Pleasures – Estée Lauder – resenha

Pleasures, da Estée Lauder, uma opção confortável para o dia a dia

Conheci o Pleasures por causa da minha curiosidade e admiração pela marca Estée Lauder. Já comentei aqui no blog há muito tempo que gostaria muito que a marca chegasse ao Brasil, mas se não veio até agora acho difícil mudarem o posicionamento. Veja o post: Estée Lauder

Então, como nunca tive oportunidade de experimentar o Pleasures, minha curiosidade falou mais alto e eu pedi para alguém da minha família comprar em um free shop sem eu conhecer – um dos poucos perfumes que comprei no escuro. (Detalhe: tinha feito este post com os 10 perfumes mais vendidos do mundo)

Notas olfativas

Pleasures - Estée Lauder - resenha

Notas de saída: Tuberosa, Pimenta rosa, Violeta, Frésia, Bagas vermelhas, Folha de violeta e Notas verdes

Notas de coração: Peônia, Rosa, Lírio, Lilás, Jasmim, Lírio-do-vale, Gerânio e Senegambica

Notas de fundo: Sândalo, Patchouli ou Oriza, Almíscar e Cedro

 

Agora que dei a “receita”, deixa eu falar sobre as minhas impressões pessoais. Para mim, se tem uma palavra que poderia definir o Pleasures é VERSATILIDADE. Aquele perfume que vai pro trabalho, que sai à noite, que é confortável pra dormir, enfim, pra tudo. Na minha percepção, ele é um FLORAL VERDE, em que o cheiro de mato é o ator principal. Tem um pouco de cítrico, mas não sobressai, tem bastante de flores brancas, mas também não chega a tomar o lugar do verde, e tem Patchouli. Tudo o que eu mencionei eu acho bem evidente, mas nenhum é a estrela além do mato! Fazendo um pouquinho de esforço também posso identificar as bagas vermelhas, e com mais esforço, as rosas. Fora isso não consigo identificar todas as notas, principalmente a tal Senegambica – que é uma flor branca.

Pleasures - Estée Lauder - resenha

Em minha pele tem uma ótima fixação, cerca de 4 horas, e projeção média. Preciso confessar que neste verão fiquei tão atordoada com o calor que não usei nenhum EDP, mas eu poderia ter usado o Pleasures em dias mais quentes, bastava um pouco de boa vontade – mesmo que ele não tenha ficado em minha lista dos 5 perfumes para o verão.

Eu me sinto muito confortável com este perfume, e acho muito feliz a escolha do nome, pois o conforto e a versatilidade remetem ao prazer sim, em minha opinião. Não é o meu “perfume da vida”, aquele que eu quero usar pra vida toda, repor os frascos, mas é uma experiência gostosa, que me agrada. Não me arrependi em nenhum momento de ter arriscado a comprá-lo no escuro!

E você, já conhece o Pleasures? Já comprou algum perfume no escuro também? Como foi, deu certo ou se arrependeu? Me contem aí!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 Comentários

  1. Roberta Mello
    mar 16, 2016 @ 19:06:28

    Perfume lindo, mas respondendo sua pergunta, comprei o Le bain, da Joop no escuro e foi um desastre absoluto, odiei com força, mas acho que agora já aprendi um pouco mais sobre as notas e ja tenho uma ideia do que gosto e que nao gosto!! Beijocas

    Reply

    • Luciana Vilela
      mar 16, 2016 @ 19:47:08

      Nooooooossa, mas esse aí é muito polêmico pra comprar no escuro!!!! Te entendo perfeitamente, Roberta!!! 😀

      Reply

Deixe um comentário!

*