voltei da comemoração de fim de ano de O Boticário – mostrei aqui: Kits de Natal O Boticário – amigo oculto no Tragga

Contei que conheci o Restaurante Tragga, no Humaitá (endereço no final do post), e que vale a pena conhecer, por isso quero contar em detalhes o que vi (e comi!) para deixar essa dica pra você que é do Rio o que está passeando por aqui.

Entradinhas, vinhos e mais entradinhas

A especialidade da casa é carne, mas vou deixar pra falar delas nos pratos principais. Vamos começar pelas entradinhas porque são irresistíveis. Los Hermanos são uns dadinhos de tapioca com queijo provolone que vem acompanhados com uma deliciosa geléia de pimenta. Por fora eles são torradinhos, parecem super apetitosos…e são! #RECOMENDO

Ainda nas entradinhas… as empanadas são imperdíveis! Mas elas são bem servidas, por isso se você quiser aproveitar bem o prato principal divida com alguém – a não ser que você realmente seja forte, kkkkkkk Comi uma empanada de cordeiro especial:

 

Vinhos

A carta de vinhos do Tragga é muito digna, viu? Tem opções mais em conta, como este Pinot Noir que está na foto, o Alfredo Roca, que alcança anota 3.5 no Vivino (já conhece o aplicativo? Tenho perfil lá, luvilelapaes). Fora ele ainda tem Catena Malbec, Catena Zapata pra quem pode $$$ – e a adega linda ainda faz parte do deccor aconchegante do restaurante.

Almoço no Restaurante Tragga

Olha…se eu contar tudo que nós experimentamos vocês vão assustar. Mas eu vou contar assim mesmo :) Escolher o corte foi uma tarefa complicada, pois sou dessas que fico com dó do que eu deixo de escolher, e as opções eram realmente muito boas. Fiquei com o Shoulder, um corte mais fino e extremamente macio, que vem bastante generoso (eu não devia ter comido aquela empanada inteira, kkkkk): Restaurante Tragga - cortes argentinos - Humaitá - RJ Extremamente macia, a dica é pedir ao ponto, já que é um corte fino. Para acompanhar, pedimos a farofa Especiale, farinha panco, uma farinha de pão bem crocante que eu quero pra vida toda agora (estou atrás dela!!!), risotos de malbec e de grana padano, e as batatas à provençal:  

Ahhhh, papai! Ainda bem que eu estou com a minha rotina fitness em dia, comi sem culpa. 😀 😀 😀

Sobremesas

Acabou não. Senta que ainda tem as sobremesas, outra tarefa difícil:


Vou só contar o que é, sem muita explicação porque, né, não precisa:

De cima para baixo: 1 -Churros com sorvete e doce de leite ARGENTINO – aquele aveludado!

2- Mousse de chocolate

3- Panqueca de doce de leite ARGENTINO com sorvete

 

Foi intenso, viu? #RECOMENDO

Experiência maravilhosa, já estou planejando a volta com o marido. Pra quem quiser conhecer, o Restaurante Tragga fica na Rua Capitão Salomão, 74 – Humaitá – RJ – Fone (21)3507-2235

Site: www.tragga.com.br

Instagram: @restaurantetragga

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...