Coletor Menstrual – Inciclo – resenha com vídeo!

Minha experiência com o Coletor Menstrual da Inciclo

Comprei o Coletor Menstrual da Inciclo em julho do ano passado por pura necessidade. Comecei a ter um problema com os absorventes comuns, um tipo de alergia – dermatite de contato. Com o constante atrito do absorvente com a pele, comecei a ter umas bolinhas, que se tornavam bolhas, coçavam muito, ardiam, e por causa disso passei maus bocados. Algumas vezes eu não podia sair de casa!

Depois de ficar um tempo alternando o uso de absorventes comuns com absorventes internos fiquei sabendo da existência desse tipo de produto, o coletor menstrual. Fiquei meio desconfiada no começo mas depois de assistir a alguns vídeos resolvi comprar pra ver se eu resolveria o meu problema. Ele é feito por um silicone medicinal, atóxico e translúcido, é liberado pela ANVISA e pelo FDA.

Minha experiência com o coletor menstrual

Como escolher o tamanho

O fabricante do meu coletor, a Inciclo, tem dois tamanhos: o tamanho A (4,4cm de diâmetro) indicado para mulheres acima dos 30 anos e que já tem filhos (independente do tipo de parto) e o tamanho B (4,2cm)para mulheres com menos de 30 anos e que não tem filhos. Essa definição se dá por estimativa, então podem haver diferenças. Se você comprou o tamanho menor e teve problemas com vazamentos pode ser que seu tamanho seja o A.

Como se usa o coletor menstrual

Parece meio óbvio falar isso mas não tem como fugir: ele é interno, você deve inserir o coletor dobrado na vagina, e quando ele se acomoda lá dentro ele se expande. Ele tem o formato de um copinho, e vai retendo o fluxo menstrual durante várias horas (o fabricante assegura que pode ficar entre 8 até 12 horas). Depois desse tempo, ou quando você quiser, é só retirar (ele tem um cabinho que facilita isso), lavar e guardar. Ou então, inserir novamente.

A questão ecológica

Se for bem cuidado, um coletor menstrual pode durar vários anos. Já pensou em quanto absorvente você deixa de usar? Já pensou em quantos absorventes deixam de ser usados se as mulheres aderissem em massa a uma solução dessas? Eu achei isso bem interessante, embora no meu caso eu não tenha conseguido eliminar em 100% o uso do absorvente, mas diminuí bastante. Hoje eu uso 10% da quantidade que eu usava antes. Além disso tem a questão econômica, já que você gasta bem menos comprando o coletor só uma vez e ele se paga com pouco tempo de uso.

A questão higiênica

O silicone é lavável, você pode usar um sabonete bactericida se quiser, ele não funciona como um meio de cultura para bactérias. O sangue, enquanto não entra em contato com o ar, não tem cheiro nenhum. Por isso, ao tirar o coletor você não sente odor desagradável por causa do sangue. Quer saber mais?  Não deixe de ver o vídeo pra saber o que eu falo para quem tem nojinho de usar coletor!!!! 

Contras:

No vídeo eu comento algumas situações que eu acho difíceis:

  • e se eu precisar trocar o coletor e não estiver em casa?
  • posso usar durante todos os dias no período menstrual?
  • e pra fazer o “nº2”?

Hummm…tem umas coisinhas pra falar a respeito disso. Assistam o vídeo!

 

Resumindo: eu gostei de ter comprado, estou usando desde que comprei e resolvi o meu problema. Eu indico, mas com as ressalvas e os cuidados que eu falo no vídeo – assistiu, né?

Onde comprar e preço:

O coletor da Inciclo custa R$79,00. Não encontrei em farmácias em Niterói e BH, mas vale a pena procurar em boas farmácias pois já vi meninas na internet dizendo que algumas tem. Existem outras marcas de coletores menstruais, vale a pena pesquisar. Eu escolhi a Inciclo, mas não tenho nenhum vínculo com a empresa, e este post não é publieditorial.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 Comentários

  1. Jacqueline Sohari
    mar 04, 2016 @ 01:26:54

    Adorei o vídeo e conhecer, confesso que apesar de achar interessante fico com o bom e velho absorvente XD

    Reply

    • Luciana Vilela
      mar 04, 2016 @ 06:29:29

      Claro! A gente tem que usar (qualquer coisa) só se achar que vai nos fazer sentir melhor! 😉

      Reply

  2. Giovanna Gardini
    mar 04, 2016 @ 14:02:33

    Comecei a usar o coletor há dois meses. Estou adorando! Nada de absorventes, internos e externos, nada de ficar com medo da cordinha do absorvente externo aparecer no biquíni e nada de cheiro desagradável. Se estiver mal colocado, pode ser incômodo sim, e vazar. Então aconselho o uso de um protetor diário. Eu também tive que cortar a pontinha, o que pode ser feito. Existem outras marcar, inclusive coloridos, como rosa, roxo e vermelho. Mas preferi o transparente mesmo. Para quem não tem medo do velho absorvente interno, eu recomendo!

    Reply

    • Luciana Vilela
      mar 04, 2016 @ 15:14:48

      Legal sua experiência, Giovanna! Obrigada por compartilhar 😉

      Reply

  3. Vanessíssima
    mar 09, 2016 @ 17:14:42

    Que legal ver o coletor por aqui! Comecei a usar quando pouco se falava sobre ele, há uns 3 anos, justamente por ter alergia ao absorvente. Nunca tive nenhum problema, não vazava, era só amor. Liberdade total! O meu era da marca Meluna, todo laranjinha, com bolinha na ponta, uma fofura. Só parei de usar porque há cerca de um ano passei por uma cirurgia (não relacionada ao coletor) e acabei com uma pequena complicação que me impede de usar o meu lindo copinho. Enfim, coletor é vida!

    Reply

    • Luciana Vilela
      mar 09, 2016 @ 17:28:02

      Pois é, Van! Depois de usar por 8 meses já deu pra ver que é muito bom mesmo, pelo menos resolvi meu problema. E eu não comentei no vídeo mas eu ODEIO dormir com absorvente, então dormir liberada naqueles dias me trouxe até mais qualidade de vida, kkkkkk
      Mas que pena, hein? Tomara que tudo se resolva e vc possa usar novamente! Beijos!

      Reply

Deixe um comentário!

*