Dermatite Atópica (ou: uma mãe e muitas informações)

Sempre tive pele sensível, mas nada que chegasse perto de uma dermatite atópica. Fui conhecer o termo e tentar saber do que se trata essa “doença” (?) quando minha filha caçula apresentou os sintomas bem novinha.

Aliás, minha filha mais velha também, em algumas ocasiões, chegou a ter o diagnóstico de dermatite atópica também, mas os médicos não foram unânimes em identificar o que foi o caso dela, mas já melhorou.

Não vou dar definições científicas aqui pois não sou médica, nem pesquisadora, não conheço tão a fundo. E a proposta do blog nem é essa. Quero deixar aqui algumas experiências que aconteceram comigo acompanhando o histórico da minha filha pois acho que muitas mães podem se identificar, principalmente se estiverem se sentindo perdidas!

-já fomos a N pediatras e N dermatologistas, e muitas informações não casam. Raras exceções, em um ponto ou outro.

-uma pediatra foi taxativa: eu deveria proibi-la de comer tudo que tivesse corante amarelo ou vermelho, tudo que fosse industrializado, fora o que todo pediatra já condena: doces, refrigerantes, chocolates, etc. Eu perguntei: mas e quanto a escola? E aniversários? É comum ter um docinho, um pirulito, uma coisa fora da rotina. A resposta: quando tiver aniversário não leve, ou vá buscar a criança na escola antes de algum evento desses, o importante é a saúde dela.

Ok, eu realmente não tenho como hábito ter refrigerantes, balas, pirulitos, chips em casa, mas às vezes acontece, e eu não proíbo. Não compro refrigerante na minha casa, mas quando vamos a um aniversário minhas filhas tomam o que tiver, eu não proíbo.

Não levei a essa pediatra mais.

-outro pediatra disse que eu só precisaria tirar alguma comida do cardápio se eu perceber alguma reação e identificar que o causador é o alimento;

-dermatologista 1: use só sabonetes glicerinados (indicou o da Granado)

-dermatologista 2: nunca use sabonetes glicerinados. Só os brancos (indicou os da Nivea)

-dermatologista 3: evite sabonetes. Quando tiver alguma feridinha então, nem pensar.

De tudo o que ouvi, das opiniões que se confirmaram na prática e que não se confirmaram, ficaram algumas experiências que considero úteis:

Dermatite atópica não é alergia, mas a resposta da pele de um atópico é semelhante a alergia. O tratamento, na verdade, não é para cura, mas para conforto da pessoa: a pele pode coçar, ou dar uma sensação de queimada, ou descama, então aliviar os sintomas é dar mais qualidade de vida.

-Produtos? O mínimo. Não dá pra encher uma criança atópica de produtos. Mas 2 eu não dispenso:

Cetaphil Restoraderm: o único hidratante que passo na minha filha. Só que: quando há alguma erupção, algum machucadinho, arde, então não posso passar quando ela coça demais a pele e fica marcadinho. Por outro lado, quando a pele está hidratada, dificilmente coça.
Tem mais creme hidratante para dermatite atópica aqui no blog, leia!

 

Água termal (a da foto é Vichy, mas uso qualquer uma das 3: Vichy, La Roche e Avene). Água termal alivia demais quando a pele está com algum tipo de incômodo como ardência ou coceira. Para evitar que ela coce, eu borrifo água. Dá aquela sensação gostosa de refresco, e alivia na hora.

Só esses dois produtos eu uso com frequência, além do filtro solar quando ela se expõe ao sol. Uso os da Banana Boat, e graças a Deus ela nunca teve reação a eles.

-quando eu me mudei pra cá todo mundo (inclusive eu) ficou preocupado em como seria a reação da pele da minha filha em relação ao calor. Achei que seria o caos, mas graças a Deus não foi. Não sei se é regra ou exceção, só sei que apesar do calor a pele está ótima. Eu tenho pra mim -que ninguém me ouça – que a água do mar fez bem pra ela. Ela estava com umas manchinhas na dobra das pernas e dos braços e eu resolvi levá-la a praia em horários ótimos, em que o sol é anti-inflamatório: de 8 às 10 da manhã, com filtro solar, e ela entrava na água do mar… sumiu tudo, e está tudo bem com ela. Nenhum médico me mandou fazer isso, só fiz porque achei que seria bom pra ela, e deu certo. Claro, fiz com muito cuidado, nos horários certos, com proteção (filtro, boné).

Enfim, quero deixar um recado para quem estiver na minha situação: se você está se sentindo perdida, ouvindo informações desencontradas, parece que é assim mesmo. Normal ninguém se entender! Mas dá pra controlar, dá pra levar uma vida normal e sem stress, mas acho que a observação diária é a melhor opção, assim você consegue saber o que evitar e o que fazer, de acordo com a reação da criança. Porque se nós ouvirmos todo mundo cada hora iremos pra um lado! No meu caso, eu busquei todas as informações com os profissionais disponíveis, pediatras e dermatologistas, segui as recomendações que me atenderam, e as que não atenderam…não segui.

Que fique bem claro: eu não dispenso a ajuda de especialistas, viu? Tanto é que recorri e recorro a eles sempre! Só quis deixar minha experiência pois vejo que muitas pessoas tem muitas informações desencontradas, e acho que toda experiência bem sucedida é válida.

E você, também passa ou já passou por isso? Pode me contar nos comentários, vamos trocar ideias pois essa troca de experiências pode ajudar muito nesses casos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

28 Comentários

  1. Daniela Vieira Magalhães Barral
    fev 06, 2014 @ 19:28:07

    Oi Lu, com toda propriedade que adquiri em quase 27 anos sendo atópica, não tenho praticamente nada a acrescentar no seu post. É sofrido as vezes, principalmente enquanto criança, as crises são sempre mais fortes. A minha começou melhorar depois dos 15, melhorou bem, mas volta e meia tenho alguma "alergiazinha", ou outras alergias mais propicias em pacientes atópicos, tipo alópecia

    Reply

  2. Anonymous
    fev 06, 2014 @ 20:59:59

    Oi Lu, descobri que tenho dermatite atópica ha um ano aos 24, não sei pq só ha pouco apareceu, mas dá aflição e horrível a sensação na pele pq da vontade de coçar simmm rs, a médica disse que é genético e não tem como curar apenas amenizar…e para cuidar com maquiagem e só comprar hipoalergênicos, enfim… nunca usei esse hidratante e adorei a dica da água termal. bju

    Reply

  3. silvia
    fev 06, 2014 @ 22:06:46

    Oi, nesse assunto sou pós graduada porque minha filha teve esse problema nos 5 primeiros anos da vida, agora ela esta com 7 e graças a Deus ficou normal, mas continuo com alguns cuidados porque noto que a pele dela é mais sensível e seca do que as demais pessoas da casa, já tinha ouvido falar que ela ficaria curada com o tempo e a medida que ela fosse crescendo a pele ficaria mais oleosa, na

    Reply

  4. Mulher sem Photoshop
    fev 06, 2014 @ 22:13:17

    Silvia, obrigada pelo comentário, achei sua história muito parecida com a minha e inclusive vc até completou o post, pois o que vc escutou de médicos eu também escutei e não coloquei tudo no post, rs<br />Como no caso da minha filha mais velha, que foi melhorando com a idade, acredito que a pele da minha caçulinha também terá uma melhora, se Deus quiser! BJos

    Reply

  5. silvia
    fev 06, 2014 @ 22:35:47

    Oi ficou faltando eu falar também do fator emocional, eu notava que ela piorava quando ficava irritada, estressada, outra coisa que incomodava era o preconceito, notava que tinha pessoas que evitava que os filhos se aproximarem dela porque pensam ser contagioso, mporem dos meus três filhos a única que teve esse problema foi ela e sei que é genético porque o pai dela (que não é pai dos outros dois

    Reply

  6. Lucy Viana
    fev 07, 2014 @ 10:57:24

    Lu é bem isso. Me fez lembrar quando levei o meu pequeno em 3 médicos porque já estava com febre ha 5 dias, a benzetacil não fez nada, outro mandou ficar em casa com analgesico e outro antibiotico, por ultimo na Unicamp, disseram pra nao dar nada, e sai dali com o menino sem mais nada!!! As mina pira mesmo!!!<br /><br />Sobre isso, amiga, tenho coceiras que me deixam marcas profundas porque não

    Reply

  7. carmen silvia
    fev 07, 2014 @ 14:23:49

    A minha dermatite atópica apareceu quando tinha 24 anos, meu diagnóstico não demorou muito, sei de pessoas que passam por dezenas de médicos e cada um dá um parecer diferente. No início aparecia atrás das orelhas, nos cotovelos, na virilha e em baixo dos braços, hoje está controlada, quando tenho crises ela aparece somente em baixo dos braços, mas as marcas dos cotovelos e das orelhas nunca

    Reply

  8. Lu Poroli
    fev 07, 2014 @ 14:27:36

    a filha da minha amiga ta com o mesmo problema, ela ate pediu uns cremes pra vir la dos USA que custam so 8 dólares 200 ml … aqui os que ela viu custavam mais de 200 reais :/ o creme foi Curel Itch defense! beijos Lu

    Reply

  9. Vanessíssima
    fev 07, 2014 @ 18:01:55

    Lu, sou filha e neta de pessoas com D.A., logo, eu também tenho D.A. Aliás, tive uma crise feia no dedo indicador da mão direita que durou anos! Gastei grana com médicos/remédios prescritos e nenhum deles resolveu. Um doutor chegou a me mandar parar de fazer academia porque a borracha dos equipamentos poderia estar causando o problema. Outra me mandou não usar mais xampu. Uma me disse que não

    Reply

  10. Anonymous
    fev 10, 2014 @ 12:57:27

    Oi, Lu!!! A dermatologista do Lucas receitou o Saniskin para não arder quando está ferido e óleo mineral antes da piscina, por causa do cloro. Mas ela disse que resolver mesmo, só na adolescência, por causa dos hormônios… Mas sabe o que ela disse? &quot;Ou então vocês podem morar na praia..a água do mar é ótima, além da umidade…&quot;.. Portanto, nos aguarde….rsrsrs<br />Bjo, Lu

    Reply

    • Mulher sem Photoshop
      fev 10, 2014 @ 13:07:09

      Ahá!!! Então a água do mar é boa mesmo? Primeira vez que fico sabendo que uma dermato fala isso, que coisa boa, então meu feeling funcionou! <br />A dica do óleo é boa também, nunca tinha pensado isso (nem ouvido de ninguém, entre tantas dicas boas e aburdas). Bjo!

      Reply

  11. Andreza Veríssimo
    fev 15, 2014 @ 19:26:10

    Tenho 18 anos e tenho dermatite atopica. Ja fui em 2 dermatologistas e ambas me indicaram a mesma coisa. Nao posso fazer uso de sabonetes pois eh sempre com eles que fico &quot;atacada&quot; ate mesmo com nivea. Uso desonida pomada para controlar pois realmente nao ha cura. E nao saio sem protetor solar, até mesmo no frio :( porem a minha tb eh derivada de problemas respiratórios :/ vale para

    Reply

  12. Roberta
    fev 16, 2014 @ 23:04:58

    Minha filha é atópica desde que nasceu (tem 5 anos), além de dermatite de contato e alergia alimentar. Moro em um lugar de clima seco e isso é péssimo. A umidade é um aliado para atópicos que possuem pele muito seca. E o sol e o mar não são vilões, desde que no horário adequado. Usei cethaphil restoraderm por mais de 1ano, mas encontrei minha nova paixão, Fisiogel ação calmante emulsão lipidica,

    Reply

  13. dryka
    fev 17, 2014 @ 02:43:22

    Olá vc já viu esse post talvez ele te ajude, http://www.produtosdebeleza.com/dermatite-atopica-tratamento.html

    Reply

  14. dryka
    fev 17, 2014 @ 02:44:54

    Olá vc já viu esse post talvez ele te ajude, bj http://www.produtosdebeleza.com/dermatite-atopica-tratamento.html

    Reply

  15. CLaudia
    out 20, 2015 @ 16:42:42

    Meu filho tem 2 anos e apresenta sintomas de DA desde os 6 meses. Também sou cheia de dúvidas apesar de todos os profissionais que já consultei. Usei Restoraderm mas a última recomendação que recebi funcionou melhor no meu filho: é um hidratante Fórmula Norueguesa da Neutrogena, sem fragrância. Alguém conhece?

    Reply

    • Luciana Vilela
      out 20, 2015 @ 18:00:46

      Eu conheço o Norwegian, Claudia! É desse que vc está falando? nunca soube que ele era bom pra dermatite atópica…

      Reply

      • CLaudia
        out 21, 2015 @ 08:54:49

        Sim, esse mesmo! Achei excelente. A textura dele é muito boa… Sedosa. E preferi em relação ao Restoraderm. Melhorou o vermelhão no meu filho, mas não dá pra parar de passar.
        Pesquisando na internet achei informações interessantes aqui também: http://www.aada.org.br
        Recomendo para quem estiver se sentindo perdido…

        Reply

  16. CLaudia
    out 21, 2015 @ 08:54:34

    Sim, esse mesmo! Achei excelente. A textura dele é muito boa… Sedosa. E preferi em relação ao Restoraderm. Melhorou o vermelhão no meu filho, mas não dá pra parar de passar.
    Pesquisando na internet achei informações interessantes aqui também: http://www.aada.org.br
    Recomendo para quem estiver se sentindo perdido…

    Reply

  17. Claudia
    out 21, 2015 @ 08:57:27

    E a água termal? Alguém já testou?

    Reply

    • Luciana Vilela
      out 21, 2015 @ 09:01:00

      OI Cláudia!
      Minha filha usa água termal sim, mas não acho que melhora aquelas feridinhas. Só dá uma forcinha na hidratação e ela não tem nenhuma reação alérgica. Mas não acho que a hidratação da água termal seja potente o suficiente para o caso da minha filha…

      Reply

      • Luciana Vilela
        out 21, 2015 @ 09:05:24

        Uso sempre que as feridinhas estão coçando muito pois a sensação de frescor dá um alívio pra ela 😉

        Reply

        • Claudia
          out 21, 2015 @ 09:08:25

          Ah, legal… Vou comprar para ter em casa caso ele fique com coceira.
          Obrigada!

          Reply

          • Luciana Vilela
            out 21, 2015 @ 09:15:48

            E obrigada pela dica do Norwegian, adorei saber! Ele é fácil de achar e mais barato que o Restoraderm 😉
            Vamos trocando ideias, porque esse negócio de DA não é mole não…

  18. Claudia
    out 21, 2015 @ 09:29:18

    Com certeza! Estou sempre procurando informações sobre DA… Aliás, te perguntei sobre água termal e acabei de ver que você fala no próprio post. Eu vou lendo um monte de posts de várias páginas diferentes e no fim já não sei o que li aonde… Foi mal!

    Reply

  19. Alexandra
    abr 04, 2017 @ 17:03:47

    oi minha filha tambem tem DA ela tem 11 anos uso cethapil tambem, ajuda a hidratar
    a dela ja chegou a sangrar, levei em muitos médicos, e fiz teste de alergia e constou que seria da poeira, mas não está facil de aminisar as lesões dela. Que bom achar pessoas que possam nos ajudar obrigada beijos

    Reply

    • Luciana Vilela
      abr 13, 2017 @ 09:03:17

      OI Alexandra, tudo bem? Realmente não é fácil, né? A da ISabela já chegou a sangrar por ela ter coçado muito, o tempo seco é a pior época. Pode deixar que sempre que descobri alguma coisa que faça bem pra Isabela eu atualizo aqui no blog, continue acompanhando! Beijos

      Reply

  20. Dermatite atópica cremes hidratantes recomendados
    abr 27, 2018 @ 12:00:14

    […] fiz um post desabafo contando sobre minhas experiências com os cuidados da dermatite atópica da […]

    Reply

Deixe um comentário!

*